quinta-feira, janeiro 17, 2008

UNMIT – MEDIA MONITORING - Wednesday, 16 January 2008

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any conseque6nce resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL news coverage

The ISF will not arrest Alfredo Reinado: The Commander of the International Stabilization Forces (ISF), Brigadier General, John Hutcheson, said they will not carry out the arrest warrant issued by the court to capture rebel leader, Alfredo Reinado Alves and his followers.

The commander said they will not implement the arrest warrant issued by the court because they do not want intervene in the internal problems of the country.

Hutcheson made the comments yesterday during a press conference held at the ISF base in Caicoli, Dili.

RTL news coverage

70 victims natural disaster in Lautem have no emergency assistance: Seventy victims of natural disaster in Lautem, namely heavy rainfall and storms over the last week, have not yet received any emergency assistance from the government.

The Social officer of Lautem district has been gathering data on the victims, yet still no emergency assistance has arrived.

President Ramos-Horta asked all of the stakeholders in the country to watch out as the peace is not stable: President Ramos-Horta asked the different bodies that make up the country to watch out as the peace is not stable.

President Ramos-Horta said that the instability comes from fragile institutions and the lingering effects of the violence of the crisis.

* * *


ISF sends soldiers to Suai; not a show of force

The Commander of the International Security Forces (ISF) in Timor-Leste - John Hutchison - said that he has sent soldiers to Suai, Covalima district, to provide security; in western and eastern parts of the country.

Brigadier Hutchison said that the people in Suai had been informed prior to the deployment and added that the ISF is trying to contribute to development in the communities.
Brigadier Hutchison also said that since the security situation of the country as a whole has been calm, it is now important to encourage peace in the communities. (STL)

Timor-Leste still needs the UN Mission

The President of the Millenium Democratic Party and the Spokesperson of the Progressive Democratic League, Hermenegildo ‘Kupa’, said that the presence of the United Nations (UN) is still needed even though its mandate will end in February 2008.

“I think this nation still needs the UN mission, UNMIT, to continue its mission in Timor-Leste.

Their presence is needed in the case of Alfredo and the petitioners. We would not be able to solve the problem without their presence in the country if the dialogue were to end in deadlock.

We do need a UN presence, but we also need to know what the mission’s goals are, it shouldn’t just be extended,” said Mr. ‘Kupa’ on Tuesday (15/1) in Hotel Timor, Dili. (STL)

Borges: Horta-Alfredo dialogue is constitutional

The Member of the National Parliament from the National Unity Party (PUN) Fernanda Borges said that the position of President (PR) José Ramos-Horta to build dialogue with Alfredo Reinado and his groups is constitutional.

“Based on the constitution, the PR is obliged to stabilize the situation of the country. Since Alfredo’s case is about national stability, the PR has the right to intervene,” said Ms. Borges on Tuesday (15/1) in the NP, Dili. (STL)

SRSG Atul Khare asks CNE to improve its technical work

Before working on elections for local chiefs this year, the Special Representative of Secretary-General (SRSG) for Timor-Leste and the head of UNMIT, Atul Khare, advised the National Commission of Elections (CNE) to improve its technical work.

“In my opinion, there are no successful elections in the world which are prepared in a short space of time…

The elections went peacefully and were free and fair, because of the contribution of CNE and others, including political leaders. In comparison with other nations, the contribution of every part of the country guaranteed the quality of the elections in Timor-Leste.

You could say that CNE’s success made the UN proud of Timor-Leste,” said the SRSG Atul Khare on Tuesday (15/1) at the ceremony launching CNE’s book in Hotel Timor, Dili.

This year Timor-Leste will hold elections for local chiefs and UNMIT has identified who they will provide to support CNE in the coming elections. (STL and TP)

AMP: asks Alfredo to bring Xanana’s case to court

A Member of the NP from the Alliance asked Alfredo Reinado to go to court and present his evidence that former President Xanana Gusmão is author of the 2006 crisis.

MP Cecilio Caminha from CNRT said that as a representative of the people, he is asking Alfredo to provide evidence to back up accusations made against Xanana Gusmao in his video and elsewhere.

“100% I am provoking Alfredo. I am provoking him to come to court to present the evidence that he has. Better to declare it court than just shout and confuse people. I am not standing up for Xanana, but I don’t want CNRT’s name spoiled,” said Mr. Caminha in the NP, Dili. (TP)

Xanana: “If there’s instability in TL, we will arrest the media”

Prime Minister (PM) Xanana Gusmão threatened that he would arrest the media if instability occurs in the country.

PM Xanana asked the media to work responsibly based on the prevailing atmosphere.

“You are responsible for the atmosphere in the country, whether it feels stable or unstable…you used to visit Alfredo, and you would close your eyes to others. That is why, if there is instability, in this country, we will arrest you,” said PM Xanana on Tuesday (15/1) in the Ministry of Solidarity in Caicoli, Dili.

The PM asked the media to be professional and to cross-check its information before disseminating it to the public. (TP and DN)

Commander Hutchison: “Only the Government can explain the Court decision on Alfredo”
The Commander of the International Security Forces (ISF) in Timor-Leste, John Hutchison said that the ISF mission in Timor-Leste will not involve itself in all the problems being faced by the country, but will follow the correct processes to guarantee the security and stability of Timor-Leste.

Commander Hutchison also said that ISF mission should do its job as requested by the government of Timor-Leste, and that it has a commitment to maintaining stability in the country. (DN)

Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Quarta-feira, 16 Janeiro 2008

"A UNMIT não assume nenhuma responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e o conteúdo deles não indicam apoio ou endosso pela UNMIT expresso ou implícito. A UNMIT não sera responsável por qualquer consequência que resulte da publicação de, ou pela confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL cobertura de notícias

A ISF não prenderá Alfredo Reinado: O Comandante das Forças Internacionais de Estabilização (ISF), Brigadeiro General, John Hutcheson, disse que não executarão o mandato de prisão emitido pelo tribunal para capturar o líder amotinado, Alfredo Reinado Alves e os seus seguidores.

O comandante disse que não implementarão o mandato de prisão emitido pelo tribunal porque não querem intervir nos problemas internos do país.

Hutcheson fez os comentários ontem durante a conferência de imprensa realizada na base das ISF em Caicoli, Dili.

RTL cobertura de notícias

70 vítimas de desastre natural em Lautem não têm assistência de emergência: Setenta vítimas de desastre natural em Lautem, nomeadamente de queda de chuva forte e temporais na semana passada, não receberam ainda assistência de emergência do governo.

O assistente Social do distrito de Lautem tem estado a juntar as informações sobre as vítimas, mesmo assim a assistência de emergência ainda não chegou.

Presidente Ramos-Horta pede a todas as partes no país para estarem atentos porque a paz não está estável:
O Presidente Ramos-Horta pediu aos diferentes órgãos que fazem o país para estarem atentos porque a paz não está estável.

O Presidente Ramos-Horta disse que a instabilidade vem das instituições frágeis e dos efeitos que se arrastam da violência da crise.

* * *


ISF manda soldados para Suai; não é uma prova de força

O Comandante das Forças Internacionais de Segurança (ISF) em Timor-Leste - John Hutchison - disse que mandou soldados para Suai, distrito de Covalima, para fazerem segurança, nas partes do oeste e leste do país.

O Brigadeiro Hutchison disse que as pessoas em Suai tinham sido antes informadas do destacamento e acrescentou que a ISF está a tentar contribuir para o desenvolvimento nas comunidades.
O Brigadeiro Hutchison disse ainda que a situação da segurança do país no geral tem estado calma, é agora importante encorajar a paz nas comunidades. (STL)

Timor-Leste precisa ainda da Missão da ONU

O Presidente do Partido Democrático Millenium e o porta-voz da Liga Progressiva Democrática, Hermenegildo ‘Kupa’, disseram que é ainda necessária a presença das Nações Unidas (ONU) mesmo apesar do seu mandato acabar no fim de Fevereiro de 2008.

“Penso que esta nação precisa ainda da missão da ONU, UNMIT, para continuar a sua missão em Timor-Leste.

A presença deles é necessária no caso de Alfredo e dos peticionários. Não seremos capazes de resolver o problema sem a presença deles no país se o diálogo acabar num beco sem saída.

Precisamos da presença da OMU e precisamos também de conhecer quais são os objectivos da missão, essa não devia ser apenas prolongada,” disse o Sr. ‘Kupa’ na Terça-feira (15/1) no Hotel Timor, Dili. (STL)

Borges: diálogo Horta-Alfredo é constitucional

A deputada do Parlamento Nacional do PUN Fernanda Borges disse que a posição do Presidente (PR) José Ramos-Horta de construir diálogo com o Alfredo Reinado e o seu grupo é constitucional.

“Com base na constituição o PR é obrigado a estabilizar a situação do país. Visto que o caso de Alfredo tem a ver com a estabilidade nacional, o PR tem o direito de intervir,” disse a Srª. Borges na Terça-feira (15/1) no PN, Dili. (STL)

SRSG Atul Khare pede à CNE para melhorar o trabalho técnico

Antes de trabalhar para as eleições para as chefias locais este ano, o Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste e chefe da UNMIT, Atul Khare, aconselhou a Comissão Nacional de Eleições (CNE) a melhorar o seu trabalho técnico.

“Na minha opinião, não há eleições com sucesso no mundo que sejam preparadas num curto período de tempo …

As eleições correram pacificamente e foram livres e justas, por causa da contribuição da CNE e outros, incluindo líderes políticos. Em comparação com outras nações, a contribuição de cada parte do país garantiu a qualidade das eleições em Timor-Leste.

Podem dizer que o sucesso da CNE fez a ONU ter orgulho de Timor-Leste,” disse o SRSG Atul Khare na Terça-feira (15/1) na cerimónia de lançamento do livro da CNE no Hotel Timor, Dili.

Este ano Timor-Leste terá eleições para chefes locais e a UNMIT identificou quem vão dar para apoiar a CNE nas próximas eleições. (STL e TP)

AMP: pede ao Alfredo para levar o caso de Xanana ao tribunal

Um deputado do ON da Aliança pediu a Alfredo Reinado para ir a tribunal e apresentar evidência que o antigo Presidente Xanana Gusmão é o autor da crise de 2006.

O deputado Cecilio Caminha do CNRT disse que como representante do povo, pede ao Alfredo para apresentar as provas para suportar as acusações feitas contra Xanana Gusmão no seu vídeo e noutros sítios.

“Estou a provocar Alfredo a 100%. Estou a provocá-lo para ir a tribunal para apresentar as provas que ele tem. É melhor falar no tribunal do que apenas gritar e confundir as pessoas. Não me estou a levantar por Xanana, mas não quero o nome do CNRT emporcalhado,” disse o Sr. Caminha no PN, Dili. (TP)

Xanana: “Se houver instabilidade em TL, prenderemos os jornalistas”

O Primeiro-Ministro (PM) Xanana Gusmão ameaçou que prenderia os jornalistas se ocorrer instabilidade no país.

O PM Xanana pediu aos media para trabalharem responsavelmente baseados na atmosfera prevalecente.

“São responsáveis pela atmosfera no país, se o país se sente estável ou instável …vocês costumavam visitar o Alfredo, e fechar os olhos a outros. É por causa disso, que se houver instabilidade neste país que os prenderemos,” disse o PM Xanana na Terça-feira (15/1) no Ministério da Solidariedade em Caicoli, Dili.

O PM pediu aos media para serem profissionais e para cruzarem e confirmarem a sua informação antes de a disseminarem para o público. (TP e DN)

Comandante Hutchison: “Apenas o Governo pode explicar a decisão do Tribunal sobre Alfredo”
O Comandante das Forças Internacionais de Segurança (ISF) em Timor-Leste, John Hutchison disse que a missão da ISF em Timor-Leste não se envolverá ela própria em todos os problemas com que o país está confrontado, mas seguirá o processo correcto para garantir a segurança e estabilidade de Timor-Leste.

O Comandante Hutchison disse também que a missão da ISF deve trabalhar conforme o governo de Timor-Leste lhe pedir, e que tem um compromisso para manter a estabilidade no país. (DN)

1 comentário:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÃO DOS MEDIA - Quarta-feira, 16 Janeiro 2008
"A UNMIT não assume nenhuma responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e o conteúdo deles não indicam apoio ou endosso pela UNMIT expresso ou implícito. A UNMIT não sera responsável por qualquer consequência que resulte da publicação de, ou pela confiança em tais artigos e traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL cobertura de notícias

A ISF não prenderá Alfredo Reinado: O Comandante das Forças Internacionais de Estabilização (ISF), Brigadeiro General, John Hutcheson, disse que não executarão o mandato de prisão emitido pelo tribunal para capturar o líder amotinado, Alfredo Reinado Alves e os seus seguidores.

O comandante disse que não implementarão o mandato de prisão emitido pelo tribunal porque não querem intervir nos problemas internos do país.

Hutcheson fez os comentários ontem durante a conferência de imprensa realizada na base das ISF em Caicoli, Dili.

RTL cobertura de notícias

70 vítimas de desastre natural em Lautem não têm assistência de emergência: Setenta vítimas de desastre natural em Lautem, nomeadamente de queda de chuva forte e temporais na semana passada, não receberam ainda assistência de emergência do governo.

O assistente Social do distrito de Lautem tem estado a juntar as informações sobre as vítimas, mesmo assim a assistência de emergência ainda não chegou.

Presidente Ramos-Horta pede a todas as partes no país para estarem atentos porque a paz não está estável:
O Presidente Ramos-Horta pediu aos diferentes órgãos que fazem o país para estarem atentos porque a paz não está estável.

O Presidente Ramos-Horta disse que a instabilidade vem das instituições frágeis e dos efeitos que se arrastam da violência da crise.

* * *


ISF manda soldados para Suai; não é uma prova de força

O Comandante das Forças Internacionais de Segurança (ISF) em Timor-Leste - John Hutchison - disse que mandou soldados para Suai, distrito de Covalima, para fazerem segurança, nas partes do oeste e leste do país.

O Brigadeiro Hutchison disse que as pessoas em Suai tinham sido antes informadas do destacamento e acrescentou que a ISF está a tentar contribuir para o desenvolvimento nas comunidades.
O Brigadeiro Hutchison disse ainda que a situação da segurança do país no geral tem estado calma, é agora importante encorajar a paz nas comunidades. (STL)

Timor-Leste precisa ainda da Missão da ONU

O Presidente do Partido Democrático Millenium e o porta-voz da Liga Progressiva Democrática, Hermenegildo ‘Kupa’, disseram que é ainda necessária a presença das Nações Unidas (ONU) mesmo apesar do seu mandato acabar no fim de Fevereiro de 2008.

“Penso que esta nação precisa ainda da missão da ONU, UNMIT, para continuar a sua missão em Timor-Leste.

A presença deles é necessária no caso de Alfredo e dos peticionários. Não seremos capazes de resolver o problema sem a presença deles no país se o diálogo acabar num beco sem saída.

Precisamos da presença da OMU e precisamos também de conhecer quais são os objectivos da missão, essa não devia ser apenas prolongada,” disse o Sr. ‘Kupa’ na Terça-feira (15/1) no Hotel Timor, Dili. (STL)

Borges: diálogo Horta-Alfredo é constitucional

A deputada do Parlamento Nacional do PUN Fernanda Borges disse que a posição do Presidente (PR) José Ramos-Horta de construir diálogo com o Alfredo Reinado e o seu grupo é constitucional.

“Com base na constituição o PR é obrigado a estabilizar a situação do país. Visto que o caso de Alfredo tem a ver com a estabilidade nacional, o PR tem o direito de intervir,” disse a Srª. Borges na Terça-feira (15/1) no PN, Dili. (STL)

SRSG Atul Khare pede à CNE para melhorar o trabalho técnico

Antes de trabalhar para as eleições para as chefias locais este ano, o Representante Especial do Secretário-Geral (SRSG) para Timor-Leste e chefe da UNMIT, Atul Khare, aconselhou a Comissão Nacional de Eleições (CNE) a melhorar o seu trabalho técnico.

“Na minha opinião, não há eleições com sucesso no mundo que sejam preparadas num curto período de tempo …

As eleições correram pacificamente e foram livres e justas, por causa da contribuição da CNE e outros, incluindo líderes políticos. Em comparação com outras nações, a contribuição de cada parte do país garantiu a qualidade das eleições em Timor-Leste.

Podem dizer que o sucesso da CNE fez a ONU ter orgulho de Timor-Leste,” disse o SRSG Atul Khare na Terça-feira (15/1) na cerimónia de lançamento do livro da CNE no Hotel Timor, Dili.

Este ano Timor-Leste terá eleições para chefes locais e a UNMIT identificou quem vão dar para apoiar a CNE nas próximas eleições. (STL e TP)

AMP: pede ao Alfredo para levar o caso de Xanana ao tribunal

Um deputado do ON da Aliança pediu a Alfredo Reinado para ir a tribunal e apresentar evidência que o antigo Presidente Xanana Gusmão é o autor da crise de 2006.

O deputado Cecilio Caminha do CNRT disse que como representante do povo, pede ao Alfredo para apresentar as provas para suportar as acusações feitas contra Xanana Gusmão no seu vídeo e noutros sítios.

“Estou a provocar Alfredo a 100%. Estou a provocá-lo para ir a tribunal para apresentar as provas que ele tem. É melhor falar no tribunal do que apenas gritar e confundir as pessoas. Não me estou a levantar por Xanana, mas não quero o nome do CNRT emporcalhado,” disse o Sr. Caminha no PN, Dili. (TP)

Xanana: “Se houver instabilidade em TL, prenderemos os jornalistas”

O Primeiro-Ministro (PM) Xanana Gusmão ameaçou que prenderia os jornalistas se ocorrer instabilidade no país.

O PM Xanana pediu aos media para trabalharem responsavelmente baseados na atmosfera prevalecente.

“São responsáveis pela atmosfera no país, se o país se sente estável ou instável …vocês costumavam visitar o Alfredo, e fechar os olhos a outros. É por causa disso, que se houver instabilidade neste país que os prenderemos,” disse o PM Xanana na Terça-feira (15/1) no Ministério da Solidariedade em Caicoli, Dili.

O PM pediu aos media para serem profissionais e para cruzarem e confirmarem a sua informação antes de a disseminarem para o público. (TP e DN)

Comandante Hutchison: “Apenas o Governo pode explicar a decisão do Tribunal sobre Alfredo”
O Comandante das Forças Internacionais de Segurança (ISF) em Timor-Leste, John Hutchison disse que a missão da ISF em Timor-Leste não se envolverá ela própria em todos os problemas com que o país está confrontado, mas seguirá o processo correcto para garantir a segurança e estabilidade de Timor-Leste.

O Comandante Hutchison disse também que a missão da ISF deve trabalhar conforme o governo de Timor-Leste lhe pedir, e que tem um compromisso para manter a estabilidade no país. (DN)

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.