terça-feira, outubro 10, 2006

De um leitor

Tradução da Margarida.

As lutas em Dili continuam. No Domingo só uma casa foi queimada em Loro Mata, mas os gangs estavam à espera no topo de Loro Mata e Fatahada para atacar quem quer que entrasse ou saísse. Continuam os ataques aos campos de deslocados.

Esta manhã houve gente que, outra vez, saíu de Dili para os distritos, muita gente de Los Palos que ainda cá trabalha, mandou a mobília de volta. Dizem que se vierem queimar as suas casas, okay sejam benvindos, dormirão no chão e se depois vier alguém queimar as suas casas, eles fugirão.

Esta manhã houve lutas em Colmaro e no campo de deslocados mais em baixo, 'o jardim'. Um homem foi esfaqueado em Colmaro, não tenho a certeza se foi fatal, a polícia e a ADF tinham a área cortada. Disseram-me que estavam à espera de mais ataques. Olhei para a rua e vi um gang no topo, parecem prontos para irem para baixo para o campo de deslocados outra vez.

O campo de deslocados no terreno da Oxfam foi apedrejado desde as 2.00 até às 4.00 p.m. A própria Oxfam foi apedrejada. Perguntaram-me quando entrei, 'estão ainda a apedrejar lá fora'. Um amigo que trabalha na sede da ONU do outro lado da Oxfam, foi avisado para não usar a entrada principal quando regressasse do almoço porque havia gangs a lutarem na área.

O auto-imposto recolher continua, as pessoas estão mesmo agora já a caminho de casa - contudo os ataques ocorrem regularmente durante as horas do dia, não tenho a certeza se aumentam à noite.

.

29 comentários:

Anónimo disse...

Este Cesar que foi assassinado em lutas entre rivais do nada, tinha 17 anos de idade. Em 1999, este desgraçado tinha apenas 10 anos de idade! 10 aninhos, era uma criança nascida medo e no mau exemplo dos Indonésios e dos Eurico Guterres e companhia. Hoje é a mais uma baixa no nosso futuro pois ninguém lhe soube dar defesas para que o mesmo fosse um guerreiro da paz. Passou para o lado dos não vivos, morto pela ignorância consequência da foracidade de poder dos políticos sem escrúplos e sem sentido de responsabilidade.

Mais um morto para a conta do Presidente mais falhado da história recente da humanidade.

Parabéns Xanana Gusmão, continua que vais longe!

Anónimo disse...

Manobra-se, joga-se nos bastidores. De um lado e do outro, e do outro chegam indícios de que vai um corropio por detrás das cortinas. O não divulgar do relatório faz desconfiar do que se possa estar a montar, das pressões que podem estar a ser feitas.
E o que a situação exige é simples: exige que se ponha a claro a verdade. Existiam ou não esquadrões da morte? Ordenou ou não o PR que a casa de Taur Matan ruak fosse atacada? Patrocinou ou não e em que medida o golpe de Estado?
Sem contemplações o que é preciso é a verdade.
Tem sido aliás o que tem feito falta a Timor: um líder com a cabeça bem arrumada que fale claro ao povo e diga simplesmente a verdade.
A cabeça de Xanana é uma complicação, cheia de contradições. A cabeça de Alkatiri é arrumada e preparada, mas ele deixou de falar ao povo para falar só com o comité central da Fretilin. Ramos Horta não esclarece o que pretende para si e para o país!
Enquanto isso os timorenses voltam a morrer nas ruas.
O presidente e o segundo governo constitucional continuam a falhar em matéria de defesa e segurança, mesmo se abdicaram de quase toda a soberania!
A falta de clareza nos actos e nos discursos dos líderes timorenses é ainda um triunfo do cínico invasor Javanês!

Anónimo disse...

Leitor das 2:27:33 AM: já se esqueceu que o japonês na sua despedida praticamente a única coisa que elogiou foi o Alkatiri e o governo aberto que tinha feito pelo país? E diz agora você que ele só falava com o comité central? Pense lá um pouco...

Anónimo disse...

Vamos ver se a comissão de inquérito patrocinada pela ONU vai ter a coragem e ser isenta em relação a todos os intervenientes responsáveis… Não deixa de ser curioso o PR já andar a fazer comentários sobre os eventuais responsáveis...Questão muito importante: Porque é que ele e os seus amigos australianos já têm conhecimento do que está no relatório? (querem saber o dia e quem deu conhecimento?). Por exemplo: no incidentes do dia 25MAI06 há um internacional (querem que diga o nome?) que afirma ter sido as F-FDTL a abrir fogo sobre a PNTL (devem estar a brincar e pensam que são todos parvos). Mas o grande problema são as provas - Filmes dos incidentes, dos encontros e gravações das conversas de alguns conspiradores com o PR e o actual PM, assim como outros testemunhos, que já foram entregues directamente ao Secretário-Geral das NU, porque parece que a comissão não esteve muito interessada (será que foi manipulada pelos jogos de bastidores do PR e do seu chefe de gabinete!?). Não se esqueçam "A VERDADE É COMO O AZEITE, VEM SEMPRE AO DE CIMA". É tudo uma farsa, tendo em vista a impunidade de alguns dos principais responsáveis, que a ONU (manipulada pelos homens das terras dos “cangurus”) não pode patrocinar e lá vai continuar a instabilidade e a desgraça dos timorenses!
O GRANDE OBJECTIVO DAS "BESTAS" DOS AUSTRALIANOS E SEUS LACAIOS É PROVOCAR INCIDENTES E INSTABILIDADE PARA QUE NÃO POSSA HAVER ELEIÇÕES OU ESTAS SEJAM IMPUGNADAS". QUE PENA OS TIMORENSES NÃO ABRIREM DEFINITIVAMENTE OS OLHOS E SE UNIREM PARA CORREREM COM ESSA GENTE PARA FORA DO PAÍS…ANALISEM COM ATENÇÃO E CHEGARÃO À CONCLUSÃO QUE O PR ESTÁ “NUM BECO SEM SAÍDA”. De facto é pena! Sempre disse, que as missões das NU, principalmente a UNOTIL, têm sido responsáveis directa ou indirectamente por quase tudo o que tem acontecido (quer por omissão ou falta de acção). A comissão vai apontar alguns dos responsáveis (arraia miúda) mas os principais, VÃO FICAR IMPUNES!!!!! Como é que já sei? Descansem que não sou bruxo. Para o PR e seus amigos (ou inimigos?) o grande tribunal será a sua própria consciência e o povo timorense. Quem fez acordos com os indonésios na cadeia é capaz de tudo.…Será que já vendeu a soberania dos timorenses? Quais as contrapartidas dos intermediários ou mediadores? Até breve. Continuarão a ter notícias minhas. Primo do RAMELAU

Anónimo disse...

É importante ter presente o que recentemente foi escrito num Jornal em Portugal, que de certa forma vai ao encontro dos meus últimos comentários, que não devem agradar muito aos australianos e a alguns timorenses:
“……NÃO ENTENDEM ESSAS PESSOAS QUE APENAS ESTÃO A INVIABILIZAR UM PAÍS? A HIPOTECAR O SEU FUTURO E O FUTURO DOS SEUS FILHOS? A SEMEAR O SOFRIMENTO, A MORTE E A DESTRUIÇÃO? E QUE OS MOTIVOS INVOCADOS SÃO GRATUITOS, PRIMÁRIOS E INCONSEQUENTES? …..NÃO ENTENDEM ESSAS PESSOAS QUE UM ESTADO, PARA SUBSISTIR, PRECISA DE (UM MÍNIMO DE) PAZ, LEI E ORDEM? QUE A VIOLÊNCIA APENAS GERA MAIS VIOLÊNCIA?.....”;
Este vosso servo acrescenta: NUNCA HAVERÁ DESENVOLVIMENTO SEM SEGURANÇA E QUE PARA OS TIMORENSES VIVEREM EM SEGURANÇA O PAÍS TERÁ DE SE DESENVOLVER DE FORMA SUSTENTADA E SEM INTERFERÊNCIAS EXTERNAS QUE CONDICIONEM A VONTADE NACIONAL!

Assim, tudo o que se tem passado recentemente justifica perfeitamente o comentário efectuado no seu excelente Blog, que fico satisfeito estar a incomodar e por isso aqui reitero apesar de alguns “chicos espertos” timorenses e internacionais terem a mania que são donos da verdade e que os outros são todos um cambada de estúpidos e ignorantes! ATENÇÃO AO VELHO DITADO “ VERDADE É COMO O AZEITE, VEM SEMPRE AO DE CIMA”. Conheço em detalhe todos os pormenores da actual crise politico-militar e, por isso, o tempo vai encarregar-se de me dar razão como, aliás, aconteceu até à data com os tristes desenvolvimentos desta crise, que só aconteceu porque os timorenses estão desavindos desde há muitos anos (os intervenientes sabem do que falo). Julgo que seria importante na actual conjuntura dar algum destaque a este comentário (não tiro nem uma virgula):

O que se passa em Timor é um escândalo e uma vergonha patrocinada pelo PR e seus amigos australianos (através de alguns pontas de lança como a sua linda e simpática mulher bem conhecida do também seu especial amigo RH!!!!! e do distinto chefe de gabinete, AP, que tem feito toda a ligação com a oposição e também os amigos australianos – será preciso relatar em pormenor todos os passos que tem dado?) com a utilização e manipulação de Reinado e companhia o que não dignifica o Estado de Direito e a imagem do país e dos timorenses perante a Comunidade Internacional. Já não existe a mesma onda de solidariedade e respeito pelos líderes timorenses, que demonstram não merecer o seu povo nem o sacrifício de todos os que lutaram pela independência. Será que o PR, RH e os restantes intervenientes no golpe institucional ainda não perceberam que podem existir provas muito grave e comprometedoras? E que estão a ser usados pelos políticos do país dos “cangurus” com apoio dos “cowboys”? O PR deixou de estar lúcido e hipotecou todo o crédito e prestigio internacional e mesmo a nível nacional!!! Quando se aperceberem já será tarde porque os australianos vão descartá-los ou fazê-los desaparecer…. Existem de facto essas provas, pois não são apenas os australianos com capacidade de trabalhar “underground”, que serão entregues no momento, local próprios e instâncias internacionais adequadas para evitar manipulações, tendo em vista o processo de impunidade em curso com o patrocínio de alguns responsáveis do sistema judicial e das NU, que também terão de prestar contas!! Já foram enviadas algumas das provas para a sede da ONU, através de canais especiais.
Francamente não está em causa o dever, muito menos o direito, de se tomar firme partido nesta triste e selvática crise politico-militar em que não se olharam a meios para atingir os fins! Eu próprio apesar de dúvidas que subsistem, não me isento de ter opinião e já transmiti a quem de direito tudo o que sabia com as respectivas provas. Este Blog pode incomodar muita gente, mas tem a virtude de permitir a expressão de opiniões, que devem ser respeitadas e não atacadas de forma suspeita e pouco democrática por alguns dos comentadores, que estão perfeitamente cristalizados. Em verdadeira democracia não existe nada tão perigoso como a falta de opinião esclarecida e empenhada. A grande questão que se coloca é muito objectiva! É simplesmente a de saber se a indesmentível e indisfarçável coerência ideológica com que se organizam os campos de opinião numa questão que, na sua essência, pouco tem de ideológico não revela antes de mais uma preocupante facilidade de alinhamento preconceituoso dos políticos e pseudo-intelectuais timorenses. E sobretudo uma perigosa carência de verdadeiros livres-pensadores na sociedade timorense actual. A mim, tanto e tão espontâneo maniqueísmo deixa-me preocupado enquanto cidadão do mundo (como dizia Sócrates, o filosofo) e da lusofonia.
Convém acentuar, que existem muitas instâncias que nos querem por detrás de actores visíveis. ASSIM, RECUSAR TOMAR PARTIDO PELAS FACÇÕES OU INTERVENIENTES DESTA CRISE SIGNIFICA: NÃO TOMAR PARTIDO PARA TOMAR O VERDADEIRO PARTIDO – PELA PAZ E PELAS FORÇAS DA VIDA.

Em síntese e para terminar, podemos dizer que TERÁ DE SER O POVO TIMORENSE, ATRAVÉS DE UMA EFECTIVA MOBILIZAÇÃO NACIONAL E VERDADEIRO SENTIDO DE CIDADDANIA E PATRIOTISMO, a proceder com urgência a uma verdadeira triagem daqueles que não interessam ao país e a encontrar a solução justa e adequada, QUE NÃO PASSE APENAS PELAS VISÕES LUNÁTICAS E UTÓPICAS, DO PR E SEUS AMIGOS, RELACIONADAS COM A FAMOSA BANALIZAÇÃO DA “RECONCILIAÇÃO”, FECHANDO OS OLHOS À JUSTIÇA, TENDO EM VISTA A TOTAL IMPUNIDADE DOS VERDADEIROS RESPONSÁVEIS! NÃO HAVERÁ VERDADEIRA RECONCILIAÇÃO SEM APLICAÇÃO DA JUSTIÇA E DA LEI.
(Convém lembrar o que já foi referido por alguém: “…na questão da reconciliação, sobressairá sempre a permanente duvida sobre a força rectificativa do resultado alcançado. A reconciliação deixa efeitos retroactivos que a seu tempo se farão sentir – isto se não for alcançada com o caminho da justiça e da paz…” Parte dos actuais problemas em Timor estão relacionados com a deficiente gestão do processo de reconciliação conduzido por Xanana!
Este vosso servo continua a acompanhar a situação com muita atenção e voltará a dar notícias. CHACAL

Anónimo disse...

Pois é! Os graves incidentes dos últimos dias continuam a ter repercussões incalculáveis para a imagem e dignidade do país perante a Comunidade Internacional! Quem esteve directa ou indirectamente envolvido nos incitamentos à divisão do país, através do apoio a desertores e militares que abandonaram as F-FDTL e dissidentes da PNTL (apoiados por elementos de grupos de actividade criminal), que recorreram à violência de forma gratuita, devem estar satisfeitos! Ou será que já começam a sentir arrependimento e peso na consciência? O facto da sede da Fretilin ter sido queimada deve ter deixado o Presidente de Timor-Leste (o tal de Xanana ou banana?) muito satisfeito. Basta ter bem presente, os célebres discursos, principalmente o de 22JUN06, que ficarão para sempre ligados a esta triste crise, como tendo sido os verdadeiros rastilhos para toda a onda de violência, que poderá levar à eventual desagregação do país! Os vossos amigos australianos e americanos devem estar muito satisfeitos porque desta forma o país nunca mais se irá desenvolver! Ou seja, mais uma vez teremos o paradigma dos países que têm imensos recursos naturais, mas os interesses regionais e internacionais não deixam que se possam desenvolver de forma sustentada! Os timorenses nunca mais percebem que estão a ser enganados e manipulados! Será que querem continuar a sofrer?
Sei que muitos dos leitores não gostam do comentário, que tenho vindo a publicar há já alguns dias, mas isso para mim é um verdadeiro estimulo! Assim, podem ter a certeza que durante os próximos tempos será aqui deixado no vosso Blog, mesmo que o apaguem logo de seguida. É relativamente longo, mas vale a pena ler e reflectir com a razão e sem sentimentalismos bacocos:
Antes de mais, é importante ter presente o que recentemente foi escrito num Jornal em Portugal, que de certa forma vai ao encontro dos meus últimos comentários, que sei não agradarem muito aos australianos e a alguns timorenses:
“……NÃO ENTENDEM ESSAS PESSOAS QUE APENAS ESTÃO A INVIABILIZAR UM PAÍS? A HIPOTECAR O SEU FUTURO E O FUTURO DOS SEUS FILHOS? A SEMEAR O SOFRIMENTO, A MORTE E A DESTRUIÇÃO? E QUE OS MOTIVOS INVOCADOS SÃO GRATUITOS, PRIMÁRIOS E INCONSEQUENTES? …..NÃO ENTENDEM ESSAS PESSOAS QUE UM ESTADO, PARA SUBSISTIR, PRECISA DE (UM MÍNIMO DE) PAZ, LEI E ORDEM? QUE A VIOLÊNCIA APENAS GERA MAIS VIOLÊNCIA?.....”;
Este vosso servo acrescenta: NUNCA HAVERÁ DESENVOLVIMENTO SEM SEGURANÇA E QUE PARA OS TIMORENSES VIVEREM EM SEGURANÇA O PAÍS TERÁ DE SE DESENVOLVER DE FORMA SUSTENTADA E SEM INTERFERÊNCIAS EXTERNAS QUE CONDICIONEM A VONTADE NACIONAL!
Assim, tudo o que se tem passado recentemente justifica perfeitamente o comentário efectuado no seu excelente Blog, que fico satisfeito estar a incomodar e por isso aqui reitero apesar de alguns “chicos espertos” timorenses e internacionais terem a mania que são donos da verdade e que os outros são todos um cambada de estúpidos e ignorantes! ATENÇÃO AO VELHO DITADO “ VERDADE É COMO O AZEITE, VEM SEMPRE AO DE CIMA”. Conheço em detalhe todos os pormenores da actual crise politico-militar e, por isso, o tempo vai encarregar-se de me dar razão como, aliás, aconteceu até à data com os tristes desenvolvimentos desta crise, que só aconteceu porque os timorenses estão desavindos desde há muitos anos (os intervenientes sabem do que falo). Julgo que seria importante na actual conjuntura dar algum destaque a este comentário (não tiro nem uma virgula):
O que se passa em Timor é um escândalo e uma vergonha patrocinada pelo PR e seus amigos australianos (através de alguns pontas de lança como a sua linda e simpática mulher bem conhecida do também seu especial amigo RH!!!!! e do distinto chefe de gabinete, AP, que tem feito toda a ligação com a oposição e também os amigos australianos – será preciso relatar em pormenor todos os passos que tem dado? Está tudo gravado e filmado) com a utilização e manipulação de Reinado e companhia o que não dignifica o Estado de Direito e a imagem do país e dos timorenses perante a Comunidade Internacional. Já não existe a mesma onda de solidariedade e respeito pelos líderes timorenses, que demonstram não merecer o seu povo nem o sacrifício de todos os que lutaram pela independência. Será que o PR, RH e os restantes intervenientes no golpe institucional ainda não perceberam que podem existir provas muito grave e comprometedoras? E que estão a ser usados pelos políticos do país dos “cangurus” com apoio dos “cowboys”? O PR deixou de estar lúcido e hipotecou todo o crédito e prestigio internacional e, até mesmo a nível nacional!!! Quando se aperceberem já será tarde porque os australianos vão descartá-los ou fazê-los desaparecer…. Existem de facto essas provas, pois não são apenas os australianos com capacidade de trabalhar “underground”, que serão entregues no momento, local próprios e instâncias internacionais adequadas para evitar manipulações, tendo em vista o processo de impunidade em curso com o patrocínio de alguns responsáveis do sistema judicial e das NU, que também terão de prestar contas!! Já foram enviadas algumas das provas para a sede da ONU, através de canais especiais. Se houver Tribunal Internacional estarei pronto a testemunhar publicamente, quando e onde for preciso.
Francamente não está em causa o dever, muito menos o direito, de se tomar firme partido nesta triste e selvática crise politico-militar em que não se olharam a meios para atingir os fins! Eu próprio apesar de dúvidas que subsistem, não me isento de ter opinião e já transmiti a quem de direito tudo o que sabia com as respectivas provas. Este Blog pode incomodar muita gente, mas tem a virtude de permitir a expressão de opiniões, que devem ser respeitadas e não atacadas de forma suspeita e pouco democrática por alguns dos comentadores, que estão perfeitamente cristalizados. Em verdadeira democracia não existe nada tão perigoso como a falta de opinião esclarecida e empenhada. A grande questão que se coloca é muito objectiva! É simplesmente a de saber se a indesmentível e indisfarçável coerência ideológica com que se organizam os campos de opinião numa questão que, na sua essência, pouco tem de ideológico não revela antes de mais uma preocupante facilidade de alinhamento preconceituoso dos políticos e pseudo-intelectuais timorenses. E sobretudo uma perigosa carência de verdadeiros livres-pensadores na sociedade timorense actual. A mim, tanto e tão espontâneo maniqueísmo deixa-me preocupado enquanto cidadão do mundo (como dizia Sócrates, o filosofo) e da lusofonia.
Convém acentuar, que existem muitas instâncias que nos querem por detrás de actores visíveis. ASSIM, RECUSAR TOMAR PARTIDO PELAS FACÇÕES OU INTERVENIENTES DESTA CRISE SIGNIFICA: NÃO TOMAR PARTIDO PARA TOMAR O VERDADEIRO PARTIDO – PELA PAZ E PELAS FORÇAS DA VIDA.
Em síntese e para terminar, podemos dizer que TERÁ DE SER O POVO TIMORENSE, ATRAVÉS DE UMA EFECTIVA E GRANDE MOBILIZAÇÃO NACIONAL COM AUTÊNTICO SENTIDO DE CIDADDANIA E PATRIOTISMO, a proceder com urgência a uma verdadeira triagem daqueles que não interessam ao país e a encontrar a solução justa e adequada, QUE NÃO PASSE APENAS PELAS VISÕES LUNÁTICAS E UTÓPICAS, DO PR E SEUS AMIGOS, RELACIONADAS COM A FAMOSA BANALIZAÇÃO DA “RECONCILIAÇÃO”, FECHANDO OS OLHOS À JUSTIÇA, TENDO EM VISTA A TOTAL IMPUNIDADE DOS VERDADEIROS RESPONSÁVEIS! NÃO HAVERÁ VERDADEIRA RECONCILIAÇÃO SEM APLICAÇÃO DA JUSTIÇA E DA LEI.
(Convém lembrar o que já foi referido por alguém: “…na questão da reconciliação, sobressairá sempre a permanente duvida sobre a força rectificativa do resultado alcançado. A reconciliação deixa efeitos retroactivos que a seu tempo se farão sentir – isto se não for alcançada com o caminho da justiça e da paz…”). Não se esqueçam, que parte dos actuais problemas em Timor estão relacionados com a deficiente gestão do processo de reconciliação conduzido por Xanana!
Este vosso servo continua a acompanhar a situação com muita atenção e voltará a dar notícias, mesmo sendo incómodo para muita gente. LACAHC

Anónimo disse...

Que coisa interessante, digam lá se a verdade não é de vós conhecida?!
Estão à espera que não vá dar pancadaria? Vai e da grossa. Senão veja-se. Se o relatório não bater na VERDADE será uma vergonha e certamente muita gente ficará desiludida, ainda mais do que aquilo que já está com os políticos, o povo ficará muito triste com a tristeza dos seus chefes. Se bater apenas na ralé mandada vão estes ficar chateados e veremos se os conluios não se chateiam entre eles... Se bater na FRETILIN já se imaginou,tais a promessas veladas. É que se bater imagine-se apenas com que cara vai tal Frente apresentar-se a eleições?!

Estão à espera que o relatório bata em Xanana Gusmão? Vai ser complicado. A governação não era dele, nem é agora. Pelo que os responsáveis políticos sabe-se muito bem quem são. Quanto ao resto, tudo o que aconteceu de criminoso deve pura e simplesmente ser julgado e os executores metidos na prisão.

Anónimo disse...

Directa ou indirectamente, os responsaveis sao Alkatiri e todo o seu Governo alem de Lu Olo e a bancada maioritaria do PN. Valeu? Xanana? Puseram-no a executar o papel de corta-fitas por isso deixem-no em paz

Anónimo disse...

Ninguém obrigou o Xanana a concorrer às eleições, e quando ele se candidatou a Constituição já estava aprovada e ele sabia que os poderes eram esses. Mais. Ele sabia que quem aprovou a Constituição foram os representantes do povo de Timor-Leste eleitos até por mais de um partido, porque tendo tido a Fretilin 57,37% dos votos,NÃO teve maioria absoluta para aprovar a Constituição.

Por tudo isto, só um espírito muito anti-democrático pode dizer a bacorada de "puseram-no a executar o papel de corta-fitas". Vejam se crescem. O homem já em 2002 era maior e vacinado, já sabia ler, já sabia dos poderes presidenciais, até jurou a Constituição, mas não cumpriu. Tão simples quanto isso. O homem vendeu-se aos Australianos, não cumpriu a Constituição, traiu os Timorenses.

Kadiuk disse...

O grupo Xananista e golpista nao precisem de egigir para ficar em paz porque, daqui em breve o CII vai anunciar o resultado do envolvimento do Xanahorta no golpe contra o governo , baseando do anuncio entao e que os golpistas vao ficar mesmo em paz para toda vida . Por isso nao precisem de egigir demasiadamente para ficarem em PAZ .

Anónimo disse...

A unica palavra e que o grupo Xananista costuma utilizar e a palavra " COMPLICADA " se Xanana for julgado como golpista . Mas a pergunta era essa , quem obrigou o grupo golpista a entrar no jogo ? Se concordarem com as regras do jogo porque e que nao aceitam se o Xanahorta for julgado ? e mesmo complicado como eles dizem .... mas nao e novidade para nos os refugiados que os golpistas vao reagir desta maneira mesmo que os golpistatas liderado pelo Xanahorta falam doutra maneira na TVTL ... e comico ter um presidente deste tipo.. egige de ter maior poder que nao condiz com a regra do jogo democraticamente

Anónimo disse...

Para colmatar a egigencia do Xanahorta eu tenho uma sugetao para terminar com esta crize so por causa do mais ou menos poder como Xanana costma dizer se concordarem : por causa da egigencia do Xanana ter mais poder porque e o governo e o estado nao fazem a rotacao do cargo de 2 em 2 anos ? Por exemplo o Xanana assume o cargo como PR muda a ser Primeiro Ministro depois de 2 anos que tem mais poder para a igualdade de poder , como acham ??????

Anónimo disse...

Que vergonha do nosso PR a egigir mais poder ... e unico PR do mundo que nao tem vergonha

Anónimo disse...

Não penso que se trate de ele exigir mais poder. A mescambelhice na Constituição, feita à medida da FRETILIN e blindada para coartar qualquer poder real de Xanana (é triste mas adaptaram a Constituição para limitar o poder efectivo de uma pessoa específica que já sabiam iria ser eleito com votação esmagadora), impediu que o PR exercesse a verdadeira magistratura de influência que poderia ter mantido o país a funcionar.

A FRETILIN quis fazer uma constituição onde não pudesse ser tolhida por ninguém, mesmo cometendo os mais absurdos disparates, em que pudesse criar mecanismos para se eternizar no poder. Agora podem limpar as mãos à parede com a bela porcaria que conseguiram para o país.

Parabéns FRETILIN.

Anónimo disse...

Há ainda gente em Timor-Leste que não aceita que em democracia quem manda é o povo e que as diferenças políticas se devem resolver nas urnas eleitorais.

Todas as diferenças políticas, sejam elas relativas à lei fundamental do país (a Constituição), sejam as relativas ao modo de governar, às prioridades da acção do governo, ou a quaisquer outras, em democracia, exercem-se nos locais próprios, isto é nos debates e iniciativas políticas, no Parlamento e nas eleições.

E todos os que desafiam a legalidade democrática e entendem ultrapassar o debate e acção democrática e enveredam por golpes armados inconstitucionais têm que arcar com as consequências dos seus actos. Todos. Porque em democracia, a lei é igual para todos.

Timor-Leste é uma democracia e é altura de todos perceberem que não é coutada nem reino de ninguém, nem mesmo do eleito dos Australianos. É bom que todos os golpistas assumam os custos humanos das jogadas anti-democráticas: as mortes que continuam, os deslocados que continuam e que cada vez são mais. E está na hora de perceberem que a impunidade acabou e que vão ter de responder pelas suas acções contra os Timorenses e contra o direito de todos os Timorenses de viverem em paz e tranquilidade.

Anónimo disse...

Pergunto eu ao margarida, se e democrata e Timor-Leste é uma democracia porque e que estes gentes distribuiram armas aos civis??? talvesz a margarida podia deve responder isso antes de falar democracia ou democrata...

Anónimo disse...

Mas não percebeu ainda que as armas utilizadas foram as que estavam nas mãos dos amigos do Xanana e do Horta? Refiro-me às armas do Reinado, do Railós, do Abílio Mesquita, do Tara, do Tilman, por exemplo? Mas se ainda tem dúvidas, que tal esperar pelo relatório em vez de tirar conclusões apressadas?

Anónimo disse...

Margarida,

Concordo contigo na afirmacao de que ninguem obrigou Xanana candidatar-se para PR e ele sabia de antemao a Constituicao ja aprovada na Assembleia da Republica.

Hoje, a reclamar as insuficiencias do poder Presidencial, as culpas teem que recair nao so na Fretilin, nao so nos Partidos da Oposicao que teem assento Parlamentar e que tambem participaram na Aprovacao dessa Constituicao, mas tambem, e, principalmete, na Pessoa de Xanana Gusmao que deixou as coisas andarem e hoje esta sujeito a essas limitacoes.

Alkatiri, perito e formado em Direito, sabia trabalhar nesta area em favor da FRETILIN, parvos sao todos os outros que a aprovaram ou por desleixo deixaram passar a Aprovacao da Constituicao.

Este facto preocupa a todo o Timor, porque nas geracoes que seguirao, poderemos vir a ter um Presidente saido da Fretilin e o Primeiro Ministro de um outro Partido.

Por isso, mais cedo ou mais tarde, uma revisao constitucional ee inevitavel.

Anónimo disse...

Macksander C.: eu só não entendo o medo de o PR ser duma cor política e o PM doutra. Se o povo assim escolher, está escolhido, a única coisa a fazer é aceitar a escolha do povo. Cá em Portugal, na maior parte destes 30 anos de democracia, o PR e o PM eram de cores políticas diferentes, tal e qual como aí em TL e francamente, as coisas não andaram melhor quando foram os dois da mesma cor. O que temos de entender é que a escolha do povo é sagrada, que é o povo quem manda e que TODOS devem respeitar escrupulosamente quem o povo escolher.

Anónimo disse...

E quando necessitarem de fazer uma revisao da constituicao nao se esquecam de convidar a Professora Doutora Margarida, Constitucionalista, formada em Direito pela Universidade das Horas Folgadas do Erario Publico Portugues sito na Passareta das Virtudes ao Chiado.

Anónimo disse...

Margarida, obrigado!!!

O Povo Portugues possui uma Historia Secular, uma Civilizacao diferente da de Timor, uma Cultura Democratica (desde o sec. XVIIII somente interrompido com Estado Novo derrubado em 25 de Abril de 1974) incomparavel com a tenra experiencia da vida democratica Timorense.

Ora, nesta linha de pensamento, os Timorenses, na sua maioria, nao conseguem ter uma compreensao cabal do teor da Constituicao, e, por incrivel que nos parecca, ha deputados (como um tio meu que esta na bancada da FRETILIN) que dizem votar a favor da Constituicao porque assim diz o Partido, mesmo que nao comprendem o que esta escrito ai e, muito menos, em portugues.

Timor e a FRETILIN principalmente teem por responsabilidade trazer de novo aquela vibracao das massas para a vivencia da Independencia como assistimos ate o 20 de Maio 2002.

Ignorando esses pormenores, estamos a deixar que prevalecem as desilusoes do Povo de que foram enganados so por causa da lingua ou por manobras de hipnotizacao politica.

Estou seguramente convicto de que ee necessario que a FRETILIN (Mari Alkatiri, Lobato, Lu-Olo) tome a iniciativa para formar uma JUNTA DE SALVACAO NACIONAL ou algo identico, convidando individualidades como Xanana, Horta,Guterres, La-Sama, Coelho, Amaral, Carrascalhao, Mau Hunu, Reis, os 2 Bispos, e Abilio Araujo para que juntos possam repensar nas formas adequadas para solucionar os desafios que Timor esta enfrentando.

A humildade e a vontade de encontrar uma saida para esta crise deve ser o motivo de coragem para procurar uns aos outros como irmaos, como companheiros de luta pelo Timor Independente.

Justicca ee coisa justa, mas, pode nao ser eficaz para uma solucao duradoira, visto que vai haver sempre vencedores e vencidos, pois o que falta ee um alicerce forte de Unidade Nacional e para que no Grande Edificio Timor possa viver livremente os Timorenses em Democracia.

Enquanto nada fizerem neste sentido, nem a Constituicao ee Sagrada nem o Povo ha-de assumir que tudo isto ee da sua escolha.

Anónimo disse...

macksander:

Um governo de Unidade Nacional era o que estava previsto ainda no tempo do CNRT. Todos os partidos assinaram esse pacto. E foi nesse entendimento que muitos dos líderes até concordaram em transformar a Assembleia Constituinte em Parlamento.
Só que, assim que a FRETILIN se apanhou com 53,7% dos votos (e sabemos todos como), roeu a corda do pacto assinado e renunciou ao Governo de Unidade Nacional. O CNRT deixou de fazer sentido e foi extinto.
Muitos líderes, incluindo Xanana, reclamaram então que não havendo Governo de Unidade Nacional, teria que haver eleições para o Parlamento em 2002.

Isso já não interessava à FRETILIN. Com a eleição de Xanana, ficou claro até para os menos atentos que as eleições já não seriam para eleger este, Presidente, mas sim para um Parlamento de onde sairia Governo.
A FRETILIN, receando perder a maioria conquistada em 2001, junto com os deputados da ASDT fez aprovar a Constituição que conhecemos hoje. Blindada.
A ASDT que vive da imagem do seu líder Xavier do Amaral, sabia que em próximas eleições iria diminuir bastante o seu score eleitoral, pelo que também não estava interessada em eleições.

E assim se mescambelhou uma Cosntituição que de tão blindada, dificilmente conseguirá ser corrigida por métodos constitucionais.
Quando assim é, e Portugal é disso exemplo acabado, torna-se necessário constituir uma nova República. Portugal já vai na 3ª.

Repare-se, a Constituição Portuguesa de 1933 não foi revista em 25 de Abril de 1975. Foi extinta e uma nova, aprovada.

É esse o risco que Timor corre por causa da ambição da FRETILIN.

O argumento de que Xanana já conhecia a Constituição antes de se candidatar é fraquinho. Todos sabemos que na altura ele foi empurrado para a candidatura. Por imperativo nacional. Alguém me diga que outra figura teria condições na altura para exercer o cargo. Nenhuma, claro.

Imagino que Xanana pensasse que a sua presença levasse a FRETILIN a refrear a ambição, mas como se vê, não foi o que aconteceu.

No entanto, até agora ainda ninguém demonstrou que artigo ou alínea da Constituição foram violados por Xanana. Fartam-se de clamar inconstitucionalidades, mas expô-las, nada.
Basta que me digam qual o acto presidencial que violou este ou aquele artigo ou alínea de artigo.

Quanto às armas, ainda estamos para ver quem as tem.

As do Railós, já sabemos quem lhas entregou e a mando de quem.

O Reinado entregou umas, outras foram-lhe retiradas pela GNR e com certeza ainda terá algumas.

Tara e Salsinha podem ter algumas.

Mas ainda faltam muitas mais. Especialmente aquelas que a Embaixada Portuguesa em Díli relatou ao MNE Português em 2004.
Foram cerca de 8.000.
Numa altura em que as FDTL já tinham sido equipadas por Americanos e Australianos, a PNTL recebeu algumas para a Polícia de Fronteira, e as restantes?

As muitas restantes, param onde?
Quem detinha o poder de as distribuir entre 2004 e 2006?
A quem foram entregues?

Se a questão das armas fosse tão simples quanto a Tamagoshi quer fazer crer....

E ainda se admiram de os deslocados não quererem sair dos acampamentos?

Sou contra construirem-se bairros novos, tipo chave na mão.
É um mau exemplo. Assim, vale a pena pegar fogo à casa de palapa para ter uma nova de alvenaria. Aposto que em menos de um fósforo vão aparecer 500.000 deslocados e muitas casas vão arder de repente assim que começarem a distribuir casas.

Como aconteceu quando anunciaram que iriam dar rendas vitalícias aos veteranos. de repente havia 125.000 veteranos. E no entanto, nos tempos de Xanana, não estavam com ele mais de 100 guerrilheiros.

Penso que a solução passa por subsidiar quem perdeu casa própria que possa demonstrar lhe pertencia por direito. E poderem assim reconstruir eles próprios com o dinheiro da subvenção.

Quem vivia em casa ocupada não pode nem deve ser subvencionado. Quando muito, poderia ser subvencionado no local de origem antes de 1999. De outro modo estarão a criar guetos para Lorosaes e Loromonus. De que Becóra é um exemplo, criado pelos Indonésios para alojar famílias do Leste.

Imagino que a pressão dos "empreiteiros" é no sentido forçar o Governo a construir as casas, e a FRETILIN tem que recompensar aqueles que têm contribuído para o partido, mas penso que Ramos Horta devia resistir a essa tentação populista.

E venha o relatório do COI. Não entendo a necessidade de o traduzir para Bahasa indonésio, mas enfim... a ONU ainda não se convenceu que Timor já não é a 27ª Provincia da Indonésia?

Quem não sabe ler Português ou Inglês (uma das línguas oficiais da ONU) pode lê-lo em Tétum. Para quê o Indonésio?
Isto não entendo.

Anónimo disse...

Esse tal de Macksander deve ser amigalhaco do Abilio Araujo, quer aa forca reabilita-lo. Lahetan boy!

Anónimo disse...

Carissimo anonimous Lahetan boy!

Para dizer a verdade, sou mais amigo de Alkatiri do que Abilio Araujo.
Hoje, ca em Timor, se consigo ter as facilidades para viver melhor do que os nossos irmaos deslocados, deve-se aos favores de Alkatiri.

Abilio Araujo, vi-o varias vezes ca em Dili, mas nada de concreto para a minha vida lhe devo. Apenas sei que ele ee um Nacionalista Timorense, Fundador da FRETILIN, Compositor do Hino Nacional - Foho Ramelau e foi o Terceiro Presidente da FRETILIN.

Menciono-o porque acho que Abilio Araujo, como tantos outros Lideres Timorenses ainda sao uteis para Timor?

Como FRETILIN, penso que Abilio Araujo, Xavier do Amaral e outros que formaram novos Partidos em Timor - pertencem A Grande Familia FRETILIN MOVIMENTO.

Se podemos estar com Mario Carrascalhao, Clementino Amaral, Maria Quintao, Rui Lopes e outros mais, porque nao com Abilio Araujo?

Rehabilitar de que???

Abilio Araujo foi um lider da FRETILIN (afastado por XANANA como confirmou o proprio Xanana) e, sabes, nas horas dificeis da Resistencia, onde ja parecia um beco sem saida, cabia a FRETILIN procurar caminhos para a saida que desenbocou com o REFERENDO de 1999.

E Abilio Araujo pagou caro por isso!!!

Hoje, Abilio de Araujo esta em Timor, tem o seu Partido - Partido Nacionalista Timorense - circula e contacta com todos e ninguem reclama para que ele va a um campo de rehabilitacao.

Pelo contrario, nois da FRETILIN pensamos que ele e outros mais deve se juntar a FRETILIN para continuar com a grande tarefa do "Kaer Racik Kuda Talin" e levar o Maubere de Pe Descalco, "Malus Mean, Tabaco Songue" a felicidade de conhecer o desenvolvimento em todas as areas como noutros Paises. Um exemplo ee que hoje temos uma grande corrente migratoria dos nossos irmaos para a Inglaterra, a Australia e Portugal - a procura de melhores chances de Emprego e Seguranca Social e Paz que nao existe em Timor.

Como ve, o problema que se debate hoje, ee como conseguir solucoes para os diversos e variados problemas que afligem o Povo Timorense e nao ee preocuparmo-nos com os factos passados de - se Alkatiri foi colaborador de Pemuda PacaSila, ou Carrascalao foi lacaio dos Indonesios, assinante da Integracao, ou se Xavier do Amaral estava em Bali preso a lavar os cavalos de Kalbuadi, ou se a esposa do Xanana esteve a concubinar com Labut Melo, enfim uma infindavel lista de nomes que vao sobrar para encher um Campo de Rehabilitacao que V. (caro Lahetan boy) tanto deseja.

Anónimo disse...

Macksander C.: olhe que a história dos Timorenses é tão ou mais secular que a dos portugueses e a nossa cultura em Portugal nunca foi tão democrática como isso, só mesmo depois do 25 de Abril é que tivemos a democracia. E bastou ver que em 1974 ainda tínhamos uns 20% de analfabetos para percebermos isso mesmo, além de que o fascismo por cá durou 48 anos. Penso que foi mesmo um triste recorde mundial este que batemos, de termos fascismo quase meio século.

Isto da democracia aprende-se naturalmente. Ninguém nasce ensinado, é uma aprendizagem diária das pessoas e dos povos, e como em todas as aprendizagens hão-de dar alguns tombos, hão-de fazer alguns erros, mas havendo regras claras, não há perigos de maior havendo boa vontade.

Não se preocupe tanto por a sociedade estar dividida, todas as sociedades estão divididas, por isso mesmo há os partidos que representam os interesses dessas divisões da sociedade e por isso mesmo há leis e a Constituição que diz que apesar das diferenças e das divisões há regras que todos têm que seguir e que há sanções para quem desobedecer.

A independência de Timor-Leste foi reconhecida pelo mundo há cinco anos e há sete anos foi votada por quase 80% dos Timorenses, as coisas são pois muito mais difícil para os integracionistas (seja na Indonésia ou na Austrália) do que para os independentistas.

A Constituição de Timor-Leste foi aprovada por mais de dois terços dos Deputados que o povo elegeu, é pois muito mais difícil para o menos de um terço que não se reconhece nela deitá-la abaixo do que para a maioria que a aprovou defendê-la.

A Constituição de Timor-Leste diz que compete ao Partido mais votado formar Governo e que o Programa desse Governo tem de ser aprovado no Parlamento. Daqui vê a dificuldade de impor seja o que for ao partido mais votado. O partido mais votado forma o governo como entender que deve fazer, a quem não concordar resta-lhe votar contra e tentar a sorte nas eleições seguintes. E pode sempre mandar vir, no Parlamento ou nas ruas e media, mas o Partido mais votado tem o direito de governar de acordo com o seu programa e dentro da lei.

Aliás, achei piada à discussão que aqui anda por o João Carrascalão ter sido nomeado como representante do Comité Olímpico pelo Governo. É sinal de que o Governo NÃO excluiu a oposição, aliás como também a presença do Ramos-Horta (e outros independentes) no governo da Fretilin também é sinal de que a Fretilin não era nem tão facciosa nem tão fechada como a pintavam. Pelo contrário, é aberta e tolerante. Mas o direito de formar o Governo que bem entende esse é um direito que ninguém lho pode tirar porque esse foi um direito que lhe deu os votos do povo.

Anónimo disse...

Caro anonimo de 1:10:44 AM (11/10)

Obrigado pelas observacoes e contribuicao de pensamentos, porque realmente essa lideranca contrariou toda a historia e pratica da FRETILIN.

Anónimo disse...

O Macksander enganou-se mais uma vez, o Abilio Araujo nao foi, nao eh fundador da Fretilin. Ele eh sim, fundador do PNT (Partido Nacionalista Timorense), de que eh Presidente e sua irma Alianca a Vice-Presidente!

Anónimo disse...

Caro anonimo 2:29:30

Enganei- me em esclarecer os seguintes:
Isso de Abilio Araujo, ee uma Historia que V. nao sabe ou nao quer saber; mas compreendo que tenha razoes que possam justificar a sua atitude.

De qualquer forma gostaria que V. passe a rever um pouco a Historia da Resistencia Timorense com o que te vou descrever, evitando-me ir pela narrativa completa, apenas como "slides" da memoria: ASDT, cinco famousos Estudantes (Vicente Reis Sahe, Carvarino MauLear, Venancio Gomes MauSeran, Guilhermina, Abilio Araujo), transformacao da ASDT em FRETILIN no dia 11/9/74, Redaccao do Programa e Manual Politico da FRETILIN'74, Compositor do Hino Foho Ramelau, - factos que podem justificar a participacao de Abilio Araujo desde o inicio do Aparecimento da FRETILIN.

Na verdade, nao houve fundacao da FRETILIN, houve, sim, a transformacao da ASDT em FRETILIN.

Concordo contigo se me disseres que Abilio de Araujo nao foi o unico, mas, sim foi um co-fundador do Aparecimento da FRETILIN.

Anónimo disse...

Eu participei em varias reunioes preparatorias onde se discutia a transformacao da ASDT numa Frente ampla onde pudesse caber todos os nacionalistas, todos que defendessem a independencia para Timor-Leste. Esta ideia ja estava amadurecida quando quando chegaram os tais "cinco estudantes de Lisboa". Participei igualmente na reuniao ja com a presenca destes ultimos. Eles vinham com a ideia, defendida por eles nessa reuniao, da criacao de uma Fulintidi (frente unida para a libertacao e independencia de timor-dili). Eram contrarios aa transformacao da ASDT em Fretilin. Tiveram que render-se aa argumentacao clarividente e astuta de Nicolau Lobato em quem a esmagadora maioria dos presentes depositava plena confianca. Muitos dos lideres presentes na reuniao eram da mesma opiniao que o Nicolau.

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.