sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Correcção à notícia da LUSA:

Apesar do interrogatório ter ocorrido nas instalações do Tribunal de Recurso, foi o Juiz Ivo Rosa, que revogou a prisão preventiva dos cinco co-arguidos do processo de Alfredo Reinado, assim como aos outros dois que estavam em prisão preventiva na prisão de Becora.

É que o Tribunal de Díli está em obras e a audiência fez-se no Tribunal de Recurso. Mas não foi uma decisão do Tribunal de Recurso, que revogou as prisões preventivas, como afirma a LUSA.

1 comentário:

h correia disse...

Com efeito, e como eu já referi algumas vezes neste blog, qualquer revogação das medidas de coacção aplicadas anteriormente aos arguidos é da competência exclusiva do juíz titular do processo.

Neste caso concreto, a prisão preventiva justificava-se enquanto Reinado era vivo e representava uma ameaça à segurança do Estado, de bens e de vidas.

Do mesmo modo, a recente revogação ou substituição da prisão preventiva por uma medida menos restritiva é perfeitamente adequada às novas circunstâncias, visto que Reinado morreu e os seus cúmplices se entregaram pacificamente à polícia, não revelando intenção de continuar as acções criminosas de que são acusados.

Ao contrário do que apregoavam certos profetas da desgraça, não houve nenhum levantamento popular nem guerra civil. O povo está farto de guerras e estes aventureiros não têm nenhum apoio.

Está é por descobrir quem manipulou estes desgraçados para obter dividendos políticos e os abandonou quando as coisas começaram a dar para o torto.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.