sexta-feira, janeiro 25, 2008

VIAGENS DE ESTADO OU DE RECREIO?

Blog Timor Lorosae Nação
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

RAMOS HORTA, O PRESIDENTE GOVERNANTE

Mane Kribas

Mais uma vez o nosso presidente da República ausentou-se do país para estabelecer contactos com líderes internacionais que possibilitem canalizar mais e melhores auxílios á depauperada Nação timorense, um desses contactos foi com Bento XVI, SS o Papa.

Evidentemente que ao estar tão ao lado da Suíça também considerou uma óptima oportunidade avistar-se com os líderes que estão na Cimeira de Davos. Sempre são os mais importantes líderes do planeta.

Depois vem o Brasil. É uma autêntica volta ao mundo!

Estas constantes viagens de José Ramos Horta são permanentemente criticadas pelos que afirmam que ele não consegue permanecer durante muito tempo em Timor-Leste. Poderá ser verdade, mas o mais grave não é esse facto, em minha opinião. O mais grave é que ele não reconhece capacidades ao Ministro dos Negócios Estrangeiros, Zacarias Albano da Costa, para tratar dos assuntos relacionados com a sua pasta neste governo da AMP.

Um presidente da República ocupado com coisas da governação por reconhecida incapacidade de elementos do governo, tem, neste caso, alguns aspectos que importa apurar de quem é a responsabilidade de assim estar a acontecer.

Evidentemente que todas as conclusões a que possamos chegar inculpam o próprio PR, que aceitou nomear um governo que tem elementos incapazes de exercerem os seus cargos de forma satisfatória.

Responsabilizemos então Ramos Horta por isso e compreendamos que aquilo que ele está a fazer é “tapar os buracos” que o governo do primeiro-ministro Xanana Gusmão deixa perceber existirem, através da sistemática ineficiência e incompetência de alguns dos elementos que escolheu para ocuparem cargos na governação, com a concordância de Ramos Horta.

Outro dos aspectos bastante criticados é o dos acompanhantes do presidente nestas viagens infindas. Muita quantidade e baixa qualidade, afirmam. “Eles vão é passear, dar a volta ao mundo!”, dizem.

Na realidade, Horta integra nas suas comitivas elementos que não lembra ao diabo, não encontrando os críticos razões para se fazer acompanhar por quem nada faz supor constituir justificação para andar “no passeio em volta do mundo”.

Qual será o critério? Nesta viagem passeias tu, tu e ela, na próxima irão outros. Será assim? Se não é, qual é o critério? Quais as razões de irem uns quantos “pendurados” nas comitivas que vão ao estrangeiro com o PR? Será uma compensação pelos bons serviços prestados?

Estranha forma de presidir. Ou será estranha forma de governar, na sombra?

Ficam as dúvidas, que jamais serão esclarecidas.

4 comentários:

Aikurus disse...

Alo Dili

Horta gosta dum sistema presidencialista tambem diz o Alfredo entregar o poder ao Horta.

Isto sera um colapso do pais.
Horta mistura alhos e bugalhos.Ele nao sabe que o nosso sistema semi-presidencial


Adeus

Maubere disse...

Meus caros comentaristas deste fórum.

Sabeis vocês de toda a certeza daquilo que Horta papagueou aos quatro ventos durante a sua digressão a coboiada aos países da Europa assim como América Latina conforme esta agendado no plano Presidencial da qual o autor próprio desta agendada de passeatas a sos-saloio e também o verdadeiro autor desta trombada toda e o Horta próprio. Ora bem, escutam bem meus caros amigos, o Horta e um verdadeiro macaco velho na politica de mentiras e buscas de vã glorias nos areópagos internacionais com a sua moda e cheirosa a peixe podre vende a cada individuo ou organizações de que ele no seu predicado julgar-se obtê-lo apoio de vãs glorias que o elevam ate aos duquenaltos não só como também com seu estilo de um real líder lá com as donzelas nas traseiras das curtinhas escuras lá estão a cantar as as suas cantigas com o modos de vida de um Presidente solteirão que anteriormente esteve a saborear a formosura da Kirsty Sword posteriormente passou para João Boavida o actual vice-presidente da Partido Democrático. Depois de O Horta ter deixado a Kirsty Sword ao João Boavida e posterior veio explorar mais a formosura da Ana Pessoa e cujo resultado deixou um filho de nome Maubere, mas a vergonha do pai veio trair-se os supremos interesses do Povo Maubere cujo nome e dado ao próprio filho. Contudo noutro cenário o João Boavida trouxe Kirsty Sword a Timor Leste durante a ocupação Indonésia e lá nos contactos com Xanana ainda nas montanhas e nas proximidades de Bucoli-Baucau, a Kirsty Sword caiu na fita do Xanana e assim lerpou o João Boavida a sua amante aliás esposa Kirsty Sword e que posteriormente nas cadeias de Cipinang Xanana e Kirsty Sword saborearam os seus bel-prazeres e deram um pontapé então ao João Boavida ate a este momento Xanana passa a ser marido legal do Kirsty Sword assim como vice-versa.

Dentro deste ambíguo contexto político do jogo de Xadrez que o quarteto, Kirsty Sword, Xanana, Horta e João andaram com namoriscos sem precedentes e as suas causas estão a tornar-se como tempestades desastrosas para uma boa e eficaz liderança com confiança do Povo Maubere na governação da RDTL.

Maubere permanece fiel aos seus princípios da verdadeira democracia e liberdade de acordo com as Declarações Universais dos Direitos Humanos e este determinado a denunciar toda a podridão dos asquerosos e imorais líderes políticos que intencionalmente querem levar o destino do sofredor Povo débil e pobre Maubere para mais penúria e humilhação e que finalmente querem fazer desaparecer a cultura genuína e ancestral do Povo de Timor Leste em toda a extensão da palavra.

Nas montanhas de Timor Leste, ao 25 de Janeiro de 2008.-

maubere disse...

Meus caros comentaristas deste fórum.

Sabeis vocês de toda a certeza daquilo que Horta papagueou aos quatro ventos durante a sua digressão a coboiada aos países da Europa assim como América Latina conforme esta agendado no plano Presidencial da qual o autor próprio desta agendada de passeatas a sos-saloio e também o verdadeiro autor desta trombada toda e o Horta próprio. Ora bem, escutam bem meus caros amigos, o Horta e um verdadeiro macaco velho na politica de mentiras e buscas de vã glorias nos areópagos internacionais com a sua moda e cheirosa a peixe podre vende a cada individuo ou organizações de que ele no seu predicado julgar-se obtê-lo apoio de vãs glorias que o elevam ate aos duquenaltos não só como também com seu estilo de um real líder lá com as donzelas nas traseiras das curtinhas escuras lá estão a cantar as as suas cantigas com o modos de vida de um Presidente solteirão que anteriormente esteve a saborear a formosura da Kirsty Sword posteriormente passou para João Boavida o actual vice-presidente da Partido Democrático. Depois de O Horta ter deixado a Kirsty Sword ao João Boavida e posterior veio explorar mais a formosura da Ana Pessoa e cujo resultado deixou um filho de nome Maubere, mas a vergonha do pai veio trair-se os supremos interesses do Povo Maubere cujo nome e dado ao próprio filho. Contudo noutro cenário o João Boavida trouxe Kirsty Sword a Timor Leste durante a ocupação Indonésia e lá nos contactos com Xanana ainda nas montanhas e nas proximidades de Bucoli-Baucau, a Kirsty Sword caiu na fita do Xanana e assim lerpou o João Boavida a sua amante aliás esposa Kirsty Sword e que posteriormente nas cadeias de Cipinang Xanana e Kirsty Sword saborearam os seus bel-prazeres e deram um pontapé então ao João Boavida ate a este momento Xanana passa a ser marido legal do Kirsty Sword assim como vice-versa.

Dentro deste ambíguo contexto político do jogo de Xadrez que o quarteto, Kirsty Sword, Xanana, Horta e João andaram com namoriscos sem precedentes e as suas causas estão a tornar-se como tempestades desastrosas para uma boa e eficaz liderança com confiança do Povo Maubere na governação da RDTL.

Maubere permanece fiel aos seus princípios da verdadeira democracia e liberdade de acordo com as Declarações Universais dos Direitos Humanos e este determinado a denunciar toda a podridão dos asquerosos e imorais líderes políticos que intencionalmente querem levar o destino do sofredor Povo débil e pobre Maubere para mais penúria e humilhação e que finalmente querem fazer desaparecer a cultura genuína e ancestral do Povo de Timor Leste em toda a extensão da palavra.

Nas montanhas de Timor Leste, ao 25 de Janeiro de 2008.-

Maubere disse...

Meus caros comentaristas deste fórum.

Sabeis vocês de toda a certeza daquilo que Horta papagueou aos quatro ventos durante a sua digressão a coboiada aos países da Europa assim como América Latina conforme esta agendado no plano Presidencial da qual o autor próprio desta agendada de passeatas a sos-saloio e também o verdadeiro autor desta trombada toda e o Horta próprio. Ora bem, escutam bem meus caros amigos, o Horta e um verdadeiro macaco velho na politica de mentiras e buscas de vã glorias nos areópagos internacionais com a sua moda e cheirosa a peixe podre vende a cada individuo ou organizações de que ele no seu predicado julgar-se obtê-lo apoio de vãs glorias que o elevam ate aos duquenaltos não só como também com seu estilo de um real líder lá com as donzelas nas traseiras das curtinhas escuras lá estão a cantar as as suas cantigas com o modos de vida de um Presidente solteirão que anteriormente esteve a saborear a formosura da Kirsty Sword posteriormente passou para João Boavida o actual vice-presidente da Partido Democrático. Depois de O Horta ter deixado a Kirsty Sword ao João Boavida e posterior veio explorar mais a formosura da Ana Pessoa e cujo resultado deixou um filho de nome Maubere, mas a vergonha do pai veio trair-se os supremos interesses do Povo Maubere cujo nome e dado ao próprio filho. Contudo noutro cenário o João Boavida trouxe Kirsty Sword a Timor Leste durante a ocupação Indonésia e lá nos contactos com Xanana ainda nas montanhas e nas proximidades de Bucoli-Baucau, a Kirsty Sword caiu na fita do Xanana e assim lerpou o João Boavida a sua amante aliás esposa Kirsty Sword e que posteriormente nas cadeias de Cipinang Xanana e Kirsty Sword saborearam os seus bel-prazeres e deram um pontapé então ao João Boavida ate a este momento Xanana passa a ser marido legal do Kirsty Sword assim como vice-versa.

Dentro deste ambíguo contexto político do jogo de Xadrez que o quarteto, Kirsty Sword, Xanana, Horta e João andaram com namoriscos sem precedentes e as suas causas estão a tornar-se como tempestades desastrosas para uma boa e eficaz liderança com confiança do Povo Maubere na governação da RDTL.

Maubere permanece fiel aos seus princípios da verdadeira democracia e liberdade de acordo com as Declarações Universais dos Direitos Humanos e este determinado a denunciar toda a podridão dos asquerosos e imorais líderes políticos que intencionalmente querem levar o destino do sofredor Povo débil e pobre Maubere para mais penúria e humilhação e que finalmente querem fazer desaparecer a cultura genuína e ancestral do Povo de Timor Leste em toda a extensão da palavra.

Nas montanhas de Timor Leste, ao 26 de Janeiro de 2008.-

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.