sexta-feira, março 14, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Thursday, 13 March 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any conseque6nce resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL News Coverage

Message of President José Ramos-Horta to the Nation: [VERBATIM]

Now is the holy week, it is the beginning of Easter. It is the first time since one of our brothers of Alfredo Reinado’s group and Salsinha’s shot me that I have the possibility to speak to all people of Timor-Leste: to the Bishops, priests, sisters, Government, National Parliament, and civil society, all people of Timor-Leste.

I am thankful for your concerns, support, confidence and solidarity.

I will not make a long statement, and I will not deliver a political speech.

In one or two more weeks, I will be able to speak much more.

I have received good treatment from everybody in Darwin Royal Hospital.

I thank the ambulance and the GNR officers who took me to Heliport hospital. I thank the medical doctors in Heliport, ‘Medical Centre” which saved my life, and flew me to Darwin.

Soon I will try to return to Timor-Leste to resume my work.

At the moment Fernando Lasama serves as the Acting President of Republic with dignity, integrity and competence.

I appeal to the Government, Members of Parliament, and political parties to work together in assisting the poor.

That is all my words.

PGR: 4 F-FDTL members not involved in Joint Operation: The General Prosecutor of Republic Longuinhos has refuted claims that four F-FDTL members previously involved in the May 25 case were now involved in the F-FDTL/PNTL Joint Operation. Mr Longuinhos said that the four members were currently detained in the F-FDTL detention centre in Tasi Tolu, Dili.

“This is to counter the rumours that these four members of the F-FDTL are involved in the F-FDTL/PNTL Joint Operation to chase Salsinha and his group. This is not true because they are now in the hands of the military police in Tasi Tolu,” said PGR Monteiro on Tuesday (11/3) in Dili.

PGR Monteiro said that the four members of F-FDTL will be imprisoned in the military prison within the headquarters of the defence forces.

PGR also said that the military prison is under construction. “The construction is on the final phase. The four members are currently under detention and will remain so until they can enter the prison as soon as it is completed,” said PGR Monteiro.

Govt. to solve petitioners’ problem: The Advisor to the Cabinet of the Prime Minister for Civil Society and Petitioners’ Problem, Joaquim Fonseca, said that the Government is going to solve the petitioners’ problems by providing questionnaires to them. The petitioners will answer in the questionnaire the question of whether they want to return to the military or remain as civilians upon the required mechanisms and criteria.

“The State Secretary of Defence and F-FDTL have been working on the process for those who want to return to the military based on the required criteria,” said Mr. Fonseca.

The media is currently not allowed to enter the gathering place of the petitioners without the authorization of Mr Fonseca.

RTL News Coverage

No RTL news coverage.

Print Coverage

No confrontation between Salsinha and Joint Operation: Even though the deadline for Salsinha has ended, there has been no confrontation between him and the F-FDFTL/ PNTL Joint Operation.

A source from the Government Palace said that the stronghold of Salsinha has been detected but no attacks have as yet been conducted as the authorities want to avoid bloodshed.

Separately, the Spokesperson of the F-FDFTL/ PNTL Joint Operation, Lieutenant Colonel Filomeno Paixão, said that Salsinha has to contribute to the process.

“Salsinha has to give us his contribution as we have all been waiting for two years. We will never have any solution if he keeps extending the deadline,” said Commander Paixão. (DN)

Filomeno Paixão: Joint Operation continues: The Spokesperson of the F-FDFTL/ PNTL Joint Operation, Lieutenant Colonel Filomeno Paixão, said that because Salsinha and his group have not as yet surrendered, the operation is still continuing.

“He promised that he should surrender on Monday (11/3). If he does not surrender the operation will continue to bring all people to justice all those who are against justice,” said Commander Paixão at the press conference held in Memorial, Dili.

“Salsinha has to give us his contribution as we have all been waiting for two years, but we will never have any solution if he keeps extending the deadline,” said Commander Paixão. (DN)

James Baker: ISF concerned about media coverage of Feb 11: The Commander of International Stabilization Forces (ISF), James Baker said that the ISF is concerned with the inaccuracies in information provided by the Timor-Leste media in their coverage of the February 11 events.

According to Commander Baker, the information provided has not been factual. “I read lots of articles about February 11 which have no facts,” said Commander Baker.

Commander Baker confirmed that if the press wanted clarification about any information related to the ISF, they could contact the ISF directly. “It’s very important to disseminate true information rather than spreading rumours. We are asking the media to stop the speculations,” said Commander Baker. (DN)

PGR: knows who is preventing Salsinha from surrendering: The Prosecutor General of the Republic, Longuinhos Monteiro, said that he knows the people who are impeding the surrender of Salsinha to the F-FDTL/PNTL Joint Operation. PGR Monteiro said the people have been identified through their telephone communications with Salsinha. PGR Monteiro also said Salsinha’s group are split between those who want to leave and those who want to stay with him. (STL)

PGR: Susar may contact Salsinha: PGR Longuinhos Monteiro has commended the offer made by Susar to help Salsinha to surrender. “I think this will help persuade him [Salsinha] to surrender,” said PGR Monteiro. PGR Monteiro also said that he had lost contact with Salsinha since the deadline for his surrender ended (9-11/3). (TP)

National News Sources:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Tempo (DT)
Diario Nacional (DN)
Semanário Nacional (SN)
Tempo Semanal (TS)


Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Quinta-feira, 13 Março 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Mensagem do Presidente José Ramos-Horta à Nação: [VERBAL]

Agora é a semana santa, é o começo da Páscoa. É a primeira vez desde que um dos nossos irmãos do grupo de Alfredo Reinado e Salsinha me balearam que tenho a possibilidade de falar com toda a gente de Timor-Leste: com os Bispos, padres, irmãs, Governo, Parlamento Nacional, e sociedade civil, toda a gente de Timor-Leste.

Estou agradecido pelas vossas preocupações, apoio e solidariedade.

Não farei uma declaração longa, e não farei um discurso político.

Dentro de uma ou duas semanas, poderei falar muito mais.

Recebi um bom tratamento de toda a gente no Darwin Royal Hospital.

Agradeço aos oficiais da ambulância e da GNR que me levaram para o hospital do Heliporto. Agradeço aos médicos no 'Centro Médico' do Heliporto, que me salvaram a vida e me aero-transportaram para Darwin.

Em breve tentarei voltar para Timor-Leste para retomar o meu trabalho.

No momento Fernando Lasama serve como Presidente da República Interino com dignidade, integridade e competência.

Apelo ao Governo, Membros do Parlamento, e partidos políticos para trabalharem juntos na assistência aos pobres.

São estas todas as minhas palavras.

PGR: 4 membros das F-FDTL não envolvidos na Operação Conjunta: O Procurador-Geral da República Longuinhos refutou alegações de que os quatro membros das F-FDTL anteriormente evolvidos no caso de 25 de Maio estivessem agora na Operação Conjunta F-FDTL/PNTL. O Sr Longuinhos disse que os quatro membros estavam correntemente detidos no centro de detenção das F-FDTL em Tasi Tolu, Dili.

“Isto é para contrariar os rumores que estes quatro membros das F-FDTL estão envolvidos na Operação Conjunta F-FDTL/PNTL para procurar Salsinha e o seu grupo. Isso não é verdade porque agora eles estão nas mãos da polícia militar em Tasi Tolu,” disse o PGR Monteiro na Terça-feira (11/3) em Dili.

O PGR Monteiro disse que os quatro membros das F-FDTL serão encarcerados na prisão militar dentro do quartel-general das forças de defesa.

O PGR disse ainda que a prisão militar está em construção. “A construção está na fase final. Os quatro membros estão correntemente sob detenção e assim permanecerão até poderem entrar na prisão logo que esteja acabada,” disse o PGR Monteiro.

Governo vai resolver o problema dos peticionários: O Conselheiro do Gabinete do Primeiro-Ministro para a Sociedade Civil e Problema dos Peticionários, Joaquim Fonseca, disse que o Governo vai resolver os problemas fornecendo-lhes questionários. Os peticionários responderão no questionário à questão sobre se querem voltar para as forças militares ou manterem-se como civis sob os requeridos mecanismos e critérios.

“O Secretário de Estado da Defesa e as F-FDTL têm estado a trabalhar no processo para os que querem voltar para as forças militares com base nos critérios requeridos,” disse o Sr. Fonseca.

Os media correntemente não estão autorizados a entrar no local de encontro dos peticionários sem autorização do Sr Fonseca.

RTL
Não houve Cobertura de Notícias

Cobertura Impressa

Não houve confrontos entre Salsinha e a Operação Conjunta: Mesmo apesar de ter acabado a data limite para Salsinha, não houve confrontos entre ele e a Operação Conjunta F-FDFTL/ PNTL.

Uma fonte do Palácio do Governo disse que a praça forte de Salsinha foi detectada mas não se fez ainda nenhum ataque dado que as autoridades querem evitar um banho de sangue.

Em separado, o porta-voz da Operação Conjunta F-FDFTL/ PNTL, Tenente Coronel Filomeno Paixão, disse que Salsinha tem de contribuir para o processo.

“Salsinha tem de nos dar a sua contribuição dado que nós temos estado à espera há dois anos. Nunca teremos qualquer solução se ele continuar a prolongar a data limite,” disse o Comandante Paixão. (DN)

Filomeno Paixão: Operação Conjunta continua: O porta-voz da Operação Conjunta F-FDFTL/ PNTL, Tenente Coronel Filomeno Paixão, disse que a operação continua ainda por que Salsinha e o seu grupo ainda não se entregaram.

“Prometeu que se ia entregar na Segunda-feira (11/3). Se ele não se entregar a operação vai continuar para trazer toda a gente à justiça, todos os que estão contra a justiça,” disse o Comandante Paixão na conferência de imprensa realizada no Memorial, Dili.

“Salsinha tem de dar a sua contribuição como temos estado há dois anos à espera, mas ele nunca terá nenhuma solução se continuar a prolongar a data limite,” disse o Comandante Paixão. (DN)

James Baker: ISF preocupada com a cobertura dos media de 11 de Fevereiro: O Comandante das Forças Internacionais de Estabilização (ISF), James Baker disse que a ISF está preocupada com as incorrecções na informação dada pelos media de Timor-Leste na cobertura aos eventos de 11 de Fevereiro.

De acordo com o Comandante Baker, a informação não tem sido factual. “Li muitos artigos sobre o 11 de Fevereiro, que não têm factos,” disse o Comandante Baker.

O Comandante Baker confirmou que se a imprensa quisesse clarificação sobre qualquer informação relativa às ISF, podiam contactar directamente as ISF. “É muito importante disseminar a informação verdadeira em vez de espalhar rumores. Estamos a pedir aos media para pararem as especulações,” disse o Comandante Baker. (DN)

PGR: sabe que é que está a evitar que Salsinha se entregue: O Procurador-Geral da República, Longuinhos Monteiro, disse que conhece as pessoas que estão a impedir a rendição de Salsinha à Operação Conjunta F-FDTL/PNTL. O PGR Monteiro disse que essas pessoas foram identificadas através de comunicações telefónicas com Salsinha. O PGR Monteiro disse também que o grupo de Salsinha está dividido entre os que querem partir e que querem ficar com ele. (STL)

PGR: Susar pode contactar Salsinha: O PGR Longuinhos Monteiro comentou a oferta feita por Susar para ajudar Salsinha a entregar-se. “Penso que isso ajudará a persuadi-lo [Salsinha] a render-se,” disse o PGR Monteiro. O PGR Monteiro disse também que tinha perdido o contacto com Salsinha desde que acabou a data limite para se entregar (9-11/3). (TP)

Fontes de Notícias Nacionais:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Tempo (DT)
Diario Nacional (DN)
Semanário Nacional (SN)
Tempo Semanal (TS)

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Quinta-feira, 13 Março 2008
"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Mensagem do Presidente José Ramos-Horta à Nação: [VERBAL]

Agora é a semana santa, é o começo da Páscoa. É a primeira vez desde que um dos nossos irmãos do grupo de Alfredo Reinado e Salsinha me balearam que tenho a possibilidade de falar com toda a gente de Timor-Leste: com os Bispos, padres, irmãs, Governo, Parlamento Nacional, e sociedade civil, toda a gente de Timor-Leste.

Estou agradecido pelas vossas preocupações, apoio e solidariedade.

Não farei uma declaração longa, e não farei um discurso político.

Dentro de uma ou duas semanas, poderei falar muito mais.

Recebi um bom tratamento de toda a gente no Darwin Royal Hospital.

Agradeço aos oficiais da ambulância e da GNR que me levaram para o hospital do Heliporto. Agradeço aos médicos no 'Centro Médico' do Heliporto, que me salvaram a vida e me aero-transportaram para Darwin.

Em breve tentarei voltar para Timor-Leste para retomar o meu trabalho.

No momento Fernando Lasama serve como Presidente da República Interino com dignidade, integridade e competência.

Apelo ao Governo, Membros do Parlamento, e partidos políticos para trabalharem juntos na assistência aos pobres.

São estas todas as minhas palavras.

PGR: 4 membros das F-FDTL não envolvidos na Operação Conjunta: O Procurador-Geral da República Longuinhos refutou alegações de que os quatro membros das F-FDTL anteriormente evolvidos no caso de 25 de Maio estivessem agora na Operação Conjunta F-FDTL/PNTL. O Sr Longuinhos disse que os quatro membros estavam correntemente detidos no centro de detenção das F-FDTL em Tasi Tolu, Dili.

“Isto é para contrariar os rumores que estes quatro membros das F-FDTL estão envolvidos na Operação Conjunta F-FDTL/PNTL para procurar Salsinha e o seu grupo. Isso não é verdade porque agora eles estão nas mãos da polícia militar em Tasi Tolu,” disse o PGR Monteiro na Terça-feira (11/3) em Dili.

O PGR Monteiro disse que os quatro membros das F-FDTL serão encarcerados na prisão militar dentro do quartel-general das forças de defesa.

O PGR disse ainda que a prisão militar está em construção. “A construção está na fase final. Os quatro membros estão correntemente sob detenção e assim permanecerão até poderem entrar na prisão logo que esteja acabada,” disse o PGR Monteiro.

Governo vai resolver o problema dos peticionários: O Conselheiro do Gabinete do Primeiro-Ministro para a Sociedade Civil e Problema dos Peticionários, Joaquim Fonseca, disse que o Governo vai resolver os problemas fornecendo-lhes questionários. Os peticionários responderão no questionário à questão sobre se querem voltar para as forças militares ou manterem-se como civis sob os requeridos mecanismos e critérios.

“O Secretário de Estado da Defesa e as F-FDTL têm estado a trabalhar no processo para os que querem voltar para as forças militares com base nos critérios requeridos,” disse o Sr. Fonseca.

Os media correntemente não estão autorizados a entrar no local de encontro dos peticionários sem autorização do Sr Fonseca.

RTL Não houve Cobertura de Notícias

Cobertura Impressa

Não houve confrontos entre Salsinha e a Operação Conjunta: Mesmo apesar de ter acabado a data limite para Salsinha, não houve confrontos entre ele e a Operação Conjunta F-FDFTL/ PNTL.

Uma fonte do Palácio do Governo disse que a praça forte de Salsinha foi detectada mas não se fez ainda nenhum ataque dado que as autoridades querem evitar um banho de sangue.

Em separado, o porta-voz da Operação Conjunta F-FDFTL/ PNTL, Tenente Coronel Filomeno Paixão, disse que Salsinha tem de contribuir para o processo.

“Salsinha tem de nos dar a sua contribuição dado que nós temos estado à espera há dois anos. Nunca teremos qualquer solução se ele continuar a prolongar a data limite,” disse o Comandante Paixão. (DN)

Filomeno Paixão: Operação Conjunta continua: O porta-voz da Operação Conjunta F-FDFTL/ PNTL, Tenente Coronel Filomeno Paixão, disse que a operação continua ainda por que Salsinha e o seu grupo ainda não se entregaram.

“Prometeu que se ia entregar na Segunda-feira (11/3). Se ele não se entregar a operação vai continuar para trazer toda a gente à justiça, todos os que estão contra a justiça,” disse o Comandante Paixão na conferência de imprensa realizada no Memorial, Dili.

“Salsinha tem de dar a sua contribuição como temos estado há dois anos à espera, mas ele nunca terá nenhuma solução se continuar a prolongar a data limite,” disse o Comandante Paixão. (DN)

James Baker: ISF preocupada com a cobertura dos media de 11 de Fevereiro: O Comandante das Forças Internacionais de Estabilização (ISF), James Baker disse que a ISF está preocupada com as incorrecções na informação dada pelos media de Timor-Leste na cobertura aos eventos de 11 de Fevereiro.

De acordo com o Comandante Baker, a informação não tem sido factual. “Li muitos artigos sobre o 11 de Fevereiro, que não têm factos,” disse o Comandante Baker.

O Comandante Baker confirmou que se a imprensa quisesse clarificação sobre qualquer informação relativa às ISF, podiam contactar directamente as ISF. “É muito importante disseminar a informação verdadeira em vez de espalhar rumores. Estamos a pedir aos media para pararem as especulações,” disse o Comandante Baker. (DN)

PGR: sabe que é que está a evitar que Salsinha se entregue: O Procurador-Geral da República, Longuinhos Monteiro, disse que conhece as pessoas que estão a impedir a rendição de Salsinha à Operação Conjunta F-FDTL/PNTL. O PGR Monteiro disse que essas pessoas foram identificadas através de comunicações telefónicas com Salsinha. O PGR Monteiro disse também que o grupo de Salsinha está dividido entre os que querem partir e que querem ficar com ele. (STL)

PGR: Susar pode contactar Salsinha: O PGR Longuinhos Monteiro comentou a oferta feita por Susar para ajudar Salsinha a entregar-se. “Penso que isso ajudará a persuadi-lo [Salsinha] a render-se,” disse o PGR Monteiro. O PGR Monteiro disse também que tinha perdido o contacto com Salsinha desde que acabou a data limite para se entregar (9-11/3). (TP)

Fontes de Notícias Nacionais:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Tempo (DT)
Diario Nacional (DN)
Semanário Nacional (SN)
Tempo Semanal (TS)

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.