sábado, outubro 13, 2007

PELOS BIRMANESES ESCREVA AOS DITADORES

You can copy and paste this sample letter into an e-mail or a document to print out. If you are planning to write your own appeal please read our letter writing guide.
Please send appeals to:

Foreign Minister Nyan Win Ministry of Foreign Affairs Naypyitaw Union of Myanmar
Fax: +95 1 222 950 OR +95 1 221 719
E-mail: mofa.aung@mptmail.net.mm

Dear Minister

I am deeply concerned by the reports that hundreds of monks and other peaceful protesters, including well-known comedian Zargana and member of parliament Paik Ko have been detained.

I strongly urge the Myanmar authorities to release them immediately and unconditionally, unless they are to be charged with recognizably criminal offences. I call on the authorities to ensure that, while they remain in custody, all the detainees are held only in official places of detention, and are given immediate access to lawyers, their families and any medical treatment they may require. I also call on the authorities to ensure that the detainees are not subjected to torture or any other ill-treatment.

I call on the authorities to ensure that all people in Myanmar are able to peacefully exercise the rights to freedom of expression, association and assembly without fear of harassment, intimidation or arbitrary detention, in line with international human rights standards.

Yours Sincerely

(nome, país)

2 comentários:

Margarida disse...

Tradução:
PELOS BIRMANESES ESCREVA AOS DITADORES
Pode copiar e postar o texto desta carta num e-mail ou num documento e imprimir. Se planeia escrever o seu próprio apelo por favor leia a nossa carta para orientação.
Por favor envie os apelos para:

Ministro dos Estrangeiros Nyan Win da Naypyitaw Union of Myanmar
Fax: +95 1 222 950 OR +95 1 221 719
E-mail: mofa.aung@mptmail.net.mm

Caro Ministro

Estou profundamente preocupado com os relatos de centenas de monges e outros manifestantes pacíficos, incluindo o conhecido actor Zargana e o membro do parlamento Paik Ko terem sido detidos.

Apelo fortemente às autoridades de Myanmar para os libertarem de imediato e sem condições, a não ser que venham a ser acusados por ofensas reconhecidamente criminosas. Apelo às autoridades para assegurar que, enquanto estão sob custódia, que todos sejam detidos apenas em locais oficiais de detenção, e que lhes seja dado acesso imediato a advogados, ás suas famílias e a qualquer tratamento médico que possam necessitar. Apelo ainda ás autoridades para garantirem que os detidos não sejam sujeitos a tortura ou a qualquer tratamento ofensivo.

Apelo ás autoridades para assegurarem que toda a gente em Myanmar possa exercer pacificamente os seus direitos de liberdade de expressão, associação sem medo de assédio, intimidação ou detenção arbitraria, em linha com os padrões internacionais dos direitos humanos.

Sinceramente
(nome, país)

Anónimo disse...

Not necessary to teach others how to write a letter to a minister. You are not teaching people through this means! It is just a show of your arrogancy kwowing everything. Who are you? A rubish....

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.