terça-feira, novembro 20, 2007

MEDIA RELEASE: new Documentary Film on East Timor

BATTLE ON THE HOMEFRONT

5 minute (low res) preview is available for viewing on Youtube… http://www.youtube.com/watch?v=Pj3wj5GrYso

With the increasing number of young Australian war veterans from East Timor taking their own lives, a new documentary film “Battle on the Home Front” is a timely reminder of the trauma of conflict and the shameful treatment some young veterans have suffered at the hands of bureaucracy.

FILM DETAILS:

Title: “Battle on the Home front.”
Duration: 60 minutes
Produced, edited and camera work by Sasha Uzunov
Narrated by Hugo Kelly, Australia’s leading independent journalist
Shot in 16:9 PAL stereo
Release date: December 2007/ January 2008. Will be entered in film festivals in Australia and internationally, with the aim of securing a television release. Available on DVD for purchase.


EAST TIMOR -SECRET WAR IN 2001 -

Featured are two Australian soldiers, Scott Sherwin and "Pete" who survived an attack by Militiamen, believed to be Indonesian Special Forces, Kopassus, in disguise, on the Indonesian/ East Timor border in 2001. They reveal they were treated as outcasts by the United Nations and the Australian government because it could have disrupted sensitive diplomatic relations with Indonesia.

“This was a secret war waged by the Indonesian military as revenge, pure and simple,” Sasha Uzunov said. “Indonesian Special Forces, known as Kopassus, were dressing up and pretending to be militia. Their objective was to kill Australian and New Zealand soldiers. We‘re not talking about rogue elements.”

When Sasha Uzunov was serving in East Timor in 1999 he had the good fortune to share accommodation with the some US Army Green Berets, Special Forces soldiers, who were gathering intelligence. They told me that this was a “gunfight between you Aussies and the Indonesians.” They made no mention of the militia whatsoever.

It took pressure from US president Bill Clinton to convince a reluctant Australian government to get involved in East Timor in 1999, he said. “Unfortunately our government and bureaucrats seem to tremble with fear every time Indonesia is mentioned.

One of the soldiers interviewed, Scott Sherwin, tells of having to conquer his fear of going to East Timor in 2001 because he had heard of the grisly death of New Zealand soldier Private Leonard Manning, whose body was mutilated by the Militia in July 2000.

In October 1975 five Australian-based journalists were killed in Balibo, East Timor, by Kopassus soldiers, in the lead up to Indonesia’s invasion of the former Portuguese colony in December 1975. In 1999 East Timor declared its independence and peacekeepers were sent in.


ANTI-MALARIA DRUGS - SIDE EFFECTS
The other former Australian soldier, “Pete,” talks about his battle with Post Traumatic Stress Disorder (PTSD) and the side effects of taking an anti-malaria drug whilst in East Timor.


----------------------------------------------------------------------------------
- BACKGROUND -

Sasha Uzunov graduated with a Bachelor of Arts degree in Journalism from the Royal Melbourne Institute of Technology in 1991. He enlisted in the Australian Regular Army as a soldier in 1995 and was allocated to infantry. He served two peacekeeping tours in East Timor (1999 and 2001).

In 2002 he returned to civilian life as a photo journalist and has worked in Iraq and Afghanistan.

www.sashauzunov.freeservers.com

------------------------------------------------------------------------------------

Contact: Sasha Uzunov: Ph: 0419 635 808 (+61 419 635 808) for more information.

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
COMUNICADO DE IMPRENSA: Novo filme documentário sobre Timor-Leste
BATALHA NA FRENTE CASEIRA

5 minutos (low res) preview is available for viewing on Youtube… http://www.youtube.com/watch?v=Pj3wj5GrYso

Com um número crescente da jovens Australianos veteranos de guerra de Timor-Leste a suicidarem-se, um novo filme documentário “Batalha na Frente Caseira” é uma lembrança oportuna do traumatismo do conflito e do tratamento vergonhoso que alguns jovens veteranos têm sofrido às mãos da burocracia.

DETALHES DO FILME:

Nome: “Batalha na Frente Caseira.”
Duração: 60 minutos
Produzido, editado e trabalho de câmara por Sasha Uzunov
Narrado por Hugo Kelly, jornalista independente de topo da Austrália
Filmado em 16:9 PAL stereo
Data de Emissão: Dezembro 2007/ Janeiro 2008. Será apresentado em festivais de cinema na Austrália e internacionalmente, com o objective de garantir uma emissão na televisão. Disponível para compra em DVD.


GUERRA SECRETA EM 2001 EM TIMOR-LESTE

As personagens são dois soldados Australianos, Scott Sherwin e "Pete" que sobreviveram a um ataque de milícias, que se acreditava serem das Forças Especiais Indonésias, Kopassus, disfarçados, na fronteira Indonésia/Timor-Leste em 2001. Revelam que foram tratados como foras-da-lei pelas Nações Unidas e pelo governo Australiano porque isso podia ter prejudicado as relações diplomáticas sensíveis com a Indonésia.

“Esta era uma Guerra secreta desencadeada pelos militares Indonésios, de vingrança, pura e simples,” disse Sasha Uzunov. “As Forças Especiais Indonésias, conhecidas como Kopassus, vestiam-se como milícias e pretendiam ser milícias. O seu objectivo era matar soldados Australianos e da Nova Zelândia. Não estamos a falar de elementos párias.”

Quando Sasha Uzunov esteve em serviço em Timor-Leste em 1999 teve a sorte de partilhar acomodações com alguns soldados das Boinas Verdes, das Forças Especiais dos USA, que andavam a recolher informações secretas. Disseram-me que foi “um tiroteio entre vocês os Australianos e os Indonésios.” Não fizeram qualquer menção a milícias.

O presidente Bill Clinton dos USA foi obrigado a fazer pressão para convencer um governo Australiano relutante a envolver-se em Timor-Leste em 1999, disse. “Infelizmente o nosso governo e os nossos burocratas parecem tremer de medo de cada vez que se menciona a Indonésia.

Um dos soldados entrevistados, Scott Sherwin, conta como teve de vencer o medo em Timor-Leste em 2001 porque tinha ouvido relatos da horrorosa morte do soldado da Nova Zelândia Leonard Manning, cujo corpo foi mutilado pela milícia em Julho de 2000.

Em Outubro de 1975 cinco jornalistas baseados na Austrália foram mortos em Balibo, Timor-Leste, por soldados do Kopassus, antes da invasão da Indonésia da antiga colónia Portuguesa em Dezembro de 1975. Em 1999 Timor-Leste declarou a sua independência e foram enviadas tropas para manter a paz.


EFEITOS LATERAIS DOS REMÉDIOS ANTI-MALARIA
O outro antigo soldado Australiano, “Pete,” fala da sua batalha com o Síndrome da Doença Pós-Traumática (PTSD) e os efeitos laterais de tomar remédios contra a malária enquanto esteve em Timor-Leste.


----------------------------------------------------------------------------------
- CENÁRIO DE FUNDO -

Sasha Uzunov graduou-se com um grau de Bacharelato de Artes em jornalismo do Royal Melbourne Institute of Technology em 1991. Alistou-se nas Forças Armadas Australianas como soldado em 1995 e esteve na infantaria. Fez duas missões de serviço em Timor-Leste (1999 e 2001).

Em 2002 voltou à vida civil como foto jornalista e tem trabalhado no Iraque e Afeghanistão.

www.sashauzunov.freeservers.com

------------------------------------------------------------------------------------

Contacto: Sasha Uzunov: Ph: 0419 635 808 (+61 419 635 808) para mais informações.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.