quarta-feira, junho 28, 2006

Comunicado Conselho de Estado - PR

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

COMUNICADO DE IMPRENSA

Terça-Feira, 27 de Junho de 2006

O Conselho de Estado, reunido no Palácio das Cinzas no dia 27 de Junho de 2006, concluiu os trabalhos sobre a situação nacional. No fim desta reunião, o Conselho de Estado pronunciou-se a favor de estender o período das medidas de emergência para ultrapassar a crise para mais trinta dias, prorrogável caso seja ainda necessário.

Assim, a Presidência da República informa que a Declaração Presidencial ‘Medidas de Emergência para Ultrapassar a Crise’ de 30 de Maio de 2006 que mereceu o apoio, por unanimidade, do Parlamento Nacional, será prorrogada até o próximo dia 30 de Julho de 2006, prorrogável caso necessário.

A fim de responder adequadamente às dificuldades excepcionais que o país neste momento enfrenta, o Presidente da República vai iniciar imediatamente diligências, para a formação de um Governo, no âmbito do actual quadro parlamentar.

Se, apesar de tudo, não for possível um Governo, o Presidente da República considerará a possibilidade de dissolver o Parlamento e antecipar as eleições gerais.


Para mais informações:
Agio Pereira
+670 7230011, E-mail: agio@presidente-tl.org

2 comentários:

cacaubranco disse...

malay? vai ver o teu mail, obg

Anónimo disse...

"Timor não é pior do que tantos outros casos conhecidos, da Europa a África, da Ásia a América Latina. É só mais patético. Porque eles são pobres, muito pobres. Porque derramaram sangue em condições extremas. Porque motivaram a simpatia quase universal. E porque tinham tudo para vencer. Infelizmente, também tinham petróleo e uma clique dirigente ambiciosa e irresponsável.

António Barreto

Traduções

Todas as traduções de inglês para português (e também de francês para português) são feitas pela Margarida, que conhecemos recentemente, mas que desde sempre nos ajuda.

Obrigado pela solidariedade, Margarida!

Mensagem inicial - 16 de Maio de 2006

"Apesar de frágil, Timor-Leste é uma jovem democracia em que acreditamos. É o país que escolhemos para viver e trabalhar. Desde dia 28 de Abril muito se tem dito sobre a situação em Timor-Leste. Boatos, rumores, alertas, declarações de países estrangeiros, inocentes ou não, têm servido para transmitir um clima de conflito e insegurança que não corresponde ao que vivemos. Vamos tentar transmitir o que se passa aqui. Não o que ouvimos dizer... "
 

Malai Azul. Lives in East Timor/Dili, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk: Timor, Timor-Leste, East Timor, Dili, Portuguese, English, Malai Azul, politica, situação, Xanana, Ramos-Horta, Alkatiri, Conflito, Crise, ISF, GNR, UNPOL, UNMIT, ONU, UN.