sexta-feira, março 14, 2008

Weekly Security Brief 8-14 March 2008

Unmit PIO

This is a broadcast of the UN Police in Timor-Leste to provide you with information about the security situation around the country.
8-14 March 2008

The security situation across the country remains stable but fragile. The 10pm to 6am curfew continues.

During the past week, a total of 26 security incidents were reported for the whole country; 22 in Dili and 4 in the districts (reporting period 5-11 March). The majority of security incidents continue to be low-level assaults and minor public disturbances. Two homicides were reported in Dili and one in Bobonaro. There were no incidents of group fighting. A total of 157 arrests were made, primarily for curfew violations.

In order to maintain a strong security presence in Dili, over 300 United Nations Police from Portugal, Bangladesh, and Malaysia together with the Australian Federal Police and PNTL Task Force are actively patrolling all areas of the city.

There were two arrests made for suspects related to the October 2007 Border Patrol Unit case. The suspects have been presented before the courts.

There have been no security incidents at the IDP camps. A total of 139 families have received the Government’s recovery package and successfully reintegrated into their communities. A further 627 families have registered their willingness to return and are waiting to be verified. This week, 42 families left the Dominican sisters IDP camp in Dili to return home.

There have been no serious security incidents at Aitarak-laran where an estimated 670 petitioners are still gathered.

Tradução:

Resumo de segurança da semana 8-14 Março 2008

Unmit PIO

Esta é uma emissão da Polícia da ONU em Timor-Leste para lhe dar informação sobre a situação da segurança pelo país.
8-14 Março 2008

A situação da segurança no país mantém-se estável e frágil. Continua o recolher obrigatório das 10 pm até às 6 am.

Durante a semana passada, foram reportados um total de 26 incidentes de segurança em todo o país; 22 em Dili e 4 nos distritos (período reportado 5-11 Março). A maioria dos incidentes de segurança continuam a ser assaltos de baixo nível e distúrbios públicos menores. Foram reportados dois homicídios em Dili e um em Bobonaro. Não houve qualquer incidente de luta de grupos. Fez-se um total de 157 detenções, principalmente por violações ao recolher obrigatório.

De modo a manter uma forte presença de segurança em Dili, mais de 300 polícias da ONU de Portugal, Bangladesh, e Malásia juntamente com a Polícia Federal Australiana e a Task Force da PNTL estão a patrulhar activamente todas as áreas da cidade.

Houve duas prisões a suspeitos relacionados com o caso da Unidade da Patrulha da Fronteira em Outubro de 2007. Os suspeitos foram levados a tribunal.

Não houve nenhuns incidentes de segurança nos campos de deslocados. Um total de 139 famílias receberam o pacote de recuperação do Governo e reintegraram-se com sucesso nas suas comunidades. Mais 627 famílias registaram a sua vontade em regressarem a estão à espera da verificação. Esta semana, 42 famílias deixaram o campo de deslocados das irmãs Dominicanas em Dili para voltarem a casa.

Não houve nenhum incidente grave de segurança em Aitarak-laran onde ainda estão reunidos numa estimativa 670 peticionários.

2 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
Resumo de segurança da semana 8-14 Março 2008
Unmit PIO

Esta é uma emissão da Polícia da ONU em Timor-Leste para lhe dar informação sobre a situação da segurança pelo país.
8-14 Março 2008

A situação da segurança no país mantém-se estável e frágil. Continua o recolher obrigatório das 10 pm até às 6 am.

Durante a semana passada, foram reportados um total de 26 incidentes de segurança em todo o país; 22 em Dili e 4 nos distritos (período reportado 5-11 Março). A maioria dos incidentes de segurança continuam a ser assaltos de baixo nível e distúrbios públicos menores. Foram reportados dois homicídios em Dili e um em Bobonaro. Não houve qualquer incidente de luta de grupos. Fez-se um total de 157 detenções, principalmente por violações ao recolher obrigatório.

De modo a manter uma forte presença de segurança em Dili, mais de 300 polícias da ONU de Portugal, Bangladesh, e Malásia juntamente com a Polícia Federal Australiana e a Task Force da PNTL estão a patrulhar activamente todas as áreas da cidade.

Houve duas prisões a suspeitos relacionados com o caso da Unidade da Patrulha da Fronteira em Outubro de 2007. Os suspeitos foram levados a tribunal.

Não houve nenhuns incidentes de segurança nos campos de deslocados. Um total de 139 famílias receberam o pacote de recuperação do Governo e reintegraram-se com sucesso nas suas comunidades. Mais 627 famílias registaram a sua vontade em regressarem a estão à espera da verificação. Esta semana, 42 famílias deixaram o campo de deslocados das irmãs Dominicanas em Dili para voltarem a casa.

Não houve nenhum incidente grave de segurança em Aitarak-laran onde ainda estão reunidos numa estimativa 670 peticionários.

h correia disse...

Felizmente, parece que o Governo está a fazer algum esforço para criar condições (financeiras e de segurança) para que as famílias dos campos de refugiados possam voltar às suas terras ou bairros de origem. Esse é que é o caminho certo.

Falta resolver o problema dos peticionários. Parece que agora, depois de estarem todos acantonados, o Governo já não sabe o que lhes há-de fazer.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.