quinta-feira, março 13, 2008

Luís Amado mais optimista depois de recuperação de Ramos Horta

Viana do Castelo, 12 Mar (Lusa) - O ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, manifestou-se hoje “mais optimista”, em relação a Timor-Leste, mas garantiu que o Governo português “continua a acompanhar muito directamente” a situação daquele país.

Luís Amado anunciou que o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros “deverá visitar Timor-Leste a muito curto prazo”.

“Contente” com a recuperação do presidente Ramos Horta, Amado disse que o Governo “vem acompanhando” a situação naquele país através de contactos com os ministros dos Negócios Estrangeiros da Austrália e da Indonésia.

Para Amado, a recuperação de Ramos Horta, depois do atentado de que foi vítima a 11 de Fevereiro, assume-me como um factor fundamental no processo de estabilização política e social de Timor-Leste.

“Estamos mais optimistas e muito satisfeitos com o facto de [Ramos Horta] estar a reassumir as condições físicas necessárias para desempenhar uma função muito exigente que tem pela frente”, sublinhou o ministro português.

Amado apelou ao esforço da comunidade internacional, para ajudar Timor-Leste “a sair do marasmo em que viveu ao longo dos últimos anos” e a tornar-se “um país viável”.

VCP/JAM.
Lusa/fim

1 comentário:

F. Santos disse...

Declaracoes do MNE portugues:

“Contente” com a recuperação do presidente Ramos Horta, Amado disse que o Governo “vem acompanhando” a situação naquele país através de contactos com os ministros dos Negócios Estrangeiros da Austrália e da Indonésia."

Sr. Ministro Amado,

1. Para que servem as embaixadas de Portugal em Timor-Leste e de Timor-Leste em Portugal?

2. Elas nao sabem informar o que o sr. ministro precisa de saber?

3. Ou nao considera como dignas da sua atencao aquelas informacoes fidedignas que as respectivas embaixadas, certamente, encaminham ao seu governo?

4. Nao lhes sao de nenhuma utilidade?

5. Ou elas nao sabem dar informacoes fidedignas?

6. Como fica entao a embaixada de Portugal na Australia depois deste atestado de incompetencia que o sr. Ministro lhe passou?

7. Ou prefere a versao de fontes suspeitas como sao os MNEs da Australia e Indonesia?

8. Afinal de contas, Timor-Leste nao tem um Ministro de Negocios Estrangeiros?

As suas declaracoes confirmam o que fontes portuguesas tinham ja denunciado: o seu governo tinha transferido todas as responsabilidades de Portugal com Timor-Leste para a Australia.

Lamento sr. Ministro mas as suas declaracoes sao simplesmente absurdas.

F. Santos

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.