terça-feira, fevereiro 26, 2008

Shame on you Mr. Khare!

Margarida deixou um novo comentário na sua mensagem "Elemento do antigo grupo de Reinado rendeu-se à po...":

“Penso também que é bom lembrar Maio de 2006, e todos sabem o que aconteceu em Maio de 2006, e eu congratulo-me por ver pela primeira vez as F-FDTL e a PNTL numa operação conjunta. Isso dá-me esperança para o futuro", sublinhou o chefe da UNMIT.

Se se lembra tão bem de Maio de 2006 como diz, menos desculpa tem então para o comportamento de desafio e de incumprimento da decisão do tribunal que acatou e fez acatar pela UNPOL a não execução dos mandatos de captura contra quem enveredou pela violência contra os seus camaradas de armas e a população de Díli.

Shame on you Mr. Khare!

1 comentário:

h correia disse...

Margarida falou bem.

Todos nós sabemos o que aconteceu há quase dois anos (e de então para cá).

Mas será que o Sr. Atul Khare sabe? É que parece que ficou amnésico. Se for o caso, nós podemos dar-lhe uma ajuda.

A UNPOL, consciente e assumidamente, desrespeitou ordens do tribunal, recusando-se a participar na captura de Reinado e dos outros evadidos da prisão.

A UNMIT calou-se perante os inúmeros atropelos às liberdades individuais e leis de Timor-Leste cometidos pelas forças australianas.

Mais recentemente, vimos imagens de Reinado e seus homens, armados, sendo recebidos com todas as honrarias numa esquadra da UNPOL.

Perante isto, só por masoquismo é que os timorenses iriam confiar de novo em quem já deu provas de incompetência e apoio a foragidos acusados de crimes graves.

Vamos ver se este novo mandato da UNMIT vai ser aproveitado pelo Sr. Khare para se redimir ou se vai ser mais do mesmo.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.