sexta-feira, março 14, 2008

E Timor rebels cut communications

The Australian
Paul Toohey March 13, 2008
ALL communications lines to the rebels being hunted down by hundreds of government soldiers in the western part of East Timor have gone down, sparking concern among negotiators.

A senior East Timorese government source said the rebels, led by Lieutenant Gastao Salsinha, had today “disconnected their communications”.

The source said mediators had been trying to persuade the rebel group – said to comprise 30 men, most of them armed – to hand over the rebel Marcelo Caetano.

The Australian revealed today that President Jose Ramos Horta had identified Caetano, a junior officer, as the man who shot him twice on the morning of February 11.

The source said that earlier today mediators had been trying to persuade the group to hand Caetano over, partly for the safety of Caetano before the East Timorese soldiers got to him, and partly for the safety of the whole rebel outfit.

However, the rebels believe they can be targeted when their phones are on - whether or not they are making calls.

While such “triangulation” technology is available internationally, it is not known whether it is being deployed against the rebels in East Timor.

Mediators hoping to persuade the rebels to surrender fear the communication shutdown is a bad sign for the group.

It suggested they might be going into military mode and preparing for shootout.

It was also axiomatic that while the lines were down, any chance of negotiation was gone. “The military operation is ongoing,” said the source.


Tradução:

Amotinados de Timor-Leste cortam comunicações

The Australian
Paul Toohey Março 13, 2008
Todas as linhas de comunicações para os amotinados que estão a ser procurados por centenas de soldados do governo na parte ocidental de Timor-Leste foram silenciadas, desencadeando preocupações entre os negociadores.

Uma fonte de topo do governo Timorense disse que os amotinados, liderados pelo Tenente Gastão Salsinha, tinham hoje “desligado todas as comunicações”.

A fonte disse que os mediadores tinham tentado que o grupo dos amotinados – que dizem ter 30 homens, a maioria deles armados – entregue o amotinado Marcelo Caetano.

The Australian revelou hoje que o Presidente José Ramos Horta tinha identificado Caetano, um oficial de baixa patente, como sendo o homem que o baleou duas vezes na manhã de 11 de Fevereiro.

A fonte disse que hoje, mais cedo, os mediadores têm estado a tentar persuadir o grupo a entregar Caetano, parcialmente para a segurança de Caetano, antes dos soldados Timorenses o apanharem, e parcialmente para a segurança de todo o grupo dos amotinados.

Contudo, os amotinados acreditam que podem ser alvejados quando tiverem os telefones ligados – estejam ou não a fazer chamadas.

Conquanto tal tecnologia de “triangulação” esteja internacionalmente disponível, não se sabe se está a ser usada contra os amotinados em Timor-Leste.

Os mediadores que têm esperança de persuadir os amotinados a renderem-se, receiam que o fecho das comunicações é um mau sinal para o grupo.

Isso sugere que podem estar a entrar numa lógica militar e a prepararem-se para os tiros.

É também axiomático que enquanto as linhas estiverem desligadas, não há nenhuma possibilidade para negociações. “A operação militar está em curso,” disse a fonte.

2 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
Amotinados de Timor-Leste cortam comunicações
The Australian
Paul Toohey Março 13, 2008
Todas as linhas de comunicações para os amotinados que estão a ser procurados por centenas de soldados do governo na parte ocidental de Timor-Leste foram silenciadas, desencadeando preocupações entre os negociadores.

Uma fonte de topo do governo Timorense disse que os amotinados, liderados pelo Tenente Gastão Salsinha, tinham hoje “desligado todas as comunicações”.

A fonte disse que os mediadores tinham tentado que o grupo dos amotinados – que dizem ter 30 homens, a maioria deles armados – entregue o amotinado Marcelo Caetano.

The Australian revelou hoje que o Presidente José Ramos Horta tinha identificado Caetano, um oficial de baixa patente, como sendo o homem que o baleou duas vezes na manhã de 11 de Fevereiro.

A fonte disse que hoje, mais cedo, os mediadores têm estado a tentar persuadir o grupo a entregar Caetano, parcialmente para a segurança de Caetano, antes dos soldados Timorenses o apanharem, e parcialmente para a segurança de todo o grupo dos amotinados.

Contudo, os amotinados acreditam que podem ser alvejados quando tiverem os telefones ligados – estejam ou não a fazer chamadas.

Conquanto tal tecnologia de “triangulação” esteja internacionalmente disponível, não se sabe se está a ser usada contra os amotinados em Timor-Leste.

Os mediadores que têm esperança de persuadir os amotinados a renderem-se, receiam que o fecho das comunicações é um mau sinal para o grupo.

Isso sugere que podem estar a entrar numa lógica militar e a prepararem-se para os tiros.

É também axiomático que enquanto as linhas estiverem desligadas, não há nenhuma possibilidade para negociações. “A operação militar está em curso,” disse a fonte.

h correia disse...

"It was also axiomatic that while the lines were down, any chance of negotiation was gone."

Já não percebo nada. Então há dias o PM Xanana não tinha já dito que não havia mais "diálogo"? E esta "fonte" ainda queria continuar as "negociações"?

Quanto à "triangulação", ela de pouco serve em Timor. O número de antenas é escasso e mesmo o facto de se saber que certo telemóvel está "perto" de uma certa antena pode trazer pouca vantagem em termos práticos, pois o conceito de "perto" em Timor é muito relativo, dada a orografia do país. Um local que fique "perto" pode estar a uma diferença de cotas de 1000 metros ou mais e obrigar a dezenas e dezenas de km de trajecto de acesso impossível, ou quase, para lá chegar.

Se calhar foi só a bateria que ficou descarregada. É que a tomada de corrente mais próxima fica um bocado longe...

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.