sexta-feira, fevereiro 22, 2008

Pergunta Margarida:

Margarida deixou um novo comentário na sua mensagem "Reunião do Conselho de Ministros Extraordinário de...":

1 - O motorista do Xanana, Adolfo Suarez dos Santos disse conforme texto do The Australian de 21/02 que “por volta das 6.15 am na última Segunda-feira, um dos conselheiros do Primeiro-Ministro, Joaquim Fonseca, lhe ligou a dizer que o complexo do Presidente José Ramos Horta estava sob ataque”, conforme:
http://timor-online.blogspot.com/2008/02/gusmao-driver-tells-of-headlong-flight.html

2 - Porém no texto da Lusa de 20/02 “Cronologia dos acontecimentos de 11 de Fevereiro relatados pela investigação das Nações Unidas” diz-se que foi apenas às “06:59 - Primeira chamada para o Centro Nacional de Operações, devido ao tiroteio” conforme:
http://timor-online.blogspot.com/2008/02/cronologia-dos-acontecimentos-de-11-de.html

3 - E no texto do smh.com.au de 18/02 lê-se que “ O Sr Fonseca disse que chamou o oficial de ligação civil da força de estabilização, Dillon Walsh, na linha directa por volta das 7.50 am na Segunda-feira (...) O Sr Fonseca disse que tinha acabado de falar com o Sr Gusmão no seu esconderijo” conforme:
http://timor-online.blogspot.com/2008/02/call-for-rescue-helicopter-ignored.html

Isto significa que o Xanana saiu de casa já DEPOIS do “incidente” do PR (e quando este estava prestes a chegar ao Hospital no Heliporto em Díli), despreocupadamente, pois nem telemóvel levou e o do seu condutor tinha a bateria em baixo!

Mas - tão ou mais espantosamente! - nem ele Xanana, sequer tomou a precaução de alertar as autoridades sobre os tiroteios que desde as 6.15 am sabia que tinham ocorrido na casa do PR, nem instruiu o seu conselheiro para o fazer pois é o próprio quem confessou que apenas às 7.50 contactou com a ISF!

Não acham que é NEGLIGÊNCIA a mais?

3 comentários:

h correia disse...

Com efeito, se Xanana foi informado sobre o atentado sobre RH, então o seu comportamento a partir daí foi muito estranho, agindo como se nada tivesse acontecido.

Anónimo disse...

Ainda por cima, o Xanana e' Ministro de Defesa e Seguranca.....

Realmente e', no minimo, estranho!!!!

Margarida disse...

1 – Conforme texto do The Australian de 21/02 o motorista do Xanana, Adolfo Suarez dos Santos disse que “por volta das 6.15 am na última Segunda-feira, um dos conselheiros do Primeiro-Ministro, Joaquim Fonseca, lhe ligou a dizer que o complexo do Presidente José Ramos Horta estava sob ataque”. Veja aqui:

http://timor-online.blogspot.com/2008/02/gusmao-driver-tells-of-headlong-flight.html

2 - Porém a mulher do Xanana, Kirsty, segundo a Lusa de 15/02 disse que a “notícia do ataque contra o Presidente foi dado ao casal Gusmão por um condutor do primeiro-ministro, "cerca das 07:30 da manhã", quando "estava a vestir as crianças para a escola”. A notícia do ataque contra o Presidente foi dado ao casal Gusmão por um condutor do primeiro-ministro, "cerca das 07:30 da manhã", "estava a vestir as crianças para a escola” (…)"Claro que, quando ouviu do ataque e dos rumores de que o Presidente estava ferido, o meu marido vestiu-se muito à pressa, para sair.” Veja aqui:

http://timor-online.blogspot.com/2008/02/o-dia-mais-perigoso-da-minha-vida-diz.html

3 – Segundo o mesmo texto do Australian o motorista Adolfo Suarez dos Santos, contara ainda que “o Sr Gusmão também nunca andava com telefone. A bateria do seu próprio telefone estava demasiado em baixo para ele ligar”.

4- Mas à Lusa a Kirsty dissera: "Quando ligou a Xanana Gusmão e obteve finalmente resposta pelo telemóvel, percebeu que o marido estava a ser atacado. "Só ouvi o Xanana a gritar e disparos", "Queria contar-lhe que estávamos cercados, mas percebi de imediato que ele tinha os seus próprios problemas”.

Em ambas as situações – hora em que Xanana soube do ataque à casa de Ramos-Horta e ter estado alegadamente incontactável até Ramos-Horta estar a chegar ao hospital – alguém está a mentir.

E fica provado que de facto Xanana saiu de casa APENAS depois do PR ter sido socorrido pelo INEM.

Não acham que é COINCIDÊNCIA a mais Xanana só se ter mexido DEPOIS de saber que afinal o PR fora apenas ferido e estava a ser devidamente socorrido?

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.