quinta-feira, abril 10, 2008

FRETILIN demands de facto PM Gusmao to sack his Deputy

Dili, 10 -04-2008
NATIONAL PARLIAMENT
FRETILIN PARLIAMENTARY GROUP
Media Release


The FRETILIN parliamentary group, using documentary evidence, demanded in the National Parliament this Tuesday (8 April 2008) that de facto Prime Minister Xanana Gusmao sack his deputy, Jose Luis Guterres, and that he initiate an investigation into transfers authorized by Mr Guterres of public funds to increase his wife's salary as a diplomat in New York, whilst he was Minister for Foreign Affairs and Cooperation.
The matter was raised by FRETILIN MP Ilda Da Conceicao on behalf of the FRETILIN parliamentary group.

"In February this year FRETILIN first raised this matter in the parliament regarding Mr Jose Luis Guterres for his action as Foreign Minister in authorizing the Ministry of Finance to transfer an extremely high salary to his wife who was then employed at Timor-Leste's UN mission in New York, USA," she said.

"FRETILIN considers this case to be grave given that it involved an abuse of power, corruption and nepotism," said Da Conceicao.

"When FRETILIN presented this case in February, other MPs demanded proof, and so today FRETILIN presented proof by way of an excerpt from an email written by Mr Guterres' wife herself in June 2007, stating the following:"

"The transfers made into my personal account by the Ministry of Finance to date were respectively $10,673.33 on 24 November (being for the first quarter) 2006, $8,005.00 on 11 January (being for the second quarter) and $18,667.14 on 11 April (being for the third quarter) which can certainly be verified with the Ministry of Finance. I only became aware at the time I sought verification that by law, even though I possess a Timorese Diplomatic passport, I do not have citizenship rights because I have not lived in Timor-Leste for a minimum of eight years. For this reason I could not be classified as a Diplomat for contractual purposes nor for entitlements."

MP Ilda Da Conceicao explained: "Mr Jose Luis Guterres, as Minister of Foreign Affairs and Cooperation, knew that his wife, as a foreigner, could not be appointed as a diplomat at the Timor-Leste mission in New York. So why did he make this decision? Is this not an abuse of power, corruption and nepotism?

"We also know that Mr Guterres' wife used the funds to purchase a grand piano in the US," said Da Conceicao.
The FRETILIN MP also explained that the government, headed by His Excellency Mr. Jose Alexandre Gusmao already knew of this case, but until now, has not done anything. Why? This shows that the government does not have transparency in its affairs and lacks integrity. It shows clearly that the government is covering up one of its members.

"We from FRETILIN requested the parliament executive to take this matter up with the government but until now we have not heard anything further," said Da Conceicao.

"Once again we demand H.E. Mr. Jose Alexandre Gusmao as head of the government to dismiss Mr. Jose Luis Guterres from the government and initiate an investigation into this case of his authorization of transfers of funds to increase his wife's salary as a diplomat in New York," Da Conceicao concluded.

For more information
Call:+670 7340389 or +670 7383872

Tradução:

FRETILIN exige ao PM de facto Gusmão para demitir o seu Vice-PM

Dili, 10 -04-2008
PARLAMENTO NACIONAL
GRUPO PARLAMENTAR DA FRETILIN
Comunicado de Imprensa


O grupo parlamentar da FRETILIN, usando evidência documental, exigiu no Parlamento Nacional esta Terça-feira (8 Abril 2008) que o Primeiro-Ministro de facto Xanana Gusmão demita o seu vice-PM, José Luís Guterres, e que inicie uma investigação a transferências autorizadas pelo Sr Guterres de fundos públicos para aumentar o salário da mulher como diplomata em Nova Iorque, quando ele foi Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação.
A questão foi levantada pela deputada da FRETILIN Ilda Da Conceição em nome do grupo parlamentar da FRETILIN.

"Em Fevereiro deste ano a FRETILIN levantou pela primeira vez no parlamento esta questão sobre o Sr José Luís Guterres pelo facto de enquanto Ministro dos Estrangeiros ter autorizado o Ministério das Finanças a transferir um salário extremamente alto para a mulher que era então empregada da missão de Timor-Leste na ONU em Nova Iorque, USA," disse ela.

"A FRETILIN considera que este caso é grave dado que envolveu um abuso de poder, corrupção e nepotismo," disse Da Conceição.

"Quando em Fevereiro a FRETILIN apresentou este caso, outros deputados pediram provas, e assim hoje a FRETILIN apresentou prova em forma dum excerto dum email escrito pela própria mulher do Sr Guterres em Junho de 2007, afirmando o seguinte:"

"As transferências feitas para a minha conta pessoal pelo Ministério das Finanças até esta data foram de respectivamente $10,673.33 em 24 Novembro (sendo o primeiro quadrimestre) 2006, $8,005.00 em 11 Janeiro (sendo o segundo quadrimestre ) e $18,667.14 em 11 Abril (sendo para o terceiro quadrimestre) o que certamente pode ser verificado pelo Ministério das Finanças. Apenas tomei conhecimento na altura em que procurei a verificação que por lei, mesmo apesar de possuir um passaporte Diplomático Timorense, não tenho direitos de cidadania porque não vivi em Timor-Leste por um período mínimo de oito anos. Por esta razão não podia ter sido classificada como Diplomata por propõsitos contratuais nem para nomeação."

A deputada Ilda Da Conceição explicou: "O Sr José Luís Guterres, como Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, sabia que a sua mulher, sendo uma estrangeira, não podia ser nomeada diplomata na missão de Timor-Leste em Nova Iorque. então porque é que ele tomou esta decisão? Não é isto um abuso de poder, corrupção e nepotismo?

"Sabemos ainda que a mulher do Sr Guterres usou os fundos para comprar um grande piano nos USA," disse Da Conceição.
A deputada da FRETILIN explicou também que o governo, liderado por Sua Excelência Sr. José Alexandre Gusmão já sabia deste caso, mas até agora, nada fez. Porquê? Isto mostra que o governo não tem transparência nos negócios e que lhe falta integridade. Isso mostra claramente que o governo está a cobrir um dos seus membros.

"Nós da FRETILIN pedimos ao executivo do parlamento para levar este caso ao governo mas até agora nada mais ouvimos ," disse Da Conceição.

"Mais uma vez pedimos a S.E. Sr. José Alexandre Gusmão como chefe do governo para demitir o Sr. José Luis Guterres do governo e iniciar uma investigação a este caso de autorização de transferência de fundos para aumentar o salário da sua mulher como diplomata em Nova Iorque," concluíu Da Conceição.

Para mais informação
Ligue:+670 7340389 ou +670 7383872

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
FRETILIN exige ao PM de facto Gusmão para demitir o seu Vice-PM
Dili, 10 -04-2008
PARLAMENTO NACIONAL
GRUPO PARLAMENTAR DA FRETILIN
Comunicado de Imprensa


O grupo parlamentar da FRETILIN, usando evidência documental, exigiu no Parlamento Nacional esta Terça-feira (8 Abril 2008) que o Primeiro-Ministro de facto Xanana Gusmão demita o seu vice-PM, José Luís Guterres, e que inicie uma investigação a transferências autorizadas pelo Sr Guterres de fundos públicos para aumentar o salário da mulher como diplomata em Nova Iorque, quando ele foi Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação.
A questão foi levantada pela deputada da FRETILIN Ilda Da Conceição em nome do grupo parlamentar da FRETILIN.

"Em Fevereiro deste ano a FRETILIN levantou pela primeira vez no parlamento esta questão sobre o Sr José Luís Guterres pelo facto de enquanto Ministro dos Estrangeiros ter autorizado o Ministério das Finanças a transferir um salário extremamente alto para a mulher que era então empregada da missão de Timor-Leste na ONU em Nova Iorque, USA," disse ela.

"A FRETILIN considera que este caso é grave dado que envolveu um abuso de poder, corrupção e nepotismo," disse Da Conceição.

"Quando em Fevereiro a FRETILIN apresentou este caso, outros deputados pediram provas, e assim hoje a FRETILIN apresentou prova em forma dum excerto dum email escrito pela própria mulher do Sr Guterres em Junho de 2007, afirmando o seguinte:"

"As transferências feitas para a minha conta pessoal pelo Ministério das Finanças até esta data foram de respectivamente $10,673.33 em 24 Novembro (sendo o primeiro quadrimestre) 2006, $8,005.00 em 11 Janeiro (sendo o segundo quadrimestre ) e $18,667.14 em 11 Abril (sendo para o terceiro quadrimestre) o que certamente pode ser verificado pelo Ministério das Finanças. Apenas tomei conhecimento na altura em que procurei a verificação que por lei, mesmo apesar de possuir um passaporte Diplomático Timorense, não tenho direitos de cidadania porque não vivi em Timor-Leste por um período mínimo de oito anos. Por esta razão não podia ter sido classificada como Diplomata por propõsitos contratuais nem para nomeação."

A deputada Ilda Da Conceição explicou: "O Sr José Luís Guterres, como Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, sabia que a sua mulher, sendo uma estrangeira, não podia ser nomeada diplomata na missão de Timor-Leste em Nova Iorque. então porque é que ele tomou esta decisão? Não é isto um abuso de poder, corrupção e nepotismo?

"Sabemos ainda que a mulher do Sr Guterres usou os fundos para comprar um grande piano nos USA," disse Da Conceição.
A deputada da FRETILIN explicou também que o governo, liderado por Sua Excelência Sr. José Alexandre Gusmão já sabia deste caso, mas até agora, nada fez. Porquê? Isto mostra que o governo não tem transparência nos negócios e que lhe falta integridade. Isso mostra claramente que o governo está a cobrir um dos seus membros.

"Nós da FRETILIN pedimos ao executivo do parlamento para levar este caso ao governo mas até agora nada mais ouvimos ," disse Da Conceição.

"Mais uma vez pedimos a S.E. Sr. José Alexandre Gusmão como chefe do governo para demitir o Sr. José Luis Guterres do governo e iniciar uma investigação a este caso de autorização de transferência de fundos para aumentar o salário da sua mulher como diplomata em Nova Iorque," concluíu Da Conceição.

Para mais informação
Ligue:+670 7340389 ou +670 7383872

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.