quinta-feira, fevereiro 21, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Thursday, 21 February 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any conseque6nce resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Report

TVTL News Coverage


Lasama thanks US Ambassador: Acting President Fernando Lasama de Araujo has thanked the United States Government for providing three FBI officers to Timor-Leste to work with the Prosecutor General in investigating the events of 11 February.

“I give my thanks to Ambassador Hans Klemm for the rapid response to the request by Timor-Leste to conduct deeper investigations into the assassination attempts against PR Ramos-Horta PM Xanana,” said Acting President Lasama on Wednesday (20/2) in Palacio das Cinzas Caicoli, Dili.

Military operation against Salsinha cancelled: The Commander of the Defence Forces of Timor-Leste (F-FDTL), Brigadier General Taur Matan Ruak (TMR), confirmed that the operation against Salsinha and his group has been cancelled as they have left Dili.

Commander TMR said that further preparations are needed before continuing the operation.

Commander TMR pointed out that that is was only this operation which was cancelled, and not the entire operation which is still continuing.

“We have cancelled this operation. We know that they have walked away and we need to reassess before continuing the operation. It is useless to go to an empty place,” said Commander TMR. (11/2).

Public Ministry issued request letter to witnesses: The Public Ministry has issued a request letter to four civilians in relation to the assassination attempts against President José Ramos-Horta and Prime Minister Xanana Gusmão. The General Prosecutor, Longuinhos Monteiro, said the requests were based on the investigation conducted so far. To date, sixteen witnesses have given their statement to the Public Ministry. One of the witnesses has been placed under house arrest as they were involved directly in the conspiracy to commit the assassinations on 11 February.

International Secret Agents in TL: The General Prosecutor of Timor-Leste, Longuinhos Monteiro, has confirmed that three Federal Bureau of Investigation (FBI) officers from the United States of America (USA) and five Australian Federal Police (AFP) officers have arrived in Dili to investigate the conspiracy and attempted assassinations against PR Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão.

“The Government has invited them, as Timor-Leste has no forensic capacity and no laboratories to analyse ballistic evidence,” said Mr. Monteiro. Upon the request of the General Prosecutor, the President of Republic is also asking the Government and Australia to provide some crime and forensic investigators.

The US Ambassador to Timor-Leste, Hans George Klemm, also confirmed that the US Government sent three FBI officers to help in the investigations. (STL)

RTL News Coverage

Ireland supports conflict resolution: The State Secretary for the Council of Ministers, Hermenegildo Pereira, confirmed that the Government of Ireland will assist Timor-Leste in the area of conflict resolution. Mr. Pereira said that the Irish Government would focus on education and human resource development. Ireland will send a delegate to Timor-Leste to be responsible for human resource development. “The visit is very important as Ireland is a guest and friend of Timor-Leste. As the Foreign Minster informed, Ireland has made a decision to widen its programs on foreign affairs to include specific areas, such as conflict resolution,” said Mr. Pereira on Wednesday (20/2) in the Government Palace, Dili.

Military operation against Salsinha cancelled: The Commander of the Defence Forces of Timor-Leste (F-FDTL), Brigadier General Taur Matan Ruak (TMR), confirmed that the operation against Salsinha and his group has been cancelled as they have left Dili.

Commander TMR underlined further preparations are needed before continuing the operation. Commander TMR pointed out that that is was only this operation which was cancelled and that the whole investigation was still continuing.

“We have cancelled this operation. We know that they have walked away and we need to reassess before continuing the operation. It is useless to go to an empty place,” said Commander TMR.

As the General Commander for the Joint Operation, Commander TMR had discussed the mechanisms of the operation with the National Police of Timor-Leste and coordinated with the International Stabilization Forces (ISF) and United Nations Police (UNPol.) (11/2).

18 people who stand against the ‘State of Emergency’ released: The Operational Commander of PNTL Mateus Fernandes said that the eighteen people arrested on Monday night for breaching the State of Emergency were released yesterday (20/2) after being detained for 72 hours.

Commander Fernandes said there is no indication that the eighteen people were involved in crimes. The investigation shows that they were protesting against the decision of the Government to impose the ‘State Emergency.’

“They were released as there was no indication that they were involved in anything,” said Commander Fernandes.

‘State of emergency’ targets Fretilin: The Fretilin Member of the National Parliament, Francisco Miranda Branco, has said that Fretilin believes the Government to be committing human rights violations against Fetilin as well as politically persecuting them. This statement was made in relation to the arrest of the former Minister of Mineral Resources and Energy, José Teixeira, in his residence in Taibisse, Dili by PNTL Task Forces. The arrest was conducted without an arrest warrant.

“The Government has begun its political persecution and human rights violations. The arrest has surprised Fretilin and we consider it as political persecution against Fretilin,” said Mr. Miranda on Wednesday (20/2) in Dili.

Print Coverage

Lasama thanks FBI: Acting President Fernando Lasama de Araujo has thanked the United States Government for providing three FBI officers to Timor-Leste to work with the Prosecutor General in investigating the events of 11 February.

“I would like to make clear to the public those who are coming (FBI and AFP) are not part of an international commission. They are experts requested by the State of Timor-Leste to support the General Prosecutor in conducting the investigations,” said Acting President Lasama on Wednesday (20/2) in Palacio das Cinzas Caicoli, Dili. (STL)

USA sends FBI to Timor-Leste: The General Prosecutor of Timor-Leste, Longuinhos Monteiro, has confirmed that three Federal Bureau of Investigation (FBI) officers from the United States of America have arrived in Dili to investigate the conspiracy and attempted assassinations against PR Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão.

Mr. Monteiro said that FBI will stay in Timor-Leste as long as they were requested to by the Public Ministry. (TP)

No more dialogue with Salsinha: National Parliament members have asked Gastão Salsinha and his group to submit themselves to justice as they are the perpetrators of the problems being faced in the country.

MPs have also given their support to the coordination between the F-FDTL, PNTL and ISF to pursue Salsinha and his groups.

“The State is sacred. The position of Fretilin is that we will no longer pursue dialogue with the people who want to destroy the State,” said Fretilin member of NP David Dias Ximenes.

ISF starts operation in Manufahi: The International Stabilisation Force (ISF), comprised of Australian and New Zealand Forces, on Monday (18/2) started their operation to search for the suspects involved in the assassination attempts against PR Horta and PM Xanana.

Even though the population is uneasy with the presence of the international forces, they are happy with the State of Emergency and know that the ISF is protecting them by providing security.

“The ‘State of Emergency’ could bring us peace in this nation,” said Almerio Oliveira, a Youth Council member of Manufahi in Manufahi. (TP)

F-FDTL and PNTL implement ‘State of Emergency’ professionally: The Deputy President of National Parliament, Maria Paixão, has observed that the F-FDTL and PNTL have conducted themselves professionally during the implementation of the State of Emergency. (DN)
Military operations against Salsinha cancelled: The Commander of the Defence Forces of Timor-Leste (F-FDTL), Brigadier General Taur Matan Ruak (TMR), confirmed that the operation against Salsinha and his group has been cancelled.

“We have cancelled this operation. Cancelling does not mean that the overall operation has stopped.” said Commander TMR on Wednesday (20/2) in Palacio das Cinzas Caicoli, Dili after briefing the Acting President Fernando Lasama

Regarding the extension of the ‘State of Emergency,’ TMR said that any extension is the decision of the Council of Ministers. (DN)


Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Quinta-feira, 21 Fevereiro 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias


Lasama agradece ao embaixador dos USA: O Presidente interino Fernando Lasama de Araujo agradeceu ao Governo dos Estados Unidos por ter enviado três oficiais do FBI para Timor-Leste para trabalharem com o Procurador-Geral na investigação dos eventos de 11 de Fevereiro.

“Dei os meus agradecimentos ao Embaixador Hans Klemm pela resposta rápida ao pedido de Timor-Leste para conduzir investigações mais profundas às tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e PM Xanana,” disse o Presidente interino Lasama na Quarta-feira (20/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili.

Operação militar contra Salsinha cancelada: O Comandante das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), Brigadeiro General Taur Matan Ruak (TMR), confirmou que a operação contra Salsinha e o seu grupo tinha sido cancelada dado que eles tinham saído de Dili.

O Comandante TMR disse que são precisos mais preparativos antes de continuarem a operação.

O Comandante TMR apontou que foi apenas esta operação que for a cancelada e não a operação completa que continua ainda.

“Cancelámos esta operação. Sabemos que eles se foram embora e precisamos de avaliar novamente antes da operação continuar. É inútil ir a sítios vazios,” disse o Comandante TMR. (11/2).

Ministério Público emitiu convocatórias a testemunhas: O Ministério Público emitiu uma convocatória a quarto civis em relação às tentativas de assassínio contra o Presidente José Ramos-Horta e Primeiro-Ministro Xanana Gusmão. O Procurador Geral, Longuinhos Monteiro, disse que as convocatórias estavam baseadas na investigação conduzida até agora. Até hoje, dezasseis testemunhas fizeram os seus depoimentos ao Ministério Público. Uma das testemunhas foi colocada em prisão domiciliária dado que esteve envolvida directamente na conspiração para cometer os assassínios em 11 de Fevereiro.

Agentes Secretos Internacionais em TL: O Procurador-Geral de Timor-Leste, Longuinhos Monteiro, confirmou que três agentes do FBI dos Estados Unidos da América e cinco oficiais da Polícia Federal Australiana chegaram a Dili para investigar a conspiração e tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão.

“O Governo convidou-os dado que Timor-Leste não tem capacidades judiciais e nenhum laboratório para analisar evidência balística,” disse o Sr. Monteiro. A pedido do Procurador-Geral, o Presidente da República está ainda a pedir ao Governo e à Austrália para fornecerem alguns investigadores de crime e judiciais.

O embaixador dos USA em Timor-Leste, Hans George Klemm, confirmou também que o Governo dos USA enviou três agentes do FBI para ajudar nas investigações. (STL)

RTL Cobertura de Notícias

Irlanda apoia resolução do conflito: O Secretário do Estado para o Conselho de Ministros, Hermenegildo Pereira, confirmou que o Governo da Irlanda vai assistir Timor-Leste na área da resolução de conflitos. O Sr. Pereira disse que o Governo Irlandês se vai focar na educação e desenvolvimento de recursos humanos. A Irlanda vai mandar uma delegada para Timor-Leste para ser responsável pelo desenvolvimento dos recursos humanos. “A visita é muito importante dado que a Irlanda é visita e amiga de Timor-Leste. Como informou o Ministro dos Estrangeiros, a Irlanda tomou a decisão de abrir os seus programas de negócios estrangeiros para incluir áreas específicas, como resolução de conflitos,” disse o Sr. Pereira na Quarta-feira (20/2) no Palácio do Governo, Dili.

Operação Militar contra Salsinha cancelada: O Comandante das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), Brigadeiro General Taur Matan Ruak (TMR), confirmou que a operação contra Salsinha e o seu grupo foi cancelada dado que saíram de Dili.

O Comandante TMR sublinhou que são precisos mais preparativos antes de continuar a operação. O Comandante TMR apontou que foi apenas esta operação que foi cancelada e que a investigação total continua.

“Cancelámos esta operação. Sabemos que eles se foram embora e precisamos de avaliar novamente antes de continuarmos a operação. É inútil ir a sítios vazios,” disse o Comandante TMR.

Como Comandante Geral da Operação Conjunta, o Comandante TMR discutiu os mecanismos da operação com a Polícia Nacional de Timor-Leste e coordenou com a ISF e UNPol. (11/2).

Libertadas 18 pessoas que estiveram contra o estado de emergência: O Comandante Operacional da PNTL Mateus Fernandes disse que as 18 pessoas presas na Segunda-feira à noite por quebrarem o estado de emergência foram ontem libertadas (20/2) depois de terem estado 72 horas detidas.

O Comandante Fernandes disse que não havia qualquer indicação que os 18 tenham estado envolvidos em crimes. A investigação mostra que estavam a protestar contra a decisão do Governo de impor o estado de emergência.

“Foram libertadas por não haver nenhuma indicação de estarem envolvidas em nada,” disse o Comandante Fernandes.

‘Estado de emergência visa a Fretilin: O deputado da Fretilin, Francisco Miranda Branco, disse que a Fretilin acredita que o Governo está a cometer violações aos direitos humanos contra a Fretilin como está também a persegui-la politicamente. Esta declaração foi feita em relação à prisão do antigo Ministro dos Recursos Minerais e Energia, José Teixeira, na sua residência em Taibisse, Dili pela Task Force da PNTL. A prisão foi feita sem mandato de captura.

“O Governo começos com perseguição política e violações dos direitos humanos. A prisão surpreendeu a Fretilin e consideramos que isto foi perseguição política contra a Fretilin,” disse o Sr. Miranda na Quarta-feira (20/2) em Dili.

Cobertura impressa

Lasama agradece ao FBI: O Presidente interino Fernando Lasama de Araujo agradeceu ao Governo dos Estados Unidos por ter enviado três agentes do FBI para Timor-Leste para trabalharem com o Procurador-Geral na investigação dos eventos de 11 de Fevereiro.

“Gostaria de deixar claro à população que os agentes que estão a chegar (FBI e AFP) não fazem parte duma comissão internacional. São peritos requisitados pelo Estado de Timor-Leste para apoiar o Procurador-Geral na condução das investigações,” disse o Presidente interino Lasama na Quarta-feira (20/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili. (STL)

USA manda o FBI para Timor-Leste: O Procurador-Geral de Timor-Leste, Longuinhos Monteiro, confirmou a chegada de três agentes do FBI dos Estados Unidos da América para investigar a conspiração e tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e o PM Xanana Gusmão.

O Sr. Monteiro disse que o FBI ficará em Timor-Leste conforme forem requisitados pelo Ministério Público. (TP)

Não mais diálogo com Salsinha: Deputados do Parlamento Nacional pediram a Gastão Salsinha e ao seu grupo para se entregarem à justiça dado que são perpetradores dos problemas que o país enfrenta.

Os deputados deram também o seu apoio à coordenação entre F-FDTL, PNTL e ISF para procurarem Salsinha e o seu grupo.

“O Estado é sagrado. A posição da Fretilin é que não prosseguirá diálogo com as pessoas que querem destruir o Estado,” disse o deputado da Fretilin David Dias Ximenes.

ISF começa operação em Manufahi: A ISF, que engloba tropas Australianas e da Nova Zelândia, começou na Segunda-feira (18/2) as operações para procurar os suspeitos envolvidos nas tentativas de assassínio contra PR Horta e PM Xanana.

Mesmo apesar da população estar incomodada com a presença das tropas internacionais, está feliz com o estado de emergência e sabe que a ISF as protege dando-lhes segurança.

“O estado da emergência pode trazer paz a esta nação,” disse Almerio Oliveira, um membro do Conselho da Juventude de Manufahi em Manufahi. (TP)

F-FDTL e PNTL implementam profissionalmente o estado de emergência: O Vice- Presidente do Parlamento Nacional, Maria Paixão, observou que a F-FDTL e PNTL conduziram-se profissionalmente durante a implementação do estado de emergência. (DN)

Operações Militares contra Salsinha canceladas: O Comandante da F-FDTL, Brigadeiro General Taur Matan Ruak (TMR), confirmou que a operação contra Salsinha e o seu grupo foi cancelada.

“Cancelámos esta operação. Cancelar não quer dizer que toda a operação parou.” Disse o Comandante TMR na Quarta-feira (20/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili depois de informar o Presidente interino Fernando Lasama

Sobre o prolongamento do estado de emergência, TMR disse que qualquer prolongamento é decisão do Conselho de Ministros. (DN)

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Quinta-feira, 21 Fevereiro 2008
"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias


Lasama agradece ao embaixador dos USA: O Presidente interino Fernando Lasama de Araujo agradeceu ao Governo dos Estados Unidos por ter enviado três oficiais do FBI para Timor-Leste para trabalharem com o Procurador-Geral na investigação dos eventos de 11 de Fevereiro.

“Dei os meus agradecimentos ao Embaixador Hans Klemm pela resposta rápida ao pedido de Timor-Leste para conduzir investigações mais profundas às tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e PM Xanana,” disse o Presidente interino Lasama na Quarta-feira (20/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili.

Operação militar contra Salsinha cancelada: O Comandante das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), Brigadeiro General Taur Matan Ruak (TMR), confirmou que a operação contra Salsinha e o seu grupo tinha sido cancelada dado que eles tinham saído de Dili.

O Comandante TMR disse que são precisos mais preparativos antes de continuarem a operação.

O Comandante TMR apontou que foi apenas esta operação que for a cancelada e não a operação completa que continua ainda.

“Cancelámos esta operação. Sabemos que eles se foram embora e precisamos de avaliar novamente antes da operação continuar. É inútil ir a sítios vazios,” disse o Comandante TMR. (11/2).

Ministério Público emitiu convocatórias a testemunhas: O Ministério Público emitiu uma convocatória a quarto civis em relação às tentativas de assassínio contra o Presidente José Ramos-Horta e Primeiro-Ministro Xanana Gusmão. O Procurador Geral, Longuinhos Monteiro, disse que as convocatórias estavam baseadas na investigação conduzida até agora. Até hoje, dezasseis testemunhas fizeram os seus depoimentos ao Ministério Público. Uma das testemunhas foi colocada em prisão domiciliária dado que esteve envolvida directamente na conspiração para cometer os assassínios em 11 de Fevereiro.

Agentes Secretos Internacionais em TL: O Procurador-Geral de Timor-Leste, Longuinhos Monteiro, confirmou que três agentes do FBI dos Estados Unidos da América e cinco oficiais da Polícia Federal Australiana chegaram a Dili para investigar a conspiração e tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão.

“O Governo convidou-os dado que Timor-Leste não tem capacidades judiciais e nenhum laboratório para analisar evidência balística,” disse o Sr. Monteiro. A pedido do Procurador-Geral, o Presidente da República está ainda a pedir ao Governo e à Austrália para fornecerem alguns investigadores de crime e judiciais.

O embaixador dos USA em Timor-Leste, Hans George Klemm, confirmou também que o Governo dos USA enviou três agentes do FBI para ajudar nas investigações. (STL)

RTL Cobertura de Notícias

Irlanda apoia resolução do conflito: O Secretário do Estado para o Conselho de Ministros, Hermenegildo Pereira, confirmou que o Governo da Irlanda vai assistir Timor-Leste na área da resolução de conflitos. O Sr. Pereira disse que o Governo Irlandês se vai focar na educação e desenvolvimento de recursos humanos. A Irlanda vai mandar uma delegada para Timor-Leste para ser responsável pelo desenvolvimento dos recursos humanos. “A visita é muito importante dado que a Irlanda é visita e amiga de Timor-Leste. Como informou o Ministro dos Estrangeiros, a Irlanda tomou a decisão de abrir os seus programas de negócios estrangeiros para incluir áreas específicas, como resolução de conflitos,” disse o Sr. Pereira na Quarta-feira (20/2) no Palácio do Governo, Dili.

Operação Militar contra Salsinha cancelada: O Comandante das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), Brigadeiro General Taur Matan Ruak (TMR), confirmou que a operação contra Salsinha e o seu grupo foi cancelada dado que saíram de Dili.

O Comandante TMR sublinhou que são precisos mais preparativos antes de continuar a operação. O Comandante TMR apontou que foi apenas esta operação que foi cancelada e que a investigação total continua.

“Cancelámos esta operação. Sabemos que eles se foram embora e precisamos de avaliar novamente antes de continuarmos a operação. É inútil ir a sítios vazios,” disse o Comandante TMR.

Como Comandante Geral da Operação Conjunta, o Comandante TMR discutiu os mecanismos da operação com a Polícia Nacional de Timor-Leste e coordenou com a ISF e UNPol. (11/2).

Libertadas 18 pessoas que estiveram contra o estado de emergência: O Comandante Operacional da PNTL Mateus Fernandes disse que as 18 pessoas presas na Segunda-feira à noite por quebrarem o estado de emergência foram ontem libertadas (20/2) depois de terem estado 72 horas detidas.

O Comandante Fernandes disse que não havia qualquer indicação que os 18 tenham estado envolvidos em crimes. A investigação mostra que estavam a protestar contra a decisão do Governo de impor o estado de emergência.

“Foram libertadas por não haver nenhuma indicação de estarem envolvidas em nada,” disse o Comandante Fernandes.

‘Estado de emergência visa a Fretilin: O deputado da Fretilin, Francisco Miranda Branco, disse que a Fretilin acredita que o Governo está a cometer violações aos direitos humanos contra a Fretilin como está também a persegui-la politicamente. Esta declaração foi feita em relação à prisão do antigo Ministro dos Recursos Minerais e Energia, José Teixeira, na sua residência em Taibisse, Dili pela Task Force da PNTL. A prisão foi feita sem mandato de captura.

“O Governo começos com perseguição política e violações dos direitos humanos. A prisão surpreendeu a Fretilin e consideramos que isto foi perseguição política contra a Fretilin,” disse o Sr. Miranda na Quarta-feira (20/2) em Dili.

Cobertura impressa

Lasama agradece ao FBI: O Presidente interino Fernando Lasama de Araujo agradeceu ao Governo dos Estados Unidos por ter enviado três agentes do FBI para Timor-Leste para trabalharem com o Procurador-Geral na investigação dos eventos de 11 de Fevereiro.

“Gostaria de deixar claro à população que os agentes que estão a chegar (FBI e AFP) não fazem parte duma comissão internacional. São peritos requisitados pelo Estado de Timor-Leste para apoiar o Procurador-Geral na condução das investigações,” disse o Presidente interino Lasama na Quarta-feira (20/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili. (STL)

USA manda o FBI para Timor-Leste: O Procurador-Geral de Timor-Leste, Longuinhos Monteiro, confirmou a chegada de três agentes do FBI dos Estados Unidos da América para investigar a conspiração e tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e o PM Xanana Gusmão.

O Sr. Monteiro disse que o FBI ficará em Timor-Leste conforme forem requisitados pelo Ministério Público. (TP)

Não mais diálogo com Salsinha: Deputados do Parlamento Nacional pediram a Gastão Salsinha e ao seu grupo para se entregarem à justiça dado que são perpetradores dos problemas que o país enfrenta.

Os deputados deram também o seu apoio à coordenação entre F-FDTL, PNTL e ISF para procurarem Salsinha e o seu grupo.

“O Estado é sagrado. A posição da Fretilin é que não prosseguirá diálogo com as pessoas que querem destruir o Estado,” disse o deputado da Fretilin David Dias Ximenes.

ISF começa operação em Manufahi: A ISF, que engloba tropas Australianas e da Nova Zelândia, começou na Segunda-feira (18/2) as operações para procurar os suspeitos envolvidos nas tentativas de assassínio contra PR Horta e PM Xanana.

Mesmo apesar da população estar incomodada com a presença das tropas internacionais, está feliz com o estado de emergência e sabe que a ISF as protege dando-lhes segurança.

“O estado da emergência pode trazer paz a esta nação,” disse Almerio Oliveira, um membro do Conselho da Juventude de Manufahi em Manufahi. (TP)

F-FDTL e PNTL implementam profissionalmente o estado de emergência: O Vice- Presidente do Parlamento Nacional, Maria Paixão, observou que a F-FDTL e PNTL conduziram-se profissionalmente durante a implementação do estado de emergência. (DN)

Operações Militares contra Salsinha canceladas: O Comandante da F-FDTL, Brigadeiro General Taur Matan Ruak (TMR), confirmou que a operação contra Salsinha e o seu grupo foi cancelada.

“Cancelámos esta operação. Cancelar não quer dizer que toda a operação parou.” Disse o Comandante TMR na Quarta-feira (20/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili depois de informar o Presidente interino Fernando Lasama

Sobre o prolongamento do estado de emergência, TMR disse que qualquer prolongamento é decisão do Conselho de Ministros. (DN)

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.