segunda-feira, janeiro 28, 2008

Tales of the Tigers

BBC
Archive

A modern history series that illuminates the present and future, by shining a light into the past. The series goes back to Indonesia and the night of 30 September 1965.

A midnight coup attempt prompted a violent backlash in which as many as one and a half million people were slaughtered. It was a moment that defined a nation. Its legacy is still felt today.
...

Tiger Tales, explore the present and future, through the past.

Year of living dangerously

Chris Gunness examines the "year of living dangerously" in Indonesia.

In 1965, plotters attempted a coup against President Sukarno, abducting and assassinating six military generals. The Communist Party, the PKI, was accused of staging the coup. The response was brutal.

Suharto's terror campaign
• Up to a million massacred
• Nearly two million people imprisoned
• Many tortured

"It was a slaughter the CIA describes as one of the worst mass murders of the twentieth century. Unlike other crimes against humanity in the twentieth century, this is a story never fully told, the perpetrators never fully exposed"

As General Suharto consolidated the grip of power, a nationwide campaign against the Communists turned into a massacre.

Since that time, information about the killings has been suppressed, vanishing from the official history.

Suharto's regime encouraged crony capitalism and introduced a culture of political violence that bedevils Indonesia to this day.

With the fall of Suharto, the period is now being re-examined, for its profound effects on the nation.

Listen to the programme:
Suharto's legacy

Tradução:

Histórias de Tigres

BBC
Arquivo

Uma série de histórias modernas que iluminam o presente e o futuro, por lançarem uma luz no passado. A série regressa à Indonésia e à luz de 30 de Setembro de 1965.

Uma tentativa de golpe de meia-noite desencadeou um contra-golpe violento onde tantas quantas meio milhão de pessoas foram massacradas. Foi um momento que definiu uma nação. O seu legado ainda se sente hoje....

Histórias de Tigres, explora o presente e o futuro, através do passado.

O ano de todos os perigos

Chris Gunness examina o "ano de todos os perigos " na Indonésia.

Em 1965, conspiradores tentaram um golpe contra o Presidente Sukarno, raptando e assassinando seis generais. O Partido Comunista, o PKI, foi acusado do golpe. A resposta foi brutal.

Campanha de terror de Suharto • Um milhão de pessoas massacradas • Perto de dois milhões de pessoas presas • Muitos torturados

"Foi uma matança que a CIA descreve como um dos piores assassínios em massa do século vinte. Ao contrário doutros crimes contra a humanidade no século vinte, esta é uma história que nunca foi totalmente contada, os perpetradores nunca foram totalmente expostos"

Enquanto o General Suharto consolidava a tomada do poder, uma campanha a nível nacional contra os Comunistas transformou-se num massacre.

Desde essa altura, foi suprimida a informação sobre as matanças, desaparecendo da história oficial.

O regime de Suharto encorajou o capitalismo clientelar e introduziu uma cultura de violência política que se mantém na Indonésia até hoje.

Com a queda de Suharto, o período está a ser agora re-examinado, dados os seus efeitos profundos na nação.

Ouçam o programa:Suharto's legacy

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
Histórias de Tigres
BBC
Arquivo

Uma série de histórias modernas que iluminam o presente e o futuro, por lançarem uma luz no passado. A série regressa à Indonésia e à luz de 30 de Setembro de 1965.

Uma tentativa de golpe de meia-noite desencadeou um contra-golpe violento onde tantas quantas meio milhão de pessoas foram massacradas. Foi um momento que definiu uma nação. O seu legado ainda se sente hoje.
...

Histórias de Tigres, explora o presente e o futuro, através do passado.

O ano de todos os perigos

Chris Gunness examina o "ano de todos os perigos " na Indonésia.

Em 1965, conspiradores tentaram um golpe contra o Presidente Sukarno, raptando e assassinando seis generais. O Partido Comunista, o PKI, foi acusado do golpe. A resposta foi brutal.

Campanha de terror de Suharto
• Um milhão de pessoas massacradas
• Perto de dois milhões de pessoas presas
• Muitos torturados

"Foi uma matança que a CIA descreve como um dos piores assassínios em massa do século vinte. Ao contrário doutros crimes contra a humanidade no século vinte, esta é uma história que nunca foi totalmente contada, os perpetradores nunca foram totalmente expostos"

Enquanto o General Suharto consolidava a tomada do poder, uma campanha a nível nacional contra os Comunistas transformou-se num massacre.

Desde essa altura, foi suprimida a informação sobre as matanças, desaparecendo da história oficial.

O regime de Suharto encorajou o capitalismo clientelar e introduziu uma cultura de violência política que se mantém na Indonésia até hoje.

Com a queda de Suharto, o período está a ser agora re-examinado, dados os seus efeitos profundos na nação.

Ouçam o programa:
Suharto's legacy

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.