domingo, fevereiro 17, 2008

“Pela 1ª vez, liguei a Xanana”

Expresso
16.02.2008

Alkatiri, líder da Fretilin e ex-primeiro-ministro, revela que o caso Reinado ia ser discutido esta semana entre todos os partidos


Foi num momento extremo, a seguir a tomar conhecimento dos atentados contra o Presidente da República e o primeiro-ministro na segunda-feira, que o secretário-geral da Fretilin, Mari Alkatiri, resolveu quebrar o gelo com o seu maior rival político. “Pela primeira vez, desde 2006, telefonei ao primeiro-ministro, Xanana Gusmão, para lhe reafirmar o nosso apoio e solidariedade. Disse-lhe que o ataque foi contra o Estado e que nós estamos prontos a defender o Estado”.

Mari Alkariti diz ao Expresso que para essa mesma segunda-feira e para os dois dias seguintes estava prevista uma discussão entre o Presidente da República, a Fretilin e os partidos sobre o caso Alfredo Reinado. Desde o início que a Fretilin defendia a captura, detenção e julgamento do major e dos seus homens, ao contrário de Ramos-Horta e de Xanana, que foram optando sempre por manter o diálogo.

O antigo primeiro-ministro, que saiu do cargo com a eclosão da crise político-militar em 2006, adianta: “Tudo indicava que esta semana chegaríamos a acordo com o Presidente e com a aliança de outros partidos liderada por Xanana Gusmão para uma política de inclusão, com a criação de mecanismos de alto nível para resolver as questões dos peticionários (desertores do exército), dos deslocados, da reforma do sector de defesa e segurança e do sector da justiça. Não deve ser do interesse de algumas pessoas deste país um entendimento generalizado”.

Concordando com Taur Matan Ruak, chefe de Estado-Maior das forças armadas timorenses, nas acusações às forças internacionais (“são as principais responsáveis pelo que aconteceu”), Alkatiri acredita que o major Alfredo Reinado foi o autor não de um golpe de Estado mas de “um acto aventureiro”: “Ele era instável, presunçoso e sentiu-se muito acima do que podia ser. Quando alguém lidera um grupo com uma causa forte e cai, a causa mantém-no vivo. Alfredo não tinha uma causa. Para mim, morreu duplamente”.

M.P.

4 comentários:

PiresF disse...

Solicito que leia http://www.petitiononline.com/mil1001/petition.html e, em caso de concordância, divulgue.
Obrigado.

Anónimo disse...

Tendo em consideracao que os Australianos ja tem desde ha muito uma maquina de 'ESPIA" ja montada la em Timor (Lembram-se que eles andaram a montar antenas por todo lado) e tendo em conta que o REINADO usava o telemovel (mobile phone) assim como todos os outros altos responsaveis do governo de Timor, e tendo em conta que os servicos secretos Australianos inseridos no contigente Australiano sabiam a qualquer hora, minuto e segundo, onde andava ALFREDO, pergunta-se: Como e que nao sabiam que Alfredo estava a dirigir-se a casa do PR?

TRAZVIBISNOBICO

Anónimo disse...

As propostas de Alkatiri para entrar no Governo do AMP e derruba-lo eh demasiado ingenua. Esta a vista de todos que Alkatiri e Xanana teem um entendimeno secreto sobre essa proposta, mas nao eh claro que o ASDT de Xavier do Amaral,o PD de Lasama e o PSD de Mario Carrascalao estejam em linha com Alkatiri e Xanana. Pelo sabemos do que tem transparecido ca para fora, os encontros secretos tidos entre Alkatiri e Xanana visam acima de tudo a criacao de uma alianca entre FRETILIN e CNRT, sacrificando para o efeito, se necessario for o ASDT, o PD e o PSD cujas presencas na AMP teem vindo a incomodar Xanana e o seu CNRT de forma inaceitavel para Xanana. Esta informacao saida dos secretismos de Xanana e Alkatiri nao eh surpresa para ASDT,PD e PSD, dado que a CNRT nao eh nada mais nada menos do que uma outra FRETILIN (a dos "mudancas") pronta a abandonar o barco e voltar a "casa mae" logo que haja entendimento entre Alkatiri e Xanana. Juntar-se-ao a essa nova FRETILIN, uma parte do PD (Lasama, Sabino, Rui Meneses e os seus seguidores), os veteranos da resistencia que ainda estao com o PSD ( Tara, Riak, OTE e os seus seguidores) deixando o Carrascalao apenas com os "fugitivos da FRETILIN, da UDT e os seus fieis de origem ( Fernando Gusmao, Joe Goncalves, Milena Pires, Zacarias etc); Todos os apaniguados de Gil Alves, Secretario Geral da ASDT, abandonarao Xavier do Amaral para se juntarem a nova FRETILIN de Alkatiri-Xanana- Lasama-Gil Alves. Esta nova Alianaca tera uma maioria parlamentar de cerca de 40 deputados. A oposicao passaria a ser composta por cerca de 25 deputados saidos dos partidos PUN, UNDERTIM, KOTA, PPT, PSD, ASDT e PD. Eh uma situacao desta natureza`que esta a ser criada pelo duo Alkatiri-Xanana para, no entender dsses dois lideres timorenses, con seguirem estabilizar Timor-Leste em todos os campos e desse modo dar inicio a u m processo de desenvolvimento sustentavel do Pais. Nao, nao eh de forma alguma verdade que a FRETILIN sepre desejou a capura de Alfredo Reinado. Se fosse verdade o que diz Alkatiri, a FRETILIN nunca teria nomeado o seu Vice-Presidente, Jose Manuel Fernandes para seu elemento de ligacao com o falecido Reinado, que tao bons frutos lhe proporcionou, como eh o caso do CD com as declaracoes de Reinado feito pelo jornalista da RTTL, Daki Belo, editado na Australia, multiplicado em Bali e distribuido pela FRETILIN em Timor-Leste. O conteudo desse CD foi o K.O. dado por Alkatiri a Xanana a ponto de o forcar a aceitar a Alianca FRETILIN-CNRT, alianca essa que os 2 lideres sabiam so poderia ter o sucesso previsto se fizessem desaparecer da cena politica de TL, o homem que dava pelo nome de Major Alfredo. Esta eh a verdade que ira fazer parte das nossas vidas quer Xavier e Mario carrascalao aceitem ou nao. Voltarei com mais verdades. Para ja fiquem com esta.

h correia disse...

A bem dizer, grande parte dos membros de outros partidos são ex-Fretilin. Por isso, uma eventual coligação Fretilin-"CNRT" teria obviamente grande adesão.

No entanto, vejo com grande dificuldade um acordo entre Alkatiri e Xanana, a não ser que o tal "KO" do CD tenha sido mesmo forte. Mas se for assim, é sinal que tudo o Reinado dizia nesse vídeo é verdade.

Resta esclarecer uma coisa: nesse caso, quem matou Reinado? alguém que não queria essa coligação entre Fretilin e "CNRT", ou o próprio Xanana, porque não estava interessado nela e quis cortar o mal pela raíz, antes que surgisse mais algum CD?

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.