terça-feira, abril 08, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Tuesday, 08 April 2008

UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any consequence resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations.

National Media Reports

TVTL News Coverage

Alkatiri: Do not kill Salsinha or anybody else: Fretilin’s Secretary-General Mari Alkatiri has asked the Apprehension Operation to not kill Gestao Salsinha or his men and to not take advantage of the State of Siege to kill anybody else. (TVTL)

US Secretary of State meets Vice PM: The US Secretary of State for East Asia and the Pacific, Mr. Christopher R. Hill, met with Vice Prime Minister Jose Luis Guterres. Both of them discussed unresolved issues such as security and IDPs in Timor-Leste. “During the meeting, we discussed the situation in the country and how the Government will be able to resolve the problems in the country. It all depends on the Government,” said Mr Hill. (TVTL)

RTL News Coverage
No RTL news coverage.

Print Coverage

Joint Operation threatens to shoot MP: The Joint Operation Command force assigned in Bobonaro district, sub district Atabae, threatened to shoot an MP along with some judges on the way back to Dili at around 8pm yesterday evening. “Though we still had time to return to Dili, the forces did not allow us to continue our trip,” said MP Fernando Gusmao. (STL)

The group had been stopped by the Joint Operation after having attended a funeral ceremony in Bobonaro. They were on their way back to Dili when the Joint Operation Command forces stopped them and prevented them from continuing their trip as it was already 8 pm. The Joint Operation Command force threatened to shoot them if they continued their journey. (STL)

Joint Operation will collect all illegal guns: The Joint Operation Command up till now has collected 8 guns from the rebels. The Joint Operation forces will not tolerate any group who wants to destroy the nation. (STL)

Don’t discriminate against veterans: An MP has asked the government to not discriminate against veterans, particularly those who have served under five years. “This is discrimination, because they have also sacrificed their whole lives,” said Mr. Adriano Nascimento from PD. (STL)

Horta grateful to soldier who shot Alfredo: President Jose Ramos Horta has said that he really appreciated the actions of the F-FDTL soldier who killed Alfredo Reinado Alves at his house on 11 February 2008. “The soldier who shot Alfredo was doing his duty,” said Mr. Horta. (TP)

Petitioners wait for a just decision: Petitioners in Aitarak Laran are waiting for a just decision from the Government. “The Government has the competency to resolve the petitioners’ problems. The Government must make a balanced decision that will be accepted and satisfy all,” said the Coordinator of the petitioners, Mr. Tara. (TP)

Lasama: No Pardon for Salsinha: State tolerance towards the rebel group led by Gastao Salsinha has ended. The Government announced that from this Wednesday, there would be no chances to pardon them. Acting President Lasama said that the rebels would be ambushed and arrested. “We have decided. The State tolerated him [Salsinha] for almost two months.

Nevertheless, the Operation’s orders are to capture Salsinha alive- the state does not want him dead,” said Mr. Lasama. (TP and DN)

IDPs at National Hospital should be moved by next week: The Minister of Social Solidarity, Maria Domingas Fernandes Alves, said that the IDPs who are currently living in the National Hospital compound should be moved as the rehabilitation of the transitional houses in Becora has finished.

The Minister said that for health and security reasons, the IDPs have to move. She also said that the IDPs were impeding the rehabilitation of the National Hospital. (DN)

Police have set up 12 posts in Dili: The Commander of the Intervention Rapid Unit, Armando Monteiro, confirmed that the police have set up 12 posts in Dili to ensure the IDPs return home. “Up till now, the Intervention Rapid Unit is playing a role to ensure the implementation of the State of Siege and also to ensure the IDPs return home,” said Mr Monteiro. (DN)

National News Sources:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)


Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Terça-feira, 08 Abril 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Alkatiri: Não matem Salsinha nem mais ninguém: O Secretário-Geral da Fretilin Mari Alkatiri pediu à Operação Apreensão para não matarem Gastão Salsinha ou os seus homens e para não tirarem vantagem do Estado de Sítio para matarem mais alguém. (TVTL)

Secretário de Estado dos USA encontra-se com Vice-PM: O Secretério de Estado dos USA para a Ásia do Leste e Pacífico, Sr. Christopher R. Hill, encontrou-se com o Vice-Primeiro-Ministro José Luis Guterres. Ambos discutiram questões não resolvidas tais como a segurança e os deslocados em Timor-Leste. “Durante o encontro, discutimos a situação no país e como vai o Governo ser capaz de resolver os problemas no país. Tudo isso depende do Governo,” disse o Sr Hill. (TVTL)

RTL Não Houve Cobertura de Notícias

Cobertura Impressa

Operação Conjunta ameaçou balear deputado: A força de Comando da Operação Conjunta nomeada para o distrito de Bobonaro, sub-distrito de Atabae, ameaçou disparar contra um deputado ao lado de alguns juízes no caminho de regresso a Dili, por volta das 8 pm ontem à noite. “Apesar de termos ainda tempo para voltar para Dili, as forças não nos deixaram continuar a viagem,” disse o deputado Fernando Gusmão. (STL)

O grupo tinha sido parado pela Operação Conjunta depois de ter atendido um funeral em Bobonaro. Vinham no regresso a Dili quando as forças do Comando da Operação Conjunta os pararam e impediram de continuar a viagem por já serem 8 pm. TA força do Comando da Operação Conjunta ameaçou baleá-los se continuassem a viagem. (STL)

Operação Conjunta recolherá todas as armas ilegais: Até agora o Comando da Operação Conjunta já recolheu 8 armas dos amotinados. As forças da Operação Conjunta não tolerarão nenhum grupo que quiser destruir a nação. (STL)

Não discriminem contra os veteranos: Um deputado pediu ao governo para não discriminar contra os veteranos, particularmente os que serviram menos de cinco anos. “Isto é discriminação, porque eles também sacrificaram todas as suas vidas,” disse o Sr. Adriano Nascimento do PD. (STL)

Horta grato ao soldado que baleou Alfredo: O Presidente José Ramos Horta disse que apreciou realmente as acções do soldado das F-FDTL que matou Alfredo Reinado Alves na casa em 11 de Fevereiro 2008. “O soldado que baleou Alfredo estava a cumprir a sua obrigação,” disse o Sr. Horta. (TP)

Peticionários esperam por uma decisão justa: Os peticionários em Aitarak Laran estão à espera duma decisão justa do Governo. “O Governo tem competência para resolver os problemas dos peticionários. O Governo deve tomar uma decisão equilibrada que seja aceite e satisfaça todos,” disse o Coordenador dos peticionários, Sr. Tara. (TP)

Lasama: Não há perdão para Salsinha: A tolerância do Estado para com o grupo de amotinados liderados por Gastão Salsinha acabou. O Governo anunciou que a partir de Quarta-feira, depois não haverá oportunidade de perdões para eles. O Presidente interino Lasama disse que os amotinados seriam emboscados e presos. “Já decidimos. O Estado tolerou-o [Salsinha] durante quase dois meses.

Contudo, as ordens da Operação é para o apanharem vivo - o Estado não o quer morto,” disse o Sr. Lasama. (TP e DN)

Deslocados do Hospital Nacional devem ser mudados na próxima semana: A Ministra da Solidariedade Social, Maria Domingas Fernandes Alves, disse que os deslocados que estão correntemente a viver no complexo do Hospital Nacional Hospital devem ser mudados visto que terminou a re-habilitação das casas provisórias em Becora.

A Ministra disse que por razões de saúde e segurança, os deslocados têm de se mudar. Disse qinda que os deslocados estavam a impedir a re-habilitação do Hospital Nacional. (DN)

Polícia montou 12 postos em Dili: O Comandante da Unidade de Intervenção Rápida, Armando Monteiro, confirmou que a polícia montou 12 postos em Dili para garantir o regresso dos deslocados a casa. “Até agora, a Unidade de Intervenção Rápida está a ter o papel de assegurar a implementação do Estado de Sítio e também a assegurar o regresso dos deslocados a casa,” disse o Sr Monteiro. (DN)

Fontes de Notícias Nacionais:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Terça-feira, 08 Abril 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Alkatiri: Não matem Salsinha nem mais ninguém: O Secretário-Geral da Fretilin Mari Alkatiri pediu à Operação Apreensão para não matarem Gastão Salsinha ou os seus homens e para não tirarem vantagem do Estado de Sítio para matarem mais alguém. (TVTL)

Secretário de Estado dos USA encontra-se com Vice-PM: O Secretério de Estado dos USA para a Ásia do Leste e Pacífico, Sr. Christopher R. Hill, encontrou-se com o Vice-Primeiro-Ministro José Luis Guterres. Ambos discutiram questões não resolvidas tais como a segurança e os deslocados em Timor-Leste. “Durante o encontro, discutimos a situação no país e como vai o Governo ser capaz de resolver os problemas no país. Tudo isso depende do Governo,” disse o Sr Hill. (TVTL)

RTL Não Houve Cobertura de Notícias

Cobertura Impressa

Operação Conjunta ameaçou balear deputado: A força de Comando da Operação Conjunta nomeada para o distrito de Bobonaro, sub-distrito de Atabae, ameaçou disparar contra um deputado ao lado de alguns juízes no caminho de regresso a Dili, por volta das 8 pm ontem à noite. “Apesar de termos ainda tempo para voltar para Dili, as forças não nos deixaram continuar a viagem,” disse o deputado Fernando Gusmão. (STL)

O grupo tinha sido parado pela Operação Conjunta depois de ter atendido um funeral em Bobonaro. Vinham no regresso a Dili quando as forças do Comando da Operação Conjunta os pararam e impediram de continuar a viagem por já serem 8 pm. TA força do Comando da Operação Conjunta ameaçou baleá-los se continuassem a viagem. (STL)

Operação Conjunta recolherá todas as armas ilegais: Até agora o Comando da Operação Conjunta já recolheu 8 armas dos amotinados. As forças da Operação Conjunta não tolerarão nenhum grupo que quiser destruir a nação. (STL)

Não discriminem contra os veteranos: Um deputado pediu ao governo para não discriminar contra os veteranos, particularmente os que serviram menos de cinco anos. “Isto é discriminação, porque eles também sacrificaram todas as suas vidas,” disse o Sr. Adriano Nascimento do PD. (STL)

Horta grato ao soldado que baleou Alfredo: O Presidente José Ramos Horta disse que apreciou realmente as acções do soldado das F-FDTL que matou Alfredo Reinado Alves na casa em 11 de Fevereiro 2008. “O soldado que baleou Alfredo estava a cumprir a sua obrigação,” disse o Sr. Horta. (TP)

Peticionários esperam por uma decisão justa: Os peticionários em Aitarak Laran estão à espera duma decisão justa do Governo. “O Governo tem competência para resolver os problemas dos peticionários. O Governo deve tomar uma decisão equilibrada que seja aceite e satisfaça todos,” disse o Coordenador dos peticionários, Sr. Tara. (TP)

Lasama: Não há perdão para Salsinha: A tolerância do Estado para com o grupo de amotinados liderados por Gastão Salsinha acabou. O Governo anunciou que a partir de Quarta-feira, depois não haverá oportunidade de perdões para eles. O Presidente interino Lasama disse que os amotinados seriam emboscados e presos. “Já decidimos. O Estado tolerou-o [Salsinha] durante quase dois meses.

Contudo, as ordens da Operação é para o apanharem vivo - o Estado não o quer morto,” disse o Sr. Lasama. (TP e DN)

Deslocados do Hospital Nacional devem ser mudados na próxima semana: A Ministra da Solidariedade Social, Maria Domingas Fernandes Alves, disse que os deslocados que estão correntemente a viver no complexo do Hospital Nacional Hospital devem ser mudados visto que terminou a re-habilitação das casas provisórias em Becora.

A Ministra disse que por razões de saúde e segurança, os deslocados têm de se mudar. Disse qinda que os deslocados estavam a impedir a re-habilitação do Hospital Nacional. (DN)

Polícia montou 12 postos em Dili: O Comandante da Unidade de Intervenção Rápida, Armando Monteiro, confirmou que a polícia montou 12 postos em Dili para garantir o regresso dos deslocados a casa. “Até agora, a Unidade de Intervenção Rápida está a ter o papel de assegurar a implementação do Estado de Sítio e também a assegurar o regresso dos deslocados a casa,” disse o Sr Monteiro. (DN)

Fontes de Notícias Nacionais:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.