sexta-feira, novembro 09, 2007

Press Release: European Union

Thursday, 8 November 2007, 10:36 pm

Portuguese-speaking African countries (PALOP) and Timor-Leste sign a Memorandum of Understanding with the European Commission on the continuation of their long-standing cooperation. Timor-Leste will be part of this cooperation for the first time.

On the occasion of the European Development Days in Lisbon, on 7 November 2007, the European Commissioner for Development and Humanitarian Aid, Louis Michel, and high-level representatives of the six Portuguese-speaking ACP countries have signed, in the presence of the President of the European Commission José Manuel Barroso, a Memorandum of Understanding (MoU) setting out the direction for cooperation under the 10th European Development Fund (EDF).

The Memorandum of Understanding (MoU) will provide a new framework for cooperation between the European Commission and the six Portuguese-speaking ACP countries.

The focus of future activities will be on democratic governance as a key determinant for poverty reduction, including, in particular, political governance, government effectiveness, economic governance and social governance.

These activities are being integrated into a multi-country approach, which will make it possible to identify common solutions to common problems, to exchange know-how and experience and to disseminate best practices.

Background:

The group of Portuguese-speaking African countries, comprising Angola, Cape Verde, Guinea Bissau, Mozambique and São Tomé and Principe, share a strong linguistic and cultural identity, a similar system of governance and a long tradition of contacts and exchanges amongst themselves.

With Timor-Leste joining the ACP group in 2005, the ACP Portuguese-speaking countries have expanded from Africa to the Asian-Pacific region and cooperation under the 10th EDF will thus cover these six countries.

Cooperation between the European Commission and the PALOP group began in 1992, when the first Regional Indicative Programme (RIP PALOP) was signed.

ENDS

TRADUÇÃO:

Comunicado de imprensa: União Europeia

Quinta-feira, 8 Novembro 2007, 10:36 pm

Os países de língua oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste assinaram um Memorando de Entendimento com a Comissão Europeia sobre a continuação da sua há muito existente cooperação. Timor-Leste será parte desta cooperação pela primeira vez.

Por ocasião do Dia Europeu do Desenvolvimento em Lisboa, em 7 de Novembro de 2007, o Comissário Europeu para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária, Louis Michel, e representantes de alto nível dos seis países de língua Portuguesa, países ACP assinaram, na presença do Presidente da Comissão Europeia José Manuel Barroso, um Memorando de Entendimento (MoU) assentaram na direcção para a cooperação sob o 10º Fundo Europeu para o Desenvolvimento (EDF).

O Memorando do Entendimento (MoU) providenciará uma nova moldura para a cooperação entre a Comissão Europeia e os seis país de língua Portuguesa países ACP.

O foco para actividades futuras será na governação democrática como determinação chave para a redução da pobreza, incluindo, em particular, governação política, governo eficaz, governação económica e governação social.

Estas actividades estão a ser integradas numa abordagem multi-países, que tornará possível identificar soluções comuns para problemas comuns, trocar conhecimentos e experiências e disseminar as melhores práticas.

Pano de fundo:

O grupo dos países Africanos de língua Portuguesa, compreende Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Principe, partilham uma forte identidade linguística e cultural, um sistema similar de governação e uma longa tradição de contactos e trocas entre eles.

Com Timor-Leste a juntar-se ao grupo ACP em 2005, os países ACP de língua oficial Portuguesa expandiram-se da África para a região Ásia-Pacífico e a cooperação sob o 10º EDF cobrirá por isso estes seis países.

A cooperação entre a Comissão Europeia e o grupo dos PALOP começou em 1992, quando foi assinado o primeiro Programa Regional Indicativo (RIP PALOP) .

FIM

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
Comunicado de imprensa: União Europeia
Quinta-feira, 8 Novembro 2007, 10:36 pm

Os países de língua oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste assinaram um Memorando de Entendimento com a Comissão Europeia sobre a continuação da sua há muito existente cooperação. Timor-Leste será parte desta cooperação pela primeira vez.

Por ocasião do Dia Europeu do Desenvolvimento em Lisboa, em 7 de Novembro de 2007, o Comissário Europeu para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária, Louis Michel, e representantes de alto nível dos seis países de língua Portuguesa, países ACP assinaram, na presença do Presidente da Comissão Europeia José Manuel Barroso, um Memorando de Entendimento (MoU) assentaram na direcção para a cooperação sob o 10º Fundo Europeu para o Desenvolvimento (EDF).

O Memorando do Entendimento (MoU) providenciará uma nova moldura para a cooperação entre a Comissão Europeia e os seis país de língua Portuguesa países ACP.

O foco para actividades futuras será na governação democrática como determinação chave para a redução da pobreza, incluindo, em particular, governação política, governo eficaz, governação económica e governação social.

Estas actividades estão a ser integradas numa abordagem multi-países, que tornará possível identificar soluções comuns para problemas comuns, trocar conhecimentos e experiências e disseminar as melhores práticas.

Pano de fundo:

O grupo dos países Africanos de língua Portuguesa, compreende Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Principe, partilham uma forte identidade linguística e cultural, um sistema similar de governação e uma longa tradição de contactos e trocas entre eles.

Com Timor-Leste a juntar-se ao grupo ACP em 2005, os países ACP de língua oficial Portuguesa expandiram-se da África para a região Ásia-Pacífico e a cooperação sob o 10º EDF cobrirá por isso estes seis países.

A cooperação entre a Comissão Europeia e o grupo dos PALOP começou em 1992, quando foi assinado o primeiro Programa Regional Indicativo (RIP PALOP) .

FIM

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.