quinta-feira, janeiro 24, 2008

O Yes, Mr. President...

H. Correia deixou um novo comentário na sua mensagem ""Last week, Commander of the Australian troops in ...":

O Sr. brigadeiro Hutcheson, apesar da dura, exigente e extenuante tarefa de comandar uma "brigada" em Timor-Leste, lá conseguiu arranjar uns minutinhos para dizer mais uma vez que não vai cumprir o mandado de captura de Reinado.

Começa a ser fastidioso ouvir sempre a mesma coisa e o Sr. brigadeiro começa a parecer um papagaio. Começo até a duvidar se ele conhece alguma outra frase para além dessa.

No entanto, e para que não restem dúvidas, é importante verificar que ele sublinha o facto de estar a cumprir ordens do "president". Ora como a Austrália não tem "president", este só pode ser Ramos Horta. Já percebo porque é que o "president" está sempre a pedir aos australianos que mantenham a tropa em Timor.

Como diz o outro, "Eu é que não sou parvo!". Ou "Homem prevenido vale por dois". Ou como dizem os anglófonos, "I'll scratch your back and you'll scratch mine"...

Mas a parte mais interessante do seu discurso são os bitaites que emite sobre o desempenho do Governo timorense e, sobretudo, quando diz que no seu entender Reinado não é uma ameaça para a segurança, antes um problema político.

É caso para dizer: penso, logo existo.

Mas quem é que lhe encomendou o sermão??

1 comentário:

Maubere disse...

Comentários e Reacções as facínoras politicas dos ditadores Xanana e Horta.

Berleiki Horta mente os seus seguidistas no Parlamento Nacional de Timor Leste e faz as suas, as chamadas "airosas digressões” nos países europeus tanto como América Latina com o malicioso intuito de enaltecer-se ate aos píncaros da lua, para que os seus comparsas pelo mundo fora gabam-lhe e ate ao cumulo de vergonha de elevar-se este poltrão politico, o mais vil carrasco da liderança governativa de Timor Leste, agora o mais conhecido ditador o braço direito do outro títere e palhaçada figura, o mais carrasco ditador parceiro do seu gémeo Xanana o carrancudo aldrabão de calibre e tamanho no solo Pátrio Maubere.

Alfredo, Salsinha e Cs, não se rendem as ordens destes sanguinários, mentirosos, corruptos, descarados ditadores com seus peões avançados no elenco governamental da RDTL do vigente governo por eles mesmos criados a seu gosto e bel-prazer tanto como no Parlamento e assim como nas Forcas de Defesa e de Segurança no solo Pátrio Maubere.

Povos do mundo inteiro em geral e em particular do mundo Maubere, as forcas políticas democráticas, os intelectuais, os trabalhadores, os camponeses, os jornalistas e finalmente todos os seres livres, os verdadeiros amantes da verdadeira Justiça e Paz devem unir-se as vossas forcas e firmes nos vossos princípios democráticos e livres não param um segundo em desmascarar essas praticas fascistas e xenofobias políticas dos dois malandrecos liderzecos de nomes, Horta e Xanana em Timor Leste.

Aos amigos jornalistas não e nunca devem vergar-se as carapuças políticas das fantochadas líderes da actual liderança da RDTL. Eles já não sabem o que vão pegar e agora utilizam as suas facínoras armas de despóticos e tirânicos líderes como estão a decorrer no mundo como os sinonimos eventos mais negros na história da governação dos Povos de África, América Latina, Europa do Leste, Médio Oriente, Ásia e mais outros tantos do nosso Globo. Esses dois camelos não possuem mais argumentos políticos persuasivos então eles recorreram as suas facínoras e despóticas praticas de coação e ameaças físicas que parecem ao nosso ver, simplesmente como cães que ladram mas não hão-de morder ninguém e todas as suas pútridas politicas de vagabundos politiqueiros não passam mais de acções e guerras psicológicas contra nos todos, os verdadeiros defensores da democracia, liberdade, paz e justiça para todo e qualquer ser humano neste Planeta, Terra, em que nos seres humanos estamos habitando e em particular para o Povo oprimido e explorado de Timor Leste que ate ao momento continua a viver no mais negrume da sua historia de Libertação das garras dos colonialistas e dos seus lacaios como Xanana e Horta.

Unamo-nos as nossas forcas democráticas e livres e erguemo-nos como as vagas do mar e sem dúvida que com a forca da nossa razão não tardara de derrotarmos os lideres despóticos e imorais da nossa sociedade na liderança da governação da RDTL.

As Mas Media Nacional e Internacional devem redobrar os vossos esforços e em conjugação com as nossas, vamos unidos e avantes e triunfaremos sobre os bonecos líderes Xanana e Horta da liderança do Povo de Timor Leste.

As nossas agitações e propagandas politicas diárias contra esses dois monstros e cornudos politizecos devem ser transmitidas em todas as línguas dos povos do mundo inteiro para que eles saibam e conhecem bem a podridão politica dos dois chanfrados políticos nomeadamente Xanana e Horta, os mais autodenominados despóticos de calibre e ditadores após era dos seus antecessores ditadores da Ásia, como Ferdinando Marcos de Filipina e Mohamed Soeharto de Indonésia.

A nossa luta contínua em todas as frentes ate que seremos verdadeiramente livres e senhores próprios do nosso próprio destino no nosso solo Pátrio Timor Leste.

De Maubere nas montanhas de Timor Leste aos 24 dias do mês de Janeiro e do Ano de 2008.-

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.