quarta-feira, agosto 23, 2006

Two Aussie police injured in East Timor

From correspondents in Lisbon
August 23, 2006 01:24am
Article from: Agence France-Presse

TWO Australian policemen were slightly injured yesterday in the capital of East Timor after a mob of youths attacked them with rocks, a Portuguese police officer in the country said.

After coming under attack, the Australian police fired live rounds into the air and called in Portuguese police reinforcements who fired rubber bullets to disperse the crowd, commander Goncalo Carvalho told the Lusa news agency.

The three patrol cars that the Australian police were travelling in “were practically destroyed” in the attack, he said.

Australian police later arrested three of the youths who allegedly attacked them and closed the road leading from the centre of Dili to the capital's international airport, near the area where the attack happened, for two hours.

The clash took place after Australian police tried to break up a battle between two groups of around 30 rock-throwing youths in Dili's Comoro neighbourhood, which is near a camp for internally displaced people.

Some 82,000 people are living at four camps set up in Dili for people who were displaced by a wave of violence by machete-wielding gangs that swept the former Portuguese colony in April and May, killing at least 21 people.

East Timor invited an international peacekeeping force to the country of around one million people in the wake of the unrest, which was sparked by infighting among factions in the military and police.

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:

Dois polícias Australianos feridos em Timor-Leste
De correspondentes em Lisboa
Agosto 23, 2006 01:24am
Artigo da: Agence France-Presse

Dois polícias Australianos ficaram ligeiramente feridos ontem na capital de Timor-Leste depois duma multidão de jovens os ter atacado com pedras, disse um oficial da polícia Portuguesa, no país.

Depois de terem sido atacados, a polícia Australiana disparou cinco tiros no ar e chamou reforços da polícia Portuguesa que disparou balas de borracha para dispersar a multidão, contou o comandante Gonçalo Carvalho à Lusa.

Os três carros de patrulha dos polícias Australianos, “ficaram practicamente destruídos” no ataque, disse.

A polícia Australiana mais tarde prendeu três dos jovens que alegadamente os atacaram e fecharam a estrada que vai do centro de Dili para o aeroporto internacional da capital, perto da área onde aconteceu o ataque, durante duas horas.

O confronto teve lugar depois da polícia Australiana tentar pôr cobro a uma batalha entre dois grupos de cerca de 30 jovens a atirar pedras no bairro Comoro em Dili, perto dum campo de deslocados.

Algumas 82,000 pessoas vivem em quatro campos montados em Dili para pessoas que foram deslocadas por uma onda de violência por gangs com catanas que varreram a antiga colónia Portuguesa em Abril e Maio, matando pelo menos 21 pessoas.

Timor-Leste convidou uma força internacional para o país de cerca de um milhão de pessoas no início do desassossego que foi desencadeado por lutas entre facções de militares e polícias.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.