sexta-feira, janeiro 16, 2009

Como se desconstroem factos...

MNE Zacarias da Costa contesta relatório da UNICEF

Lisboa, 15 Jan (Lusa) - O chefe da diplomacia timorense contesta os valores apresentados hoje pela UNICEF sobre a evolução da taxa de mortalidade infantil em Timor-Leste, em que aquela agência das Nações Unidas considera ter quase duplicado entre 2006 e 2007.

Em declarações à Lusa, Zacarias da Costa, considera a Saúde como tendo sido um dos sectores que "evoluiu bastante" em Timor-Leste.

"Em relação ao relatório da UNICEF, eu gostaria de contestar, na medida em que o nosso Ministério da Saúde tem dados muito diferentes. Aliás, o sector da Saúde é um sector em que evoluímos bastante em Timor", vincou Zacarias da Costa, que se encontra em visita de trabalho a Lisboa.

Segundo o relatório anual da UNICEF, hoje divulgado, a mortalidade infantil em Timor-Leste quase duplicou num ano.

O número de crianças que não atinge os 5 anos de idade passou de 55 por mil em 2006 para 97 por mil em 2007.

O governante timorense sustenta que a abertura de quatro novos hospitais e a próxima abertura de mais dois o leva a concluir que "a mortalidade infantil diminuiu bastante".

"Com a ajuda, é preciso dizer, dos médicos cubanos que estão em todo o lado, ou das parteiras, que prestam um serviço em toda a comunidade. Portanto, não creio que os dados (da UNICEF) estejam correctos", retorquiu.



EL.

Lusa/Fim

3 comentários:

h correia disse...

Neste caso já não podem alegar que os números se referem aos Governos da Fretilin.

Então, em último recurso, dizem que os números da UNICEF estão errados, sem o dizer verdadeiramente... porque não podem negar as evidÊncias.

Note-se que Zacarias diz que "conclui" que "a mortalidade infantil diminuiu bastante". Não diz que tem a certeza nem refere números.

E, querendo contestar os números da UNICEF, não os contesta, pois apenas diz que o "nosso" Ministério da Saúde "tem dados muito diferentes". Não diz que esses dados estão certos e que os da UNICEF estão errados, nem poderia. Então, apenas diz que são "diferentes".

Esta difícil defesa de uma realidade virtual só mostra que Zacarias é um bom diplomata.

Anónimo disse...

Para Zacarias o que aumentou em Timor foi o custo das passagens de aviaO!!!!!

Eheheheheh!

Anónimo disse...

Os direitores e ministros ministras de AMP no fin do ano 2008 pasando ferias e faseren compras familiar para natal e ano novu ein Bali Indonesia.

Isto era uma maneira de executar rapida mente o orsamento do estado 2008.

Hehehehe o patrao Xanana louva se os membros do governo era mais kompetente para gerir o dinheiro.

E agora esta a preguntar onde o paradeiro de 13 milhoens...vai preguntar ao Merpati e Emigrasaun da Indonesia ....parece eles tinham listas de passageiros...... ou visto emigrasaun.....

Bravo o Governo mais corupto do mundo.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.