sexta-feira, fevereiro 22, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Friday, 22 February 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any conseque6nce resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL News Coverage


FBI agents meet PGR: The General Prosecutor of the Republic (PGR) Longuinhos Monteiro held a briefing with delegates from the Federal Bureau of Investigation (FBI) on Thursday (21/2). “The FBI delegation will be working together with the Australian Federal Police (AFP). I have briefed them on the mechanisms they should use while working in Timor-Leste,” said PGR Monteiro. PGR Monteiro also said that the continuing presence of the FBI and AFP in Timor-Leste is contingent on upon decisions made by the Public Ministry. (TP)

RTL News Coverage

SRSG meets Alkatiri: The Special Representative of the Secretary-General, Atul Khare, has met with Fretilin’s Secretary-General, Mari Alkatiri, to share information with each other. “Mr Khare used to come here every Wednesday to share and receive information from myself, the President, Prime Minister and the National Parliament President. Sometimes he meets me twice a week,” said Mr. Alkatiri.

Mr Alkatiri also claimed that the government is late in providing information to the public as to the motives behind Reinado’s attack on the residence of PR Ramos-Horta.

“It has caused a big confusion as until now we know nothing about what happened. Why was Alfredo killed? Who killed him? And why did Alfredo go to the PR’s residence? Who is behind all of this? There is still no clarification about all these issues,” said Mr. Alkatiri.

PNTL welcomes community criticisms: The Acting Commander of the National Police of Timor-Leste (PNTL) has said that criticisms from the community regarding PNTL activities are welcome because they motivate the PNTL to behave more professionally. “All criticisms motivate the PNTL,” said Commander Mateus. Commander Mateus also said that as the nation is in a fragile condition, constructive criticism and suggestions were needed to ensure professionalism was maintained by the police.

Horta recovering: President José Ramos-Horta is in a stable condition in the Darwin Royal Hospital and has recovered enough to begin talking to family members and visitors. “According to the doctors, the President still requires treatment in the Intensive Care Unit (ICU) room for one or two more weeks,” reported Paulino Quintas from the Royal Darwin Hospital.

Print Coverage

Irish Minister appeals for dialogue, not force: The Foreign Minister of Ireland, Mermot Aherm, has asked the State of Timor-Leste to use dialogue, rather than military force to solve the nation’s problems. “One person alone cannot find a solution to the conflict. There should be unity between all parts of the nation to create peace and stability,” said Minister Aherm. The Irish Foreign Minster also said that as a new nation, Timor-Leste would need some time create long lasting peace and harmony. (TP)

Government asks President to extend ‘State of Emergency’: The Government is set to ask the President of the Republic to extend the ‘State of Emergency’ during the meeting of the Council of Ministers held on Thursday (21/2) in the Government Palace in Dili. According to the Government, the situation remains calm, but the groups that attacked PR Ramos-Horta and PM Xanana are still at large. (TP)

Decision to extend UNMIT made this month: The Spokesperson of the United Nations Integrated Mission in Timor-Leste (UNMIT), Allison Cooper, said that the decision to extend the current mandate of UNMIT will be made this month. “The Security Council has held a meeting to look at the report of the progress made by UNMIT. This will take time to analyze, but before the 28th of this month, the result of decision to extend will be made,” said Ms. Cooper on Thursday (21/2) in her office in UNMIT HQ in Obrigado Barracks Caicoli, Dili. (DN)

Guterres: NP to give amnesty to Salsinha: The Acting President of the National Parliament, Vicente Guterres, said that amnesty will be provided to Salsinha and his group upon their surrender to ensure that their rights are protected. (DN)

ICI: UNMIT has no formal request: The Spokesperson of the United Nations Integrated Mission in Timor-Leste (UNMIT), Allison Cooper, said that there has been no formal request from the Government of Timor-Leste for UNMIT to establish an International Commission of Inquiry (ICI) as stated publicly by the media.

“Regarding the ICI, UNMIT has had no formal request. People are aware that the Acting President and the F-FDTL Commander are also talking about establishing an ICI, but there has been no formal request made to UNMIT to do so,” said Ms. Cooper on Thursday (21/2) in UNMIT HQ in Obrigado Barracks Caicoli, Dili. (DN)

TMR: PR Ramos needs to get back to TL: The F-FDTL Commander Brigadier Taur Matan Ruak said that he believes President José Ramos-Horta should get back to Timor-Leste as soon as possible to assume his position as the President of the Republic and the Supreme Commander of F-FDTL.

“I just want to say that as the condition of our President is improving, I need him to get back to Timor-Leste quickly,” said Commander TMR on Thursday (21/2) in Palacio das Cinzas Caicoli, Dili after briefing the Acting President of Republic Fernando ‘Lasama’ de Araújo. (DN)

Mari Alkatiri: “Government late in giving information”: Former Prime Minister and Secretary-General of Fretilin, Mari Alkatiri, has claimed that the government is late in providing information to the public as to the motives behind Reinado’s attack on the residence of PR Ramos-Horta.

“It has caused a big confusion as until now we know nothing about what happened. Why was Alfredo killed? Who killed him? And why did Alfredo go to PR’s residence? Who is behind all of this? There is still no clarification about all these issues,” said Mr. Alkatiri on Wednesday (20/2) in Farol, Dili after meeting with the Irish Foreign Affairs Minister, Dermot Ahern.

Separately, regarding the meeting with SRSG Atul Khare, Mr. Alkatiri said that the meeting was a regular meeting held between the SRSG, the PR and PM, himself and others. (DN)


Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Sexta-feira, 22 Fevereiro 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias


Agentes do FBI encontram-se com PGR: O Procurador-Geral da República (PGR) Longuinhos Monteiro teve um encontro com agents do FBI na Quinta-feira (21/2). “A delegação do FBI vai trabalhar juntamente com a Polícia Federal Australiana (AFP). Informei-os dos mecanismos que devem usar enquanto trabalharem em Timor-Leste,” disse o PGR Monteiro. O PGR Monteiro disse ainda que a continuação da presença do FBI e AFP em Timor-Leste está na contingência de decisões tomadas pelo Ministério Público. (TP)

RTL Cobertura de Notícias

SRSG encontra Alkatiri: O Representante Especial do Secretário-Geral, Atul Khare, encontrou-se com o Secretário-Geral da Fretilin, Mari Alkatiri, para partilharem informação. “O Mr Khare costumava vir aqui todas as Quartas-feiras para partilhar e receber informação de mim próprio, Presidente, Primeiro-Ministro e Presidente do Parlamento. Às vezes encontra-se comigo duas vezes por semana,” disse o Sr. Alkatiri.

O Sr Alkatiri afirmou também que o governo se atrasa a dar informações à população quanto aos motives por detrás do ataque de Reinado à residência do PR Ramos-Horta.

“Isso tem causado uma grande confusão dado que até agora nada sabemos sobre o que aconteceu. Porque é que Alfredo foi morto? Quem é que o matou? E porque é que Alfredo foi à residência do PR? Quem é que está por detrás de tudo isto? Não há ainda nenhuma clarificação acerca destas questões,” disse o Sr. Alkatiri.

PNTL recebe bem críticas da comunidade: O Comandante em exercício da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) disse que as críticas da comunidade sobre as actividades da PNTL são bem recebidas porque motivam a PNTL a comportar-se de modo mais profissional. “Todas as críticas motivam a PNTL,” disse o Comandante Mateus. O Comandante Mateus disse ainda que a nação está num estado frágil, e que são necessárias críticas construtivas e sugestões para que o profissionalismo seja mantido pela polícia.

Horta recupera: O Presidente José Ramos-Horta está num estado estável no Darwin Royal Hospital e recuperou o suficiente para começar a falar a familiares e visitantes. “De acordo com os médicos, o Presidente vai requerer tratamento na Unidade de Cuidados Intensivos (ICU) durante mais uma ou duas semanas,” relatou Paulino Quintas do Royal Darwin Hospital.

Cobertura Impressa

Ministro Irlandês apela para diálogo, não força: O Ministro dos Estrangeiros da Irlanda, Mermot Aherm, pediu ao Estado de Timor-Leste para usar o diálogo, em vez de força militar para resolver os problemas da nação. “Uma pessoa sozinha não consegue encontrar solução para o conflito. Tem de haver unidade entre todas as partes da nação para criar paz e estabilidade,” disse o Ministro Aherm. O Ministro dos Estrangeiros da Irlanda disse também que como nação nova, Timor-Leste precisará de algum tempo para criar paz e harmonia duradoura. (TP)

Governo pede ao Presidente para prolongar estado de emergência: O Governo decidiu pedir ao Presidente da República para prolongar o estado de emergência durante a reunião do Conselho de Ministros realizada na Quinta-feira (21/2) no Palácio do Governo em Dili. De acordo com o Governo, a situação mantém-se calma, mas o grupo que atacou PR Ramos-Horta e PM Xanana continuam ao largo. (TP)

Decisão para prolongar UNMIT é tomada este mês: A porta-voz da Missão Integrada da ONU em Timor-Leste (UNMIT), Allison Cooper, disse que a decisão para prolongar o mandato corrente da UNMIT será tomada este mês. “O Conselho de Segurança realizou uma reunião para analisar o relatório dos progressos feitos pela UNMIT. Este levará tempo a analisar, mas antes de 28 deste mês, o resultado da decisão para prolongar será tomado,” disse a Srª. Cooper na Quinta-feira (21/2) no seu gabinete na sede da UNMIT em Obrigado Barracks Caicoli, Dili. (DN)

Guterres: PN dará amnistia a Salsinha: O Presidente interino do Parlamento Nacional, Vicente Guterres, disse que será dada amnistia a Salsinha e ao seu grupo sob condição de se entregarem para garantir que os direitos deles serão protegidos. (DN)

ICI: UNMIT não tem pedido formal: A porta-voz da Missão Integrada da ONU em Timor-Leste (UNMIT), Allison Cooper, disse que não houve nenhum pedido formal do Governo de Timor-Leste para a UNMIT estabelecer uma Comissão Internacional de Inquérito (ICI) conforme os media têm dito publicamente.

“Em relação à ICI, a UNMIT não teve nenhum pedido formal. As pessoas sabem que o Presidente interino e o Comandante das F-FDTL falaram também do estabelecimento duma ICI, mas não houve nenhum pedido formal feito à UNMIT para fazer isso,” disse a Srª. Cooper na Quinta-feira (21/2) na sede da UNMIT em Obrigado Barracks Caicoli, Dili. (DN)

TMR: PR Ramos precisa de regressar a TL: O Comandante das F-FDTL Brigadeiro Taur Matan Ruak disse que acredita que o Presidente José Ramos-Horta deve regressar a Timor-Leste logo que possível para assumir o cargo de Presidente da República e de Comandante Supremo das F-FDTL.

“Apenas quero dizer que o estado do nosso Presidente está a melhorar, preciso que ele volte para Timor-Leste rapidamente,” disse TMR na Quinta-feira (21/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili depois de informar o Presidente da República interino Fernando ‘Lasama’ de Araújo. (DN)

Mari Alkatiri: “Governo demora a dar informação”: O antigo Primeiro-Ministro e Secretário-Geral da Fretilin, Mari Alkatiri, afirmou que o governo demora-se a dar informação à população acerca dos motivos por detrás do ataque de Reinado à residência do PR Ramos-Horta.

“Isso tem causado uma grande confusão porque até agora nada sabemos sobre o que é que aconteceu. Porque é que o Alfredo foi morto? Quem é que o matou? E porque é que o Alfredo foi à residência do PR? Quem é que está por detrás disto tudo? Não há ainda nenhuma clarificação sobre estas questões,” disse o Sr. Alkatiri na Quarta-feira (20/2) em Farol, Dili depois de se encontrar com o Ministro Irlandês dos Negócios Estrangeiros, Dermot Ahern.

Em separado, sobre o encontro com o SRSG Atul Khare, o Sr. Alkatiri disse que o encontro foi um encontro regular que se realizou entre o SRSG, PR e PM, e ele próprio e outros. (DN)

3 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Sexta-feira, 22 Fevereiro 2008
"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias


Agentes do FBI encontram-se com PGR: O Procurador-Geral da República (PGR) Longuinhos Monteiro teve um encontro com agents do FBI na Quinta-feira (21/2). “A delegação do FBI vai trabalhar juntamente com a Polícia Federal Australiana (AFP). Informei-os dos mecanismos que devem usar enquanto trabalharem em Timor-Leste,” disse o PGR Monteiro. O PGR Monteiro disse ainda que a continuação da presença do FBI e AFP em Timor-Leste está na contingência de decisões tomadas pelo Ministério Público. (TP)

RTL Cobertura de Notícias

SRSG encontra Alkatiri: O Representante Especial do Secretário-Geral, Atul Khare, encontrou-se com o Secretário-Geral da Fretilin, Mari Alkatiri, para partilharem informação. “O Mr Khare costumava vir aqui todas as Quartas-feiras para partilhar e receber informação de mim próprio, Presidente, Primeiro-Ministro e Presidente do Parlamento. Às vezes encontra-se comigo duas vezes por semana,” disse o Sr. Alkatiri.

O Sr Alkatiri afirmou também que o governo se atrasa a dar informações à população quanto aos motives por detrás do ataque de Reinado à residência do PR Ramos-Horta.

“Isso tem causado uma grande confusão dado que até agora nada sabemos sobre o que aconteceu. Porque é que Alfredo foi morto? Quem é que o matou? E porque é que Alfredo foi à residência do PR? Quem é que está por detrás de tudo isto? Não há ainda nenhuma clarificação acerca destas questões,” disse o Sr. Alkatiri.

PNTL recebe bem críticas da comunidade: O Comandante em exercício da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) disse que as críticas da comunidade sobre as actividades da PNTL são bem recebidas porque motivam a PNTL a comportar-se de modo mais profissional. “Todas as críticas motivam a PNTL,” disse o Comandante Mateus. O Comandante Mateus disse ainda que a nação está num estado frágil, e que são necessárias críticas construtivas e sugestões para que o profissionalismo seja mantido pela polícia.

Horta recupera: O Presidente José Ramos-Horta está num estado estável no Darwin Royal Hospital e recuperou o suficiente para começar a falar a familiares e visitantes. “De acordo com os médicos, o Presidente vai requerer tratamento na Unidade de Cuidados Intensivos (ICU) durante mais uma ou duas semanas,” relatou Paulino Quintas do Royal Darwin Hospital.

Cobertura Impressa

Ministro Irlandês apela para diálogo, não força: O Ministro dos Estrangeiros da Irlanda, Mermot Aherm, pediu ao Estado de Timor-Leste para usar o diálogo, em vez de força militar para resolver os problemas da nação. “Uma pessoa sozinha não consegue encontrar solução para o conflito. Tem de haver unidade entre todas as partes da nação para criar paz e estabilidade,” disse o Ministro Aherm. O Ministro dos Estrangeiros da Irlanda disse também que como nação nova, Timor-Leste precisará de algum tempo para criar paz e harmonia duradoura. (TP)

Governo pede ao Presidente para prolongar estado de emergência: O Governo decidiu pedir ao Presidente da República para prolongar o estado de emergência durante a reunião do Conselho de Ministros realizada na Quinta-feira (21/2) no Palácio do Governo em Dili. De acordo com o Governo, a situação mantém-se calma, mas o grupo que atacou PR Ramos-Horta e PM Xanana continuam ao largo. (TP)

Decisão para prolongar UNMIT é tomada este mês: A porta-voz da Missão Integrada da ONU em Timor-Leste (UNMIT), Allison Cooper, disse que a decisão para prolongar o mandato corrente da UNMIT será tomada este mês. “O Conselho de Segurança realizou uma reunião para analisar o relatório dos progressos feitos pela UNMIT. Este levará tempo a analisar, mas antes de 28 deste mês, o resultado da decisão para prolongar será tomado,” disse a Srª. Cooper na Quinta-feira (21/2) no seu gabinete na sede da UNMIT em Obrigado Barracks Caicoli, Dili. (DN)

Guterres: PN dará amnistia a Salsinha: O Presidente interino do Parlamento Nacional, Vicente Guterres, disse que será dada amnistia a Salsinha e ao seu grupo sob condição de se entregarem para garantir que os direitos deles serão protegidos. (DN)

ICI: UNMIT não tem pedido formal: A porta-voz da Missão Integrada da ONU em Timor-Leste (UNMIT), Allison Cooper, disse que não houve nenhum pedido formal do Governo de Timor-Leste para a UNMIT estabelecer uma Comissão Internacional de Inquérito (ICI) conforme os media têm dito publicamente.

“Em relação à ICI, a UNMIT não teve nenhum pedido formal. As pessoas sabem que o Presidente interino e o Comandante das F-FDTL falaram também do estabelecimento duma ICI, mas não houve nenhum pedido formal feito à UNMIT para fazer isso,” disse a Srª. Cooper na Quinta-feira (21/2) na sede da UNMIT em Obrigado Barracks Caicoli, Dili. (DN)

TMR: PR Ramos precisa de regressar a TL: O Comandante das F-FDTL Brigadeiro Taur Matan Ruak disse que acredita que o Presidente José Ramos-Horta deve regressar a Timor-Leste logo que possível para assumir o cargo de Presidente da República e de Comandante Supremo das F-FDTL.

“Apenas quero dizer que o estado do nosso Presidente está a melhorar, preciso que ele volte para Timor-Leste rapidamente,” disse TMR na Quinta-feira (21/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili depois de informar o Presidente da República interino Fernando ‘Lasama’ de Araújo. (DN)

Mari Alkatiri: “Governo demora a dar informação”: O antigo Primeiro-Ministro e Secretário-Geral da Fretilin, Mari Alkatiri, afirmou que o governo demora-se a dar informação à população acerca dos motivos por detrás do ataque de Reinado à residência do PR Ramos-Horta.

“Isso tem causado uma grande confusão porque até agora nada sabemos sobre o que é que aconteceu. Porque é que o Alfredo foi morto? Quem é que o matou? E porque é que o Alfredo foi à residência do PR? Quem é que está por detrás disto tudo? Não há ainda nenhuma clarificação sobre estas questões,” disse o Sr. Alkatiri na Quarta-feira (20/2) em Farol, Dili depois de se encontrar com o Ministro Irlandês dos Negócios Estrangeiros, Dermot Ahern.

Em separado, sobre o encontro com o SRSG Atul Khare, o Sr. Alkatiri disse que o encontro foi um encontro regular que se realizou entre o SRSG, PR e PM, e ele próprio e outros. (DN)

h disse...

“The FBI delegation will be working together with the Australian Federal Police"

Lá se foi qualquer esperança de uma investigação internacional isenta.

Porque é que a polícia australiana (fora do comando da ONU) vai estar envolvida na "investigação", sabendo que há suspeitas de os militares desse país estarem a interferir na vida política e na aplicação da Justiça? Isto para não falar da total ausência desses senhores no dia em que RH foi ferido. Isto não é um comportamento suspeito, que merecia investigação?

Ando com alucinações, ou li declarações de vários dirigentes timorenses que concordavam com uma investigação (verdadeiramente) internacional?

SERIA INTERESSANTE SABER QUEM ESCOLHEU ESSES SENHORES DA POLÍCIA FEDERAL AUSTRALIANA PARA SEREM INVESTIGADORES EM CAUSA PRÓPRIA. OU FORAM ELES QUE SE AUTO-ESCOLHERAM?

Ou me engano muito, ou esta "investigação" vai ter o mesmo destino das outras dos mortos no aeroporto, dos tanques na Areia Branca, da invasão da casa dos médicos cubanos, da humilhação do oficial da PNTL obrigado a despir-se em plena rua e de TMR, detido e revistado por um soldadinho imberbe, das prepotências em bares e operações nas ruas, etc., etc.

h correia disse...

O último comentário é da minha autoria.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.