terça-feira, fevereiro 12, 2008

Pai adoptivo de Reinado à Lusa: "Não havia indícios desta acção"

Díli, 12 Fev (Lusa) - O pai adoptivo do major Alfredo Reinado, que segunda-feira morreu durante o ataque à casa do Presidente da República de Timor-Leste, afirmou hoje à Agência Lusa que "não havia indícios" de que o militar fugitivo preparava o ataque.

Vítor Alves, empresário e actual membro do Conselho de Estado de Timor-Leste, falou com o seu filho adoptivo "um dia antes de ele ter este desastre" e "horas antes" do ataque a José Ramos Horta, em Díli.

"O Alfredo estava calmo. Não havia indícios de que esta acção ia existir", afirmou Vítor Alves à Lusa na sua residência no bairro Marconi, perto da Avenida de Portugal, em Díli.

No entanto, Alfredo Reinado explicou ao seu pai adoptivo que "a situação prolongou-se por muito tempo e tem que ser resolvida de uma vez para sempre", contou Vítor Alves à Lusa.

Vítor Alves descrevia as suas últimas trocas de palavras com Alfredo Reinado enquanto em seu redor decorriam os preparativos para o velório e o funeral do ex-comandante da Polícia Militar.

"É mais um silêncio que se apaga", declarou Vítor Alves sobre o seu sentimento, um dia após o seu filho adoptivo ter morrido no ataque contra o Presidente da República.

Vítor Alves, que era tio de Alfredo Reinado, cuidou da criança desde os três anos de idade, ao ponto de ser chamado de "tio-pai" do futuro militar timorense.

O empresário deixou de poder acompanhar o crescimento de Alfredo Reinado após a invasão de Timor-Leste, em 1975, que abriu caminho para uma adolescência conturbada do sobrinho de Vítor Alves na Indonésia, durante quase 10 anos.

"Sempre existe um sentimento. Ninguém queria que uma parte desta família caia nesta desgraça", explicou Vítor Alves sobre a reacção da família.

O empresário timorense afirma ter recebido "ameaças anónimas" e "rapazes que passam de motorizada" nos últimos dois dias, o que o levou a desistir de participar da reunião do Conselho de Estado, na tarde de segunda-feira.

"Disse-lhes que desisti de ir por causa das ameaças que estou a receber e que só podia ir à próxima reunião se me dessem protecção", explicou.

Vítor Alves faz parte do Conselho de Estado nomeado pelo Presidente José Ramos Horta em 2007.

Sobre a forma como Alfredo Reinado morreu, Vítor Alves não quer pronunciar-se, dizendo apenas que "tinha que acontecer desta forma".

"Queira Deus que, com a queda do meu sobrinho, ou do meu filho, como dizem, que a situação nacional de Timor melhore", declarou à Lusa.

"Que a situação (de instabilidade) acabe de uma vez para sempre e que dê paz e sossego a todo o povo", acrescentou Vítor Alves.

O pai adoptivo de Alfredo Reinado afirmou também que não restam dúvidas sobre a morte do militar, uma vez que "houve informações confirmativas".

"Está lá o rapaz, já morreu, acabou. Que não criem mais confusão, que não façam mais asneira, que não caiam mais em desgraça, que dêem paz e sossego para fazer um funeral ao rapaz", afirmou o empresário timorense.

"Não sei se foi asneira, se foi bem, se ele fez mal. Não sei como correu", disse ainda Vítor Alves, um ex-páraquedista do Exército Português, sobre a forma como aconteceu o ataque de Alfredo Reinado à residência de José Ramos Horta.

"O que sei é que durante este tempo todo eles estiveram em contactos de diálogo", continuou.

"Deu-se isto, o homem está morto. Se fez asneira, está morto e vai ser enterrado com todas as asneiras que ele fez. Se estava a fazer uma acção de bem, também vai ser enterrado com todas as acções de bem", acrescentou o pai adoptivo do major Alfredo Reinado.

"Que fiquem calmos. Acabou", concluiu Vítor Alves.

PRM
Lusa/Fim

5 comentários:

Dr. Kolimau 2000 disse...

Kota : Jakarta
Negara : Republik Maluku Selatan.

Komentar : Kawan sejati Alfredo, engkau telah meninggalkan dunia ini dg jiwa dan ragamu gara2 kecuranan dan tidak keadilan yg engkau telah mengetahui di dlm institusi FDTL maupun di dlm puncak kepimpinan negara RDTL pd saat2 terakhir ini. Semua orang yg bertidak menungkai engkau telah melongtorkan kata2 yg sangat tidak bermoril sama sekali dg apa yg kamu telah berjuangan demi kejujuran dan keadilan. Namun di dl kelompokmu yg kamu telah menpimpinai ada yg telah penghinat engkau seperti kelompoknya si tuleh major Tara. Tara dan kelompoknya adalah kaki tangannya sih para lider psykopatha seperti Xanana dan Horta Csnya. Oleh karena itu pd saat2 terakhir ini engkau telah menjadi "kambing hitam" utk mengadu domba bagi kepentingan mereka di Tanah Air Rakyat miskin dan kecil dari seluruh Timor Timur. Dan kemudian pd titik terakhirnya yg akan selalu menulis di sejarah berdarah yg telah ber-registrasi pd hari ini di Tanah Air yg memillik engkau dan sekawan2nya, tetapi bukan dari orang2 yg saleh itu seperti Xanana, Horta dan Cs. Engkau telah tiada tetapi jiwamu akan menginsaf semua pahlawan2 yg pengikutmu dan mereka akan tetap berani utk menperjuangan s/d kejujuran dan keadilan akan berkibar benderanya di bumi Timor Loro Sae. Ukt hal itu kami mengimbau sekawan perjuangan Salsinha Gastao, agar tidak bisa menyerahkan diri kpd siapa2pun di bumi Timor Loro Sae dan tetap berkok dg se-spirit sephalawan utk perjuangkan s/d merebut kembali haknya Rakyat kecil dan miskin yg telah di tindas oleh kelompok2 yg menjadi kaki tangan penjajahanya asing yg sedang dg aparat militernya tetap berkuasa di seluruh bumi Timor Loro Sae. Kematian engkau adalah pahlawan demi kejujuran dan keadilan, oleh karena itu isu2 lainnya yg telah menyatakan bahwa engkau adalah pasukan pembrontakan dan itu anhya demi kepentingan dikau sendiri, itu sama sekali tidak ada pernah tertulis di buku bagi kita orang2 sejati yg telah dan sedangkan perjuangan demi kepengtinan rakyat kecil dan miskin di seluruh dunia dan khususnya bagi Indonesia dan Timor Loro sae.

Ai semua pemuda dan pemudi dari seluruh Timor Loro Sae, bangkitlah dan marilah kita bersama sama berteguh di dlm prinsip2 kita yg jujur dan adil utk tetap mewarisan kultura dan tradisi dari nenek moyang kita sampai kita sendiri yg menentukan nasibnya sendiri dari pd kita akan tetap tunduk kpd sih tulen2 kaki tanganya penjajahan itu.

Rakyat Timor Loro sae yg mencintai sang kawan sejati Alfredo dan Cs, kematian Alfredo akan menjadi sebuah inspirasi bagi kalian dan kalian akan semua banga berdiri dan bahu menbahu memakai senjata kalian dan sambil melawan sih kolonialisme dan neo-kolonialisme dan keparat2nya di Tanah Air Timor Loro Sae supaya kita berbumi bisa menyentukan nasibnya kita sendiri di bumi kita.


Utk kata terakhir bagi digkau, kawan sejati Alfredo, engkau di hadapan mata TME, engkau akan di terima di dlm kerajaan Allah yg kita semua umat manusia menembahaannya.

Goodbye my friend, your blood with your death will be honor by your people and your fellows till we should get our total and complete freedom in our Homeland. We do swear our compromise than we will never to surrender to the puppets leadership of the DRET as they are most monsters immoral and butcheries in the East Timor society.

So long Alfredo your soul will be happy to be glorified in the Kingdom of our Almighty Lord and God, Holy Trinity.

Dari kawan sejati, Dr. Kolimau 2000.

Meira da Rocha disse...

Seção "Teorias da Conspiração": E se Reinado foi à casa de Ramos-Horta realmente para negociar, e foi traído e morto? Os traidores esperaram e atiraram também no presidente e armaram uma cena de assalto. Depois, armaram também uma cena de ataque a Gusmão. Isso, no Brasil, chama-se "queima de arquivo".

Anónimo disse...

Os meus SINCEROS Pesames a familia do Major Alfredo Reinado
Que Deus vos abencoe e proteja nesta hora de dor e pesar.

Sinceramente

Zoraide

Anónimo disse...

Imagino o desgosto deste senhor Vítor Alves. Espero que parem imediatamente as ameaças sobre ele, uma pessoa digna de todo o respeito, já que criou o sobrinho órfão como se fosse um filho.

Tenho muita pena da família de Reinado, principalmente da sua esposa e filho.

Lamento que isto tenha acabado assim e que tenham morrido pessoas, independentemente de quem eram.

Espero que tenham sido os últimos.

HC

Anónimo disse...

Sim coitadinho do homem. Comecou muitissimo bem mas infelizmente como nao tinha nocao politica foi facilmente manobrado pelos politicos ganaciosos do poder com meras subornacoes materiais.
Qua a alma dele seja ilibada e aceite no Ceu.
Adeus Alfredo, tu vais saber junto dos anjos a falha que fizeste e nao esquecas de rezar por nos

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.