segunda-feira, fevereiro 11, 2008

Timor-Leste: Palácio do Governo guardado por militares internacionais

Dili, 11 Fev (Lusa) - O Palácio do Governo em Díli está neste momento guardado por efectivos da força militar internacional em Timor-Leste, na sequência dos ataques de hoje contra o presidente e o primeiro-ministro timorenses.
PRM.
Lusa/Fim

NOTA DE RODAPÉ:

Porquê? Porque foram tão incompetentes a manter a segurança do país e deixar que houvessem dois atentados, um ao PR e outro ao PM?

Porque não estão as F-FDTL a fazê-lo? E onde pára a UNPOL?

2 comentários:

Margarida disse...

Timor-Leste: Ataques a PR e PM são atentados ao Estado, Avelino Coelho (PST)

Timor-Leste, 11 Fev (Lusa) - O líder do Partido Socialista de Timor-Leste (PST), Avelino Coelho, condenou hoje os ataques ao presidente e ao primeiro-ministro timorenses, sublinhando que qualquer ataque àquelas personalidades é um "atentado à segurança do Estado".


Expresso, 1:49 | Segunda-feira, 11 de Fev de 2008

Timor-Leste, 11 Fev (Lusa) - O líder do Partido Socialista de Timor-Leste (PST), Avelino Coelho, condenou hoje os ataques ao presidente e ao primeiro-ministro timorenses, sublinhando que qualquer ataque àquelas personalidades é um "atentado à segurança do Estado".
Avelino Coelho, antigo membro do Conselho de Estado, afirmou estar "preocupado com a estabilidade no país", mas sublinhou acreditar que o Governo irá "tomar as medidas necessárias".
"Qualquer ataque a um presidente ou a um primeiro-ministro é um atentado à segurança do Estado. É preocupante e estou 'preocupado, mas acredito que o governo de Xanana Gusmão irá tomar as medidas necessárias para estabilizar o país", sublinhou o líder do PST.
Afirmando não dispor ainda de "muitos pormenores", Avelino Coelho recusou responsabilizar o governo por um "eventual desleixo" em relação ao major Alfredo Reinado, supostamente líder do grupo armado que atacou quer o presidente José Ramos-Horta quer o primeiro-ministro Xanana Gusmão.
"Pelo contrário, ao longo destes últimos meses, o governo deu sinais claros de que queria ver a situação resolvida e disse isso mesmo aos peticionários" que estiveram sempre ao lado de Reinado, sustentou o antigo candidato presidencial.
Avelino Coelho, ex-deputado, responsabilizou a "intransigência" de Reinado, que, segundo fontes oficiais e policiais, foi morto na emboscada que protagonizou, face às constantes aberturas do executivo de Díli na tentativa de resolver o problema.
JSD.
Lusa/Fim

Margarida disse...

Timor-Leste: Vicente Guterres, vice-presidente do Parlamento, é o chefe de Estado interino

Lisboa, 11 Fev (Lusa) - O vice-presidente do Parlamento timorense, Vicente Guterres, é o chefe de Estado interino, segundo a hierarquia constitucional do país.


Expresso, 2:02 | Segunda-feira, 11 de Fev de 2008

Lisboa, 11 Fev (Lusa) - O vice-presidente do Parlamento timorense, Vicente Guterres, é o chefe de Estado interino, segundo a hierarquia constitucional do país.
Com José Ramos-Horta, chefe de Estado de Timor-Leste, impossibilitado de exercer funções, uma vez que foi atingido por uma bala no estômago e está a ser operado num hospital militar australiano em Díli, e com o presidente do Parlamento, Fernando "La Sama" de Araújo, em visita oficial a Portugal, Vicente Guterres assume interinamente a Presidência.
No entanto, em declarações à Agência Lusa, o ministro dos Negócios Estrangeiros timorense, Zacarias da Costa, indicou que "La Sama" deu por terminada a sua visita a Portugal e que regressará a Díli o mais rapidamente possível.
Entretanto, o Parlamento timorense reúne-se hoje de manhã (hora local) de emergência para analisar a situação.
JSD.
Lusa/Fim

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.