sábado, abril 05, 2008

Australia to help peace-building and disaster management in East Timor

Source: Australian Agency for International Development; Government of Australia (AusAID)

Date: 04 Apr 2008
AA0826

Australia will provide further support for peace-building efforts in East Timor and help improve long-term disaster management capacities.

The Australian Government will provide $3 million to the United Nations Development Programme (UNDP) and the International Organization for Migration (IOM) to support key humanitarian priorities.

In response to the Government of East Timor's recovery strategy we will help government ministries and local communities promote dialogue with internally displaced people in three districts in the east (Lautem, Baucau and Viqueque), three in the west (Ermera, Manufahi and Ailieu) as well as Dili. This project will be led by UNDP.

Our assistance through the IOM will improve long-term disaster risk management and build institutional capacities. It includes the provision of a technical adviser to East Timor's national disaster agency and engagement with district-level administrations and non-government organisations.

The United Nations estimates 100,000 East Timorese remain displaced following the political unrest and violence of April and May 2006.

East Timor is also prone to natural disasters, including flooding, earthquakes and drought which can result in crop failure and widespread food shortages.

This further support is in addition to the $17 million in humanitarian assistance Australia has provided to the people of East Timor since mid 2006.

Media Contact:

Courtney Hoogen (Mr Smith's Office) 0488 244 901

AusAID Public Affairs 0417 680 590

Tradução:

Austrália vai ajudar a construção da paz e gestão de desastre em Timor-Leste

Fonte: Agência Australiana para o Desenvolvimento Internacional; Governo da Austrália (AusAID)

Data: 04 Abr 2008
AA0826

A Austrália providenciará mais apoio para esforços de construção da paz em Timor-Leste e ajuda a melhorar a capacidade de gestão de desastre a longo prazo.

O Governo Australiano dará $3 milhões ao Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (UNDP) e à Organização Internacional para Migrações (IOM) para apoiar prioridades humanitárias chave.

Em resposta à estratégia de recuperação do Governo de Timor-Leste ajudaremos ministérios do governo e comunidades locais a promoverem diálogo com deslocados em três distritos do leste (Lautem, Baucau e Viqueque), três no oeste (Ermera, Manufahi e Ailieu) bem como em Dili. Este projecto será liderado pelo UNDP.

A nossa assistência através da IOM melhorará a construção de capacidades institucionais de gestão de risco de desastre a longo prazo. Isso inclui a provisão dum conselheiro técnico para a agência nacional de desastre de Timor-Leste e o engajamento a nível das administrações de distrito e de ONG's.

As Nações Unidas estimam que se mantém deslocados 100,000 Timorenses depois do desassossego político e violência de Abril e Maio 2006.

Timor-Leste tende também a ter desastres naturais, incluindo inundações, tremores de terra e secas que podem resultar em falhanço de produções e alargada carência alimentar.

Este apoio é em adição aos $17 milhões em assistência humanitária que a Austrália tem providenciado ao povo de Timor-Leste desde meados de 2006.

Contacto para os Media :

Courtney Hoogen (Gabinete do Sr Smith) 0488 244 901

AusAID Negócios Públicos 0417 680 590

2 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
Austrália vai ajudar a construção da paz e gestão de desastre em Timor-Leste
Fonte: Agência Australiana para o Desenvolvimento Internacional; Governo da Austrália (AusAID)

Data: 04 Abr 2008
AA0826

A Austrália providenciará mais apoio para esforços de construção da paz em Timor-Leste e ajuda a melhorar a capacidade de gestão de desastre a longo prazo.

O Governo Australiano dará $3 milhões ao Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (UNDP) e à Organização Internacional para Migrações (IOM) para apoiar prioridades humanitárias chave.

Em resposta à estratégia de recuperação do Governo de Timor-Leste ajudaremos ministérios do governo e comunidades locais a promoverem diálogo com deslocados em três distritos do leste (Lautem, Baucau e Viqueque), três no oeste (Ermera, Manufahi e Ailieu) bem como em Dili. Este projecto será liderado pelo UNDP.

A nossa assistência através da IOM melhorará a construção de capacidades institucionais de gestão de risco de desastre a longo prazo. Isso inclui a provisão dum conselheiro técnico para a agência nacional de desastre de Timor-Leste e o engajamento a nível das administrações de distrito e de ONG's.

As Nações Unidas estimam que se mantém deslocados 100,000 Timorenses depois do desassossego político e violência de Abril e Maio 2006.

Timor-Leste tende também a ter desastres naturais, incluindo inundações, tremores de terra e secas que podem resultar em falhanço de produções e alargada carência alimentar.

Este apoio é em adição aos $17 milhões em assistência humanitária que a Austrália tem providenciado ao povo de Timor-Leste desde meados de 2006.

Contacto para os Media :

Courtney Hoogen (Gabinete do Sr Smith) 0488 244 901

AusAID Negócios Públicos 0417 680 590

Anónimo disse...

Alo Dili

Como Australia vai nos providenciar apoio para a paz se eles eram o cumplice da crise e financiaram para a destabilizacao do pais.E uma hipocrisia dos paises ocidentais” It’s cynical peace building”
Se o General TMR disse no dia 11 de Fevereiro as FDTL pediram assistencia ao ISF e nao receberam nenhuma resposta.Nao havia movimentos das ISF nem helicopteros, nem vehiculos naquela dia mas fazi sempre para os deslocados.So GNR Portugueses que deram assistencia ao Presidente.
Sao palavras do nosso General isto mostra claramente ISF que estao feitos com o Xanana e o Lasama para a liquidacao fisica do Horta em ter chamado as eleicoes presidenciais.E bom para os timorenses pensarem o que eles estao ca a fazer.As investigacoes do FBI e Australia e uma farsa tentam por tudo ocultar o que aconteceu o Longuinhos na fara nada sem a autorizacao do Xanana.
So agora o governo proibe as armas nunca e tarde eles tinha aproveitado as armas para fomentar a crise de 2006 e derrube do governo.

Adeus

De Aikurus

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.