domingo, abril 20, 2008

Ramos-Horta returns to E Timor next week

JAKARTA, April 12 AAP - East Timor's President Jose Ramos-Horta will
return to the tiny country next week for the first time since he was
gunned down outside his Dili home.

The Nobel Laureate was evacuated to Darwin on February 11 after he
was shot by armed intruders, many of whom are still on the run.

East Timor Prime Minister Xanana Gusmao escaped uninjured from an
attack on his convoy a short time later.

The president's office today confirmed he would return to East Timor next week.

"After 65 days of medical treatment in Darwin, Australia, following
the incident on February 11th, President Dr Jose Ramos-Horta will
return to Timor-Leste on 17th April," it said in a statement.

Mr Ramos-Horta, 58, is recovering in a private house in Darwin,
following his release from hospital.

He plans to hold a press conference immediately on his return, and
also plans to attend Sunday Mass and address the national parliament.

His return comes after speculation he was preparing to quit the
presidency, which was later rejected by his office.

Mr Ramos-Horta took over as East Timor's prime minister amid a wave
of violence in 2006 which killed 37 and forced thousands to flee
their homes for refugee camps.

He was elevated to the presidency of East Timor in a landslide
election win a year ago, and has been key in efforts to stabilise and
develop the tiny nation.

------------------------------------------
Joyo Indonesia News Service

Tradução:

Ramos-Horta regressa a Timor-Leste na próxima semana

JACARTA, Abril 12 AAP – o Presidente de Timor-Leste José Ramos-Horta regressará ao pequeno país na próxima semana pela primeira vez desde que foi baleado no exterior da sua casa em Dili.

O laureado do Nobel foi evacuado para Darwin em 11 de Fevereiro depois de ter sido baleado por intrusos armados, muitos dos quais continuam em fuga.

O Primeiro-Ministro de Timor-Leste Xanana Gusmão escapou ileso dum ataque à sua caravana pouco tempo depois.

O gabinete do presidente conformou hoje que ele regressará a Timor-Leste na próxima semana.

"Depois de 65 dias de tratamento médico em Darwin, Austrália, depois do incidente em 11 de Fevereiro, o Presidente Dr José Ramos-Horta regressará a Timor-Leste em 17 de Abril," lê-se numa declaração.

O Sr Ramos-Horta, 58 anos, está a recuperar numa casa particular em Darwin, depois de ter tido alta do hospital.

Ele planeia fazer uma conferência de imprensa imediatamente após o seu regresso e também planeia atender a missa de Domingo e dirigir-se ao parlamento.

O seu regresso acontece depois de especulação que se preparava para abandonar a presidência, o que foi rejeitado pelo seu gabinete mais tarde.

O Sr Ramos-Horta assumiu o cargo de primeiro-ministro de Timor-Leste no meio duma onda de violência em 2006 que matou 37 e forçou milhares a fugirem das suas casas para campos de deslocados.

Subiu à presidência de Timor-Leste depois de ter ganho as eleições há um ano, e tem sido chave nos esforços para estabilizar e desenvolver a pequena nação.

------------------------------------------

Joyo Indonesia News Service

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
Ramos-Horta regressa a Timor-Leste na próxima semana
JACARTA, Abril 12 AAP – o Presidente de Timor-Leste José Ramos-Horta regressará ao pequeno país na próxima semana pela primeira vez desde que foi baleado no exterior da sua casa em Dili.

O laureado do Nobel foi evacuado para Darwin em 11 de Fevereiro depois de ter sido baleado por intrusos armados, muitos dos quais continuam em fuga.

O Primeiro-Ministro de Timor-Leste Xanana Gusmão escapou ileso dum ataque à sua caravana pouco tempo depois.

O gabinete do presidente conformou hoje que ele regressará a Timor-Leste na próxima semana.

"Depois de 65 dias de tratamento médico em Darwin, Austrália, depois do incidente em 11 de Fevereiro, o Presidente Dr José Ramos-Horta regressará a Timor-Leste em 17 de Abril," lê-se numa declaração.

O Sr Ramos-Horta, 58 anos, está a recuperar numa casa particular em Darwin, depois de ter tido alta do hospital.

Ele planeia fazer uma conferência de imprensa imediatamente após o seu regresso e também planeia atender a missa de Domingo e dirigir-se ao parlamento.

O seu regresso acontece depois de especulação que se preparava para abandonar a presidência, o que foi rejeitado pelo seu gabinete mais tarde.

O Sr Ramos-Horta assumiu o cargo de primeiro-ministro de Timor-Leste no meio duma onda de violência em 2006 que matou 37 e forçou milhares a fugirem das suas casas para campos de deslocados.

Subiu à presidência de Timor-Leste depois de ter ganho as eleições há um ano, e tem sido chave nos esforços para estabilizar e desenvolver a pequena nação.



------------------------------------------

Joyo Indonesia News Service

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.