sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Rebel's Message of Hate For Gusmao

The Australian - Friday, February 15, 2008

Paul Toohey, Dili

DEAD renegade Alfredo Reinado, who was buried in Dili yesterday, had made known his hatred for Xanana Gusmao and his Government in a propaganda DVD in which he called East Timor's Prime Minister a liar and a ``child'' and warned him to ``be careful''.

Reinado accused Mr Gusmao of being the architect of the 2006 crisis in which the military policeman and almost 600 soldiers abandoned their posts.

The DVD, mass-released among the population several weeks ago, represented a dramatic shift in Reinado's thinking.

His hatred had in the past been directed at former prime minister Mari Alkatiri, whom he blamed for ordering F-FDTL, or army, troops to fire on peacefully protesting soldiers in 2006.

The DVD fuels speculation that Mr Alkatiri's opposition Fretilin party had been courting Reinado and may have persuaded him to come to President Jose Ramos Horta's home near Dili on Monday morning.

Reinado and his offsider Leopoldino were killed in a gunfight at Mr Ramos Horta's compound that left the President wounded and in a critical condition.

Kevin Rudd will leave today for a one-day visit to East Timor.

The Prime Minister will meet Mr Gusmao and Acting President Fernando Lasama de Araujo. He will also meet the commander of the Australian-led International Stabilisation Force, Brigadier James Baker, and senior officers of the Australian Federal Police.

Mr Gusmao has accused Fretilin of trying to align itself with Reinado and of being involved in the production of the slick DVD.

Reinado's adoptive father, Vitor Alves, yesterday agreed his son had been ``in touch'' with Fretilin but added that Reinado was ``connected with everybody''.

In the DVD, Reinado taunts Mr Gusmao, but makes no mention of Fretilin or Mr Alkatiri as a cause of any of the nation's problems.

Speaking first in Tetum and later in English from a hilltop location, Reinado says simple street vendors would make better leaders than those East Timor had.

``This is the new age,'' Reinado says in the video. ``The clandestine movement of today is not like yesterday. So be careful. One day the people will have had enough of your games.

And when they do, I will be right beside them. Who is the real liar? Xanana is, has been the biggest liar since 1975.

``He has such a big position but he's still a liar.''

Mr Alkatiri has denied any involvement in Monday's murderous events.

Mr Alves maintains his son went to Dili to meet Mr Ramos Horta, not to kill him.

``It was just like he was invited down,'' Mr Alves said. ``He came down to resolve things. I'm 100 per cent sure he didn't go to kill the President.''

Mr Ramos Horta is stable in Royal Darwin Hospital after surgery on two bullet wounds that partially destroyed his right lung.

He was visited yesterday by his brother Arsenio Ramos Horta, who accused UN security forces of behaving like ``bloody cowards'', saying they hid rather than defend the President against the
rebels.

He said he cradled his Nobel Peace Prize-winning brother in his arms as UN troops refused tohelp.

``They should have come straight away, not to waste time,'' Mr Ramos Horta said. ``They are bloody cowards.''

Jose Ramos Horta was also visited yesterday by Australia's former defence chief Peter Cosgrove, who commanded the international forces overseeing East Timor's transition to
independence.

``I spoke to him, as you do to people who are sedated, and there was some response, but I'll have to find out later if he heard me,'' General Cosgrove said outside the hospital.


Tradução:

Mensagem de ódio dos amotinados para Gusmão

The Australian - Sexta-feira, Fevereiro 15, 2008

Paul Toohey, Dili

O falecido renegado Alfredo Reinado, que foi enterrado em Dili ontem, tinha tornado conhecido o seu ódio por Xanana Gusmão e o seu Governo num DVD de propaganda onde chamou ao Primeiro-Ministro de Timor-Leste um mentiroso e uma``criança'' e avisou-o para ``ser cuidadoso''.

Reinado acusou o Sr Gusmão de ser o arquitecto da crise de 2006 na qual os polícias militares e quase 600 soldados abandonaram os seus postos.

O DVD, distribuído em massa entre a população há várias semanas atrás, representava uma mudança dramática no pensar de Reinado.

O seu ódio no passado tinha sido direccionado contra o antigo primeiro-ministro Mari Alkatiri, a quem ele acusou de ter ordenado às F-FDTL, ou tropas das forças armadas, para dispararem sobre soldados que se manifestavam pacíficamente em 2006.

O DVD alimenta a especulação que a oposição da Fretilin do Sr Alkatiri tem andado a cortejar Reinado e que pode tê-lo persuadido a ir até à casa do Presidente José Ramos Horta perto de Dili na Segunda-feira de manhã.

Reinado e o seu guarda-corpo Leopoldino foram mortos num tiroteio no complexo do Sr Ramos Horta que deixou o Presidente ferido e num estado crítico.

Kevin Rudd partirá hoje para uma visita de um dia a Timor-Leste.

O Primeiro-Ministro vai encontrar-se com o Sr Gusmão e o Presidente em exercício Fernando Lasama de Araujo. Encontrar-se-à também com o comandante da Força Internacional de Estabilização lideradas pelos Australianos, Brigadeiro James Baker, e oficiais de topo da Polícia Federal Australiana.

O Sr Gusmão tem acusado a Fretilin de se tentar alinhar com Reinado e de estar envolvida na produção do astuto DVD.

O pai adoptivo de Reinado, Vitor Alves, concordou ontem que o seu filho tinha estado ``em contacto'' com a Fretilin mas acrescentou que Reinado estava ``ligado com toda a gente''.

No DVD, Reinado insulta o Sr Gusmão, mas não menciona a Fretilin ou o Sr Alkatiri como a causa de nenhum dos problemas da nação.

Falando primeiro em Tétum e depois em Inglês dum local num topo dum monte, Reinado diz que simples vendedores de rua fariam melhores líderes do que aqueles que Timor-Leste tinha.

``Estes são os novos tempos,''diz Reinado no vídeo. ``O movimento clandestino de hoje não é como o de ontem. Assim tenham cuidado. Um dia as pessoas estarão fartas dos vossos jogos.

E quando estiverem, estarei mesmo ao vosso lado. Quem é o verdadeiro mentiroso? É Xanana e tem sido o maior mentiroso desde 1975.

``Ele tem uma posição muito grande mas é ainda um mentiroso.''

O Sr Alkatiri negou qualquer envolvimento nos eventos assassinos de Segunda-feira.

O Sr Alves mantém que o seu filho foi a Dili para se encontrar com o Sr Ramos Horta, não para o matar.

``Era como se tivesse sido convidado para ir lá,'' disse o Sr Alves. ``Ele veio cá para resolver as coisas. Tenho 100 por cento a certeza que não foi lá para matar o Presidente.''

O Sr Ramos Horta está estável no Royal Darwin Hospital depois de cirurgia a dois ferimentos de balas que destruiram parcialmente o pulmão direito.

Onte, foi visitado pelo irmão Arsénio Ramos Horta, que acusou as forças de segurança de se comportarem como ``malditos cobardes'', dizendo que se esconderam em vez de defenderem o Presidente contra os amotinados.

Disse que cuidou do irmão vencedor do Nobel da Paz nos braços enquanto as tropas da ONU recusaram ajudar.

``D«viam ter vindo imediatamente, e não perderem tempo,''disse o Sr Ramos Horta. ``São uns malditos cobardes.''

José Ramos Horta foi também visitado pelo antigo chefe da defesa da Austrália, Peter Cosgrove, que comandou as forças internacionais que supervisionaram a transição de Timor-Leste para a
independência.

``Falei com ele, como se fala com pessoas que estão sob sedativos e houve alguma resposta, mas terei de descobrir mais tarde se ele me ouviu,'' disse o General Cosgrove no exterior do hospital.

3 comentários:

h correia disse...

"Mr Gusmao has accused Fretilin of trying to align itself with Reinado and of being involved in the production of the slick DVD."

Quem diz isto será o mesmo "Mr. Gusmao" que pagou a pousada de Maubisse a Reinado? Ou o que lhe passou uma "guia de marcha"? Ou o que lhe escrevia bilhetinhos com ordens de ir para aqui ou para ali?

É preciso ter muita cara de pau!!!

Anónimo disse...

Tradução:

Mensagem de ódio dos amotinados para Gusmão
The Australian - Sexta-feira, Fevereiro 15, 2008

Paul Toohey, Dili

O falecido renegado Alfredo Reinado, que foi enterrado em Dili ontem, tinha tornado conhecido o seu ódio por Xanana Gusmão e o seu Governo num DVD de propaganda onde chamou ao Primeiro-Ministro de Timor-Leste um mentiroso e uma``criança'' e avisou-o para ``ser cuidadoso''.

Reinado acusou o Sr Gusmão de ser o arquitecto da crise de 2006 na qual os polícias militares e quase 600 soldados abandonaram os seus postos.

O DVD, distribuído em massa entre a população há várias semanas atrás, representava uma mudança dramática no pensar de Reinado.

O seu ódio no passado tinha sido direccionado contra o antigo primeiro-ministro Mari Alkatiri, a quem ele acusou de ter ordenado às F-FDTL, ou tropas das forças armadas, para dispararem sobre soldados que se manifestavam pacíficamente em 2006.

O DVD alimenta a especulação que a oposição da Fretilin do Sr Alkatiri tem andado a cortejar Reinado e que pode tê-lo persuadido a ir até à casa do Presidente José Ramos Horta perto de Dili na Segunda-feira de manhã.

Reinado e o seu guarda-corpo Leopoldino foram mortos num tiroteio no complexo do Sr Ramos Horta que deixou o Presidente ferido e num estado crítico.

Kevin Rudd partirá hoje para uma visita de um dia a Timor-Leste.

O Primeiro-Ministro vai encontrar-se com o Sr Gusmão e o Presidente em exercício Fernando Lasama de Araujo. Encontrar-se-à também com o comandante da Força Internacional de Estabilização lideradas pelos Australianos, Brigadeiro James Baker, e oficiais de topo da Polícia Federal Australiana.

O Sr Gusmão tem acusado a Fretilin de se tentar alinhar com Reinado e de estar envolvida na produção do astuto DVD.

O pai adoptivo de Reinado, Vitor Alves, concordou ontem que o seu filho tinha estado ``em contacto'' com a Fretilin mas acrescentou que Reinado estava ``ligado com toda a gente''.

No DVD, Reinado insulta o Sr Gusmão, mas não menciona a Fretilin ou o Sr Alkatiri como a causa de nenhum dos problemas da nação.

Falando primeiro em Tétum e depois em Inglês dum local num topo dum monte, Reinado diz que simples vendedores de rua fariam melhores líderes do que aqueles que Timor-Leste tinha.

``Estes são os novos tempos,''diz Reinado no vídeo. ``O movimento clandestino de hoje não é como o de ontem. Assim tenham cuidado. Um dia as pessoas estarão fartas dos vossos jogos.

E quando estiverem, estarei mesmo ao vosso lado. Quem é o verdadeiro mentiroso? É Xanana e tem sido o maior mentiroso desde 1975.

``Ele tem uma posição muito grande mas é ainda um mentiroso.''

O Sr Alkatiri negou qualquer envolvimento nos eventos assassinos de Segunda-feira.

O Sr Alves mantém que o seu filho foi a Dili para se encontrar com o Sr Ramos Horta, não para o matar.

``Era como se tivesse sido convidado para ir lá,'' disse o Sr Alves. ``Ele veio cá para resolver as coisas. Tenho 100 por cento a certeza que não foi lá para matar o Presidente.''

O Sr Ramos Horta está estável no Royal Darwin Hospital depois de cirurgia a dois ferimentos de balas que destruiram parcialmente o pulmão direito.

Onte, foi visitado pelo irmão Arsénio Ramos Horta, que acusou as forças de segurança de se comportarem como ``malditos cobardes'', dizendo que se esconderam em vez de defenderem o Presidente contra os amotinados.

Disse que cuidou do irmão vencedor do Nobel da Paz nos braços enquanto as tropas da ONU recusaram ajudar.

``D«viam ter vindo imediatamente, e não perderem tempo,''disse o Sr Ramos Horta. ``São uns malditos cobardes.''

José Ramos Horta foi também visitado pelo antigo chefe da defesa da Austrália, Peter Cosgrove, que comandou as forças internacionais que supervisionaram a transição de Timor-Leste para a
independência.

``Falei com ele, como se fala com pessoas que estão sob sedativos e houve alguma resposta, mas terei de descobrir mais tarde se ele me ouviu,'' disse o General Cosgrove no exterior do hospital.

Anónimo disse...

AS INFUNDADAS CRITICAS DA EURODEPUTADA SOCIALISTA ANA GOMES SOBRE OS MELANC�LICOS ACONTECIMENTOS HIST�RICOS DO DIA 11 DE FEVEREIRO DE 2008 NA CAPITAL DE TIMOR LESTE � D�LI.

As cr�ticas borradas e irreflectidas da Eurodeputada Socialista ANA GOMES sobre a morte do nosso valoroso soldado das FDTL / POLICIA MILITAR Major Alfredo Reinado Alves s�o totalmente infundadas e que a Sra. deve ter mais juizinho nas suas hist�ricas cr�ticas. A Sra. embora tenha toda a plena liberdade de expressar as suas devidas opini�es face a actual crise politica timorense, mas a senhora tamb�m deve saber encetar as suas figuristas como se fosse uma autentica politica de imparcialidade e independente e fazendo sempre em primeiro lugar as suas aprecia�es e an�lises correctas dentro de um contexto pol�tico multidimensional com rela�o aos ocorridos eventos. Mas n�o, lamentavelmente lan�ar impensadamente grosseiras palavras irreflectidas em defesa dos seus namoricos, Horta e Xanana, os tais liderzecos que foram os primeiros a denegrir o bom nome do Estado da RDTL e cagou nas institui�es estatais da pr�pria RDTL e simultaneamente enalteceram-se ate aos p�ncaros da lua e elevaram-se a si pr�prios acima da Constitui�o da RDTL e finalmente julgaram-se e continuam a julgar-se a si mesmos, serem eles os �nicos senhores poderosos e ditadores de novas ordens acima da Lei e que podem fazer-se do ESTADO da RDTL a �laia coboiada� como eles queriam que os seus caprichos de loucos lideres prevalecem contra a dignidade dos patriotas e nacionalistas, os asuwains e valorosos filhos timorenses que durante sob o jugo colonial portugu�s e posteriormente subjugados por outras formas selv�ticas das ac�es desumanas movidas pelo sistema neo-colonial indon�sio estes nacionalistas e patriotas mauberes foram v�timas de todas as mais cru�is e veladas formas de explora�o e opress�o do homem pelo homem no seu solo maternal de Timor Loro Sae de outrora. E agora estes senhores liderzecos da RDTL passam a ser mais carrascos e vis pe�es avan�ados dos anacr�nicos colonialistas do passado como do presente.
A todos os l�deres psicopatas do mundo inteiro que papagueiam aos quatro ventos, da democracia e da liberdade, da justi�a e da raz�o para todos os seres humanos que vivem neste Planeta, Terra, e afirmam pomposamente e hipocritamente que todos os seres humanos tenham os mesmos direitos e privil�gios perante a lei e a ordem da justi�a social dum modo tergiversador apraz�vel para enganar os �s� saloios� da nossa sociedade humana, como tal
esses vampiros pol�ticos e criminosos seres humanos costumam falar ao p�blico com tom de intoc�veis mitos mas que tragam sempre a �bata quente� na boca e porcalhadamente aplicam �dois pesos e duas medidas� em rela�o as suas fac�noras pr�ticas de moribundos ditadores da nossa sociedade humana. A estes poltr�es pol�ticos jamais lhes vergaremos e perdoaremos, pelo contr�rio exigimos-lhes que a justi�a seja feita para que os povos oprimidos e explorados do mundo inteiro em geral e em particular para Timor Leste venham gozar os verdadeiros frutos da verdadeira democracia e verdadeira liberdade que tantos aspiramos t�-los um dia e que seja prevalecida de gera�o para gera�o.
Esse epis�dio do dia 11 de Fevereiro de 2008 era um estalo ou alias uma quebra de um �ICEBERG� e advento das verdadeiras REVELA��ES que est�o escritas no SAGRADO LIVRO DAS REVELA��ES DO NOVO TESTAMENTO. Como prel�dio dos novos �TSUNAMIS� que na hora certa e no dia D., os hip�critas, assassinos e desp�ticos lideres timorenses s� t�m uma solu�o para suas sobreviv�ncias no solo P�trio do Povo Martirizado Maubere. Arrependem-se j� de imediato das suas fac�noras pol�ticas na governa�o da RDTL e que devem preparar-se para hora H e o dia D. ter�o que ajustar as severas contas perante ao Juiz do Povo pequeno e d�bil Maubere que tanto sofreu por vossas psicopatas e imorais praticas de falsos l�deres do Povo sofredor Maubere ou ser�o exclusos da sociedade Maubere uma vez para sempre, s� assim o d�bil e pobre Povo Maubere pode de facto vir libertar-se de todos os cancerosos males herdados por tiranos, desp�ticos e imorais liderzecos da nossa RDTL desde que assumiram o poder governativo da RDTL a partir do ano 2002 ate ao presente momento.
A verdadeira Historia ditara um dia e o Maubere ser� vencedor e derrotara os seus inimigos, os desp�ticos e tiranos l�deres, os vergonhosos macabros e pe�es avan�ados dos colonialistas e neocolonialistas do solo P�trio TL e posteriormente governara a si mesmo com o seu pr�prio modo de viver com suas culturas e tradi�es milen�rias de um verdadeiro Povo com sua pr�pria Identidade, dignidade inalter�vel com uma genu�na cultura prevalecida.
Finalmente enviamos as nossas mais profundas e sinceras condol�ncias aos entes familiares dos saudosos Major Alfredo e ao seu camarada Leopoldino Mendon�a Exposto e que os seus sucessores sejam firmes e determinados levar ao cabo a miss�o que Deus vos entregou. Asuwains n�o havereis de temer das hip�critas acusa�es dos l�deres psicopatas e arrogantes do mundo que criticaram sem bases as vossas honrosas ac�es sob chefia do vosso l�cido comandante Major Alfredo Reinado Alves, o Comando activo por ele comandado na busca da justi�a e verdade que todo o Povo de Timor Leste deseja ao bem-estar da Paz e estabilidade, para o desenvolvimento e progresso da sua pr�pria Terra M�e TL, mas que estes monstros lideres s�o os mais calibres assassinos dos homens amantes da paz do cinco continentes deste Globo, est�o tagarelando e confundindo a verdade com a mentira para enganar os povos com intuito de eliminar os povos pobres e pequenos passo a passo na nossa sociedade humana com as suas fac�noras praticas de uso de dois pesos e duas mediadas em rela�o aos repugnantes v�mitos da falsa democracia e liberdade que eles cantam e rezam todos os dias com motivos puramente para gerir os seus interesses administrativos do que verdadeiramente sirvam os supremos interesses do martirizado Povo Maubere. Que vergonhas tanto se orgulham esses mam�feros, carrascos, assassinos da humanidade e agora v�em mandar bocas em Timor Leste sem ter em conta a verdadeira realidade dos factos ocorridos.
A nossa luta cont�nua em todas as frentes ate que almejaremos total e por completa os nossos verdadeiros objectivos que e a nossa verdadeira liberta�o das garras desses monstros, assassinos e mentirosos l�deres da RDTL, s� assim permitiremos aos nossos vindouros que sirvam melhor o nosso Povo com todo o cora�o e alma e juntos saborear�o melhor os frutos dos nossos abnegados sacrif�cios consentidos.

Nos matos e montanhas de Timor Leste aos treze dias do m�s de Fevereiro de 2008.-

Maubere mano aman kokorek nafatin iha RAMKABIA.-

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.