segunda-feira, fevereiro 11, 2008

Um "acto de desespero" de Alfredo Reinado

SIC Online
Publicação: 11-02-2008 11:36 Última actualização: 11-02-2008 11:40

D. Basílio do Nascimento coloca questões sobre atentados contra Xanana e Ramos-Horta

O bispo de Baucau, D. Basílio do Nascimento, considerou hoje que o ataque ao presidente da República e primeiro-ministro de Timor-Leste foi um "acto de desespero" de Alfredo Reinado.

Lusa

"Não tenho ainda elementos que me permitam fazer uma leitura com clareza de tudo o que aconteceu, mas pelo que sei e pela minha análise parece-me um acto de desespero", sublinhou o bispo de Baucau.

D. Basílio do Nascimento disse também ser agora "claro" que "foi um ataque planeado a duas pessoas, a duas instituições do Estado", mas ainda tem dúvidas sobre o que terá levado Alfredo Reinado a agir daquela maneira, a "atacar naquele sítio sem saídas possíveis".

"Há várias interrogações que ainda faço para mim", disse ao questionar se Alfredo Reinado actuou em "desespero, por uma afirmação de bravura ou se tudo advém de um desentendimento entre os rebeldes".

"Parece suicida, mas eu não percebo nada de estratégia militar", afirmou D. Basílio que salientou que é o "bom senso que faz com que as pessoas perguntem o que levou Reinado a fazer aquilo e naquele sitio".

"Isto é mais complicado de entender até porque se alguém defendeu o Alfredo Reinado esse alguém foi Ramos-Horta o que torna tudo isto mais complexo de perceber", disse.

Pelas dúvidas e questões ainda sem resposta, D. Basílio considera a acção militar de hoje um acto de "desespero" porque Alfredo Reinado "estava a perder terreno com acusações sem provas a Xanana Gusmão e caía em descrédito na população".

"Xanana Gusmão tem defeitos, mas apesar de tudo ainda é o homem que simboliza qualquer coisa neste país e Alfredo Reinado recusou ir a Tribunal e apresentar as provas que dizia ter contra Xanana Gusmão como responsável da crise de 2006", salientou.

Por outro lado, acrescentou ainda o prelado, o facto de cerca de 80 peticionários terem aceite acantonar-se em Díli foi mais um "pequeno sinal" do isolamento de Alfredo Reinado. "São pequenos sinais mas um sinal que o tapete começava a fugir-lhe dos pés", concluiu.

Homens armados tentaram hoje matar José Ramos-Horta e Xanana Gusmão, em dois ataques concertados.

O ataque contra Ramos-Horta foi liderado pelo major Alfredo Reinado, que foi morto no incidente.

Ramos-Horta foi ferido a tiro e teve de ser submetido a uma intervenção cirúrgica no hospital militar australiano em Díli, de onde seguiu para um hospital na cidade australiana de Darwin.

De acordo com um elemento da segurança do primeiro-ministro, o tenente Gastão Salsinha, um dos peticionários que abandonaram as forças armadas em 2006, comandou o ataque contra Xanana Gusmão, que saiu ileso.

1 comentário:

Aikurus disse...

Alo Dili

Os dois Bispos de Timor Leste fazem parte da crise de 2006 entre eles o horta ,xanana e Alfredo e as tropas australianas."estava a perder terreno com acusações sem provas a Xanana Gusmão e caía em descrédito na população".Puramente mentira foi o Xanana e o Horta que fomentaram a crise.Os bispos estavam implicados.O Bispo de Baucau e um dos adeptos do PSD do Mario Carrascalao.


Adeus

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.