terça-feira, março 25, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Tuesday, 25 March 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any consequence resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL News Coverage


MPs absent with no justification: Related to the unjustified absence of certain members of the National Parliament, the Vice President of the National Parliament, Maria Paixão, has appealed to all MPs to retain their credibility as the peoples’ representative.

“Previously some of us actively criticized other MPs, but right now they are doing what they were criticizing,” said Ms. Paixão.

Separately, Democratic Party MP, Teresa Carvalho, said that some MPs were not turning up to the National Parliament and were getting other MPs to sign in for them.

“Some of the MPs are absent, but are still being signed in by other MPs so that they can receive their full monthly salaries,” said Ms Carvalho on Monday (24/3) in Dili.

UN representatives to work with TL Gov in security areas: A United Nations Delegation [DPKO] held a meeting with the F-FDTL Commander Brigadier General Taur Matan Ruak to discuss security sector reform in Dili.

“We discussed the reform of the security sector. The UN should work with the Government of Timor-Leste to achieve this reform by providing and developing training for the future of security sector of this country,” said Commander Taur Matan Ruak on Monday (24/3) in the Memorial Hall, Dili.

RTL News Coverage

95 IDP Families of Canossa Has Laran camp return home: Ninety five IDP families who were residing at the Canossa Has Laran Camp returned home today (Tuesday, 25/3) after having their data verified by the Ministry of Social and Solidarity.

The families are still waiting to receive the Government’s recovery funds. The Ministry of Social and Solidarity will review its policy on the recovery fund as some IDPs have misused their funds by using the money to throw farewell parties rather than using it to rehabilitate their homes.

Joint Operation conducts community dialogue: The Commander of the Dili District PNTL, Pedro Belo, said that the community dialogue conducted by the F-FDTL/PNTL Joint Operation in Dili has had a good effect and has supported field operations.

According to Commander Belo, community leaders have proposed to conduct such dialogue around the country to create stability. He also said that the dialogue has forced illegal occupants out of houses belonging to IDPs and that local people are ready to welcome the IDPs back to their Bairo.

Print Coverage

Hercules rejects accusations of involvement in February 11: Timorese businessman, Hercules Rosario Marçal, has strongly rejected accusations that he may be investigated in relation to the events of February 11. Hercules has denied any involvement in the events.

Hercules said that he had visited Timor-Leste to look for investment opportunities. “I just laughed when I heard on the news that a politician had mentioned my name in relation to attempts made against PR Horta and PM Xanana. It’s funny. I am a citizen of Indonesia even though I am a Timorese … how could I have bad intentions like that?” said Hercules on Monday (24/3). The politician mentioned is the President of the Social Democratic Party (PSD), Mario Viegas Carrascalão, who had previously stated that the inquiry into February 11 may be broadened to investigate many people, including Hercules.

Hercules said that he would only take the statement seriously if it came from the State of Timor-Leste. “If this is the statement of the Government or PM Xanana Gusmão or PGR Longuinhos Monteiro, then I will be concerned … however this is just from a politician,” said Hercules.

Separately, the Indonesian Embassy in Timor-Leste said that it is too early to determine Hercules’ involvement in the February 11 events. “I think it is too early to conclude this. If Hercules becomes a target of the Prosecutor General for investigation, then this may be considered, but until now it is still just a rumour,” said Vitor Josep Sambuaga, the Second Secretary of Foreign Political Affairs. (TP)

TL presents 6 priorities for Donor’s meeting: The Government of Timor-Leste will present six areas of priority to countries during the Donor meeting to support Timor-Leste held on 28-29 March 2008 in Dili. The Minister of Foreign Affairs, Zacarias Albano da Costa, said that the six priorities include infrastructure, youth support, support to IDPs, petitioners and social packages. Minister Zacarias said that the Donor meeting will be held in the new office of the Ministry of Foreign Affairs in Pantai Kelapa, Dili. (TP)

Bishop Basilio: negotiations with rebels makes a fool of State of Siege: The Bishop of Baucau Diocese, Basilio do Nascimento has criticised the State of Siege, arguing that it is pointless to have a State of Siege if the State is still looking to negotiate with Salsinha. “We established a State of Siege in order to be able to capture Sasinha, and then we go about trying to negotiate with him. With a situation like this, I seriously question the credibility of the State,” said the Bishop. The Bishop made these comments in reference to the meeting held between the Prosecutor General Longuinhos Monteiro and the rebel groups of Alfredo and Salsinha on Thursday (20/3) in Baucau. The Bishop further said that it is a dangerous situation if the leaders responsible for justice act in this manner. (TP)

Gov gives importance to IDPs and petitioners for Donor meeting: The Minister of Foreign Affairs Zacarias Albano da Costa said that the Government of Timor-Leste has prepared six important points to be presented to donor countries during the meeting held in Dili. According to Minister Zacarias, the meeting will determine what areas of the nation’s development will be supported by the donors. (STL)

State of Siege unnecessary: The Social Democratic Party (PSD) MP Mario Viegas Carrascalão has taken a strong stance against the decision of the Government to extend the State of Siege to western districts and to impose a State of Emergency on the eastern districts.

According to Mr Carrascalão, these extensions diminish the credibility of the nation. “I do not agree with a State of Siege just to allow the State to pursue the rebels,” said Mr. Carrascalão. Mr. Carrascalão has also asked Salsinha and his group not to waste time by waiting for the arrival of President Ramos-Horta to surrender.

Separately, Democratic Party MP, Vital dos Santos, has argued that a State of Siege is usually implemented when a nation in threatened by outside forces. He suggested that the Government could still mandate the PNTL and F-FDTL to purse Salsinha and his group without imposing a State of Siege.

Meanwhile, Fretilin MP, Arsenio Bano, said that even though this is the fourth State of Siege, the Government has still been unable to prove who was behind the events of February 11. (STL)

Defence Minister of NZ visits Timor-Leste: The Defence Minister of New Zealand, Phill Goff, is visiting Timor-Leste to discuss the relationship between Timor-Leste and New Zealand. Mr Goff will also visit the New Zealand troops on duty within the International Stabilization Forces. Mr Goff will meet Prime Minister Xanana Gusmão to discuss the relationship between the two nations in the areas of defence and security. There are 150 New Zealand soldiers currently deployed in Timor-Leste. (STL)


National News Sources:
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Terça-feira, 25 Março 2008

"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Não houve Cobertura de Notícias

TVTL Cobertura de Notícias

Deputados ausentes sem justificação: Em relação às ausências não justificadas de alguns membros do Parlamento Nacional, a Vice-Presidente do Parlamento Nacional, Maria Paixão, apelou a todos os deputados para manterem a sua credibilidade como representantes do povo.

“Anteriormente, alguns de nós criticámos outros deputados, mas nesta altura estão a fazer o que criticavam,” disse a Srª. Paixão.

Em separado, a deputada do PD, Teresa Carvalho, disse que alguns deputados não apareciam no Parlamento Nacional e punham outros deputados a assinar por eles.

“Alguns dos deputados estão ausentes, mas outros assinam por eles para que possam receber o salário completo no fim do mês,” disse a Srª Carvalho na Segunda-feira (24/3) em Dili.

Representantes da ONU trabalham com o Governo de TL em áreas da segurança: Uma delegação da ONU [DPKO] teve um encontro com o Comandante das F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak para discutir a reforma do sector da segurança em Dili.

“Discutimos a reforma do sector da segurança. A ONU deve trabalhar com o Governo de Timor-Leste para alcançar esta reforma providenciando e desenvolvendo formação para o futuro do sector da segurança deste país,” disse o Comandante Taur Matan Ruak na Segunda-feira (24/3) no Memorial Hall, Dili.

RTL Cobertura de Notícias

95 Famílias de deslocados do Campo de Canossa Has Laran voltaram a casa: Noventa e cinco famílias que viviam no Campo de Canossa Has Laran voltaram hoje a casa (Terça-feira, 25/3) depois de terem a sua informação verificada pelo Ministério da Solidariedade Social.

As famílias estão ainda à espera de receber o fundo de recuperação do Governo. O Ministério da Solidariedade Social vai rever a sua política sobre o fundo de recuperação dado que alguns deslocados usaram mal o dinheiro ao darem festas de despedidas em vez de o usarem para recuperar as casas.

Operação Conjunta conduz diálogo comunitário: O Comandante da PNTL do Distrito de Dili , Pedro Belo, disse que o diálogo comunitário conduzido pela Operação Conjunta F-FDTL/PNTL em Dili teve um bom efeito e apoiou as operações de campo.

De acordo com o Comandante Belo, líderes da comunidade propuseram a condução de tais diálogos pelo país para criar estabilidade. Disse também que o diálogo tem forçado ocupantes ilegais a saírem de casas que pertencem a deslocados e que as pessoas locais estão prontas a darem as boas vindas aos deslocados nos seus Bairros.

Cobertura Impressa

Hercules rejeita acusações de envolvimento no 11 de Fevereiro: O homem de negócios Timorense, Hércules Rosário Marçal, rejeitou fortemente as acusações que pode ser investigado em relação aos eventos de 11 de Fevereiro. Hércules tem negado qualquer envolvimento nos eventos.

Hércules disse que tinha visitado Timor-Leste para procurar oportunidades de investimento. “Apenas me ri quando ouvi as notícias que um político tinha mencionado o meu nome em relação com os atentados feitos contra PR Horta e PM Xanana. É engraçado. Sou um cidadão da Indonésia mesmo apesar de ser Timorense … como é que podia ter essas más intenções?” disse Hércules na Segunda-feira (24/3). O político mencionado é o Presidente do PSD, Mário Viegas Carrascalão, que anteriormente tinha afirmado que o inquérito ao 11 de Fevereiro pode ser alargado para investigar muita gente, incluindo Hércules.

Hércules disse que apenas tomará a afirmação com seriedade se vier do Estado de Timor-Leste. “Se isso for uma declaração do PM Xanana Gusmão ou PGR Longuinhos Monteiro, estão ficarei preocupado … enquanto que esta é apenas dum político,” disse Hércules.

Em separado, a Embaixada Indonésia em Timor-Leste disse que é demasiado cedo para determinar o envolvimento de Hércules nos eventos de 11 de Fevereiro. “Penso que é demasiado cedo para concluir isso. Se Hércules se tornar um alvo do Procurador-Geral para a investigação, então pode ser considerado, mas até agora isso é apenas um rumor,” disse Vitor Josep Sambuaga, o Segundo Secretário dos Assuntos Políticos Estrangeiros. (TP)

TL apresenta 6 prioridades para o encontro dos Dadores: O Governo de Timor-Leste apresentará seis áreas prioritárias aos países durante o encontro de Dadores para apoiar Timor-Leste a realizar em 28-29 Março 2008 em Dili. O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Zacarias Albano da Costa, disse que as seis prioridades incluem infraestruturas, apoio à juventude, apoio a deslocados, peticionários e pacote social. O Ministro Zacarias disse que o encontro de Dadores se realizará no novo gabinete do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Pantai Kelapa, Dili. (TP)

Bispo Basílio: negociações com amotinados fazem do Estado de Sítio uma tolice: O Bispo da Diocese de Baucau, Basílio do Nascimento criticou o Estado de Sítio, argumentando que não faz sentido ter um Estado de Sítio se o Estado ainda procura negociar com Salsinha. “Estabelecemos um Estado de Sítio para sermos capazes de capturar Sasinha, e depois andamos às voltas a tentar negociar com ele. Com uma situação como esta, questiona seriamente a credibilidade do Estado,” disse o Bispo. O Bispo fez estes comentários em referência ao encontro realizado entre o Procurador-Geral Longuinhos Monteiro e o grupo dos amotinados de Alfredo e Salsinha na Quinta-feira (20/3) em Baucau. O Bispo disse também que esta é uma situação perigosa se os líderes responsáveis pela justiça actuam desta maneira. (TP)

Governo dá importância a deslocados e peticionários para o encontro de dadores: O Ministro dos Negócios Estrangeiros Zacarias Albano da Costa disse que o Governo de Timor-Leste tem preparado seis pontos importantes para apresentar aos países dadores durante o encontro a realizar em Dili. De acordo com o Ministro Zacarias, o encontro determinará que áreas do desenvolvimento da nação serão apoiadas pelos dadores. (STL)

Estado de Sítio desnecessário: O deputado do PSD Mário Viegas Carrascalão tomou uma posição forte contra a decisão do Governo de prolongar o Estado de Sítio aos distritos do oeste e impor um Estado de Emergência aos distritos do leste.

De acordo com o Sr Carrascalão, esses prolongamentos diminuem a credibilidade da nação. “Não concordo com o Estado de Sítio apenas para permitir que o Estado persiga os amotinados,” disse o Sr. Carrascalão. O Mr. Carrascalão pediu também ao Salsinha e ao seu grupo para não perderem tempo à espera da chegada do Presidente Ramos-Horta para se render.

Em separado, o deputado do PD, Vital dos Santos, argumentou que um Estado de Sítio é geralmente implementado quando uma nação é ameaçada por forças exteriores. Sugeriu que o Governo pode ainda mandatar a PNTL e a F-FDTL a perseguirem Salsinha e o seu grupo sem impor um Estado de Sítio.

Entretanto, o deputado da Fretilin, Arsénio Bano, disse que mesmo apesar deste ser o quarto Estado de Sítio, o Governo não foi ainda capaz de provar quem esteve por detrás dos eventos de 11 de Fevereiro. (STL)

Ministro da Defeda da NZ visita Timor-Leste: O Ministro da Defesa da Nova Zelândia, Phill Goff, está de visita a Timor-Leste para discutir as relações entre Timor-Leste e a Nova Zelândia. O Sr Goff visitará também as tropas da Nova Zelândia em serviço na Força Internacional de Estabilização. O Sr Goff vai-se encontrar com o Primeiro-Ministro Xanana Gusmão para discutir as relações entre as duas nações nas áreas da defesa e segurança. Há 150 soldados da Nova Zelândia correntemente destacados em Timor-Leste. (STL)


Fontes de Notícias Nacionais
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

2 comentários:

Anónimo disse...

There are 150 New Zealand soldiers currently deployed in Timor-Leste.

RETIRAM ESTAO LA SO PARA LANCAR CONFUSAO E DESTABILIZACAO

Nao fizeram nada estes dois anos estavam dar a mama ao Alfredo e o seu grupo.
So FDTL E PNTl que nos confiamos

Adeus

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Terça-feira, 25 Março 2008
"A UNMIT não assume qualquer responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seus conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT seja de forma expressa ou implícita. A UNMIT não será responsável por qualquer consequência resultante da publicação, ou da confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Não houve Cobertura de Notícias

TVTL Cobertura de Notícias

Deputados ausentes sem justificação: Em relação às ausências não justificadas de alguns membros do Parlamento Nacional, a Vice-Presidente do Parlamento Nacional, Maria Paixão, apelou a todos os deputados para manterem a sua credibilidade como representantes do povo.

“Anteriormente, alguns de nós criticámos outros deputados, mas nesta altura estão a fazer o que criticavam,” disse a Srª. Paixão.

Em separado, a deputada do PD, Teresa Carvalho, disse que alguns deputados não apareciam no Parlamento Nacional e punham outros deputados a assinar por eles.

“Alguns dos deputados estão ausentes, mas outros assinam por eles para que possam receber o salário completo no fim do mês,” disse a Srª Carvalho na Segunda-feira (24/3) em Dili.

Representantes da ONU trabalham com o Governo de TL em áreas da segurança: Uma delegação da ONU [DPKO] teve um encontro com o Comandante das F-FDTL Brigadeiro General Taur Matan Ruak para discutir a reforma do sector da segurança em Dili.

“Discutimos a reforma do sector da segurança. A ONU deve trabalhar com o Governo de Timor-Leste para alcançar esta reforma providenciando e desenvolvendo formação para o futuro do sector da segurança deste país,” disse o Comandante Taur Matan Ruak na Segunda-feira (24/3) no Memorial Hall, Dili.

RTL Cobertura de Notícias

95 Famílias de deslocados do Campo de Canossa Has Laran voltaram a casa: Noventa e cinco famílias que viviam no Campo de Canossa Has Laran voltaram hoje a casa (Terça-feira, 25/3) depois de terem a sua informação verificada pelo Ministério da Solidariedade Social.

As famílias estão ainda à espera de receber o fundo de recuperação do Governo. O Ministério da Solidariedade Social vai rever a sua política sobre o fundo de recuperação dado que alguns deslocados usaram mal o dinheiro ao darem festas de despedidas em vez de o usarem para recuperar as casas.

Operação Conjunta conduz diálogo comunitário: O Comandante da PNTL do Distrito de Dili , Pedro Belo, disse que o diálogo comunitário conduzido pela Operação Conjunta F-FDTL/PNTL em Dili teve um bom efeito e apoiou as operações de campo.

De acordo com o Comandante Belo, líderes da comunidade propuseram a condução de tais diálogos pelo país para criar estabilidade. Disse também que o diálogo tem forçado ocupantes ilegais a saírem de casas que pertencem a deslocados e que as pessoas locais estão prontas a darem as boas vindas aos deslocados nos seus Bairros.

Cobertura Impressa

Hercules rejeita acusações de envolvimento no 11 de Fevereiro: O homem de negócios Timorense, Hércules Rosário Marçal, rejeitou fortemente as acusações que pode ser investigado em relação aos eventos de 11 de Fevereiro. Hércules tem negado qualquer envolvimento nos eventos.

Hércules disse que tinha visitado Timor-Leste para procurar oportunidades de investimento. “Apenas me ri quando ouvi as notícias que um político tinha mencionado o meu nome em relação com os atentados feitos contra PR Horta e PM Xanana. É engraçado. Sou um cidadão da Indonésia mesmo apesar de ser Timorense … como é que podia ter essas más intenções?” disse Hércules na Segunda-feira (24/3). O político mencionado é o Presidente do PSD, Mário Viegas Carrascalão, que anteriormente tinha afirmado que o inquérito ao 11 de Fevereiro pode ser alargado para investigar muita gente, incluindo Hércules.

Hércules disse que apenas tomará a afirmação com seriedade se vier do Estado de Timor-Leste. “Se isso for uma declaração do PM Xanana Gusmão ou PGR Longuinhos Monteiro, estão ficarei preocupado … enquanto que esta é apenas dum político,” disse Hércules.

Em separado, a Embaixada Indonésia em Timor-Leste disse que é demasiado cedo para determinar o envolvimento de Hércules nos eventos de 11 de Fevereiro. “Penso que é demasiado cedo para concluir isso. Se Hércules se tornar um alvo do Procurador-Geral para a investigação, então pode ser considerado, mas até agora isso é apenas um rumor,” disse Vitor Josep Sambuaga, o Segundo Secretário dos Assuntos Políticos Estrangeiros. (TP)

TL apresenta 6 prioridades para o encontro dos Dadores: O Governo de Timor-Leste apresentará seis áreas prioritárias aos países durante o encontro de Dadores para apoiar Timor-Leste a realizar em 28-29 Março 2008 em Dili. O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Zacarias Albano da Costa, disse que as seis prioridades incluem infraestruturas, apoio à juventude, apoio a deslocados, peticionários e pacote social. O Ministro Zacarias disse que o encontro de Dadores se realizará no novo gabinete do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Pantai Kelapa, Dili. (TP)

Bispo Basílio: negociações com amotinados fazem do Estado de Sítio uma tolice: O Bispo da Diocese de Baucau, Basílio do Nascimento criticou o Estado de Sítio, argumentando que não faz sentido ter um Estado de Sítio se o Estado ainda procura negociar com Salsinha. “Estabelecemos um Estado de Sítio para sermos capazes de capturar Sasinha, e depois andamos às voltas a tentar negociar com ele. Com uma situação como esta, questiona seriamente a credibilidade do Estado,” disse o Bispo. O Bispo fez estes comentários em referência ao encontro realizado entre o Procurador-Geral Longuinhos Monteiro e o grupo dos amotinados de Alfredo e Salsinha na Quinta-feira (20/3) em Baucau. O Bispo disse também que esta é uma situação perigosa se os líderes responsáveis pela justiça actuam desta maneira. (TP)

Governo dá importância a deslocados e peticionários para o encontro de dadores: O Ministro dos Negócios Estrangeiros Zacarias Albano da Costa disse que o Governo de Timor-Leste tem preparado seis pontos importantes para apresentar aos países dadores durante o encontro a realizar em Dili. De acordo com o Ministro Zacarias, o encontro determinará que áreas do desenvolvimento da nação serão apoiadas pelos dadores. (STL)

Estado de Sítio desnecessário: O deputado do PSD Mário Viegas Carrascalão tomou uma posição forte contra a decisão do Governo de prolongar o Estado de Sítio aos distritos do oeste e impor um Estado de Emergência aos distritos do leste.

De acordo com o Sr Carrascalão, esses prolongamentos diminuem a credibilidade da nação. “Não concordo com o Estado de Sítio apenas para permitir que o Estado persiga os amotinados,” disse o Sr. Carrascalão. O Mr. Carrascalão pediu também ao Salsinha e ao seu grupo para não perderem tempo à espera da chegada do Presidente Ramos-Horta para se render.

Em separado, o deputado do PD, Vital dos Santos, argumentou que um Estado de Sítio é geralmente implementado quando uma nação é ameaçada por forças exteriores. Sugeriu que o Governo pode ainda mandatar a PNTL e a F-FDTL a perseguirem Salsinha e o seu grupo sem impor um Estado de Sítio.

Entretanto, o deputado da Fretilin, Arsénio Bano, disse que mesmo apesar deste ser o quarto Estado de Sítio, o Governo não foi ainda capaz de provar quem esteve por detrás dos eventos de 11 de Fevereiro. (STL)

Ministro da Defeda da NZ visita Timor-Leste: O Ministro da Defesa da Nova Zelândia, Phill Goff, está de visita a Timor-Leste para discutir as relações entre Timor-Leste e a Nova Zelândia. O Sr Goff visitará também as tropas da Nova Zelândia em serviço na Força Internacional de Estabilização. O Sr Goff vai-se encontrar com o Primeiro-Ministro Xanana Gusmão para discutir as relações entre as duas nações nas áreas da defesa e segurança. Há 150 soldados da Nova Zelândia correntemente destacados em Timor-Leste. (STL)


Fontes de Notícias Nacionais
Televizaun Timor-Leste (TVTL)
Radio Timor-Leste (RTL)
Timor Post (TP)
Suara Timor Lorosae (STL)
Diario Nacional (DN)

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.