quarta-feira, fevereiro 20, 2008

MAIS DEPRESSA SE APANHA UM MENTIROSO QUE UM CÔXO

Blog OPINIÃO LUSÓFONA

Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008
FORUM HAKSESUK ANDA A SONHAR ALTO

Por ALDER PINOCA

A entrevista que Mário Carrascalão concedeu à Agência Lusa – publicada mais em baixo - parece ser bastante elucidativa das fortes questões que já aqui foram abordadas, sendo uma delas a credibilidade do atentado a Xanana Gusmão. Afirma Carrascalão que naquele ponto da estrada ninguém escaparia a uma emboscada, entre outras “quentes e boas” declarações.
Também em declarações Xanana Gusmão afirmou desde o princípio que tinha visto Salsinha a emboscá-lo, mas Salsinha declara que não o fez e que se quisesse matar Xanana já poderia tê-lo feito.

Mais pormenores que desacreditam o PM Xanana relativamente ao atentado de que afirma ter sido vítima vão surgindo, entre os quais ter declarado que durante o ataque dos rebeldes pediu um helicóptero ao comando australiano e que este não foi cedido. O comando australiano não confirma este pedido.


Surgiu entretanto um artigo no *FORUM HAKSESUK intitulado "ONU E PALÁCIO DO PLANALTO DESMENTEM MARI ALKATIRI", em que o referido Fórum faz constar que teve conhecimento através de uma fonte da ONU e outra do Gabinete Presidencial de Lula da Silva – não identificadas - de que Ramos Horta não ia convocar eleições antecipadas, nem isso tinha declarado.

Nem de propósito surgem as declarações de Mário Carrascalão, em que confirma as intenções do Presidente Horta e os acertos que estavam a ser feitos com os partidos mais representativos do espectro político timorense.

As “fontes” do FORUM HAKSESUK são tão más e devem ter “secado” tanto que nem o correio electrónico que afirmam ter recebido do Palácio do Planalto, de Lula da Silva, desmentindo o que Horta tinha ali declarado, foram capazes de publicar.

Com contra informação assim, tão primária, tão despudorada… não vai longe o Haksesuk nem os que esperavam merecer crédito. Aliás, como Xanana Gusmão.


Desconheço as tendências deste “panfleto” - porque desconhecia a sua existência - que se publica em português e em tétum, mas se existem para “flagrantes” destes será melhor meterem a viola no saco e irem bahona. Chega de mentiras, de confusão, de irresponsabilidades, de querem fazer de um mentiroso golpista um honesto primeiro-ministro. Parem de “sonhar alto”.

As terríveis facetas de Xanana Gusmão já transpareceram há muito para a maioria dos cidadãos do mundo e somente a ele o deve, com as suas práticas que não olham a meios para atingir as suas finalidades.

Sabemos que em Timor a sua credibilidade também está em desastrosa decadência e que só meia dúzia de grupelhos fanáticos o apoiam e estupidamente nele acreditam.

Bem disse Mário Carrascalão, antes das eleições, que Xanana andava com más companhias. O resultado está à vista.

Parece-me que agora só falta provar que Xanana Gusmão faz parte de uma conjura assassina, nas pessoas de Alfredo Reinado e do Presidente da República, porque, como diz Mário Carrascalão, a via australiana de tudo isto é uma hipótese e não vejo ninguém mais bem colocado nessa via australiana que Xanana Gusmão. Aliás, é a via em que considero mais embrenhada e organizada nos meandros da sujidade política que avassala Timor-Leste.

Vamos ver, o que acontecerá ao ídolo de pés de barro e que mais e maiores desilusões nos reserva.*Já agora, recomendo vivamente que leiam este FORUM HAKSESUK – está no seu direito mas exposto a críticas – texto que também está publicado no Timor Lorosae Nação, certamente devido a ser um blog com uma surpreendente abertura.

Publicada por Alder Pinoca

1 comentário:

h correia disse...

Em 21-2-2007 escrevi o seguinte neste blog:

“O povo sabe, mesmo aqueles que gostaram de Xanana como Presidente, que Xanana nunca seria um bom 1º Ministro. O povo está farto de ser vítima de guerrilhas pessoais e institucionais e quer apenas um governante que governe.

Xanana será vítima do seu último grande erro: uma candidatura anti-Fretilin e não pró-Timor; uma candidatura pela negativa e não pela positiva; uma candidatura cujo objectivo não é ganhar, mas impedir que a Fretilin ganhe.”


Quando Xanana criou a AMP à pressa para ter uma "maioria parlamentar" que lhe desse aquilo que não conseguiu nas urnas, eu escrevi também que Ramos Horta corria um risco muito grande em conceder a essa "coligação" o direito de indicar o futuro PM de Timor-Leste e de formar Governo.

Naquela altura, eu afirmei que nada garantia a “estabilidade” daquela "coligação", formada apenas por conveniência momentânea dos seus membros e nada mais. Ainda por cima, um dos líderes mais importantes e carismáticos da cena política timorense, Mário Carrascalão, cedo se demarcou da AMP e fez duras críticas a Xanana, dizendo que ele estava rodeado de gente pouco recomendável.

Assim que surgissem as primeiras divergências, a "coligação" poderia desfazer-se tão rapidamente como se constituiu.

Infelizmente, aquilo que eu receava está já a acontecer. A incompetência e a incapacidade deste Governo é tanta, que até os seus próprios apoiantes começam a não acreditar nele.

Já havia uns zumzuns pairando no ar de que Ramos Horta se preparava para resolver o problema de Reinado com um pacote negocial oferecido aos vários partidos, que incluía a realização de eleições antecipadas.

Agora, Mário Carrascalão veio confirmar essas informações, descrevendo uma reunião que se realizou com RH e todos os líderes partidários.

Tudo apontava para a concordância de todos em relação à proposta do PR, mas Xanana logo mostrou que não estava disposto a abdicar do poder, sendo o único que ainda acredita na (in)capacidade do seu Governo.

Já em 5-8-2007, eu escrevia neste blog:

“Só por fanatismo se pode negar que a Fretilin tem feito concessões de vulto para tentar viabilizar um Governo inclusivo que permita criar as condições de estabilidade tão necessárias para que Timor tenha finalmente paz e sossego.

A essas concessões e disponibilidade para negociar, Xanana tem respondido com uma rigidez lamentável.”


Passados seis meses, Xanana não mudou nada.

Se nos lembrarmos das últimas e comprometedoras declarações de Reinado, talvez Xanana tenha agora desperdiçado uma grande oportunidade de sair airosamente. Digamos que se ia passar uma esponja sobre tudo e todos.

Só que Xanana não mudou de ideias e entretanto dá-se o(s) atentado(s). Se juntarmos a posição de Xanana quanto às eleições antecipadas ao seu comportamento considerado suspeito por alguns no dia do(s) atentado(s) e ao discurso que fez recentemente na TV, em tom de desafio e ameaça, daí resultam grandes suspeitas, por mais que não queiramos pensar nelas.

Xanana "tudo fará para evitar queda das instituições do Estado", ou "tudo fará" para evitar a sua própria queda?

Vamos ver.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.