segunda-feira, dezembro 31, 2007

UNMIT – MEDIA MONITORING - Monday, 31 December 2007

"UNMIT assumes no responsibility for the accuracy of the articles or for the accuracy of their translations. The selection of the articles and their content do not indicate support or endorsement by UNMIT express or implied whatsoever. UNMIT shall not be responsible for any conseque6nce resulting from the publication of, or from the reliance on, such articles and translations."

National Media Reports

TVTL Summary News
No broadcasting


***


PM Xanana: “Don’t politicize the IDPs”

Prime Minister (PM) Xanana Gusmão asked the members of the national parliament (MPs) not to politicize the IDP problem for the sake of individual interests, since it is genuinely a national problem.

“This is not a small issue; people should collaborate to help solve it so that people are no longer forced to live in tents,” said PM Xanana whilst celebrating Christmas with the IDPs on Tuesday (26/12) in Sional Camp, Dili.

PM Xanana also said that in the next year he will help the IDPs to return to their homes, but in the meantime will focus on improving their security situation. (STL)

NP to approve the state budget of 2008

The National Parliament (NP) has approved a US$348.1 million state budget for 2008.

Fernanda Borges of National Unity Party (PUN) said that she would abstain from the voting, since the state budget has no transparency when it comes to spending the oil money which belongs to all Timorese.

Fretilin, as the opposition, voted against the state budget for similar reasons, claiming that it is not transparent, that it is unconstitutional, and will create a situation where the Timorese learn to live in dependency.

The Alliance, which consists of CNRT, PSD, PD, ASDT and UNDERTIM, voted in favour, and stated that they trust in Prime Minister Gusmao and hope that the state budget of 2008 will solve the prevailing national problems. (STL)

Fernando Lasama: “Ashamed to see the situation of the IDPs”

The President of the National Parliament, Fernando Lasama de Araujo, said he feels ashamed at the displacement of Timorese in their own country.

“I am ashamed because when Indonesia withdrew from Timor-Leste, we loved and respected each other, and believed that we would no longer be a displaced people because we finally had our own land, but the reality of the situation is different,” said Mr. Lasama (NP) (STL)

NP accepts extra funds for RTTL: 7 days of broadcasting a week

The Corporation for Radio and Television in Timor-Leste (RTTL) received extra funding of US$7,500 to allow broadcasting to take place seven days a week in 2008.

Until now, the working status of RTTL staff has been the same as other public servants: eight hours per day and five days in a week, with no extra hours, which has restricted when RRTL can broadcast to the public.

NP on the new step towards democratization

The NP of Timor-Leste has taken a step towards creating a true democracy in the nation, since MPs all are participating in the institution, and have put together a good budget for the future of Timor-Leste.

“In the previous parliament, the opposition never cast votes in favour of any of the Government’s proposals, but now some opposition MPs vote for the Alliance and some Alliance MPs also vote for the opposition. It is a positive sign,” said Mario Viegas Carrascalão of the Social Democratic Party (PSD) on Friday (28/12) in the NP.

Tradução:

UNMIT – MONITORIZAÇÂO DOS MEDIA – Segunda-feira, 31 Dezembro 2007

"A UNMIT não assume nenhuma responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seu conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT expresso ou implícito de qualquer modo. A UNMIT não será responsável por quaisquer consequências resultantes da publicação ou do apoio de tais artigos ou traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Resumo das Notícias
Não houve cobertura


***


PM Xanana: “Não politizem os deslocados”

O Primeiro-Ministro (PM) Xanana Gusmão pediu aos membros do parlamento nacional (PN) para não politizarem o problema dos deslocados em nome de interesses individuais dado que é genuinamente um problema nacional.

“Esta não é uma questão pequena; as pessoas devem colaborar para ajudar a resolver de modo a que não haja mais gente forçada a viver em tendas,” disse o PM Xanana quando celebrou o Natal com deslocados na Terça-feira (26/12) no Campo Sional, Dili.

O PM Xanana disse ainda que no próximo ano ajudará os deslocados a regressarem para casa mas no entretanto vai-se focar a melhorar a situação de segurança deles. (STL)

PN aprova o orçamento de Estado para 2008

O Parlamento Nacional (PN) aprovou o orçamento de Estado de US$348.1 milhões para 2008.

Fernanda Borges do PUN disse que se absteria na votação, dado que o orçamento não tem transparência no que respeita aos gastos do dinheiro do petróleo que pertence a todos os Timorenses.

A Fretilin, como oposição, votou contra o orçamento do Estado por razões similares, afirmando que não é transparente, que é inconstitucional, e que criará uma situação em que os Timorenses vão aprender a viver na dependência.

A Aliança, que consiste no CNRT, PSD, PD, ASDT e UNDERTIM, votou a favor, e afirmou que confiam no Primeiro-Ministro Gusmão e que esperam que o orçamento do Estado de 2008 resolverá os problemas nacionais que prevalecem. (STL)

Fernando Lasama: “Envergonhado ao ver a situação dos deslocados”

O Presidente do Parlamento Nacional, Fernando Lasama de Araujo, disse que se sente envergonhado por haver Timorenses deslocados no seu próprio país.

“Estou envergonhado porque quando a Indonésia se retirou de Timor-Leste, amávamos e respeitávamos uns aos outros e acreditávamos que não tornaria a haver deslocados porque tínhamos finalmente a nossa própria terra, mas na realidade a situação é diferente,” disse o Sr. Lasama (NP) (STL)

PN aceita financiamento extra para a RTTL: 7 dias de emissão por semana

A Corporação da Radio e Televisão de Timor-Leste (RTTL) recebeu financiamento extra de US$7,500 para poder emitir sete dias por semana em 2008.

Até agora, o estatuto de trabalho dos empregados da RTTL tem sido o mesmo dos restantes funcionários públicos: oito horas por dia e cinco dias por semana, sem horas extras, o que tem sido uma restrição quando a RRTL pode emitir para o público.

PN num novo passo para a democratização

O PN de Timor-Leste deu um passo para criar uma verdadeira democracia na nação, dado que todos os deputados participam na instituição e fizram um bom orçamento para o futuro de Timor-Leste.

“No parlamento anterior, a oposição nunca votou a favor de qualquer proposta do Governo mas agora alguns deputados da oposição votaram na aliança e alguns deputados da aliança também votaram na oposição. É um sinal positivo,” disse Mário Viegas Carrascalão do PSD na Sexta-feira (28/12) no PN.

2 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
UNMIT – MONITORIZAÇÂO DOS MEDIA – Segunda-feira, 31 Dezembro 2007

"A UNMIT não assume nenhuma responsabilidade pela correcção dos artigos ou pela correcção das traduções. A selecção dos artigos e do seu conteúdo não indicam apoio ou endosso pela UNMIT expresso ou implícito de qualquer modo. A UNMIT não será responsável por quaisquer consequências resultantes da publicação ou do apoio de tais artigos ou traduções."

Relatos dos Media Nacionais

TVTL Resumo das Notícias
Não houve cobertura


***


PM Xanana: “Não politizem os deslocados”

O Primeiro-Ministro (PM) Xanana Gusmão pediu aos membros do parlamento nacional (PN) para não politizarem o problema dos deslocados em nome de interesses individuais dado que é genuinamente um problema nacional.

“Esta não é uma questão pequena; as pessoas devem colaborar para ajudar a resolver de modo a que não haja mais gente forçada a viver em tendas,” disse o PM Xanana quando celebrou o Natal com deslocados na Terça-feira (26/12) no Campo Sional, Dili.

O PM Xanana disse ainda que no próximo ano ajudará os deslocados a regressarem para casa mas no entretanto vai-se focar a melhorar a situação de segurança deles. (STL)

PN aprova o orçamento de Estado para 2008

O Parlamento Nacional (PN) aprovou o orçamento de Estado de US$348.1 milhões para 2008.

Fernanda Borges do PUN disse que se absteria na votação, dado que o orçamento não tem transparência no que respeita aos gastos do dinheiro do petróleo que pertence a todos os Timorenses.

A Fretilin, como oposição, votou contra o orçamento do Estado por razões similares, afirmando que não é transparente, que é inconstitucional, e que criará uma situação em que os Timorenses vão aprender a viver na dependência.

A Aliança, que consiste no CNRT, PSD, PD, ASDT e UNDERTIM, votou a favor, e afirmou que confiam no Primeiro-Ministro Gusmão e que esperam que o orçamento do Estado de 2008 resolverá os problemas nacionais que prevalecem. (STL)

Fernando Lasama: “Envergonhado ao ver a situação dos deslocados”

O Presidente do Parlamento Nacional, Fernando Lasama de Araujo, disse que se sente envergonhado por haver Timorenses deslocados no seu próprio país.

“Estou envergonhado porque quando a Indonésia se retirou de Timor-Leste, amávamos e respeitávamos uns aos outros e acreditávamos que não tornaria a haver deslocados porque tínhamos finalmente a nossa própria terra, mas na realidade a situação é diferente,” disse o Sr. Lasama (NP) (STL)

PN aceita financiamento extra para a RTTL: 7 dias de emissão por semana

A Corporação da Radio e Televisão de Timor-Leste (RTTL) recebeu financiamento extra de US$7,500 para poder emitir sete dias por semana em 2008.

Até agora, o estatuto de trabalho dos empregados da RTTL tem sido o mesmo dos restantes funcionários públicos: oito horas por dia e cinco dias por semana, sem horas extras, o que tem sido uma restrição quando a RRTL pode emitir para o público.

PN num novo passo para a democratização

O PN de Timor-Leste deu um passo para criar uma verdadeira democracia na nação, dado que todos os deputados participam na instituição e fizram um bom orçamento para o futuro de Timor-Leste.

“No parlamento anterior, a oposição nunca votou a favor de qualquer proposta do Governo mas agora alguns deputados da oposição votaram na aliança e alguns deputados da aliança também votaram na oposição. É um sinal positivo,” disse Mário Viegas Carrascalão do PSD na Sexta-feira (28/12) no PN.

Aikurus disse...

Alo Dili


Xanana said:"This is not a small issue; people should collaborate to help solve it so that people are no longer forced to live in tents,” said PM Xanana whilst celebrating Christmas with the IDPs on Tuesday (26/12) in Sional Camp, Dili."
Es um grande mentiroso se nao tivesse aberto a crise 2006 nao estariamos assim.Criaste agora e para tu resolveres.Nao vale pedires aos outros da oposicao pedes para aqueles teus colaboraresm que contigo fizeram a crise.Politizaste os teus milicias e incriminaste o Governo da Fretilin que pouca vergonha tens nesta cara.

Mario Carrascalao agora estao no governo falas da democracia. Estavas na oposicao no governo anterior sempre votaram contra.
Como sempre disseste eu sou como um barco se for com Portugal estou com Portugal, com Indonesia vou com a indonesia agora independente estou nesta onda que grande oportunista.
Jose Horta disse fomos com presa para independencia esta uma historia velha se tivesse mais juizo nao estariamos nesta situacao. Fixeram a crise agora estao instalados no poder vem com esta justificacao para tapar os olhos daqueles que nao acompanharam a conspiracao ou o golpe de estado que desencadearam.SAO OS GRANDES MENTIROSOOS podiam ser desmacarados de tudo aquilo que fizeram.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.