sexta-feira, março 06, 2009

Ex-governador da ocupação entra no Governo

Díli, 05 Mar (Lusa) - Mário Viegas Carrascalão, ex-governador de Timor-Leste durante a ocupação indonésia, tomou hoje posse em Díli como vice-primeiro-ministro.

Na cerimónia da tomada de posse, o Presidente da República, José Ramos-Horta, enalteceu a “integridade” do ex-governador e referiu “um trabalho de quarenta anos em favor de Timor-Leste”.

“A História faz-lhe justiça”, afirmou José Ramos-Horta à Agência Lusa após a cerimónia.

“Todos temos em conta a integridade da pessoa e por isso, dentro da política de reformas que estamos a fazer, a presença dele será benéfica, não para o Governo mas para todo o povo”, concordou o primeiro-ministro, Xanana Gusmão, em declarações à Lusa.

“Quando criticavam Mário Carrascalão como colaborador com a Indonésia, eu dizia o contrário”, salientou José Ramos-Horta sobre o ex-governador.

O novo vice-primeiro-ministro do IV Governo Constitucional timorense dirigiu o território sob ocupação indonésia entre 1982 e 1992.

“Mário Carrascalão salvou centenas de vidas, deu oportunidade a milhares de pessoas e, naquele mar de tragédia, era a única pessoa com força dentro do sistema que lutou pelos timorenses”, acrescentou José Ramos-Horta.

O Presidente da República referiu o ex-governador como um “nacionalista” timorense que “nunca abandonou o sonho da independência” de Timor-Leste.

“Ele trabalhou pelas caladas. Usou o sistema, preparando o futuro”, explicou José Ramos-Horta.

“Todos os que estão hoje no Governo e estudaram na Indonésia, devem-no a ele”, referiu também o chefe de Estado, apontando vários ministros que o rodeavam no “cocktail” que acompanhou a tomada de posse.

Fernando “La Sama” de Araújo, presidente do Parlamento Nacional, afirmou ser dessa geração que “sempre reconhece que conseguiu ir às universidades, naquela situação mesmo pobre (de Timor ocupado), graças ao governador Mário”.

“Nos primeiros tempos desconfiámos uns dos outros”, admitiu à Lusa o presidente do Parlamento, ex-líder da organização de juventude da resistência timorense nos anos 1990.

“Víamos as coisas muito curtas. Pensávamos que todos aqueles que trabalhavam com a Indonésia eram nossos inimigos, mas depois de nos conhecermos vimos que não era verdade”, afirmou Fernando “La Sama” de Araújo.

Mário Viegas Carrascalão, 71 anos, “vai ser o patriarca deste Governo”, notou José Ramos-Horta.

“Vai ser muito leal ao primeiro-ministro. Diz o que tem a dizer e não o diz nas costas”, referiu.

“Verificámos depois de 1999 que, apesar de ter servido dez anos como governador, (Mário Carrascalão) continuou uma vida extremamente modesta. Não se tornou milionário quando isso era muito fácil”, explicou o chefe de Estado.

“Como ele conhece todas as artimanhas dos que se envolvem na corrupção, é a pessoa indicada para a boa governação, a luta contra a corrupção, a reforma administrativa e a dinamização da nossa economia”, defendeu o Presidente da República.

É nessas áreas que Xanana Gusmão afirmou à Lusa pretender usar o seu segundo vice-primeiro-ministro, ao lado de José Luís Guterres, que é o número dois do Executivo para os assuntos sociais.

“Nós temos muito a corrigir e estamos a transformar as mentalidades. A figura de Mário Carrascalão dará uma imagem de credibilidade para as mudanças que queremos fazer”, acrescentou o primeiro-ministro.

Com Mário Viegas Carrascalão tomaram também posse Cristiano da Costa, novo vice-ministro da Economia e Desenvolvimento, e José Manuel Carrascalão, novo vice-ministro das Infra-estruturas.

PRM.
Lusa/fim

4 comentários:

h correia disse...

Já só falta meter os cães, os gatos e os peixinhos de aquário no Governo...

Xanana não é parvo e sabe como adoçar a boca àqueles que sustentam um Governo que não foi sufragado pelo voto popular.

Se Xanana fosse um verdadeiro patriota, aproveitava para passar a pasta ao engº Mário Carrascalão e ia plantar abóboras.

Anónimo disse...

Beinvindo ao AMP o senhor Ir. Mario Viegas Carascalao.Nos estamos a esperar a vosa onestidade pesoal para levar os seos membros corruptos comu O senhor Joao Cancio para uma justica justa como o senhor faco ein pasado para o Ir.Aziz da Indonesia.

O Joao Cancio ainda era estudante tava a falar dise que se o timor vai ser Independente corta o meu cabesa ou o galo tein dente. Ele e o un grade opurtunista e otonomista que na ultima ora de timor leste venseo a sua independencia 1999 aprosima se ao Xanana con Cristi ein australia para feixar asua fracaso ou desviar o atensaun do Xanana que ele era un dos membro nasionalistas de pro independencia. Ele comu cobra trocar ropa na ultima hora. O Joao cancio era heroe sein sacrifisio da ultima hora.

Nos sabemos que os opurtunitas so queren aproveitar bein nao quer os maos. Opurtunistas/otonomista comu Joao Cancio nao tenho sentimento nasionalismo o que e que ele tein comu eu pode robar mais dinheiro para me e minha familia.

Ade, Delta Comoro

Anónimo disse...

Concordo plenamente com o H correia. Se Xanana tivesse um pouco de honestidade e integridade, passava as pastas ao sr. Engenheiro Mario, um homem integro e honesto . e desses homens que Timor precisa. Que Deus proteja o Eng Mario dos maus e dos seus familiares corruptos. Que Deus ilumine o sr.Engenheiro a limpar a AMP dos corruptos como a Emili Pires como o Joao Goncalves e sua mulher peconhenta

Anónimo disse...

BEM, NESTE MOMENTO FRAGIL DA NOSSA DEMOCRACIA EM QUE TODOS QUEREM FAZER ALGUMA COISA E OUTROS TOMAR DE ASSALTO, VERIFICAMOS QUE AS PESSOAS QUE TEM A DIGNIDADE DE REPRESENTAR O POVO DE TIMOR ESTAO TODOS NO PODER E ESPERAMOS QUE COM ISSO CONTRIBUA PARA A PAZ SEGURANÇA,PROSPERIDADE E DESENVOLVIMENTO DO NOSSO TERRITORIO NACIONAL, PARA QUE HAJA FUTURO PARA TODOS NÓS POVO DE TIMOR. PEÇO A TODOS QUE AJUDEM COM POUCO DE PACIENCIA E ESPIRITO DE ENTRE-AJUDA E UNIAO NESTE PROCESSO TAO DELICADO DA NOSSA NAÇAO, PARA QUE NAO ENTRARMOS EM GUERRINHAS QUE SO NOS AFASTAM DOS NOSSOS OBJECTIVOS DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E CRIAÇAO DE EMPREGO E BEM ESTAR PARA TODA A POPULAÇAO E SATISFAÇAO DAS NECESSIDADES DO NOSSO POVO. PROCUREM DENTRO DE VOCES MESMOS UM ESPIRITO CONSTRUTIVO E BENEFICO NAO SO PARA VOS MAS PARA OS OUTROS QUE CARECEM E QUE NECESSITAM. NOSSO POVO JA SOFREU MUITO PENSEM NISS E PROCUREM AJUDAR A ALIVIAR ESSE SOFRIMENTO E DOR.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.