terça-feira, janeiro 22, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Tuesday, 22 January 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any consequence resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

SRSG Atul Khare: the Timorese should be responsible for their environment: The Special Representative of Secretary-General (SRSG) for Timor-Leste, Atul Khare, said that Timorese people should be environmentally responsible to help avoid natural disasters.

“We can only assist you for a short time. You have to be responsible for the environment,” said SRSG Khare when participating in the ceremony of planting seedlings on Monday (21/1) in Bonuk sub-village, Ainaro District.

It is expected that the planting programme may help avoid natural disasters in the next five to ten years in Timor-Leste.

To protect the environment, UNDP is giving 7000 seedlings to the community in sub-village Bonuk, Leolima village, sub-district Hatu-Udo in Ainaro District, to be planted in the seven-hectare community planting fields.

RTL news coverage

The President of the National Parliament (NP) appeals to all sectors of society to contribute to solving the problems of the country: The President of the National Parliament (NP) has appealed to all sectors of society to contribute towards solving the problems of the country.

The problems of Alfredo Reinado, the petitioners and IDPs are national problems that require the conscience and contribution of all sectors, including political parties.


* * *


SRSG Atul Khare: the Timorese should be environmentally responsible

The Special Representative of the Secretary-General (SRSG) for Timor-Leste, Atul Khare, said that Timorese people should be environmentally responsible in order to help avoid natural disasters.

“We can only assist you for a short time. You have to responsible for your environment. We have to force ourselves to end the problem of deforestation,” said SRSG Khare while participating in the ceremony of planting plants on Monday (21/1) in Bonuk sub-village, Ainaro District.

It is expected that the planting programme may help Timor-Leste avoid natural disasters in the next five to ten years. (TP)

UN raises US$22M for Timor-Leste

The Deputy Special Representative of the Secretary-General (DSRSG) of the United Nations Mission in Timor-Leste, Finn Reske-Nielsen, said that in 2007 UN organizations in Timor-Leste raised US$22M for the development of the country.

DSRSG Finn also said that US22M was provided by the international community.

“The fund has enabled the government to provide food and humanitarian assistance to the Internally Displaced People (IDPs) …,” said DSRSG Finn on Thursday (17/1) in Obrigado Barracks, Dili.

DSRSG Finn was responding to a journalist’s question about UN support in 2007. (DN)

Screening of the F-FDTL is a positive step

The decision of President (PR) José Ramos-Horta to screen the Defence Forces of Timor-Leste (F-FDTL) is a positive step that will help solve the political and military crisis of the country.

“… PR Ramos-Horta, as the Supreme Commander of F-FDTL, has made this decision to help find a solution to the problems of the petitioners, including Alfredo Reinado,” said Duarte Nunes, a member of the National Parliament (NP). (DN)

Branco: “Threatening journalists reveals a dictator’s attitude”

From a political statement in the NP, a NP member from Fretilin, Francisco Miranda, stated that the attitude of Prime Minister (PM) Xanana Gusmão is similar to that of a dictator who intends to curb press freedom, in light of his threatening comments to journalists.

“If he feels offended by a media publication, any citizen of this country may bring such a case to the court, but threatening is not acceptable,” said Mr. Miranda on Monday (21/1) in the plenary session of NP in Dili.

However, the NP member from the Social Democratic Party (PSD) said that Fretilin are just ‘playing politics’ and Fretilin should only complain if the Alliance Government starts putting journalists in jail or sanctioning them. (DN and TP)

Alfredo Reinado: “People can decide whether I’m a rebel or not”

Alfredo Reinado said that only the Timorese people can decide whether he is a rebel or not, not internationals, since he has never stood against them or their nations.

According to Reinado, contextually the internationals are the rebels because they have exploited the opportunity presented by the crisis.

Alfredo declared that he is not a rebel as long as he has not committed any action against the people. (STL)

Tilman: NP may invite Xanana to give his opinion on Alfredo’s CD

A member of the NP from KOTA, Manuel Tilman, said that he is asking the NP through the President of the NP Fernando Lasama to invite PM Xanana Gusmão to give his opinion on Alfredo’s CD which has spread widely in Dili and in which the PM was accused of being the author of the 2006 crisis.

“We all know that Xanana used to be the leader of the army, the clandestine movement and the diplomatic front, and then brought us a referendum to achieve independence. That’s why I request through the NP President that we invite PM Xanana to explain the political truth,” said Mr. Tilman on Monday (21/1) in the NP, Dili.

The Vice President of the NP, Maria Paixão, said that the suggestion will be discussed.

“There are many CDs from Alfredo’s, not only accusing Xanana, but also accusing other people, including PM Mari Alkatiri. We might ask all of them to come and explain the truth to the NP,” said Ms. Paixão. (DN)

Administrative reform: government signing an accord with UNDP

PM Xanana Gusmao on Monday (21/1) signed an accord with the United Nations Development Program (UNDP) to support the Ministry of State Administration in their project to reform public functions.

“We are working on a program and need to improve the capacity of public servants.

The accord is signed so that UNDP could assist the government’s work,” said PM Xanana in Dili.

The project is signed for five years, between the government of Timor-Leste and UNDP, until 2012 and entails supervising public servants to help them to deliver give good services to the people and the nation. (DN, TP and STL)

Tradução:

UNMIT – MONOTORIZAÇÃO DOS MEDIA - Terça-feira, 22 Janeiro 2008

"A UNMIT não assume nenhuma responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e o conteúdo deles não indicam apoio ou endosso pela UNMIT expresso ou implícito. A UNMIT não sera responsável por qualquer consequência que resulte da publicação de, ou pela confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

SRSG Atul Khare: os Timorenses devem ser responsáveis pelo ambiente:
O Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste, Atul Khare, disse que o povo Timorense deve ser responsável pelo ambiente para ajudar a evitar desastres naturais.

“Só os podemos assistir por um curto período de tempo. Têm de ser responsáveis pelo ambiente,” disse o SRSG Khare quando participava na cerimónia de plantação de mudas na Segunda-feira (21/1) na sub-aldeia Bonuk, Distrito de Ainaro.

Espera-se que o programa de plantação possa ajudar a evitar desastres naturais nos próximos cinco a dez anos em Timor-Leste.

Para proteger o ambiente, o UNDP está a dar 7000 mudas à comunidade na sub-aldeia Bonuk, aldeia de Leolima, sub-distrito Hatu-Udo no Distrito Ainarot, para serem plantados nos campos comunitários de sete hectares.

RTL cobertura de notícias

O Presidente do Parlamento Nacional (PN) apela a todos os sectores da sociedade para contribuírem para resolver os problemas do país:
O Presidente do Parlamento Nacional (PN) apelou a todos os sectores da sociedade para contribuírem para resolver os problemas do país.

Os problemas de Alfredo Reinado, peticionários e deslocados são problemas nacionais que requerem a consciência e a contribuição de todos os sectores, incluindo dos partidos políticos parties.


* * *


SRSG Atul Khare: Os Timorenses devem ser responsáveis pelo ambiente

O Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste, Atul Khare, disse que os Timorenses devem ser responsáveis pelo ambiente de modo a poderem evitar desastres naturais.

“Apenas podemos assistir por um curto período de tempo. Têm de ser responsáveis pelo vosso ambiente. Temos de nos forçar nós próprios a acabar com o problema da deflorestação,” disse o SRSG Khare quando participava numa cerimónia de plantação de plantas na Segunda-feira (21/1) na sub-aldeia de Bonuk, Distrito de Ainaro.

É esperado que o programa de plantação possa ajudar Timor-Leste a evitar desastres naturais nos próximos cinco a dez anos. (TP)

ONU angaria US$22 M para Timor-Leste

O Vice-Representante Especial do Secretário-Geral (DSRSG) da ONU em Timor-Leste, Finn Reske-Nielsen, disse que em 2007 as organizações da ONU em Timor-Leste angariaram US$22 M para o desenvolvimento do país.

O DSRSG Finn disse também que US22 M foram doados pela comunidade internacional.

“O fundo permitiu que o governo desse alimentação e assistência humanitária aos deslocados …,” disse o DSRSG Finn na Terça-feira (17/1) em Obrigado Barracks, Dili.

O DSRSG Finn estava a responder a uma pergunta de um jornalista sobre o apoio da ONU em 2007. (DN)

Escrutínio das F-FDTL é um passo positivo

A decisão do Presidente (PR) José Ramos-Horta tde escrutinar as Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) é um passo positivo que ajudará a resolver a crise política e militar do país.

“… O PR Ramos-Horta, como Comandante-Supremo das F-FDTL, tomou a decisão de ajudar a encontrar uma solução para os problemas dos peticionários, incluindo Alfredo Reinado,” disse Duarte Nunes, um deputado do PN. (DN)

Branco: “ameaçar jornalistas revela uma atitude de ditador”

O deputado da Fretilin, Francisco Miranda, afirmou que a atitude do Primeiro-Ministro (PM) Xanana Gusmão é similar às de um ditador que tem a intenção de limitar a liberdade de imprensa, à luz do seu comentário a ameaçar os jornalistas.

“Se se sente ofendido por uma coisa que os media publicaram, qualquer cidadão deste país pode levar um tal caso a tribunal, mas as ameaças não são aceitáveis,” disse o Sr. Miranda na Segunda-feira (21/1) na sessão plenária do PN em Dili.

Contudo, um deputado do PSD disse que a Fretilin está apenas a “fazer política” e que a Fretilin deve apenas queixar-se se o Governo da Aliança começar a pôr jornalistas na prisão ou a castigá-los. (DN e TP)

Alfredo Reinado: “As pessoas podem decidir se eu sou amotinado ou não”

Alfredo Reinado disse que apenas o povo Timorense pode decidir se ele é ou não amotinado, não os internacionais, visto que ele nunca se levantou contra eles nas suas nações.

De acordo com Reinado, contextualmente são os internacionais que são os amotinados porque exploraram a oportunidade oferecida pela crise.

Alfredo declarou que não é um amotinado visto que não cometeu nenhuma acção contra o povo. (STL)

Tilman: PN pode convidar Xanana a dar a sua opinião sobre o CD de Alfredo

O deputado do KOTA, Manuel Tilman, disse que vai pedir ao PN através do Presidente do PN Fernando Lasama para convidar o PM Xanana Gusmão a dar a sua opinião sobre o CD de Alfredo que se espalhou por Dili e no qual o PM foi acusado de ser o autor da crise de 2006.

“Todos sabemos que Xanana costumava ser o líder das forças armadas, do movimento clandestino e da frente diplomática, e depois trouxe-nos um referendo para alcançarmos a independência. É por isso que peço através do Presidente do PN que ele convide o PM Xanana para explicar a verdade política,” disse o Sr. Tilman na Segunda-feira (21/1) no PN, Dili.

A Vice-Presidente do PN, Maria Paixão, disse que a sugestão será discutida.

“Há muitos CDs de Alfredo, não apenas o que acusa Xanana, mas que acusa também outras pessoas, incluindo o PM Mari Alkatiri. Podemos pedir a todos eles para virem explicar a verdade ao PN,” disse a Srª. Paixão. (DN)

Reforma Administrativa: governo assina um acordo com o UNDP

O PM Xanana Gusmão na Segunda-feira (21/1) assinou um acordo com o Programa de Desenvolvimento da ONU (UNDP) para apoiar o projecto de reforma das funções públicas do Ministério da Administração do Estado.

“Estamos a trabalhar num programa e precisamos de melhorar a capacidade dos funcionários públicos.

O acordo é assinado para que o UNDP possa assistir ao trabalho do governo,” disse o PM Xanana em Dili.

O projecto é assinado por cinco anos, entre o governo de Timor-Leste e o UNDP, até 2012 e engloba a supervisão dos funcionários públicos para ajudá-los a desempenhar bons serviços ao povo e à nação. (DN, TP e STL)

2 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONOTORIZAÇÃO DOS MEDIA - Terça-feira, 22 Janeiro 2008
"A UNMIT não assume nenhuma responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e o conteúdo deles não indicam apoio ou endosso pela UNMIT expresso ou implícito. A UNMIT não sera responsável por qualquer consequência que resulte da publicação de, ou pela confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

SRSG Atul Khare: os Timorenses devem ser responsáveis pelo ambiente:
O Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste, Atul Khare, disse que o povo Timorense deve ser responsável pelo ambiente para ajudar a evitar desastres naturais.

“Só os podemos assistir por um curto período de tempo. Têm de ser responsáveis pelo ambiente,” disse o SRSG Khare quando participava na cerimónia de plantação de mudas na Segunda-feira (21/1) na sub-aldeia Bonuk, Distrito de Ainaro.

Espera-se que o programa de plantação possa ajudar a evitar desastres naturais nos próximos cinco a dez anos em Timor-Leste.

Para proteger o ambiente, o UNDP está a dar 7000 mudas à comunidade na sub-aldeia Bonuk, aldeia de Leolima, sub-distrito Hatu-Udo no Distrito Ainarot, para serem plantados nos campos comunitários de sete hectares.

RTL cobertura de notícias

O Presidente do Parlamento Nacional (PN) apela a todos os sectores da sociedade para contribuírem para resolver os problemas do país:
O Presidente do Parlamento Nacional (PN) apelou a todos os sectores da sociedade para contribuírem para resolver os problemas do país.

Os problemas de Alfredo Reinado, peticionários e deslocados são problemas nacionais que requerem a consciência e a contribuição de todos os sectores, incluindo dos partidos políticos parties.


* * *


SRSG Atul Khare: Os Timorenses devem ser responsáveis pelo ambiente

O Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste, Atul Khare, disse que os Timorenses devem ser responsáveis pelo ambiente de modo a poderem evitar desastres naturais.

“Apenas podemos assistir por um curto período de tempo. Têm de ser responsáveis pelo vosso ambiente. Temos de nos forçar nós próprios a acabar com o problema da deflorestação,” disse o SRSG Khare quando participava numa cerimónia de plantação de plantas na Segunda-feira (21/1) na sub-aldeia de Bonuk, Distrito de Ainaro.

É esperado que o programa de plantação possa ajudar Timor-Leste a evitar desastres naturais nos próximos cinco a dez anos. (TP)

ONU angaria US$22 M para Timor-Leste

O Vice-Representante Especial do Secretário-Geral (DSRSG) da ONU em Timor-Leste, Finn Reske-Nielsen, disse que em 2007 as organizações da ONU em Timor-Leste angariaram US$22 M para o desenvolvimento do país.

O DSRSG Finn disse também que US22 M foram doados pela comunidade internacional.

“O fundo permitiu que o governo desse alimentação e assistência humanitária aos deslocados …,” disse o DSRSG Finn na Terça-feira (17/1) em Obrigado Barracks, Dili.

O DSRSG Finn estava a responder a uma pergunta de um jornalista sobre o apoio da ONU em 2007. (DN)

Escrutínio das F-FDTL é um passo positivo

A decisão do Presidente (PR) José Ramos-Horta tde escrutinar as Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) é um passo positivo que ajudará a resolver a crise política e militar do país.

“… O PR Ramos-Horta, como Comandante-Supremo das F-FDTL, tomou a decisão de ajudar a encontrar uma solução para os problemas dos peticionários, incluindo Alfredo Reinado,” disse Duarte Nunes, um deputado do PN. (DN)

Branco: “ameaçar jornalistas revela uma atitude de ditador”

O deputado da Fretilin, Francisco Miranda, afirmou que a atitude do Primeiro-Ministro (PM) Xanana Gusmão é similar às de um ditador que tem a intenção de limitar a liberdade de imprensa, à luz do seu comentário a ameaçar os jornalistas.

“Se se sente ofendido por uma coisa que os media publicaram, qualquer cidadão deste país pode levar um tal caso a tribunal, mas as ameaças não são aceitáveis,” disse o Sr. Miranda na Segunda-feira (21/1) na sessão plenária do PN em Dili.

Contudo, um deputado do PSD disse que a Fretilin está apenas a “fazer política” e que a Fretilin deve apenas queixar-se se o Governo da Aliança começar a pôr jornalistas na prisão ou a castigá-los. (DN e TP)

Alfredo Reinado: “As pessoas podem decidir se eu sou amotinado ou não”

Alfredo Reinado disse que apenas o povo Timorense pode decidir se ele é ou não amotinado, não os internacionais, visto que ele nunca se levantou contra eles nas suas nações.

De acordo com Reinado, contextualmente são os internacionais que são os amotinados porque exploraram a oportunidade oferecida pela crise.

Alfredo declarou que não é um amotinado visto que não cometeu nenhuma acção contra o povo. (STL)

Tilman: PN pode convidar Xanana a dar a sua opinião sobre o CD de Alfredo

O deputado do KOTA, Manuel Tilman, disse que vai pedir ao PN através do Presidente do PN Fernando Lasama para convidar o PM Xanana Gusmão a dar a sua opinião sobre o CD de Alfredo que se espalhou por Dili e no qual o PM foi acusado de ser o autor da crise de 2006.

“Todos sabemos que Xanana costumava ser o líder das forças armadas, do movimento clandestino e da frente diplomática, e depois trouxe-nos um referendo para alcançarmos a independência. É por isso que peço através do Presidente do PN que ele convide o PM Xanana para explicar a verdade política,” disse o Sr. Tilman na Segunda-feira (21/1) no PN, Dili.

A Vice-Presidente do PN, Maria Paixão, disse que a sugestão será discutida.

“Há muitos CDs de Alfredo, não apenas o que acusa Xanana, mas que acusa também outras pessoas, incluindo o PM Mari Alkatiri. Podemos pedir a todos eles para virem explicar a verdade ao PN,” disse a Srª. Paixão. (DN)

Reforma Administrativa: governo assina um acordo com o UNDP

O PM Xanana Gusmão na Segunda-feira (21/1) assinou um acordo com o Programa de Desenvolvimento da ONU (UNDP) para apoiar o projecto de reforma das funções públicas do Ministério da Administração do Estado.

“Estamos a trabalhar num programa e precisamos de melhorar a capacidade dos funcionários públicos.

O acordo é assinado para que o UNDP possa assistir ao trabalho do governo,” disse o PM Xanana em Dili.

O projecto é assinado por cinco anos, entre o governo de Timor-Leste e o UNDP, até 2012 e engloba a supervisão dos funcionários públicos para ajudá-los a desempenhar bons serviços ao povo e à nação. (DN, TP e STL)

Aikurus disse...

Alo Dili

"The President of the National Parliament (NP) has appealed to all sectors of society to contribute towards solving the problems of the country"

Criaste a crise pagaras o preco pelo aquilo que fizeste.
Agora Lasama vem com este palavreado nao foi ele assim os do partido Democratico participaram activamente na crise com
o Xanana e o Horta organizando demonstracoes em Dili insultando os dirigentes da Fretilin carregando o povo da regiao de Ermera criando a violencia com a cumplicidade das tropas australianas incluindo Lucas da Costa e Vital dos Santos agora os membros do Parlamento sao os grandes assasinios e oportunistas.A mulher do Lasama Filipina filha dum dos Ministros do Presidente Ferninando Marcos de Filipina e um agente externo estao juntos com a mulher do Xanana fazem o mesmo trabalho.Tenho as fotas de todos eles da demonstracao nas camionetas do Lino Lopes


Adeus

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.