terça-feira, dezembro 19, 2006

Acordo

Comunicado do Conselho de Ministros de 14 de Dezembro de 2006*19. Decreto que aprova o Acordo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Democrática de Timor-Leste no Domínio da Comunicação Social, assinado em Díli, em 22 de Fevereiro de 2006

*
O Acordo tem por objecto a instalação e o desenvolvimento de um projecto que garanta a cobertura de rádio e televisão ao território e populaçãode Timor-Leste, fomentando o acesso ao serviço público de rádio e televisão locais.

Este Acordo visa, deste modo, contribuir para a difusão da língua português e o reforço dos especiais laços de amizade e solidariedade que ligam os dois Estados, bem como para um melhor conhecimento recíproco entre o povo português e o povo timorense e a intensificação das iniciativas que reforcem a cooperação mútua, tendo em vista o desenvolvimento cultural, científico e técnico de Timor-Leste, no quadro do respeito mútuo pelos valores culturais próprios.

.

4 comentários:

Anónimo disse...

É fundamental um canal de televisão nacional em Timor Leste. Para haver um noticiário televisivo nacional que acabe de vez com o boato e o rumor.O boato e o rumor amedrontam e paralisam a iniciativa individiual. E sem esta não há desenvolvimento económico. É preciso uma televisão verdadeiramente nacional que trate as notícias do país de igual modo. As do leste e as do oeste as loromonu e as lorosae. Porque de Timor Leste faz parte um só povo, uma só nação.
Bem haja Ramos Horta por pôr a mexer esse projecto crucial para a democracia timorense.

Olho-Bem-Vivo disse...

Até que enfim surge alguém com visão!

Anónimo disse...

ELECTRICIDADE VS TELEVISÃO
Televisão e rádio, comunicação e informação, formação em todos os lados, boa ideia... assim como será levar a electricidade a todos os lados, ou pelo menos a todas as sedes dos Sucos... para se fazerem ideias, para se reforçar a identidade cultural ... dar condições de fixação nas suas terras e minimizar a migração interna ... mãos à obra companheiros!...

Anónimo disse...

Prioridade eh radio, que eh o meio de comunicacao mais eficaz, depois rede de telemovel em muitas regioes neglegenciadas, DEPOIS, e so depois, televisao

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.