quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Alguns vídeos da RTP com declarações do enfermeiro que socorreu Ramos Horta:

(Enviado por um leitor)

Regresso do enfermeiro que socorreu Ramos-Horta
http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=328437&tema=27

Enfermeiro do INEM descreve manhã do atentado em Díli
http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=326294&tema=31

Enfermeiro do INEM é herói em Timor.
http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=326162&tema=31

3 comentários:

Anónimo disse...

mentira não foi enfermeiro jorge da eguipa INEM que socoreu primeiro o senhor presidente, mas a verdade que foram o sehor acessor do presidente o irmão de SR.presidente que o Sr arsenio horta e a sobrinha dO PR que foram primeiros pessoas a chegar ao local.INEM estava esperar que O GNR chegar o local para dar a protecção depois que eles foram entrar no local.

h correia disse...

O INEM chegou à casa do PR numa coluna onde seguiam também os blindados da GNR, dez minutos depois da chamada.

Está a haver alguma confusão quanto a este assunto: O pessoal do INEM foi o primeiro a dar assistência médica ao PR, que tinha hemorragias graves. Estando já no local ou não, os familiares de RH não poderiam ter feito nada porque não têm formação nem equipamento para isso.

O mérito deste enfermeiro foi apenas o de ter sido o primeiro a cuidar do PR, numa altura em que cada segundo a mais poderia ser fatal. Não interessa se foi o primeiro ou o segundo a chegar ao local, porque não se tratava de nenhuma corrida de atletismo.

Esta história bem sucedida mostra a importância de o Governo português ter decidido mandar uma equipa do INEM para Timor.

Anónimo disse...

Ai, ai, ai.... Agora "cada sapateiro gaba a sua sola"

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.