segunda-feira, maio 12, 2008

MARGARIDA VERSUS MARIA - doze pontos a considerar

Blog Timor Lorosae Nação
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Margarida deixou um novo comentário na sua mensagem "DECLARAÇÕES DE LORO HORTA CAUSAM POLÉMICA":
.
Á DÚZIA É MAIS BARATO!
.
Reciclando o que ontem escrevi em diversos comentários e acrescentado umas coisitas, vejamos o rol de alguns dos “crimes” que mais uma escritora a metro - o "outro" era de Km's - acusa ou o Mari ou o seu Governo ou a Fretilin, ou até o Loro:
.
“Tentou retirar das escolas da Igreja Católica o apoio de seis mil professores que leccionam nestas escolas católicas, mas pagos pelo Estado”?

Em que país do mundo o Estado paga professores de escolas particulares? Obviamente que em nenhum, nem se entende porque é TL teria de ser excepção e muito menos se entende a pouca vergonha de tal reivindicação.
.
“Para Loro Horta, tudo deveria ser como a politica de Singapura”?

Claro que sabemos que preferem que seja o FBI e a Polícia Federal Australiana, mas até nisto estão divididos porque há os que preferem a Indonésia, a tal que os massacrava há menos de 10 anos...
.
“Ignorou sempre os meios de comunicação social timorenses, menosprezou-os, nunca lhes concedeu apoio”?

Mas os media Timorenses não são privados?
Porque carga de água é que o Estado devia favorecer empresas privadas? Por serem de comunicação social? Afinal confessam que o Mari não untou a mão dos media, que grande “crime” este!
.
“Alkatiri fez guerra ao Presidente Xanana Gusmão”?

O quê? A esse santíssimo e impolutíssimo PR, o tal que coitado era tão desprendido que nem telemóvel usava? O tal que coitado até passava semanas sem aparecer no gabinete mas que entretanto recebia tudo quanto conspirava contra as forças armadas do seu país?
.
“Demonstrou sempre a sua falta de consideração pelo Lu-Olo”?

Querem ver que afinal foi o Mari que fez aquele discurso de 23 de Junho de 2006, o tal ao povo sofredor, onde falava do saco para a bandeira?
.
“Quando Alkatiri forçou o voto por ‘braço no ar’”?

Desta esqueceram-se de se queixar ao Tribunal de Recurso! Mas eu pergunto-me como é que ele poderia forçar os braços a centenas de delegados ao mesmo tempo? A dois, vá, lá, ainda se entende, mas a centenas e ao mesmo tempo?
.
"Apenas continua a velha onda de Alkatiri, causando desunião política entre os timorenses. O tal acordo de 1 de Maio e a prova disso”?

Um acordo de partidos quando feita pela Fretilin causa "desunião política" e pelo CNRT, não?
.
“A ‘Task Force’ não prendeu ninguém da Fretilin, desde o 11 de Fevereiro, excepto o famoso Teixeira”?

Se sabem que as centenas de pessoas que prenderam não eram da Fretilin é porque as interrogaram sobre isso e isso é muito grave porque é INCONSTITUCIONAL! Alô, Alô as ONG's andam a dormir? Ainda não denunciaram esta grave violação de direitos humanos?
E quanto ao Zé Teixeira, estás à espera do quê para pores um processo em cima da Task Force?
Despacha-te, pá!
.
“Na politica e no poder, usam-se eleições democráticas e regimes democráticos para controlar estas rivalidades naturais e humanas”?

Deve estar pois para muito breve que cumpram a sugestão do líder da AMP, Mário Carrascalão, e que apresentem no Parlamento uma moção de confiança. Eu à cautela, espero sentada...
.
“Copiou-se a Constituição de Portugal mas eliminaram-se todas as hipóteses do Presidente de Timor ter o mesmo poder do de Portugal”?

Em que é que ficamos? Copiaram ou não copiaram a Constituição? Porque se a copiaram os poderes presidenciais serão os mesmos...
.
“Mas criou condições para os seus familiares importarem armas, arroz, combustível, carros, e ganharem todos os concursos públicos de Aprovisionamento.”?

Quanto ao gasóleo e às armas toda a gente se lembra que esses concursos foram feitos pela UNTAET.... mas a pateta confirma que no tempo do Mari havia concursos públicos... agora nem isso há. Agora entregam a mulheres de ministros 2,5 milhões de mão beijada e o monopólio da importação do arroz!
.
“Quem tentou criar o seu exercito privado foi Alkatiri, quando era PM, e criou a URP ou unidade da reserva da policia”?

Novamente é o Mari que paga por uma coisa que a ONU criou e que o então PM Xanana promulgou (a 6/05/2004). Mas esta é uma daquelas histórias “exemplares” destes papagaios: Quando em Janeiro de 2003, milicianos infiltrados através da fronteira com Timor Ocidental atacaram aldeias, mataram populações indefesas, na região de Atsabe, a polícia (só tinha 15 homens com pistolas na zona), não foi capaz de reagir e foram as F-FDTL que actuaram. E isso de imediato levou a acusações de violações dos direitos humanos! E por isso se decidiu a criação da URP, para actuar fora das zonas urbanas, segundo o modelo da «Jungle Police» da Malásia.
Os seus membros foram recrutados no seio da PNTL, deviam ter pelo menos seis meses de serviço e nenhum antecedente disciplinar. Receberam um treino mais puxado, tipo rangers, equipamentos adequados e armas automáticas.
.
Qualquer um que conheça minimamente o desenvolvimento da jovem democracia de TL conhece todas estas coisas e conhece toda esta propaganda mentirosa, repetitiva, parva, sem bases e sem o mínimo de lógica, disparatada, que mais não é que o peixe podre que o Xanana andou anos e anos a fio a vender, apenas para dividir e confundir.

Se em primeira-mão, pela voz do Xanana, isto já era intragável, agora pelas vozes destas propagandistas de meia tigela, começa a causar vómitos a uns, vontade de rir a outros. Não há reciclagens que torne bom o que nunca prestou. Esse lençol é um bom exemplo de má propaganda.

1 comentário:

Matebian disse...

Resposta a MARIA - "Nao e mais que uma propaganda de Alkatiri sob outro nome":

Loro Horta em 2006/2007 escreveu contra Alkatiri. DEcididamente nao eh nenhum propagandista a favor de Alkatiri.

A pessoa que o responde repete acusacoes feitas contra Alkatiri, acusacoes feitas por Xanana Gusmao antes e durante a campanha.

Alkatiri nunca ameacou jornalistas. Quem o fez foi XG.

Acusacoes de que Alkatiri entregava tudo aos familiares? Porque o Governo agora nao publica as auditorias e as investigacoes feitas? Tudo isto so prova que nao passam de propagandas do XG e do seu grupo. Desafiamo-los a publicar as auditorias e as propagandas.

Alkatiri desautorizou Lu Olo? Coitada/o da/o ariticulista! Veja como XG se relaciona com Lasama. Veja tambem como trata o velho Sr Xavier do Amaral e seu partido ASDT! Isto so para dar um exemplo.

Loro Horta deu a cara para apresentar propostas. Quem o responde nao tem a mesma coragem porque necessita ter que responder pelas suas falsas acusacoes a Alkatiri.

Para o/a autor/a, Alkatiri continua a ser quem mexe nos "cordelinhos" do poder. Todos os outros sao marionetes, incluindo o PR Ramos-Horta.

No minimo, o/a autor/a tem mentalidade colonial, racista e mesquinha. Quer servir XG a todo o custo porque beneficia, certamente, da incompetencia de XG e do seu governo.

Sobre apoio a Igreja Catolica, o/a articulista mais uma vez mostra nao estar informado/a ou, intencionalmente, deturpa as verdades. Va aos arquivos da Secretaria de Estado do Conselho de Ministros e veja as actas. Nao fale sem saber.

No tocante aos grupos de artes marciais, se o/a articulista fosse serio/a teria investigado um pouco mais e teria facilmente chegado a conclusao que o KORKA a partir do momento que aderiou a FRETILIN, nunca mais se envolveu em conflitos nem durante a crise de 2006.

URP e uma unidade criada formalmente, com acordo do entao PR. Nasceu para responder a ameacas identicas as de Janeiro e Fevereiro de 2003 em Hatolia, Atsabe e Atabae. Dizer que e um exercito de Alkatiri? Afinal quem garantiu a seguranca ao XG em 2006 e 2007? e Agora? Isto e demais. Nao minta tanto!

PS: Os tais bilhetes pagos pelo governo nunca foram usados e foram devolvidos para reembolso ao estado. Tal processo de reembolso esta neste momento a decorrer.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.