segunda-feira, março 17, 2008

FRETILIN demands naming and action against alleged impeders of Salsinha group surrender

FRENTE REVOLUCIONÁRIA DO TIMOR-LESTE INDEPENDENTE
FRETILIN

March 17, 2008
MEDIA RELEASE


The FRETILIN leader in the Timor-Leste National Parliament demanded today that Timor-Leste's Prosecutor General and interim President of the Republic name and commence criminal action against persons they have publicly stated are suspected of actively impeding the surrender to authorities of former army Lieutenant Salsinha and his armed group.

Francisco Branco, reacting to media reports of statements by both the interim President Fernando de Araujo Lasama, and Prosecutor General Monteiro Longhuinos, that they suspected that a third party or parties had been actively interfering to prevent Salsinha and his armed group from surrendering since the violent incidents of 11th February, said that it was in the "national interest that they do so instead of opening up speculation, rumour mongering and confusion in our community by making vague and unsubstantiated remarks in the press.

"If there are people who are suspected of engaging in such unlawful conduct, then they should be charged and publicly named and brought before the courts. That is how it works in a state under the rule of law," added Branco.

"The whole of the FRETILIN leadership and its parliamentarians continue to give their full support to the joint F-FDTL/PNTL operation and reiterate their appeal to all Timorese, including FRETILIN members and supporters, to cooperate and assist the joint operation in every way they can to ensure the operation succeeds.

"FRETILIN also repeats its appeal to Mr. Salsinha and his armed Group to surrender forthwith to the security forces, who are presently undertaking operations against them.

Only by avoiding further violence and bloodshed will they be able to contribute to the process of seeking truth and justice in our country," Branco concluded.

Mr. Branco's calls were echoed by the Bishop of the Diocese of Baucau, Basilio do Nascimento. In local media today, the Bishop said that the Prosecutor General's public statement that third parties had been impeding Salsinha and his group from surrendering had opened the door to needless public speculation and rumour.

For further comment: Nilva Gimaraes, Media Officer, FRETILIN Parliamentary Group +670 734 0389

Jose Teixeira MP in Dili +670 728 7080

Tradução:

FRETILIN pede indicação de nomes e acção contra alegados impedidores da rendição do grupo
de Salsinha

FRENTE REVOLUCIONÁRIA DO TIMOR-LESTE INDEPENDENTE
FRETILIN

Março 17, 2008
COMUNICADO PARA OS MEDIA


O líder da FRETILIN no Parlamento Nacional de Timor-Leste pediu hoje que o Procurador-Geral de Timor-Leste e o Presidente da República interino indiquem os nomes e o começo da acção criminal contra pessoas que eles afirmaram publicamente serem suspeitos de impedirem activamente a entrega às autoridades do antigo Tenente das forças armadas Salsinha e do seu grupo armado.

Francisco Branco, reagindo a notícias aos media de declarações de ambos o Presidente interino Fernando de Araújo Lasama, e o Procurador-Geral Monteiro Longuinhos, que suspeitavam haver uma terceira parte ou partes que tinham interferido activamente para evitar que Salsinha e o seu grupo armado se rendessem desde os incidentes violentos de 11 de Fevereiro, disse que era do "interesse nacional que o fizessem em vez de abrirem para especulações, disseminação de rumores e confusão na nossa comunidade ao fazerem observações vagas e sem substância na imprensa.”

"Se há pessoas suspeitas de se engajarem em tais comportamentos tão ilegais, então devem ser acusados e os seus nomes indicados publicamente e levados perante os tribunais. É assim que se trabalha num Estado sob o domínio da lei," acrescentou Branco.

"Toda a liderança da FRETILIN e os seus deputados continuam a dar apoio total à operação conjunta F-FDTL/PNTL e reitera o seu apelo a todos os Timorenses, incluindo os membros e os apoiantes da FRETILIN, para cooperarem e assistirem à operação conjunta de todas as maneiras que puderem para garantir que a operação tenha sucesso.

"A FRETILIN repete ainda o apelo ao Sr. Salsinha e ao seu grupo armado para se renderem imediatamente às forças de segurança, que presentemente estão a conduzir operações contra eles.

Apenas evitando mais violência e derramamento de sangue poderão eles contribuir para o processo de procurar a verdade e a justiça no nosso país," concluiu Branco.

Os apelos do Sr. Branco foram ecoados pelo Bispo da Diocese de Baucau, Basilio do Nascimento. Hoje nos media locais, o Bispo disse que a declaração pública do Procurador-Geral que terceiras partes estavam a impedir que Salsinha e o seu grupo se rendessem tinha aberto a porta para desnecessária especulação publica e rumores.

Para mais comentários: Nilva Guimarães, funcionária para os Media, Grupo Parlamentar da FRETILIN +670 734 0389

José Teixeira Deputado em Dili +670 728 7080

2 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
FRETILIN pede indicação de nomes e acção contra alegados impedidores da rendição do grupo de Salsinha
FRENTE REVOLUCIONÁRIA DO TIMOR-LESTE INDEPENDENTE
FRETILIN

Março 17, 2008
COMUNICADO PARA OS MEDIA


O líder da FRETILIN no Parlamento Nacional de Timor-Leste pediu hoje que o Procurador-Geral de Timor-Leste e o Presidente da República interino indiquem os nomes e o começo da acção criminal contra pessoas que eles afirmaram publicamente serem suspeitos de impedirem activamente a entrega às autoridades do antigo Tenente das forças armadas Salsinha e do seu grupo armado.

Francisco Branco, reagindo a notícias aos media de declarações de ambos o Presidente interino Fernando de Araújo Lasama, e o Procurador-Geral Monteiro Longuinhos, que suspeitavam haver uma terceira parte ou partes que tinham interferido activamente para evitar que Salsinha e o seu grupo armado se rendessem desde os incidentes violentos de 11 de Fevereiro, disse que era do "interesse nacional que o fizessem em vez de abrirem para especulações, disseminação de rumores e confusão na nossa comunidade ao fazerem observações vagas e sem substância na imprensa.”

"Se há pessoas suspeitas de se engajarem em tais comportamentos tão ilegais, então devem ser acusados e os seus nomes indicados publicamente e levados perante os tribunais. É assim que se trabalha num Estado sob o domínio da lei," acrescentou Branco.

"Toda a liderança da FRETILIN e os seus deputados continuam a dar apoio total à operação conjunta F-FDTL/PNTL e reitera o seu apelo a todos os Timorenses, incluindo os membros e os apoiantes da FRETILIN, para cooperarem e assistirem à operação conjunta de todas as maneiras que puderem para garantir que a operação tenha sucesso.

"A FRETILIN repete ainda o apelo ao Sr. Salsinha e ao seu grupo armado para se renderem imediatamente às forças de segurança, que presentemente estão a conduzir operações contra eles.

Apenas evitando mais violência e derramamento de sangue poderão eles contribuir para o processo de procurar a verdade e a justiça no nosso país," concluiu Branco.

Os apelos do Sr. Branco foram ecoados pelo Bispo da Diocese de Baucau, Basilio do Nascimento. Hoje nos media locais, o Bispo disse que a declaração pública do Procurador-Geral que terceiras partes estavam a impedir que Salsinha e o seu grupo se rendessem tinha aberto a porta para desnecessária especulação publica e rumores.

Para mais comentários: Nilva Guimarães, funcionária para os Media, Grupo Parlamentar da FRETILIN +670 734 0389

José Teixeira Deputado em Dili +670 728 7080

Anónimo disse...

Os comparsas deste blogue são homens e mulheres que não possuem carácter e dignidade de ser humano, mas são meros instrumentos que estão a servir os interesses dos seus próprios patrões, colonialistas, fascistas, despóticos, ditadores que ate ao cúmulo de vergonha chegaram muitas vezes boicotaram comentários de indivíduos com veracidade dos factos descritos nas suas reacções ou comentários a certos artigos postos por indivíduos de carácter tão reles face a nobre causa do Povo martirizado Maubere. Estes indivíduos, conluios do blogue em causa também andam a dizer disparates com relação as suas honrosas citações com firmeza na rigorosa observância dos princípios democráticos e livres consagrados nas Declarações Universais dos Direitos Humano patrocinado pela ONU em toda a extensão da palavra. Estes faladores baratos também não passam mais de uma meia tigela de vagabundos políticos talvez os mais cagacos e reles jornalistas que têm medo dos bonecos membros do governo, tal que umas vezes ate gritam aos quatro ventos como se fossem verdadeiros heróis e os chamados grandes defensores dos verdadeiros princípios democráticos e livres a todo e qualquer cidadão deste planeta em que habitamos. Mas muitas vezes chegam ao cumulo de ate não serem capazes de manter as suas posições em relação estes princípios fundamentais acima referimos, mas o mais vergonhoso ate calcando estes mesmos princípios, porque têm medo como se fossem comadres e acabam então a cair no erro crasso de também permitir em aplicar dois pesos e duas medidas, simplesmente para fazer agradar seus patrões que camufladamente papagueiam contra, mas na realidade são todos do mesmo estilo de macaco velho na jogada politica mafiosa de que eles todos fazem parte ate a este momento em que estou agindo de forma muita honesta em desmascara-los.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.