quarta-feira, maio 14, 2008

Audio - Timor Leste - Fretilin's comeback.

Tue, 13 May 2008

Timor Leste - Fretilin's comeback.

Listen at http://cdn1.libsyn.com/nimbinradiomedia/DaSilvaMay_2008.mp3

10.5 Mb 128kbps mono 11:28 mins

Estanislau Da Silva was a former Prime Minister of Timor Leste, when the Fretilin was the party in government. Before that, he was the Minister for Agriculture in the Fretilin government. He is in Australia this week to attend the launching of a book by a Timorese man, Naldo Rei (click here to see Radio National ABC interview) who grew up in Indonesian occupied Timor Leste, as a committed supporter of the Fretilin led resistance movement.

Estanislau Da Silva spoke to 2NimFM and Latin Radical at a very opportune time. Australian mainstream media is playing down the commitment of the second largest (social democrat) political party to run with Fretilin as a renovated government coalition in next year's elections. But it looks like the beginning of the end of Xanana Gusmao's hastily cobbled together AMP coalition, designed to keep Fretilin out of power after last year's election result, when Fretilin won the largest vote, but was denied the opportunity to try to form a government, by Presidential intervention.

Da Silva does not dwell on this. He moves on and is at his most eloquent and passionate (as a former Minister for Agriculture) when he speaks about the Fretilin party's commitment to resist the pressures of corporate Agribusiness, and a commitment to develop, as far as possible, self sufficiency in basic food products by enabling small farmers. The current government appears to be more interested in encouraging corporate agribusiness investment. Da Silva says Fretilin is committed to resisting corporate pressures to use Timor's precious acreage to grow biofuels - the main factor in a looming global shortage of basic food products. Important, when even corporations like Nestles are saying that there is no such thing as a global food shortage - it is the diversion of food crops to produce biofuels that is causing the rise in food prices.


[This message was distributed via the east-timor news list. For info on how to subscribe send a blank e-mail to info@etan.org. To support ETAN see http://etan.org/etan/donate.htm ]


Tradução:

Audio - Timor Leste – A recuperação da Fretilin

Terça-feira, 13 Maio 2008

Timor Leste – A recuperação da Fretilin.

Ouça em http://cdn1.libsyn.com/nimbinradiomedia/DaSilvaMay_2008.mp3

10.5 Mb 128kbps mono 11:28 mins

Estanislau Da Silva foi um antigo Primeiro-Ministro de Timor-Leste, quando a Fretilin era o partido no governo. Antes disso, ele era Ministro da Agricultura no governo da Fretilin. Ele está esta semana na Austrália para participar no lançamento de um livro dum homem Timorense, Naldo Rei (clique aqui para ver a entrevista da Radio National ABC) que cresceu no Timor-Leste ocupado pela Indonésia, como um apoiante comprometido com o movimento da resistência liderado pela Fretilin.

Estanislau Da Silva falou ao 2NimFM e Latin Radicalnuma altura muito oportuna. Os media de referência Australianos estão a desvalorizar o comprometimento do segundo maior partido político (social democrata) a concorrer como a Fretilin numa coligação para um governo renovado nas eleições do próximo ano. Mas isso parece que é o princípio do fim da coligação AMP juntada à pressa por Xanana Gusmão, designada para manter a Fretilin fora do poder depois do resultado das eleições no ano passado, quando a Fretilin ganhou o maior número de votos, mas a intervenção do Presidente lhe negou a oportunidade para tentar formar governo.

Da Silva não desenvolve isso. Ele avança e é muito mais eloquente e entusiasmado (como antigo Ministro da Agricultura) quando fala acerca do compromisso da Fretilin de resistir às pressões das corporações do Agronegócio, e do compromisso para desenvolver tão longe quanto possível, a auto-suficiência na produção de produtos alimentares básicos capacitando pequenos agricultores. O corrente governo parece estar mais interessado a encorajar corporações do agronegócio. Da Silva diz que a Fretilin está comprometida a resistir às corporações para pressionar para o uso de preciosas terras de Timor para crescer biocombustíveis – o principal factor numa crescente carência global de produtos de alimentação básicos. Importante, mesmo quando corporações como a Nestlé dizem que não existe carência global de alimentos – é a mudança de produções alimentares para produzir biocombustíveis que está a causar o aumento dos preços da alimentação.


[esta mensagem foi distribuída via a lista de notícias de timor-leste. Para informações sobre como subscrever envie um e-mail para info@etan.org. Para apoiar ETAN veja http://etan.org/etan/donate.htm ]

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução;
Audio - Timor Leste – A recuperação da Fretilin
Terça-feira, 13 Maio 2008

Timor Leste – A recuperação da Fretilin.

Ouça em http://cdn1.libsyn.com/nimbinradiomedia/DaSilvaMay_2008.mp3

10.5 Mb 128kbps mono 11:28 mins

Estanislau Da Silva foi um antigo Primeiro-Ministro de Timor-Leste, quando a Fretilin era o partido no governo. Antes disso, ele era Ministro da Agricultura no governo da Fretilin. Ele está esta semana na Austrália para participar no lançamento de um livro dum homem Timorense, Naldo Rei (clique aqui para ver a entrevista da Radio National ABC) que cresceu no Timor-Leste ocupado pela Indonésia, como um apoiante comprometido com o movimento da resistência liderado pela Fretilin.

Estanislau Da Silva falou ao 2NimFM e Latin Radicalnuma altura muito oportuna. Os media de referência Australianos estão a desvalorizar o comprometimento do segundo maior partido político (social democrata) a concorrer como a Fretilin numa coligação para um governo renovado nas eleições do próximo ano. Mas isso parece que é o princípio do fim da coligação AMP juntada à pressa por Xanana Gusmão, designada para manter a Fretilin fora do poder depois do resultado das eleições no ano passado, quando a Fretilin ganhou o maior número de votos, mas a intervenção do Presidente lhe negou a oportunidade para tentar formar governo.

Da Silva não desenvolve isso. Ele avança e é muito mais eloquente e entusiasmado (como antigo Ministro da Agricultura) quando fala acerca do compromisso da Fretilin de resistir às pressões das corporações do Agronegócio, e do compromisso para desenvolver tão longe quanto possível, a auto-suficiência na produção de produtos alimentares básicos capacitando pequenos agricultores. O corrente governo parece estar mais interessado a encorajar corporações do agronegócio. Da Silva diz que a Fretilin está comprometida a resistir às corporações para pressionar para o uso de preciosas terras de Timor para crescer biocombustíveis – o principal factor numa crescente carência global de produtos de alimentação básicos. Importante, mesmo quando corporações como a Nestlé dizem que não existe carência global de alimentos – é a mudança de produções alimentares para produzir biocombustíveis que está a causar o aumento dos preços da alimentação.


[esta mensagem foi distribuída via a lista de notícias de timor-leste. Para informações sobre como subscrever envie um e-mail para info@etan.org. Para apoiar ETAN veja http://etan.org/etan/donate.htm ]

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.