quarta-feira, fevereiro 20, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Wednesday, 20 February 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any conseque6nce resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL News Coverage


Alfredo’s advisor under house arrest: The advisor to Alfredo Reinado, Angelina Pires, has been placed under house arrest after being arrested on Sunday (17/2) on conspiracy and attempted assassination charges. “I cannot comment on the Prosecutor’s eyewitness as I respect the dignity of the suspect,” said the international prosecutor Felismino Cardoso.

Fretilin: Xanana’s statement too provocative: The Fretilin member of NP Inacio Moreira said that the statement made by PM Xanana Gusmão to the public was very provocative. “The message of PM Xanana last night is going to exacerbate the situation during the ‘State of Emergency,” said Mr. Moreira.

Separately, MPs from CNRT, UNDERTIM and PSD said that they all agree with the Prime Minister’s statement. “UNDERTIM agrees with the statement of the Prime Minister. If possible the ‘State of Emergency’ should be extended to 2012 until the nation becomes stable and secure,” said Cornelio ‘L7’ Gama.

RTL News Coverage

18 people arrested for violations against ‘State of Emergency’: The Operational Commander of the National Police of Timor-Leste (PNTL), Mateus Fernandes, confirmed that 18 people were arrested for violating the ‘State of Emergency.’ Police have also seized fifty Rama ambons (metal arrows) and a sword from one suspect in his residence in Bidau, Dili.

Commander Fernandes said that more than a hundred people attempted to destabilize the situation in the areas of Vila Verde and Bairopite by beating iron against metal gates- usually done to warn of impending trouble. The police responded immediately by capturing 17 suspects and detaining them in the Dili District Police station for further investigation.

“There are some incidents in the capital Dili, but the police attended immediately and the situation remains calm…PNTL has arrested some people who did not respect the ‘State of Emergency’ and who were also involved in the assassination attempts against PR José Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão,” said Commander Fernandes. The security situation in Dili however remains calm with no significant security incidents.

Alfredo’s advisor under house arrest: The advisor to Alfredo Reinado, Angelina Pires, has been placed under house arrest after being arrested on Sunday (17/2) on conspiracy and attempted assassination charges. Prosecutor Felismino Cardoso said on Tuesday (19/2) that Angelina’s case is an important one as it is relates to the attempted assassinations against the leaders of the country. Angelina Pires was one of the first suspects interviewed.

NP has no law to guide ‘State of Emergency’: The Acting President of the National Parliament (NP) has affirmed that there is no law guiding the Government on when it needs to report to the NP on the ‘State of Emergency.’ The Acting NP President Maria Paixão said that the National Parliament is currently working on a law about the State of Emergency. “There is no law that outlines the deadline for reporting on the ‘State of Emergency.’ We could adopt some from other countries,” said Ms. Paixão in response to demands made by MPs for the Government to provide a report on the first State of Emergency. Ms. Maria appealed to the MPs to give adequate time to the Government to prepare its report.

Fretilin demands medical officers for Horta: Fretilin is forcing the Government to provide medical officers to Darwin to follow the process of PR Ramos-Horta’s medical treatment.

"The Government has to have a medical team in Australia to follow the treatment process every day and not just wait for information provided by the Australian doctors. This is our responsibility,” said Fretilin member of NP, Antoninho Bianco on Tuesday (19/2) in NP, Dili.

ETCRN: Timor-Leste remains in crisis: The East Timor Crisis Reflection Network (ETCRN) said that Timor-Leste continues to be in crisis as there is no commitment from the Timorese people to resolve problems that too easily become politicised by individual and group interests.

The Director of ETCRN José Caetano Guterres has asked the political parties to contribute to resolving the nation’s problems by creating unity between them and the public. Related to the assassination attempts against PR José Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão, Mr Guterres said that the attempted assassinations show that the presence of the International Stabilization Forces (ISF) and the United Nations Police (UNPol) in Timor-Leste could not guarantee security for Timor-Leste.

Mr. Guterres further asked the National Parliament to invite the ISF and UNPol to give their statements on their failure to establish security. Mr. Guterres is also proposing to establish a national independent commission to investigate the events of 11 February

Print Coverage

SRSG and Lasama discuss arrest mechanisms: The Special Representative of the Secretary-General (SRSG) for Timor-Leste, Atul Khare, met with the Acting President of the Republic, Fernando Lasama de Araujo, on Monday (18/2) to discuss possible mechanisms for arresting Salsinha and his group.

“My meeting with the Acting President was to see how we can arrest those who were involved in the crimes. We focused on certain mechanisms. I also talked to PM Xanana this morning on how to make the arrests more effective by involving the F-FDTL, PNTL or anyone else,” said SRSG Khare. (TP)

Pires under house arrest: Angelina Pires, accused of conspiring with Alfredo’s group to assassinate PR José Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão, has been placed under house arrest by the Dili District Court. “I cannot comment on the Prosecutor’s eyewitness as I respect the dignity of the suspect,” said the international prosecutor Felismino Cardoso. Angelina was arrested on Sunday (17/2). (TP)

Fretilin: Xanana’s statement provocative: The Fretilin member of NP Estanislau da Silva said that the statement of PM Xanana Gusmão to the public was a provocative message which would worsen the current situation. Mr. da Silva said that the statement of PM Xanana was also insulting to other people. “The message of PM Xanana last night is going to exacerbate the situation as the message violates the ‘State of Emergency’ which prohibits any political activity,” said Mr. da Silva. “But Xanana is engaging in political activity in order to attack others.” Mr. da Silva has also asked PM Xanana to amend his statement for the sake of national consensus.

Separately, MPs from CNRT, UNDERTIM and PSD said that they all agree with the Prime Minister’s statement. “CNRT does not see the message as being provocative. As the Chief of the Government, he has to say whatever he has to create calm during this State of Emergency,” said Eduardo de Deus Barreto. (TP)

UNPOL: possible to arrest Salsinha and his men: The UNPol Spokesperson, Benjamin Osuji, has said that the coordination between UNPol, PNTL, F-FDTL and ISF would make it possible to arrest Gastão Salsinha and the other 17 members of his group who were involved in the events of 11 February. “The UNPol Commissioner in Timor-Leste, Rodolfo Tor, has said that the suspects involved in the incidents should be arrested. Timor-Leste’s authorities, including the political parties, are also demanding the arrests,” said Mr Osuji on Tuesday (19/2). (DN)

Alfredo sent a letter to the UN SG: Alfredo Reinado once sent a letter to the UN Secretary-General Ban Ki-Moon claiming that he and his group were victims under Fretilin’s rule. The nine-page letter was sent on 27 November 2007, two weeks before the visit of the Secretary-General to Timor-Leste. He wrote that he was only following his duties when the fighting occurred in mid 2006. He also wrote that as the Commander of the military police, he had a right to protect the nation when the ‘State of Law’ changed into the ‘State of Dictatorship.’ (STL)

Joint Operation Commander’s meeting held: For the first time, the Commander of the Defence Force of Timor-Leste (F-FDTL) Brigadier General Taur Matan Ruak has led a joint meeting with PNTL. TMR acted as the General Commander of the Joint Operation of F-FDTL and PNTL. The meeting was held to discuss operational strategies to be used during the ‘State of emergency’ to track down Alfredo’s men and Salsinha’s group. (STL)

IDPs to remain in place: In relation to the recent attacks against the leaders of the country, IDPs are refusing to return home claiming that they will wait in camps until the situation normalizes and becomes secure. Afonso Moniz, one of the IDPs in Obrigado Barrack Camp, said that the 11 February events have made him afraid to return home. “Even though the Government is pursuing various avenues to make us return home, we insist on remaining in the camps,” said Mr. Moniz. (STL)


Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Quarta-feira, 20 Fevereiro 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Conselheira de Alfredo em prisão domiciliária: A conselheira de Alfredo Reinado, Angelina Pires, foi colocada em prisão domiciliária depois de ter sido presa no Domingo (17/2) com acusações de conspiração e tentativa de assassínio. “Não posso comentar sobre o testemunho ao Procurador dado que respeito a dignidade da suspeita,” disse o procurador internacional Felismino Cardoso.

Fretilin: declaração de Xanana é demasiado provocadora: O deputado da Fretilin do PN Inácio Moreira disse que a declaração feita pelo PM Xanana Gusmão à população foi muito provocadora. “A mensagem do PM Xanana ontem à noite vai exacerbar a situação durante o ‘Estado de Emergência,” disse o Sr. Moreira.

Em separado, deputados do CNRT, UNDERTIM e PSD disseram todos que concordam com a declaração do Primeiro-Ministro. “A UNDERTIM concorda com a declaração do Primeiro-Ministro. Se fosse possível o ‘Estado de Emergência’ devia ser prolongado até 2012 até a nação se tornar estável e segura,” disse Cornelio ‘L7’ Gama.

RTL Cobertura de Notícias

18 pessoas presas por violações contra o ‘Estado de Emergência’: O Comandante Operacional da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), Mateus Fernandes, confirmou que 18 pessoas foram presas por violarem o ‘Estado de Emergência.’ A polícia apanhou também cinquenta Rama ambons (setas metálicas) e uma espada dum suspeito na sua residência em Bidau, Dili.

O Comandante Fernandes disse que mais de uma centena de pessoas tentaram desestabilizar a situação nas áreas de Vila Verde e Bairo Pite batendo ferros contra os portões de metal - geralmente feito para avisar de problemas eminentes. A polícia respondeu imediatamente capturando 17 suspeitos e detendo-os na estação da Polícia do Distrito de Dili para mais investigações.

“Houve alguns incidentes na capital Dili, mas a polícia ocorreu imediatamente e a situação permanence calma…A PNTL prendeu algumas pessoas que não respeitaram o ‘Estado de Emergência’ e que também estiveram envolvidas nas tentativas de assassínio contra o PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão,” disse o Comandante Fernandes. A situação de segurança em Dili contudo mantém-se calma sem incidentes significativos de segurança.

Conselheira de Alfredo’ em prisão domiciliária: A conselheira de Alfredo Reinado, Angelina Pires, foi colocada em prisão domiciliária depois de ter sido presa no Domingo (17/2) sob acusações de conspiração e tentativa de assassínio. O Procurador Felismino Cardoso disse na Terça-feira (19/2) que o caso de Angelina era um caso importante porque está relacionado com as tentativas de assassínio contra os líderes do país. Angelina Pires foi uma das primeiras suspeitas interrogadas.

PN não tem nenhuma lei para guiar o ‘Estado de Emergência’: O Presidente interino do Parlamento Nacional (PN) afirmou que não alguma lei a guiar o Governo sobre quando precisa de relatar ao PN sobre o ‘Estado de Emergência.’ O Presidente interino do PN Maria Paixão disse que o Parlamento Nacional está correntemente a trabalhar uma lei sobre o Estado de Emergência. “Não há nenhuma lei que diga a data limite para o relatório sobre o ‘Estado de Emergência.’ Podemos adoptar algumas doutros países,” disse a Srª. Paixão em resposta a pedidos feitos por deputados para o Governo dar um relatório sobre o primeiro Estado de Emergência. A Srª. Maria pediu aos deputados para darem tempo adequado ao Governo para preparar o seu relatório.

Fretilin pede funcionários médicos para Horta: A Fretilin está a forçar o Governo a enviar funcionários médicos para Darwin para seguirem o processo do tratamento médico do PR Ramos-Horta.

"O Governo tem de ter uma equipa médica na Austrália para seguir o processo de tratamento em cada dia e não ficar à espera apenas da informação dada pelos médicos Australianos. Esta responsabilidade é nossa,” disse o deputado da Fretilin, Antoninho Bianco na Terça-feira (19/2) no PN, Dili.

ETCRN: Timor-Leste mantém-se em crise: A Rede de Reflexão da Crise de Timor-Leste (ETCRN) disse que Timor-Leste continua a estar em crise dado que não há nenhum compromisso do povo Timorense para resolver problemas que com demasiada facilidade se tornam politizados por indivíduos e grupos de interesses.

O Director do ETCRN José Caetano Guterres pediu aos partidos politicos para contribuirem para a resolução dos problemas da nação criando unidade entre eles e a população. Em relação às tentativas de assassínio contra o PR José Ramos-Horta e o PM Xanana Gusmão, o Sr Guterres disse que as tentativas de assassínio mostram que a presença das Forças Internacionais de Estabilização (ISF) e a Polícia da ONU (UNPol) em Timor-Leste não podem garantir a segurança em Timor-Leste.

O Sr. Guterres pediu ainda ao Parlamento Nacional para convidar as ISF e a UNPol a fazerem declarações sobre os seus falhanços em estabelecer a segurança. O Sr. Guterres propõe ainda o estabelecimento duma comissão nacional independente para investigar os eventos de 11 Fevereiro

Cubertura Impressa

SRSG e Lasama discutem mecanismos de detenção: O Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste, Atul Khare, encontrou-se com o Presidente da República interino, Fernando Lasama de Araujo, na Segunda-feira (18/2) para discutir possíveis mecanismos para prender Salsinha e o seu grupo.

“O meu encontro com o Presidente interino foi para ver como podemos prender os que estiveram envolvidos nos crimes. Focámo-nos em certos mecanismos. Falei também com o PM Xanana esta manhã como tornar mais efectivas as prisões com o envolvimento das F-FDTL, PNTL ou mais alguém,” disse o SRSG Khare. (TP)

Pires sob prisão domiciliária: Angelina Pires, acusada de conspirar com o grupo de Alfredo para assassinar o PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão, foi colocada sob prisão domiciliária pelo Tribunal do Distrito de Dili. “Não posso comentar sobre a testemunha do Procurador dado que respeito a dignidade do suspeito,” disse o procurador internacional Felismino Cardoso. Angelina foi presa no Domingo (17/2). (TP)

Fretilin: declaração de Xanana provocadora: O deputado da Fretilin Estanislau da Silva disse que a declaração do PM Xanana Gusmão à população foi uma mensagem provocadora que pode fazer poiorar a situação corrente. O Sr. da Silva disse que a declaração do PM Xanana era também insultuosa para outras pessoase. “A mensagem do PM Xanana de ontem à noite vai exacerbar a situação dado que a mensagem viola o ‘Estado de Emergência’ que proíbe qualquer actividade política,” disse o Sr. da Silva. “Mas Xanana está engajado em actividade política de modo a atacar os outros.” O Sr. da Silva pediu ainda ao PM Xanana para emendar a sua declaração a bem do consenso nacional.

Em separado, deputados do CNRT, UNDERTIM e PSD todos disseram que concordavam com a declaração do Primeiro-Ministro. “O CNRT não vê a mensagem como provocadora. Como Chefe do Governo, ele tem que dizer seja o que tiver de dizer para criar calma durante o Estado de Emergência,” disse Eduardo de Deus Barreto. (TP)

UNPOL: possível prender Salsinha e os seus homens: O porta-voz da UNPol, Benjamin Osuji, disse que a coordenação entre UNPol, PNTL, F-FDTL e ISF tornará possível prender Gastão Salsinha e os outros 17 membros do seu grupo que estiveram envolvidos nos eventos de 11 de Fevereiro. “O Comissário da UNPol em Timor-Leste, Rodolfo Tor, disse que os suspeitos envolvidos nos incidentes devem ser presos. As autoridades de Timor-Leste, incluindo os partidos políticos, estão também a exigir as prisões,” disse o Sr Osuji na Terça-feira (19/2). (DN)

Alfredo mandou uma carta ao SG da ONU: Alfredo Reinado há tempos enviou uma carta ao Secretário-Geral da ONU Ban Ki-Moon afirmando que ele e os seus homens eram vítimas da governação da Fretilin. A carta de nove páginas foi enviada em 27 Novembro 2007, duas semanas antes da visita do Secretário-Geral a Timor-Leste. Ele escreveu que estava apenas a seguir as suas obrigações quando a luta ocorreu em meados de 2006. Escreveu também que como Comandante da polícia militar, tinha o direito de proteger a nação quando o ‘Estado de Lei’ mudou para ‘Estado de Ditadura.’ (STL)

Encontro de Comandantes para Operação conjunta realizada: Pela primeira vez, o Comandante da Força de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) Brigadeiro General Taur Matan Ruak liderou um encontro conjunto com a PNTL. TMR actuou como Comandante Geral da Operação Conjunta F-FDTL e PNTL. O encontro ocorreu para discutir estratégias operacionais a usar durante o ‘Estado de Emergência’ para seguir os homens de Alfredo e o grupo de Salsinha. (STL)

Deslocados continuam no mesmo sítio: Em relação aos ataques recentes contra os líderes do país, os deslocados estão-se a recusar regressar às suas casas afirmando que esperarão nos campos até a situação se normalizar e ficar segura. Afonso Moniz, um dos deslocados no Campo Obrigado Barrack, disse que os eventos de 11 de Fevereiro os fizeram ter medo de voltarem para casa. “Mesmo apesar do Governo estar a procurar várias maneiras para nos obrigar a voltar para casa, nós insistimos em permanecer nos campos,” disse o Sr. Moniz. (STL)

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Quarta-feira, 20 Fevereiro 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Conselheira de Alfredo em prisão domiciliária: A conselheira de Alfredo Reinado, Angelina Pires, foi colocada em prisão domiciliária depois de ter sido presa no Domingo (17/2) com acusações de conspiração e tentativa de assassínio. “Não posso comentar sobre o testemunho ao Procurador dado que respeito a dignidade da suspeita,” disse o procurador internacional Felismino Cardoso.

Fretilin: declaração de Xanana é demasiado provocadora: O deputado da Fretilin do PN Inácio Moreira disse que a declaração feita pelo PM Xanana Gusmão à população foi muito provocadora. “A mensagem do PM Xanana ontem à noite vai exacerbar a situação durante o ‘Estado de Emergência,” disse o Sr. Moreira.

Em separado, deputados do CNRT, UNDERTIM e PSD disseram todos que concordam com a declaração do Primeiro-Ministro. “A UNDERTIM concorda com a declaração do Primeiro-Ministro. Se fosse possível o ‘Estado de Emergência’ devia ser prolongado até 2012 até a nação se tornar estável e segura,” disse Cornelio ‘L7’ Gama.

RTL Cobertura de Notícias

18 pessoas presas por violações contra o ‘Estado de Emergência’: O Comandante Operacional da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), Mateus Fernandes, confirmou que 18 pessoas foram presas por violarem o ‘Estado de Emergência.’ A polícia apanhou também cinquenta Rama ambons (setas metálicas) e uma espada dum suspeito na sua residência em Bidau, Dili.

O Comandante Fernandes disse que mais de uma centena de pessoas tentaram desestabilizar a situação nas áreas de Vila Verde e Bairo Pite batendo ferros contra os portões de metal - geralmente feito para avisar de problemas eminentes. A polícia respondeu imediatamente capturando 17 suspeitos e detendo-os na estação da Polícia do Distrito de Dili para mais investigações.

“Houve alguns incidentes na capital Dili, mas a polícia ocorreu imediatamente e a situação permanence calma…A PNTL prendeu algumas pessoas que não respeitaram o ‘Estado de Emergência’ e que também estiveram envolvidas nas tentativas de assassínio contra o PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão,” disse o Comandante Fernandes. A situação de segurança em Dili contudo mantém-se calma sem incidentes significativos de segurança.

Conselheira de Alfredo’ em prisão domiciliária: A conselheira de Alfredo Reinado, Angelina Pires, foi colocada em prisão domiciliária depois de ter sido presa no Domingo (17/2) sob acusações de conspiração e tentativa de assassínio. O Procurador Felismino Cardoso disse na Terça-feira (19/2) que o caso de Angelina era um caso importante porque está relacionado com as tentativas de assassínio contra os líderes do país. Angelina Pires foi uma das primeiras suspeitas interrogadas.

PN não tem nenhuma lei para guiar o ‘Estado de Emergência’: O Presidente interino do Parlamento Nacional (PN) afirmou que não alguma lei a guiar o Governo sobre quando precisa de relatar ao PN sobre o ‘Estado de Emergência.’ O Presidente interino do PN Maria Paixão disse que o Parlamento Nacional está correntemente a trabalhar uma lei sobre o Estado de Emergência. “Não há nenhuma lei que diga a data limite para o relatório sobre o ‘Estado de Emergência.’ Podemos adoptar algumas doutros países,” disse a Srª. Paixão em resposta a pedidos feitos por deputados para o Governo dar um relatório sobre o primeiro Estado de Emergência. A Srª. Maria pediu aos deputados para darem tempo adequado ao Governo para preparar o seu relatório.

Fretilin pede funcionários médicos para Horta: A Fretilin está a forçar o Governo a enviar funcionários médicos para Darwin para seguirem o processo do tratamento médico do PR Ramos-Horta.
"O Governo tem de ter uma equipa médica na Austrália para seguir o processo de tratamento em cada dia e não ficar à espera apenas da informação dada pelos médicos Australianos. Esta responsabilidade é nossa,” disse o deputado da Fretilin, Antoninho Bianco na Terça-feira (19/2) no PN, Dili.

ETCRN: Timor-Leste mantém-se em crise: A Rede de Reflexão da Crise de Timor-Leste (ETCRN) disse que Timor-Leste continua a estar em crise dado que não há nenhum compromisso do povo Timorense para resolver problemas que com demasiada facilidade se tornam politizados por indivíduos e grupos de interesses.

O Director do ETCRN José Caetano Guterres pediu aos partidos politicos para contribuirem para a resolução dos problemas da nação criando unidade entre eles e a população. Em relação às tentativas de assassínio contra o PR José Ramos-Horta e o PM Xanana Gusmão, o Sr Guterres disse que as tentativas de assassínio mostram que a presença das Forças Internacionais de Estabilização (ISF) e a Polícia da ONU (UNPol) em Timor-Leste não podem garantir a segurança em Timor-Leste.

O Sr. Guterres pediu ainda ao Parlamento Nacional para convidar as ISF e a UNPol a fazerem declarações sobre os seus falhanços em estabelecer a segurança. O Sr. Guterres propõe ainda o estabelecimento duma comissão nacional independente para investigar os eventos de 11 Fevereiro

Cubertura Impressa

SRSG e Lasama discutem mecanismos de detenção: O Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste, Atul Khare, encontrou-se com o Presidente da República interino, Fernando Lasama de Araujo, na Segunda-feira (18/2) para discutir possíveis mecanismos para prender Salsinha e o seu grupo.

“O meu encontro com o Presidente interino foi para ver como podemos prender os que estiveram envolvidos nos crimes. Focámo-nos em certos mecanismos. Falei também com o PM Xanana esta manhã como tornar mais efectivas as prisões com o envolvimento das F-FDTL, PNTL ou mais alguém,” disse o SRSG Khare. (TP)

Pires sob prisão domiciliária: Angelina Pires, acusada de conspirar com o grupo de Alfredo para assassinar o PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão, foi colocada sob prisão domiciliária pelo Tribunal do Distrito de Dili. “Não posso comentar sobre a testemunha do Procurador dado que respeito a dignidade do suspeito,” disse o procurador internacional Felismino Cardoso. Angelina foi presa no Domingo (17/2). (TP)

Fretilin: declaração de Xanana provocadora: O deputado da Fretilin Estanislau da Silva disse que a declaração do PM Xanana Gusmão à população foi uma mensagem provocadora que pode fazer poiorar a situação corrente. O Sr. da Silva disse que a declaração do PM Xanana era também insultuosa para outras pessoase. “A mensagem do PM Xanana de ontem à noite vai exacerbar a situação dado que a mensagem viola o ‘Estado de Emergência’ que proíbe qualquer actividade política,” disse o Sr. da Silva. “Mas Xanana está engajado em actividade política de modo a atacar os outros.” O Sr. da Silva pediu ainda ao PM Xanana para emendar a sua declaração a bem do consenso nacional.

Em separado, deputados do CNRT, UNDERTIM e PSD todos disseram que concordavam com a declaração do Primeiro-Ministro. “O CNRT não vê a mensagem como provocadora. Como Chefe do Governo, ele tem que dizer seja o que tiver de dizer para criar calma durante o Estado de Emergência,” disse Eduardo de Deus Barreto. (TP)

UNPOL: possível prender Salsinha e os seus homens: O porta-voz da UNPol, Benjamin Osuji, disse que a coordenação entre UNPol, PNTL, F-FDTL e ISF tornará possível prender Gastão Salsinha e os outros 17 membros do seu grupo que estiveram envolvidos nos eventos de 11 de Fevereiro. “O Comissário da UNPol em Timor-Leste, Rodolfo Tor, disse que os suspeitos envolvidos nos incidentes devem ser presos. As autoridades de Timor-Leste, incluindo os partidos políticos, estão também a exigir as prisões,” disse o Sr Osuji na Terça-feira (19/2). (DN)

Alfredo mandou uma carta ao SG da ONU: Alfredo Reinado há tempos enviou uma carta ao Secretário-Geral da ONU Ban Ki-Moon afirmando que ele e os seus homens eram vítimas da governação da Fretilin. A carta de nove páginas foi enviada em 27 Novembro 2007, duas semanas antes da visita do Secretário-Geral a Timor-Leste. Ele escreveu que estava apenas a seguir as suas obrigações quando a luta ocorreu em meados de 2006. Escreveu também que como Comandante da polícia militar, tinha o direito de proteger a nação quando o ‘Estado de Lei’ mudou para ‘Estado de Ditadura.’ (STL)

Encontro de Comandantes para Operação conjunta realizada: Pela primeira vez, o Comandante da Força de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) Brigadeiro General Taur Matan Ruak liderou um encontro conjunto com a PNTL. TMR actuou como Comandante Geral da Operação Conjunta F-FDTL e PNTL. O encontro ocorreu para discutir estratégias operacionais a usar durante o ‘Estado de Emergência’ para seguir os homens de Alfredo e o grupo de Salsinha. (STL)

Deslocados continuam no mesmo sítio: Em relação aos ataques recentes contra os líderes do país, os deslocados estão-se a recusar regressar às suas casas afirmando que esperarão nos campos até a situação se normalizar e ficar segura. Afonso Moniz, um dos deslocados no Campo Obrigado Barrack, disse que os eventos de 11 de Fevereiro os fizeram ter medo de voltarem para casa. “Mesmo apesar do Governo estar a procurar várias maneiras para nos obrigar a voltar para casa, nós insistimos em permanecer nos campos,” disse o Sr. Moniz. (STL)

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.