domingo, abril 27, 2008

Police chief denies Hercules arrested

04/25/08 18:36

Jakarta (ANTARA News) - National Police Chief Gen. Sutanto denied on Friday reports that police had arrested youth leader Hercules for implication in rebel activities in Timor Leste.

"There is no arrest of Hercules and no Indonesian national was captured," the police chief said here on Friday.

Sutanto explained that police had only arrested two Timor Leste citizens at Hercules`s house.

They were suspected of involvement in the Timor Leste revolt.

"Hercules himself was not arrested," the police chief stressed.

He said Hercules did not know that the two Timor Leste citizens who stayed at his house were fugitives and suspects in rebel activities in Timor Leste.

Hercules was willing to accommodate them at his house only because of humanitarian consideration and was willing to find them a job, he said.

When police arrested them, police did not find any fire arms, sharp weapons or other illegal items in the house, Sutanto said.

So far, Hercules had often helped Timor Leste citizens with regard to the economic development in that country.

Hercules even tried to convince investors to invest in Timor Leste, the police chief said.

Asked on telephone relations with Timor Leste rebels, Sutanto said Hercules did have telephone links with them but not in connection with rebellion.

Previously, President Susilo Bambang Yudhoyono said Indonesian police had arrested three citizens of Timor Leste who were involved in rebellious activities. The three were identified as Egidio Lay Carvalho, Jose Gomes, and Ismail Sansao Moniz Soares.

The three suspects are all members of the military of Timor Leste who were involved in the rebel activities, and suspected of involvement in President Ramos Horta`s shooting incident, he said.

But the police chief said that those arrested were not only three but four.

"Two were arrested in the border area between Indonesia and Timor Leste and the two others at Hercules`s home," Sutanto said.

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
Chefe da Polícia nega ter prendido Hércules
04/25/08 18:36

Jacarta (ANTARA News) – O Chefe da Polícia Nacional Gen. Sutanto na Sexta-feira negou notícias de ter prendido o líder de jovens Hércules por implicação em actividades dos amotinados em Timor-Leste.

"Não há prisão de Hércules e não foi capturado nenhum Indonésio," disse aqui o chefe da polícia na Sexta-feira.

Sutanto explicou que a polícia apenas tinha prendido dois cidadãos de Timor-Leste em casa de Hércules.

Eram suspeitos de envolvimento na revolta em Timor-Leste.

"O próprio Hércules não foi preso," sublinhou o chefe da polícia.

Ele disse que Hércules não sabia que os dois cidadãos de Timor-Leste que estavam na sua casa eram foragidos e suspeitos de actividades de motins em Timor-Leste.

Hércules queria abrigá-los na sua casa apenas por considerações humanitárias e que lhes queria arranjar um emprego, disse ele.

Quando a polícia os prendeu, não encontrou nenhumas armas de fogo, armas brancas ou quaisquer outros itens ilegais na casa, disse Sutanto.

Até agora, Hércules tinha muitas vezes ajudado cidadãos de Timor-Leste em relação ao desenvolvimento económico desse país.

Hércules tentou mesmo convencer investidores a investirem em Timor-Leste, disse o chefe da polícia.

Perguntado ao telefone sobre as suas relações com os amotinados de Timor-Leste, Sutanto disse que Hércules teve ligações telefónicas com eles mas não em conexão com a revolta.

Anteriormente, o Presidente Susilo Bambang Yudhoyono disse que a polícia Indonésia tinha prendido três cidadãos de Timor-Leste que estavam envolvidos na actividade dos amotinados. ThOs três foram identificados como Egidio Lay Carvalho, José Gomes, e Ismail Sansão Moniz Soares.

Os três suspeitos são todos membros das forças militares de Timor-Leste que estiveram envolvidos nas actividades dos amotinados, e são suspeitos de envolvimento no incidente dos disparos contra o Presidente Ramos Horta, disse ele.

Mas o chefe da polícia disse que os presos eram quatro e não apenas três.

"Dois foram presos na área da fronteira entre a Indonésia e Timor-Leste e dois outros em casa do Hércules," disse Sutanto.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.