quinta-feira, março 27, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Thursday, 27 March 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any consequence resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL News Coverage


Prime Minister presents report on State of Siege: Prime Minister Xanana Gusmao has presented a report on the State of Siege to the National Parliament. MPs claimed that the report showed the reality of what is happening in the country.

The report included information on the assassination attempts against the President and Prime Minister, the Apprehension Operation and the current situation.

However, Fretilin MP Fransisco Miranda Branco is still asking the United Nations to create an independent investigation in order to clear up any suspicions/mysteries still lingering in the public mind.

MP urges Chief Justice to report to National Parliament: PUN MP, Fernanda Borges, has urged the Director of Justice and Human Rights to report to the National Parliament on exactly how many cases have been received during the State of Siege. Borges is insisting on this, claiming the Director has received many cases from the victims during the State of Siege.

RTL News Coverage
No RTL news coverage.

Print Coverage

James Baker says a formal investigation is needed: ISF Brigadier-General James Baker has said that a formal investigation is needed to find out the events before, after and during February 11. “It is being commonly accepted by the public that the attacks on 11 February just happened. Unfortunately the incidents could not have been predicted, nor did we have information that it would happen” (TP)

104 families register in MSS: The Coordinator of the Ministry of Social Solidarity for the Eastern Region, Domingos Martins, has confirmed that 104 families have registered in the Ministry of Social Solidarity in order to receive subsides from the Government.

“MSS has also registered the people whose houses were burnt and destroyed during the last crisis in the district of Baucau, Lautem and Viqueque,” said Mr Martins.

The Government has provided 3 options for the families to choose from:
(a) To return to their homes in Dili; (b) To move to another place; and (c) To remain in the districts. Sixty-one families have chosen option A and 21 families have opted for C. No one selected option B. (TP)

Fretilin demands Government form Commission of Inquiry: Fretilin MP Fransisco Miranda Branco has demanded that the Government form an International Commission of Inquiry to investigate the events of February 11.

“Bishop Basilio do Nacimento has said that the assassination attempts against the President and Prime Minister on February 11 remains a mystery. Therefore, Fretilin demands that the Government form a Commission of Inquiry in order to clear up any mysteries.” Said Mr Branco. (DN)

MP asks police not to intervene in politics: Fretilin MP Inacio Morreira said that the government totally forbids police to be involved in politics as politics is only for the politicians. Police are just entitled to act as they are commanded to by their institution. (DN)

Two of Salsinha’s men receive a preventive prison: Two of Salsinha’s men have received preventive prison after a hearing in the Dili court. One of the men is suspected on being involved in the assassination attempts against the Prime Minister and the President and the other men suspected of involvement in the events of May 23, 2006. (STL)

Minister says 5000 IDPs have returned home: The Minister of Social Solidarity, Maria Domingas Fernanda Alves ‘Mikato,’ has said that 5000 of the 200,000 original IDPs camped in 53 locations in Timor-Leste have returned to their homes, and that the rest are being processed.

The government has also vowed to clean all the camps by the end of the year. “We hope that by the end of the year, all Internally Displaced Persons (IDPs) will be home and that there will be no more IDPs in the country,” said Sra. Mikato.

During the time that this Government has been in office, all efforts have been made to return the IDPs to their homes. As such, $200.000 USD was approved by the National Parliament to help solve the IDP Problem.

The Government will provide between $1500 - $4.500 USD for each family whose house has been destroyed. (STL)


National News Sources:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Quinta-feira, 27 Março 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Primeiro-Ministro apresenta relatório sobre Estado de Sítio: O Primeiro-Ministro Xanana Gusmão apresentou um relatório sobre o Estado de Sítio ao Parlamento Nacional. Deputados afirmaram que o relatório mostrava a realidade do que está a acontecer no país.

O relatório incluiu informação acerca das tentativas de assassínio contra o Presidente e Primeiro-Ministro, A Operação Apreensão e a situação corrente.

Contudo, o deputado da Fretilin Fransisco Miranda Branco está ainda a pedir às Nações Unidas para criarem uma investigação independente de modo a clarear qualquer suspeição/mistério que ainda subsistem nas mentes da população.

Deputada urge o Chefe da Justiça a informar o Parlamento Nacional: A deputada do PUN , Fernanda Borges, urgiu o Director da Justiça e Direitos Humanos para informar o Parlamento sobre exactamente quantas queixas foram recebidas durante o Estado de Sítio. Borges está a insistir nisto, afirmando que o Director recebeu muitas queixas de vítimas durante o Estado de Sítio.

RTL Não houve Cobertura de Notícias

Cobertura Impressa

James Baker diz que é necessária uma investigação formal: O Brigadeiro-General da ISF James Baker disse que é necessária uma investigação formal para descobrir os eventos que ocorreram antes, durante e depois de 11 de Fevereiro. “Está a ser aceite pela população comum que os ataques em 11 de Fevereiro apenas aconteceram. Infelizmente, não se podia ter previsto os incidentes, nem tivemos qualquer informação que isso iria acontecer” (TP)

104 famílias registadas no MSS: O Coordenador do Ministério da Solidariedade Social para a Região Leste, Domingos Martins, confirmou que 104 famílias se registaram no Ministério da Solidariedade Social de modo a receberem subsídios do Governo.

“O MSS também registou as pessoas cujas casas foram queimadas e destruídas durante a última crise nos distritos de Baucau, Lautem e Viqueque,” disse o Sr Martins.

O Governo deu três opções às famílias para escolherem de:
(a) Regressar às suas casas em Dili; (b) Mudarem-se para outro lugar; e (c) Manterem-se nos distritos. Sessenta e uma famílias escolheram a opção A e 21 famílias optaram pela C. Ninguém optou pela B. (TP)

Fretilin pede ao Governo para formar Comissão de Inquérito: O deputado da Fretilin Fransisco Miranda Branco pediu que o Governo forme uma Comissão Internacional de Inquérito para investigar os eventos de 11 de Fevereiro.

“O Bispo Basilio do Nacimento disse que as tentativas de assassínio contra o Presidente e o Primeiro-Ministro em 11 de Fevereiro permanecem um mistério. Por isso, a Fretilin pede que o Governo forme uma Comissão de Inquérito de modo a clarear quaisquer mistérios.” disse o Sr Branco. (DN)

Deputado pede à polícia para não intervir na política: o deputado da Fretilin Inácio Morreira disse que o governo deve proibir totalmente a polícia de se envolver na política dado que a política é apenas para os políticos. Os polícias têm apenas de fazer o que lhes é ordenado pela sua instituição. (DN)

Dois dos homens de Salsinha receberam penas de prisão preventiva: Dois dos homens de Salsinha receberam penas de prisão preventiva depois de terem sido ouvidos no tribunal de Dili. Um dos homens é suspeito de estar envolvido na tentativa de assassínio contra o Primeiro-Ministro e Presidente e o outro é suspeito de envolvimento nos eventos de 23 de Maio, 2006. (STL)

Ministra diz que 5000 deslocados voltaram a casa: A Ministra da Solidariedade Social, Maria Domingas Fernanda Alves ‘Mikato,’ disse que 5000 dos 200,000 deslocados originais acampados em 53 locais em Timor-Leste voltaram às suas casas, e que os restantes casos estão a ser processados.

O governo prometeu ainda limpar todos os campos até ao fim do ano. “Temos esperança que pelo fim do ano, todos os deslocados estejam em casa e que não haja mais deslocados no país,” disse a Srª. Mikato.

Durante o tempo deste Governo, têm-se feito todos os esforços para que os deslocados voltem para as suas casas. Para tal, $200.000 USD foram aprovados pelo Parlamento Nacional para ajudar a resolver o problema dos deslocados.

O Governo dará entre $1500 - $4.500 USD a cada família cuja casa foi destruída. (STL)


Fontes de Notícias Nacionais:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Quinta-feira, 27 Março 2008
"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Primeiro-Ministro apresenta relatório sobre Estado de Sítio: O Primeiro-Ministro Xanana Gusmão apresentou um relatório sobre o Estado de Sítio ao Parlamento Nacional. Deputados afirmaram que o relatório mostrava a realidade do que está a acontecer no país.

O relatório incluiu informação acerca das tentativas de assassínio contra o Presidente e Primeiro-Ministro, A Operação Apreensão e a situação corrente.

Contudo, o deputado da Fretilin Fransisco Miranda Branco está ainda a pedir às Nações Unidas para criarem uma investigação independente de modo a clarear qualquer suspeição/mistério que ainda subsistem nas mentes da população.

Deputada urge o Chefe da Justiça a informar o Parlamento Nacional: A deputada do PUN , Fernanda Borges, urgiu o Director da Justiça e Direitos Humanos para informar o Parlamento sobre exactamente quantas queixas foram recebidas durante o Estado de Sítio. Borges está a insistir nisto, afirmando que o Director recebeu muitas queixas de vítimas durante o Estado de Sítio.

RTL Não houve Cobertura de Notícias

Cobertura Impressa

James Baker diz que é necessária uma investigação formal: O Brigadeiro-General da ISF James Baker disse que é necessária uma investigação formal para descobrir os eventos que ocorreram antes, durante e depois de 11 de Fevereiro. “Está a ser aceite pela população comum que os ataques em 11 de Fevereiro apenas aconteceram. Infelizmente, não se podia ter previsto os incidentes, nem tivemos qualquer informação que isso iria acontecer” (TP)

104 famílias registadas no MSS: O Coordenador do Ministério da Solidariedade Social para a Região Leste, Domingos Martins, confirmou que 104 famílias se registaram no Ministério da Solidariedade Social de modo a receberem subsídios do Governo.

“O MSS também registou as pessoas cujas casas foram queimadas e destruídas durante a última crise nos distritos de Baucau, Lautem e Viqueque,” disse o Sr Martins.

O Governo deu três opções às famílias para escolherem de:
(a) Regressar às suas casas em Dili; (b) Mudarem-se para outro lugar; e (c) Manterem-se nos distritos. Sessenta e uma famílias escolheram a opção A e 21 famílias optaram pela C. Ninguém optou pela B. (TP)

Fretilin pede ao Governo para formar Comissão de Inquérito: O deputado da Fretilin Fransisco Miranda Branco pediu que o Governo forme uma Comissão Internacional de Inquérito para investigar os eventos de 11 de Fevereiro.

“O Bispo Basilio do Nacimento disse que as tentativas de assassínio contra o Presidente e o Primeiro-Ministro em 11 de Fevereiro permanecem um mistério. Por isso, a Fretilin pede que o Governo forme uma Comissão de Inquérito de modo a clarear quaisquer mistérios.” disse o Sr Branco. (DN)

Deputado pede à polícia para não intervir na política: o deputado da Fretilin Inácio Morreira disse que o governo deve proibir totalmente a polícia de se envolver na política dado que a política é apenas para os políticos. Os polícias têm apenas de fazer o que lhes é ordenado pela sua instituição. (DN)

Dois dos homens de Salsinha receberam penas de prisão preventiva: Dois dos homens de Salsinha receberam penas de prisão preventiva depois de terem sido ouvidos no tribunal de Dili. Um dos homens é suspeito de estar envolvido na tentativa de assassínio contra o Primeiro-Ministro e Presidente e o outro é suspeito de envolvimento nos eventos de 23 de Maio, 2006. (STL)

Ministra diz que 5000 deslocados voltaram a casa: A Ministra da Solidariedade Social, Maria Domingas Fernanda Alves ‘Mikato,’ disse que 5000 dos 200,000 deslocados originais acampados em 53 locais em Timor-Leste voltaram às suas casas, e que os restantes casos estão a ser processados.

O governo prometeu ainda limpar todos os campos até ao fim do ano. “Temos esperança que pelo fim do ano, todos os deslocados estejam em casa e que não haja mais deslocados no país,” disse a Srª. Mikato.

Durante o tempo deste Governo, têm-se feito todos os esforços para que os deslocados voltem para as suas casas. Para tal, $200.000 USD foram aprovados pelo Parlamento Nacional para ajudar a resolver o problema dos deslocados.

O Governo dará entre $1500 - $4.500 USD a cada família cuja casa foi destruída. (STL)


Fontes de Notícias Nacionais:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.