terça-feira, fevereiro 19, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Tuesday, 19 February 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any conseque6nce resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL News Coverage


Path to dialogue closed: The Acting President of Republic Fernando Lasama de Araujo has said that the path to dialogue has been closed by the petitioners and Alfredo’s men. “The assassination attempts against PR Ramos-Horta and PM Xanana closed the way to dialogue,” said the Acting President during a press conference held on Monday (18/2) in the Palacio das Cinzas. “There is only one path now and that is for Salsinha and his men to submit themselves to justice.” The meeting was attended by PM Xanana, F-FDTL Commander TMR, ISF Commander James Baker, UNPol and PNTL.

NP to force report on 1st ‘State of Emergency’: The CNRT member of MP, Cecilio Caminha, said that: “The government has to report on the first stage of the State Emergency before approval is given for the next stage.” said Mr Caminha. “This is because many MPs were insulted during the first stage,” said Cecilio Caminha in the NP.

“I and my friends are really disappointed with the implementation of the ‘State of Emergency.’

In the ‘State of Emergency’ there are no rules that permit the security apparatus to attack civilian houses at night, and to forbid people from holding meetings and demonstrations,” said Mr. Caminha on Monday (18/2) in the National Parliament in Dili.

TMR: the public is hiding Alfredo’s men: The Commander of the F-FDTL Brigadier General Taur Matan Ruak has said that some members of the public are hiding Alfredo’s group somewhere in Camea and Becora until Dare.

“Many people were nervous and tense when the F-FDTL conducted their operations in the areas of Camea, Becora, Sabraca laran to Mota Ulun. This means that they are hiding Alfredo’s men in their houses,” said Commander TMR during a press conference on Saturday (16/2) in Hera, Dili. Commander TMR also said that the F-FDTL will check the houses of those who are suspected of hiding Alfredo’s men.

RTL News Coverage

Government involves F-FDTL in joint operations: The Government has commissioned the Commander of the F-FDTL Brigadier General Taur Matan Ruak to create a joint command between the F-FDTL and the PNTL for security operations. PM Xanana Gusmão said that the security operation is being implemented under the President’s Decree of the ‘State of Emergency’. The joint operation will be coordinated with UNPol and the ISF.

Lao Hamutuk appeals over Greater Sun Rise: The NGO, Lao Hamutuk, has appealed to the Government to prepare adequate human resources before starting explorations on the Greater Sun Rise.

Santina Soares, the Representative of Lao Hamutuk, said that while gas in the Timor Sea will benefit East Timorese, the judicial system, environmental law and capacity building should first be prepared.

“Working on this kind of project requires realistic plans and sound preparations before the project can commence,” said Ms. Soares on Monday (18/2) in the Memorial Hall, Dili.

Print Coverage

Afonso: community has to help PNTL: The Commander of the National Police of Timor-Leste (PNTL), Afonso de Jesus, has asked all communities to collaborate with the authorities to ensure calm and peace within the country. “Community members must have a strong collaboration with the PNTL in order to guarantee the security of the country,” said Commander Afonso on Saturday (16/2) in Vela Verde, Dili.

Separately, the Deputy Commander of PNTL Dili District, Delfim da Silva, said that the PNTL will practice a zero tolerance policy for those who commit crimes. (STL)

Alfredo’s advisor detained: The General Prosecutor has identified an eye witness to the assassination attempts on PR José Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão in Metiaut on Monday (11/2). “From the seven eye witnesses we have called, one of them is considered a suspect. As a civilian, she had information but failed to provide it to the proper authorities,” said the General Prosecutor Longuinhos Monteiro on Monday (18/2) in Caicoli, Dili. The suspect is detained in Becora Jail and will partake in a hearing process this afternoon in the Dili District Court. (STL)

The ‘State of Emergency’ misconduct: A CNRT MP, Cecilio Caminha, said that the ‘State of Emergency’ has been corrupted by the Government. “I and my friends are really disappointed with the implementation of the ‘State of Emergency.’

In the ‘State of Emergency’ there are no rules that permit the security apparatus to attack civilian houses at night, and to forbid people from holding meetings and demonstrations,” said Mr. Caminha on Monday (18/2) in the National Parliament in Dili. Mr. Caminha also said that United Nations Integrated Mission in Timor-Leste (UNMIT) and the International Stabilization Forces (ISF) failed in their responsibility to provide security for the country as internal security fell under the jurisdiction of the United Nations Police, and the external security under the jurisdiction of ISF. (STL)

Lasama issues ultimatum to arrest Salsinha: The Acting President of the Republic Fernando Lasama de Araujo has asked the F-FDTL, the PNTL and the ISF to arrest Gastão Salsinha and his group in the next thirty days. “As Acting President, I am requesting that you bring them to court within the next thirty days,” Mr Lasama on Monday (18/2) in Palacio das Cinzas Caicoli, Dili. “There is no military that wants to assassinate its Supreme Commander, the President and chief of the Government.”

The Acting President also said that the arrest warrants were not issued because of Salsinha’s role as the petitioner’s Spokesperson, but because of his involvement in the 11 February events. Mr Lasama also said that the petitioners have ruined their chance to have constructive dialogue due to the assignation attempts on the lives of PR José Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão. (STL)

NP accepts F-FDTL involvement in operations: The involvement of the F-FDTL in the ongoing operations to arrest suspects of the assassination attempts on PR José Ramos-Horta and PM Xanana Gusmão has been considered a positive move by the National Parliament. The Fretilin member of NP David Dias Ximenes said that the involvement of the F-FDTL in this operation fals within the constitution of Timor-Leste.

“In our constitution, F-FDTL and PNTL guarantee the security and stability of the country when the nation is in a ‘State of Emergency,” said Mr. Dias Ximenes.

MP Duarte Nunes said that the involvement of F-FDTL could provide support to the police, the ISF and UNPol. “Even though ISF has modern weapons, they are not familiar with the terrain, so they could work together well,” said Mr. Nunes. (STL)

Alfredo’s followers hide in private homes: The Commander of the F-FDTL Brigadier General Taur Matan Ruak said that this is the first time the Government of Timor-Leste has allowed the F-FDTL to be involved in an operation such as the one to track Alfredo’s men as previous operations were handled by the ISF. Commander TMR said that on Monday night (11/2) Alfredo’s men were suspected of being near the Becora River and Dare.

“Some people are hiding them,” said Commander TMR during a press conference on Saturday (16/2) in Hera. The Commander also said that F-FDTL will check the houses of those suspected of hiding Alfredo’s men. (STL)

PM: We will work to fulfil people’s demands: In response to calls from some members of the government to hold early elections, Prime Minister Xanana Gusmão responded that the Government’s main priority was to continue to work towards fulfilling the demands of the population.

The PM also appealed to people to support the military operation to find Alfredo’s men and Gastão Salsinha’s group. “I will not allow any armed group or political group to destroy this nation,” said PM Xanana. (STL)

Arsenio: AMP responsible for Metiaut incident: The Fretilin member of NP Arsenio Bano is claiming that the Government of the Alliance Majority in Parliament (AMP) bears responsibility for the assassination attempts against PR José Ramos-Horta and PM Xanana.

“I think the Government of AMP should take responsibility for the incidents on Monday 11 February as the nation’s security is coordinated by them,” said Mr. Bano in the National Parliament on Monday (18/2) in Dili.

Mr. Bano said that as a sovereign nation, security and defence falls directly under State responsibility. He also said that if the government is authorising F-FDTL to arrest Alfredo and Salsinha’s groups, then they cannot make the claim that the UN is responsible for the nation’s security.

Mr Bano has further questioned whether the International Commission of Investigation into the 11 February events will be established or not. “Alfredo should be alive to give his testimony in court regarding his accusations that PM Xanana is the author of 2006 crisis,” said Mr. Bano. (DN)



Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Terça-feira, 19 Fevereiro 2008

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Caminho para o diálogo fechado: O Presidente da República interino Fernando Lasama de Araujo disse que o caminho para o diálogo foi fechado pelos peticionários e pelos homens de Alfredo. “As tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e PM Xanana fecharam o caminho para o diálogo,” disse o Presidente interino durante uma conferência de imprensa realizada na Segunda-feira (18/2) no Palácio das Cinzas. “Há apenas um caminho agora e esse é o Salsinha e os seus homens entregarem-se eles próprios à justiça.” No encontro estiveram PM Xanana, F-FDTL Comandante TMR, Comandante da ISF James Baker, UNPol e PNTL.

PN vai forçar relatório sobre o 1º ‘Estado de Emergência’: O deputado do CNRT Cecilio Caminha, disse que: “O governo tem que fazer um relatório sobre o primeiro estádio de Estado de Emergência antes de ser dada aprovação ao estádio seguinte.” Disse o Sr Caminha. “Isto porque muitos deputados foram insultados durante o primeiro estádio,” disse Cecilio Caminha no PN.

“Eu e os meus amigos estamos realmente desiludidos com a implementação do ‘Estado de Emergência.’

No ‘Estado de Emergência’ não há regras que autorizem o aparelho de segurança a atacar casas de civis à noite, e a proibir as pessoas de fazerem encontros e manifestações,” disse o Sr. Caminha na Segunda-feira (18/2) no Parlamento Nacional em Dili.

TMR: a população está a esconder os homens de Alfredo: O Comandante da F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak disse que membros da população estão a esconder homens do grupo de Alfredo algures em Camea e Becora até Dare.

“Muita gente ficou nervosa e tensa quando as F-FDTL conduziram as suas operações nas áreas de Camea, Becora, Sabraca laran to Mota Ulun. Isto significa que estão a esconder nas suas casas os homens de Alfredo,” disse o Comandante TMR durante uma conferência de imprensa no Sábado (16/2) em Hera, Dili. O Comandante TMR disse também que as F-FDTL vão ver as casas dos suspeitos de esconderem os homens de Alfredo.

RTL Cobertura de Notícias

Governo envolve F-FDTL em operações conjuntas: O Governo mandou o Comandante das F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak criar um comando conjunto entre as F-FDTL e a PNTL para operações de segurança. O PM Xanana Gusmão disse que a operação de segurança está a ser implementada sob o Decreto do Presidente para o ‘Estado de Emergência’. A operação conjunta sera coordenada com a UNPol e a ISF.

Lao Hamutuk apela sobre Greater Sun Rise: A ONG Lao Hamutuk, apelou ao Governo para preparer recursos humanos adequados antes de começar as explorações da Greater Sun Rise.

Santina Soares, a Representante da Lao Hamutuk, disse que conquanto o gás no Mar de Timor beneficiará os Timorenses, devem ser primeiro preparados o sistema judicial, lei do ambiente e construção de capacidades.

“Trabalhar neste tipo de projectos requer preparativos sólidos antes do projecto poder começar,” disse a Srª. Soares na Segunda-feira (18/2) no Memorial Hall, Dili.

Cobertura Impressa

Afonso: comunidade tem de ajudar a PNTL: O Comandante da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), Afonso de Jesus, pediu às comunidades para colaborarem com as autoridades para garantir calma e paz no país. “Os membros da comunidade devem ter uma colaboração forte com a PNTL de modo a garantir a segurança do país,” disse o Comandante Afonso no Sábado (16/2) em Vila Verde, Dili.

Em separado, o Vice-Comandante da PNTL Distrito de Dili, Delfim da Silva, disse que a PNTL praticará uma política de tolerância zero com os que cometem crimes. (STL)

Detida conselheira de Alfredo: O Procurador-Geral identifou uma testemunha ocular das tentativas de assassínio ao PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão em Metiaut na Segunda-feira (11/2). “Das sete testemunhas que chamámos, uma delas é considerada suspeita. Como civil, ela tinha informações mas falhou em passá-las às autoridades adequadas,” disse o Procurador-Geral Longuinhos Monteiro na Segunda-feira (18/2) em Caicoli, Dili. A suspeita está presa na Prisão de Becora e terá uma audiência esta tarde no Tribunal do Distrito de Dili. (STL)

Mal conduzido o ‘Estado de Emergência’: Um deputado do CNRT, Cecilio Caminha, disse que o ‘Estado de Emergência’ foi corrompido pelo Governo. “Eu e os meus amigos estamos realmente desiludidos com a implementação do ‘Estado de Emergência.’

No ‘Estado de Emergência’ não há regras que autorizem o aparelho de segurança a atacar casas de civis à noite, e de proibir as pessoas de fazerem reuniões e manifestações,” disse o Sr. Caminha na Segunda-feira (18/2) no Parlamento Nacional em Dili. O Sr. Caminha disse também que a Missão Integrada da ONU em Timor-Leste (UNMIT) e as Forças Internacionais de Estabilização (ISF) falharam nas suas responsabilidades de dar segurança ao país dado que a segurança internae stá sob a jurisdição da Polícia da ONU e a segurança externa está sob a jurisdição da ISF. (STL)

Lasama emite ultimato para prender Salsinha: O Presidente da República interino Fernando Lasama de Araujo pediu às F-FDTL, PNTL e ISF para prenderem Gastão Salsinha e o seu grupo nos próximos trinta dias. “Como Presidente interino, peço-lhes que os tragam para o tribunal dentro dos próximos trinta dias,” disse o Sr Lasama na Segunda-feira (18/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili. “Não há nenhum militar que queira assassinar o seu Comandante Supremo, o Presidente e chefe do Governo.”

O Presidente interino disse ainda que os mandates de captura não foram emitidos por causa do papel de Salsinha como porta-voz dos peticionários mas por causa do seu envolvimento nos eventos de 11 de Fevereiro. O Sr Lasama disse também que os peticionários arruinaram a sua oportunidade de terem um diálogo construtivo devido as tentativas de assassínio às vidas do PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão. (STL)

PN aceita envolvimento da F-FDTL nas operações: O envolvimento das F-FDTL nas operações em curso para prender os suspeitos das tentativas de assassínio ao PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão foram considerados um passo positivo pelo Parlamento Nacional. O deputado da Fretilin David Dias Ximenes disse que o envolvimento das F-FDTL nesta operação está conforme a constituição de Timor-Leste.

“Na nossa constituição, F-FDTL e PNTL garantem a segurança e estabilidade do país quando a nação está em ‘Estado de Emergência,” disse o Sr. Dias Ximenes.

O deputado Duarte Nunes disse que o envolvimento das F-FDTL pode dar apoio à polícia, ISF e UNPol. “Mesmo apesar da ISF ter armas modernas, não estão familiarizados com o terreno, assim podem trabalhar juntos bem,” disse o Sr. Nunes. (STL)

Seguidores de Alfredo escondem-se em casas particulares: O Comandante das F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak disse que esta é a primeira vez que o Governo de Timor-Leste autorizou as F-FDTL a envolverem-se numa operação como a de encontrar os homens de Alfredo dado que as anteriores operações foram feitas pela ISF. O Comandante TMR disse na Segunda-feira à noite (11/2) que os homens do Alfredo eram suspeitos de estarem perto do Rio Becora e Dare.

“Há pessoas que estão lá escondidas,” disse o Comandante TMR durante uma conferência de imprensa no Sábado (16/2) em Hera. O Comandante disse também que a F-FDTL vai ver as casas dos suspeitos de esconderem os homens de Alfredo (STL)

PM: vamos trabalhar para realizar os pedidos das pessoas: Em resposta a pedidos dalguns membros do governo para realizar-se eleições antecipadas, o Primeiro-Ministro Xanana Gusmão respondeu que a principal prioridade do Governo era continuar a trabalhar para realizar os pedidos da população.

O PM pediu também às pessoas para apoiarem a operação militar contra os homensa de Alfredo e o grupo de Gastão Salsinha’. “Não autorizarei que nenhum grupo armado ou grupo politico destrua esta nação,” disse o PM Xanana. (STL)

Arsenio: AMP responsável pelo incidente em Metiaut: O deputado da Fretilin Arsénio Bano afirmou que o Governo da Aliança da Maioria no Parlamento (AMP) tem a responsabilidade pelas tentativas de assassínio contra o PR José Ramos-Horta e PM Xanana.

“Penso que o Governo da AMP deve assumir a responsabilidade pelos incidentes na Segunda-feira 11 Fevereiro dado que a segurança da nação é coordenada por eles,” disse o Sr. Bano no Parlamento Nacional na Segunda-feira (18/2) em Dili.

O Sr. Bano disse que como nação soberana a segurança e a defesa estão directamente sob a responsabilidade do Estado. Disse ainda que se o governo autorizar as F-FDTL a prenderem os grupos de Alfredo e Salsinha, então não podem afirmar que a ONU tem a responsabilidade da segurança da nação.

O Sr Bano também questionou se a Comissão Internacional de Investigação aos eventos de 11 Fevereiro será ou não criada. “O Alfredo devia estar vivo para dar o seu testemunho em tribunal em relação às suas acusações de o PM Xanana ser o autor da crise de 2006,” disse o Sr. Bano. (DN)

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA – Terça-feira, 19 Fevereiro 2008

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Cobertura de Notícias

Caminho para o diálogo fechado: O Presidente da República interino Fernando Lasama de Araujo disse que o caminho para o diálogo foi fechado pelos peticionários e pelos homens de Alfredo. “As tentativas de assassínio contra o PR Ramos-Horta e PM Xanana fecharam o caminho para o diálogo,” disse o Presidente interino durante uma conferência de imprensa realizada na Segunda-feira (18/2) no Palácio das Cinzas. “Há apenas um caminho agora e esse é o Salsinha e os seus homens entregarem-se eles próprios à justiça.” No encontro estiveram PM Xanana, F-FDTL Comandante TMR, Comandante da ISF James Baker, UNPol e PNTL.

PN vai forçar relatório sobre o 1º ‘Estado de Emergência’: O deputado do CNRT Cecilio Caminha, disse que: “O governo tem que fazer um relatório sobre o primeiro estádio de Estado de Emergência antes de ser dada aprovação ao estádio seguinte.” Disse o Sr Caminha. “Isto porque muitos deputados foram insultados durante o primeiro estádio,” disse Cecilio Caminha no PN.

“Eu e os meus amigos estamos realmente desiludidos com a implementação do ‘Estado de Emergência.’

No ‘Estado de Emergência’ não há regras que autorizem o aparelho de segurança a atacar casas de civis à noite, e a proibir as pessoas de fazerem encontros e manifestações,” disse o Sr. Caminha na Segunda-feira (18/2) no Parlamento Nacional em Dili.

TMR: a população está a esconder os homens de Alfredo: O Comandante da F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak disse que membros da população estão a esconder homens do grupo de Alfredo algures em Camea e Becora até Dare.

“Muita gente ficou nervosa e tensa quando as F-FDTL conduziram as suas operações nas áreas de Camea, Becora, Sabraca laran to Mota Ulun. Isto significa que estão a esconder nas suas casas os homens de Alfredo,” disse o Comandante TMR durante uma conferência de imprensa no Sábado (16/2) em Hera, Dili. O Comandante TMR disse também que as F-FDTL vão ver as casas dos suspeitos de esconderem os homens de Alfredo.

RTL Cobertura de Notícias

Governo envolve F-FDTL em operações conjuntas: O Governo mandou o Comandante das F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak criar um comando conjunto entre as F-FDTL e a PNTL para operações de segurança. O PM Xanana Gusmão disse que a operação de segurança está a ser implementada sob o Decreto do Presidente para o ‘Estado de Emergência’. A operação conjunta sera coordenada com a UNPol e a ISF.

Lao Hamutuk apela sobre Greater Sun Rise: A ONG Lao Hamutuk, apelou ao Governo para preparer recursos humanos adequados antes de começar as explorações da Greater Sun Rise.

Santina Soares, a Representante da Lao Hamutuk, disse que conquanto o gás no Mar de Timor beneficiará os Timorenses, devem ser primeiro preparados o sistema judicial, lei do ambiente e construção de capacidades.

“Trabalhar neste tipo de projectos requer preparativos sólidos antes do projecto poder começar,” disse a Srª. Soares na Segunda-feira (18/2) no Memorial Hall, Dili.

Cobertura Impressa

Afonso: comunidade tem de ajudar a PNTL: O Comandante da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), Afonso de Jesus, pediu às comunidades para colaborarem com as autoridades para garantir calma e paz no país. “Os membros da comunidade devem ter uma colaboração forte com a PNTL de modo a garantir a segurança do país,” disse o Comandante Afonso no Sábado (16/2) em Vila Verde, Dili.

Em separado, o Vice-Comandante da PNTL Distrito de Dili, Delfim da Silva, disse que a PNTL praticará uma política de tolerância zero com os que cometem crimes. (STL)

Detida conselheira de Alfredo: O Procurador-Geral identifou uma testemunha ocular das tentativas de assassínio ao PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão em Metiaut na Segunda-feira (11/2). “Das sete testemunhas que chamámos, uma delas é considerada suspeita. Como civil, ela tinha informações mas falhou em passá-las às autoridades adequadas,” disse o Procurador-Geral Longuinhos Monteiro na Segunda-feira (18/2) em Caicoli, Dili. A suspeita está presa na Prisão de Becora e terá uma audiência esta tarde no Tribunal do Distrito de Dili. (STL)

Mal conduzido o ‘Estado de Emergência’: Um deputado do CNRT, Cecilio Caminha, disse que o ‘Estado de Emergência’ foi corrompido pelo Governo. “Eu e os meus amigos estamos realmente desiludidos com a implementação do ‘Estado de Emergência.’

No ‘Estado de Emergência’ não há regras que autorizem o aparelho de segurança a atacar casas de civis à noite, e de proibir as pessoas de fazerem reuniões e manifestações,” disse o Sr. Caminha na Segunda-feira (18/2) no Parlamento Nacional em Dili. O Sr. Caminha disse também que a Missão Integrada da ONU em Timor-Leste (UNMIT) e as Forças Internacionais de Estabilização (ISF) falharam nas suas responsabilidades de dar segurança ao país dado que a segurança internae stá sob a jurisdição da Polícia da ONU e a segurança externa está sob a jurisdição da ISF. (STL)

Lasama emite ultimato para prender Salsinha: O Presidente da República interino Fernando Lasama de Araujo pediu às F-FDTL, PNTL e ISF para prenderem Gastão Salsinha e o seu grupo nos próximos trinta dias. “Como Presidente interino, peço-lhes que os tragam para o tribunal dentro dos próximos trinta dias,” disse o Sr Lasama na Segunda-feira (18/2) no Palácio das Cinzas Caicoli, Dili. “Não há nenhum militar que queira assassinar o seu Comandante Supremo, o Presidente e chefe do Governo.”

O Presidente interino disse ainda que os mandates de captura não foram emitidos por causa do papel de Salsinha como porta-voz dos peticionários mas por causa do seu envolvimento nos eventos de 11 de Fevereiro. O Sr Lasama disse também que os peticionários arruinaram a sua oportunidade de terem um diálogo construtivo devido as tentativas de assassínio às vidas do PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão. (STL)

PN aceita envolvimento da F-FDTL nas operações: O envolvimento das F-FDTL nas operações em curso para prender os suspeitos das tentativas de assassínio ao PR José Ramos-Horta e PM Xanana Gusmão foram considerados um passo positivo pelo Parlamento Nacional. O deputado da Fretilin David Dias Ximenes disse que o envolvimento das F-FDTL nesta operação está conforme a constituição de Timor-Leste.

“Na nossa constituição, F-FDTL e PNTL garantem a segurança e estabilidade do país quando a nação está em ‘Estado de Emergência,” disse o Sr. Dias Ximenes.

O deputado Duarte Nunes disse que o envolvimento das F-FDTL pode dar apoio à polícia, ISF e UNPol. “Mesmo apesar da ISF ter armas modernas, não estão familiarizados com o terreno, assim podem trabalhar juntos bem,” disse o Sr. Nunes. (STL)

Seguidores de Alfredo escondem-se em casas particulares: O Comandante das F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak disse que esta é a primeira vez que o Governo de Timor-Leste autorizou as F-FDTL a envolverem-se numa operação como a de encontrar os homens de Alfredo dado que as anteriores operações foram feitas pela ISF. O Comandante TMR disse na Segunda-feira à noite (11/2) que os homens do Alfredo eram suspeitos de estarem perto do Rio Becora e Dare.

“Há pessoas que estão lá escondidas,” disse o Comandante TMR durante uma conferência de imprensa no Sábado (16/2) em Hera. O Comandante disse também que a F-FDTL vai ver as casas dos suspeitos de esconderem os homens de Alfredo (STL)

PM: vamos trabalhar para realizar os pedidos das pessoas: Em resposta a pedidos dalguns membros do governo para realizar-se eleições antecipadas, o Primeiro-Ministro Xanana Gusmão respondeu que a principal prioridade do Governo era continuar a trabalhar para realizar os pedidos da população.

O PM pediu também às pessoas para apoiarem a operação militar contra os homensa de Alfredo e o grupo de Gastão Salsinha’. “Não autorizarei que nenhum grupo armado ou grupo politico destrua esta nação,” disse o PM Xanana. (STL)

Arsenio: AMP responsável pelo incidente em Metiaut: O deputado da Fretilin Arsénio Bano afirmou que o Governo da Aliança da Maioria no Parlamento (AMP) tem a responsabilidade pelas tentativas de assassínio contra o PR José Ramos-Horta e PM Xanana.

“Penso que o Governo da AMP deve assumir a responsabilidade pelos incidentes na Segunda-feira 11 Fevereiro dado que a segurança da nação é coordenada por eles,” disse o Sr. Bano no Parlamento Nacional na Segunda-feira (18/2) em Dili.

O Sr. Bano disse que como nação soberana a segurança e a defesa estão directamente sob a responsabilidade do Estado. Disse ainda que se o governo autorizar as F-FDTL a prenderem os grupos de Alfredo e Salsinha, então não podem afirmar que a ONU tem a responsabilidade da segurança da nação.

O Sr Bano também questionou se a Comissão Internacional de Investigação aos eventos de 11 Fevereiro será ou não criada. “O Alfredo devia estar vivo para dar o seu testemunho em tribunal em relação às suas acusações de o PM Xanana ser o autor da crise de 2006,” disse o Sr. Bano. (DN)


* * *

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.