sexta-feira, fevereiro 15, 2008

A INDEPENDÊNCIA DE TIMOR-LESTE

Blog Quinto poder
Sexta-feira, Fevereiro 15, 2008

A pergunta e a reflexão poderão ser crueis e politicamente incorrectas.
Será Timor Leste um Estado independente?

Não é. E não por causa de ameaças externas.

O Estado de Timor Leste para existir, para se manter, para não implodir e para não se desagregar, depende da presença da GNR portuguesa e, sobretudo, da presença de um largo contingente de tropas australianas.

Ou seja : estamos de novo a assistir a um regime de protectorado, tal como os que existiam antes dos processos de descolonização terem tido início.

// posted by mss

1 comentário:

h correia disse...

Não concordo que Timor-Leste dependa da presença de tropas australianas.

A prova é que até se pode tentar matar o Presidente, sem que aquelas esboçem a mínima reacção.

Onde está a "dependência"? Só se for da parte dos assassinos...

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.